A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Professores: Edna Marques de Araújo Silva Ana Claudia Galvão Freire.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Professores: Edna Marques de Araújo Silva Ana Claudia Galvão Freire."— Transcrição da apresentação:

1 Professores: Edna Marques de Araújo Silva Ana Claudia Galvão Freire

2 PARASITAS: 1. Protozoários Intestinais: Amebas -Intestinais (Entamoeba histolytica, Entamoeba dispar, Entamoeba hartmanni, Entamoeba coli, Endolimax nana, Iodamoeba bütschlii, Blastocystis hominis) Flagelados - Intestinais (Giardia lamblia, Chilomastix mesnili, Trichomonas hominis e Dientamoeba fragilis) - Oral (Trichomonas tenax) - Geniturinário (Trichomonas vaginalis) Ciliados (Balantidium coli) Coccídios (dos gêneros: Cryptosporidium, Cyclospora, Isospora, Sarcocystis)

3 2. Helmintos Intestinais: Nematelmintos – Ascaris lumbricoides Trichuris trichiura Enterobius vermicularis Strongyloides stercoralis Necator americanus Ancylostoma duodenale Platelmintos - Cestóides (Taenia solium, Taenia saginata e Hymenolepis nana) - Trematódeos ( Schistosoma mansoni)

4 3. Parasitos do sangue e dos tecidos: Protozoários: - Esporozoários (do gênero Plasmodium) - Flagelados (dos gêneros Leishmania e Trypanosoma) - Coccídios (Toxoplasma gondii) Helmintos: - Nematóides Wuchereria bancrofti Mansonella ozzardi Onchocerca volvulus

5 ESTÁGIOS DE DIAGNÓSTICO: ProtozoáriosHelmintos CISTOS TROFOZOÍTOS OOCISTOS ESPOROS VERMES ADULTOS LARVAS OVOS

6 Identificação Microscópica

7 PROTOZOÁRIOS INTESTINAIS PROTOZOÁRIOS INTESTINAIS

8 Amebas Entamoeba histolytica /dispar Entamoeba coli Endolimax nana Iodamoeba bütschliiBlastocystis hominis

9 Flagelados Giardia lamblia Chilomastix mesnili

10 Cryptosporidum sp. Coccídios Cyclospora cayetenensis Isospora belli Balantidium coli Ciliados Cisto Protozoário

11 ESTÁGIOS DE DIAGNÓSTICO: ProtozoáriosHelmintos CISTOS TROFOZOÍTOS OOCISTOS ESPOROS VERMES ADULTOS LARVAS OVOS

12 HELMINTOS INTESTINAIS

13 Nematelmintos Ascaris lumbricoides Enterobius vermicularis Tricuris trichiura AncilostomideosS.stercoralis

14 Diferenciação das larvas de Strongyloides stercoralis e Ancilostomideos

15 Cestódeos Taenia soliumTaenia saginata Hymenolepis nana Hymenolepis diminuta

16 Trematódeos Schistosoma mansoni Schistosoma haematobium

17 PARASITOS DO SANGUE E DOS TECIDOS DOENÇA DE CHAGASLEISHMANIOSETOXOPLASMOSE

18 1: hemácias normais 2-18: trophozoítos 2-10: trophozoítos em anel 19-26: esquizontes 27,28: macrogametas maduros 29,30: microgametas maduros PLASMÓDIOS DA MALÁRIA 1: hemácias normais 2-6: trophozoítos jovens 7-18: trophozoítos 19-27: esquizontes 28,29: macrogametas maduros 30: microgametas maduros 1: hemácias normais 2-5: trophozoítos jovens 6-13: trophozoítos 14-22: esquizontes 23: gametas em desenvolvimento 24: macrogametas 25: microgametas

