A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Materiais e silenciadores para absorção de ruído Compilado de Elias B. Teodoro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Materiais e silenciadores para absorção de ruído Compilado de Elias B. Teodoro."— Transcrição da apresentação:

1 Materiais e silenciadores para absorção de ruído Compilado de Elias B. Teodoro

2 6.1. Introdução Quando o som incide sobre uma superfície, uma parte da energia sonora é refletida enquanto que uma parte é transmitida e outra parcela é absorvida.

3 6.2. Materiais de absorção acústica Materiais acústicos são utilizados para reduzir o tempo de reverberação em uma sala ou servem como uma barreira para reduzir a intensidade sonora. Em alguns casos eles podem servir para os dois casos, mas em muitas situações práticas,materiais diferentes são utilizados para realizar as duas tarefas mais eficientemente.

4 6.2. Materiais de absorção acústica Os materiais de absorção acústica geralmente são porosos ou fibrosos. Nesses materiais a absorção se dá pela dissipação da energia sonora em calor através do atrito, devido ao movimento das moléculas de ar no interior do material por causa da passagem da onda sonora.

5 6.2. Materiais de absorção acústica Estrutura dos materiais porosos e fibrosos:

6 6.2. Materiais de absorção acústica Um material que tenha uma boa absorção acústica é o material que permite as moléculas de ar penetrar e se movimentar em seu interior, pois é o atrito do ar em movimento na superfície das fibras do material que causa a perda de energia. Assim, a propriedade básica dos materiais absorventes é a resistência que o material oferece ao fluxo de ar. Uma melhor absorção sonora do material requer uma resistência ótima através do material.

7 6.2. Materiais de absorção acústica Para quantificar as características internas dos materiais utilizam-se três parâmetros: resistividade ao fluxo de ar, porosidade e o fator estrutural. A resistividade específica ao fluxo de ar é definida como: Em que é a diferença de pressão do ar medida nos dois lados da amostra. E u é a velocidade do ar normal à superfície da amostra.

8 6.2. Materiais de absorção acústica A resistividade ao fluxo de ar é definida pela resistividade específica de fluxo por unidade de espessura e o seu valor típico é em torno de. O procedimento para medição da resistividade ao fluxo em laboratório é normalizado pela norma NBR

9 6.2. Materiais de absorção acústica A porosidade é definida como: Em que é o volume de vazios da amostra e é o volume total da amostra do material. O fator estrutural (S) descreve a influência da geometria da estrutura interna do material sobre a compressibilidade do fluido e a densidade efetiva. Geralmente não é possível estimar teoricamente o valor de S.

10 6.2. Materiais de absorção acústica Variação qualitativa dos parâmetros h,R e S em relação à estrutura dos materiais:

11 6.2. Materiais de absorção acústica A característica de absorção sonora dos materiais é determinado pelo coeficiente de absorção sonora: Onde é a energia sonora absorvida e é a energia sonora incidente.

12 Coeficiente de Absorção: materiais de alta porosidades

13 6.2. Materiais de absorção acústica Variação típica do coeficiente de absorção sonora dos materiais em função da freqüência, para materiais porosos e fibrosos:

14 6.2. Materiais de absorção acústica Fatores que influenciam a absorção sonora:

15 6.2. Materiais de absorção acústica Coeficientes de absorção sonora de alguns materiais:

16 6.2. Materiais Típicos: Lã de Vidro

17 6.2. Materiais Típicos: Lã de Rocha

18 6.2. Materiais Típicos: Espuma Acústica

19

20 6.2. Materiais Típicos: Jateamento de Celulose

21 6.2. Materiais de absorção acústica Os materiais fibrosos exigem proteção por suas fibras serem frágeis e os materiais porosos exigem selagem por serem facilmente contamináveis. Entre os vários tipos de proteção utilizados nos materiais fibrosos, destaca-se folhas de polietileno fechadas, com chapa de metal perfurada para proteção externa. A presença de chapa perfurada pode reduzir a curva de absorção em certas bandas de freqüência.

22 6.2. Materiais de absorção acústica Proteção para materiais fibrosos com folha de polietileno e uma placa perfurada:

23 6.2 Tabela de materiais de proteção de materiais porosos MATERIALDENSIDADE (Kg/m³) Espessura (mícron=10 -6 m) σ / (Kg/m²) a C L (approx.) (m/s) Polietileno Poliuretano Alumínio PVC Poliéster Poliéster Metalizado

24 6.2 Equação utilizando placa de aço furada folha de polietileno e material de absorção.

25 6.3. Medição do coeficiente de absorção sonora Existem basicamente dois métodos para a medição do coeficiente de absorção sonora: em câmara reverberante e utilizando o tubo de impedância. Uma câmara reverberante possui as superfícies construídas de tal modo a maximizar o som refletido, gerando campo difuso.

26 6.3. Medição do coeficiente de absorção sonora Câmara reverberante:

27 6.3. Medição do coeficiente de absorção sonora A amostra é colocada no piso da câmara e é medido o tempo de reverberação (tempo levado para que o nível sonoro do recinto caia 60 dB após o desligamento da fonte) da câmara com a amostra ( ) e sem a amostra ( ). O coeficiente de absorção sonora é calculado a partir da equação abaixo e é chamado de coeficiente de absorção sonora de Sabine. Em que V é o volume da câmara em e S é área da amostra em.

28 Referências bibliográficas 1. BISTAFA, S. R., ACÚSTICA APLICADA AO CONTROLE DE RUÍDO, EDITORA EDGARD BLÜCHER, GERGES, S. N. Y., RUÍDO - Fundamentos e Controle, Imprensa Universitária da UFSC, Florianópolis, 2a Ed., BERANEK, L. L., Noise Reduction, Robert E. Krieger Publishing Company, New York, 1980.


Carregar ppt "Materiais e silenciadores para absorção de ruído Compilado de Elias B. Teodoro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google