19 Wuchereria bancrofti FILARIOSE Ochocerca volvulus

20 Métodos Parasitológicos

21 AMOSTRAS FEZES EPF OUTROS MÉTODOS MET. SED.MET. FLUT. ESPONT.CENTRIF. HOFFMAN BLAGG BAERMAN RITCHIE FAUST WILLIS * HARADA-MORI * GRAHAM * KATO-KATZ * PESQ. SANGUE OCULTO * EX. A FRESCO * TAMIZAÇÃO E CLARIFICAÇÃO DE PROGLOTES SANGUE URINASECREÇÕES EXAME DIRETO Exames parasitológicos

22 Questões

23 Entre os protozoários que habitam o intestino do homem e podem provocar doenças têm-se as espécies Entamoeba histolytica, Dientamoeba fragilis, Giardia lamblia, Trichomonas vaginalis, entre outros, cujo diagnóstico é geralmente morfológico. Neste sentido, considere as seguintes afirmativas: 1. A Entamoeba hystolitica pode ser identificada através de exame a fresco dos trofozoítos, geralmente alongados, com núcleos não visíveis; 2. Os citoplasmas dos trofozoítos da Entamoeba histolytica e o da Entamoeba hartmanni geralmente apresentam poucas inclusões fagocitárias e são delicadamente corados; 3. A dificuldade de diferenciar os cistos de Dientamoeba fragilis e de Endolimax nana é porque ambas as espécies possuem cistos na forma ovóide; 4. Os trofozoítos de Giardia lamblia apresentam dois núcleos com grandes cariossomas, geralmente centrais, sem cromatina perinuclear. Das afirmativas acima, estão corretas : A) 1, 2,3 e 4. B) apenas 1, 2 e 4. C) apenas 1, 3 e 4. D) apenas 1 e 2. E) apenas 1 e 3. Questão 1

24 Observando as afirmativas abaixo em relação ao número de núcleos em cistos de amebas intestinais: I. Entamoeba histolytica possui 4 núcleos. II. Iodamoeba butschlii possui 2 núcleos. III. Endolimax nana possui 4 núcleos. IV. Entamoeba coli possui 8 núcleos. A resposta correta é: A) apenas a afirmativa I está correta; B) apenas as I e III estão corretas; C) apenas a II está correta; D) apenas as I e IV estão corretas; E) apenas as I, III e IV estão corretas. Questão 2

25 Analise as afirmativas a respeito do Gênero Entamoeba: I – As amebas se distinguem umas das outras pelo tamanho dos trofozoítas e pelo numero dos núcleos nos cistos; II – Normalmente encontramos os trofozoítas nas fezes diarréicas; III – Os trofozoítas da E. histolytica, normalmente vivem no intestino delgado; IV – Nas fezes formadas ou normais, o diagnostico laboratorial, normalmente e feito através do encontro dos cistos, utilizando-se técnicas de concentração; V – O exame a fresco das fezes deve ser feito tão logo ela seja emitida, pois tem como objetivo encontrar os trofozoítas. Das afirmativas acima, são verdadeiras somente: A) I, II, III e V B) III, IV e V C) II, III e IV D) I, II, IV e V Questão 3

26 A Entamoeba histolytica é o agente etiológico da amebíase, importante problema de saúde pública, que leva ao óbito anualmente cerca de pessoas, constituindo a segunda causa de morte por parasitose. Diante desta realidade, a identificação da Entamoeba histolytica extrema importância, cujas características são: 1. Os cistos da Entamoeba histolytica são esféricos ou ovais, medindo a 8 a 20 μm de diâmetro, aparecendo como corpúsculos hialinos, claros, às vezes de coloração pálida, com as paredes refringentes; 2. O corpo cromatóide da Entamoeba histolytica apresenta-se na forma de bastonete, ao contrário de Entamoeba coli, que se apresenta riziforme; 3. O trofozoíto de Entamoeba histolytica, quando fixado e corado pela hematoxilina férrica, apresenta diferenças entre ecto e endoplasma. São verdadeiras as afirmativas: A) 1, apenas. B) 1, 2 e 3. C) 1 e 2, apenas. D) 2 e 3, apenas. E) 1 e 3, apenas. Questão 4

27 Corado pela solução de lugol, o citoplasma adquire a tonalidade marrom- amarelada; o núcleo é vesiculoso com cromatina perinuclear fina, cariossoma central e puntiforme e os corpos cromatóides apresentam-se como bastonetes refringentes. Estas estruturas referem-se aos cistos de: A) Giarda lamblia; B) Entamoeba histolytica; C) Endolimax nana; D) Entamoeba coli. Questão 5 Corado pela solução de lugol apresenta rígida membrana cística, citoplasma com tonalidade amarelo-ouro, o núcleo em número de um a oito e pequenos. Os corpos cromatóides apresentam-se agrupados em leque com extremidades afiladas. As características referem-se a cistos de qual protozoário: A) Giarda lamblia; B) Entamoeba histolytica; C) Endolimax nana; D) Entamoeba coli. Questão 6

28 Como se pode diferenciar Entamoeba histolytica/dispar e Entamoeba coli em esfregaços de fezes? A) Através da contagem dos núcleos dos trofozoítos: Entamoeba coli possui até 4 núcleos. B) Através da contagem dos núcleos dos cistos: Entamoeba histolytica/dispar possui até 8 núcleos. C) Através da contagem dos núcleos dos trofozoítos: Entamoeba histolytica/dispar possui até 8 núcleos. D) Através da contagem dos núcleos dos cistos: Entamoeba coli possui até 8 núcleos. Questão 7 Os protozoários englobam todos os organismos animais, eucariotas, constituídos por uma única célula que realiza todas as funções mantenedoras da vida.Para cada função existe uma estrutura própria. Assinale a alternativa que não representa uma estrutura presente nos protozoários. a) Cinetoplasto. b) Cloroplasto. c) Citóstoma. d) Flagelo. Questão 8

29 A Giardia lamblia apresenta duas formas: o trofozoíto e o cisto. São características do trofozoíto: A) Formato oval, simetria bilateral com face dorsal lisa e côncava; B) Formato de pêra, simetria bilateral, possuindo quatro pares de flagelos; C) Possui dois pares de flagelos, corpos medianos e dois núcleos no seu interior; D) Tem formato oval, possui três pares de flagelos e quatro núcleos no seu interior Questão 9

30 Sabe-se que a melhor maneira de se fazer o diagnóstico laboratorial da giardíase é pelo exame de fezes. Portanto: A) Dos métodos indicados abaixo, qual é o mais indicado para o diagnóstico em fezes formadas? a) Método de Hoffmann b) Método Direto c) Método de Faust d)Exame a fresco B) Qual é a forma evolutiva predominante em fezes diarréicas e o melhor método de diagnóstico para sua identificação? a) cistos e Método de Hoffmann b) trofozoítas e Exame a fresco c) trofozoíto e Método direto d) cistos e Método de Faust Questão 10

31 O Balantidium coli, comumente encontrado no intestino de suínos, é o único ciliado intestinal que parasita o homem, causando uma doença semelhante à colite amebiana. Em relação a este parasita, assinale a alternativa incorreta: A) Os cistos de Balantidium coli são grandes, esféricos ou ovais, com um grande macronúcleo visível em preparações não coradas. B) Em cistos jovens a estrutura interna de Balantidium coli é granulosa. C) Os trofozoítas de Balantidium coli são grandes, ovóides, com a extremidade anterior mais fina. D) Os trofozoítas de Balantidium coli apresentam movimentos rotatórios, em parafuso. E) A superfície do trofozoíto de Balantidium coli é coberta por fileiras de cílios, espirais e longitudinais Questão 11

32 Corante utilizado para visualização de oocistos de Cryptosporidium sp.: A)Lugol; B)Auramina; C) Eosina; D) Hematoxilina férrica. Questão 12 Em amostras de fezes coletadas de crianças de uma mesma creche, após um surto de diarréia aguda autolimitada, evidenciou-se laboratorialmente a presença de vários oocistos de Cryptosporidium sp. O método de coloração recomendado e amplamente utilizado nesta situação é conhecido como: (A) hematoxilina férrica. (B) Tricromo de Wheatley. (C) Kinyoun frio modificado. (D) Fontana-Tribondeau. Questão 13

33 Sobre a criptosporidose, assinale a afirmativa incorreta: (A)É uma das zoonoses emergentes muito importantes da atualidade; (B) A doença é cosmopolita e os oocistos do parasito são encontrados só em fezes de indivíduos imunodeficientes; (C) Os oocistos são estruturas pequenas, leves e imóveis que se dispersam no meio ambiente através do ar, de insetos, do vestuário e de fezes de homens e animais, contaminando a água e alimentos; (D) O diagnóstico da criptosporidose é feito pela demonstração de oocistos nas fezes, material de biópsia intestinal ou em material obtido de raspado de mucosa; (E) Podem ser empregados os seguintes métodos para a coloração dos oocistos: Ziehl-Neelsen modificado, Kinyoun modificado, safranina-azul de metileno, carbol-fucsina com dimetilsulfóxico, Giemsa e auramina Questão 14

34 Isospora belli é um protozoário que pode ser observado nas fezes de indivíduos imunocompetentes e imunodeprimidos por diversas causas, principalmente naqueles portadores do vírus HIV com diarréia. Para serem diagnosticados, é necessário observar no material fecal os oocistos imaturos e, às vezes, já maduros. Os maduros se caracterizam por apresentar: A)2 esporocistos com 2 esporozoítos cada um B) 2 esporocistos com 4 esporozoítos cada um C) 4 esporocistos com 2 esporozoítos cada um D) 4 esporocistos com 4 esporozoítos cada um Questão 15

35 A ascaridíase é uma parasitose geralmente benigna, causada pelo verme nematóide Ascaris lumbricoides, também conhecido popularmente como lombriga. É correto afirmar: A) São vermes fusiformes, sem segmentação e com tubo digestivo completo. A reprodução é sexuada; B) A fêmea bastante menor que o macho (com no máximo 10 cm). Os ovos têm 50 micrômetros e são absolutamente invisíveis a olho nú; C) A forma de infecção é acometida pela ingestão do verme adulto proveniente, principalmente, de verduras mal lavadas; D) Os fármacos mais utilizados no tratamento de ascaridíase são os azólicos, como o Pantoprazol e o lanzoprazol; E) Quando ocorrerem altas infestações parasitárias de Ascaris lumbricoides, podem chegar a se alojarem em nível cerebral, podendo causar convulsões. Questão 16

36 A infecção por Enterobius vermicularis é mais usualmente diagnosticada por: (A) formas adultas nas fezes; (B) larvas nas fezes; (C) larvas na região perianal; (D) ovos nas fezes; (E) ovos na região perianal Questão 17 Na pesquisa do Enterobius vermicularis, o bioquímico deve lançar mão da técnica parasitológica : (A) Faust. (B) Graham. (C) Stoll. (D) Baerman. (E) Willis. Questão 18

37 Morfologicamente, Trichuris trichiura apresenta um aspecto muito característico pelo fato de ter: a) O tamanho de 15 a 35 cm de comprimento ; b) O corpo de forma cilíndrica com cutícula finamente estriada; c) A porção anterior do corpo mais afilada, contendo o esôfago e a porção posterior mais dilatada, contendo os órgãos genitais; d) O corpo cilíndrico e medindo 2,5 mm de comprimento; e) O corpo cilíndrico e com a presença de placas ventrais cortantes. Questão 19

38 Um paciente apresenta-se ao laboratório com um quadro anêmico, hipoproteinemia e diagnóstico de úlcera intestinal. Ao realizar o exame parasitológico de fezes, observa-se a seguinte estrutura: De acordo com o parasita observado, pode-se concluir que o paciente está infectado por: A) Necator americanus. B) Ascaris lumbricoides. C) Trichuris trichiura. D) Toxoplasma gondii. Questão 20

39 Questão 21 São parasitos muito conhecidos pela sua capacidade de produzir perda sanguínea crônica com anemia secundária pela deficiência de ferro. Podem causar doença na pele, no local de penetração. O diagnóstico é feito pelo achado de ovos característicos de cápsulas finas encontrados nas fezes. Que parasitos são esses? A) Ancylostoma duodenale e Strongyloides stercoralis B) Strongyloides stercoralis e Necator americanus C) Ancylostoma duodenale e Necator americanus D) Ascaris lumbricoides e Trichuris trichiura E) Enterobius vermicularis e Trichuris trichiura

40 A diferenciação morfológica entre larvas filarióides dos Ancilostomídeos e do Strongyloides stercoralis se faz por meio do(s) ou da(as): a) Postura de ovos. b) Movimentos larvários. c) Tamanho e da cor das larvas. d) Sintomatologia do hospedeiro. e) Cauda e cápsula bucal. Questão 22 O método de escolha para a pesquisa de larvas de Strongyloides stercoralis em amostras de fezes é: A) Stoll B) Baerman-Moraes C) Kato-Katz D) Willis E) Faust Questão 23

41 Para o diagnóstico coproscópico de infecção por Strongyloides stercoralis, qual o método e a forma a ser pesquisada mais adequados? A)Método de Rugai e forma filarióide. B) Método de Willis e cistos. C) Método de Baermann-Moraes e forma rabditóide. D) Método direto e cistos. Questão 24

42 Paciente com quadro de anemia e dores abdominais apresenta eosinofilia intensa, sendo detectados em suas amostras de urina e fezes diversos ovos de um parasita que apresenta em uma de suas extremidades uma espícula. Essa morfologia é característica de infecção causada por: (A)Hymenolepis diminuta. (B) Fasciola hepatica. (C) Onchocerca volvulus. (D) Schistosoma mansoni. (E) Strongyloides stercoralis Questão 25

43 Ao exame microscópico das fezes de um paciente evidenciou-se a presença de ovos esféricos, castanhos, com córtex espesso e estriado radialmente. No interior, observou-se três pares de acúleos dispostos paralelamente entre si. Esse achado é compatível com o diagnóstico de: A) Taenia sp. B) Hymenolepis diminuta C) Diptlidium caninum D) Ascaris lumbricoides E) Diphylobothrium sp. Questão 26

44 Assinale a alternativa ERRADA sobre as Tênias: A)A Taenia solium possui um escólex quadrangular; B) As proglotes da T. saginata possui ramificações uterinas muito numerosas; C) As proglotes da T. solium saem passivamente com as fezes; D) A T. saginata não possui acúleos no escólex; E) Os ovos de ambas as tênias são indistinguíveis ao microscópio óptico. Questão 27

45 Qual a técnica de escolha para o diagnóstico laboratorial através dos anéis de proglotes para a Taenia solium? Assinale a alternativa CORRETA: A.Método de Graham com uso de ácido clorídrico e apresentação de ramificações do tipo dendrítico; B. Tamisação com uso de álcool metílico e apresentação de ramificações do tipo dicotômicas; C. Tamisação com uso de álcool metílico e apresentação de ramificações do tipo dendrítico; D. Tamisação com uso de cloreto de sódio e apresentação de ramificações do tipo dicotômicas; E. Tamisação com uso de ácido acético e apresentação de ramificações do tipo dendrítico. Questão 28

46 No homem, os helmintos intestinais são classificados em duas classes, os nematelmintos e os platelmintos, cuja identificação é feita no laboratório clínico pela demonstração de um dos estágios do ciclo dos parasitos nas fezes ou, eventualmente, em outro material. Nesse sentido, em relação à identificação de ovos, larvas e formas adultas de helmintos intestinais, considere as seguintes afirmativas: 1. Ovos de Enterobius vermicularis são alongados, medindo de 50 a 60 μm de comprimento e 20 a 30 μm de largura; 2. A fêmea de Ascaris lumbricoides pode atingir 35 cm de comprimento por 6 cm de diâmetro; 3. Os ovos de Schistosoma mansoni apresentam, no terço posterior e lateral, uma espícula voltada para a parte posterior; 4. Os ovos de Hymenolepis nana, ovais e incolores, apresentam um espessamento polar proeminente, de onde saem quatro a oito filamentos. Das afirmativas acima, estão corretas A) 1, 2, 3 e 4. B) apenas 1, 2 e 4. C) apenas 1, 3 e 4. D) apenas 1 e 2. E) apenas 1 e 3. Questão 29

47 Questão 30 A presença de formas tripomastigotas em esfregaço de gota espessa indica a presença de: a) Leishmania sp b) Trypanosoma cruzi c) Treponema pallidum d) Plasmodium falciparum Questão 31 Sobre o T. cruzi, marque a alternativa INCORRETA: A) A forma esferomastiga está presente no estômago do triatomíneo; B) A forma epimastigota está presente em todo intestino do triatomíneo; C) A forma tripomastigota está presente no reto do triatomíneo; D) A forma amastigota está presente no estômago do triatomíneo.

48 Questão 32 Assinale a alternativa que corresponde aos métodos parasitológicos que podem ser utilizados para o diagnóstico das fases aguda e crônica da tripanossomíase, respectivamente: a) xenodiagnóstico e hemocultura b) exame da gota espessa e exame a fresco c) exame a fresco e xenodiagnóstico d) esfregaço sanguíneo corado pelo Giemsa e exame da gota espessa

49 Questão 33 Recentemente foram observados casos de doença de Chagas no Estado de Santa Catarina, os quais foram associados ao consumo de caldo de cana em quiosques de beira de estrada. Sobre a doença de Chagas, seu agente etiológico e vetores, é incorreto afirmar: (A)As formas amastigotas e tripomastigotas são infectantes para células in vitro e para vertebrados. (B) São formas de transmissão: transmissão por vetor, transfusão sangüínea, transmissão congênita, acidentes de laboratório, transmissão oral e transplante. (C) Na fase crônica assintomática observa-se: exame sorológico e /ou parasitológico positivo; ausência de sintomas e/ou sinais da doença; eletrocardiograma convencional normal e coração, esôfago e cólon radiologicamente normais. (D) Na fase aguda observa-se: alta parasitemia, presença de anticorpos específicos ( IgM e IgG ) que podem atingir níveis elevados.

50 Questão 34 A forma evolutiva da Leishmania que é geralmente visualizada em impressões, esfregaços e seções de tecidos e que possui citoplasma delicado, um núcleo e um cinetoplasto é conhecida como: (A) promastigota. (B) epimastigota. (C) tripomastigota. (D) amastigota. (E) cinemastigota

51 Questão 35 Forma infectante do Toxoplasma gondii, encontrado na fase aguda da infecção: A) Bradizoíto; B) Taquizoíto; C) Oocisto; D) Nenhuma das alternativas. Questão 36 Sobre a Toxoplasmose, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) O Toxoplasma gondii é um parasita protozoário do filo Apicomplexa. b) A maior parte das infecções agudas é sintomática, com quadros de febre e linfadenopatia. c) O estágio sexual e o ciclo de vida desse parasita são completados no epitélio intestinal de gatos e outros felinos. d) O diagnóstico pode ser estabelecido através do exame de tecidos, sangue ou fluidos corpóreos.

52 Questão 37 Devido a um surto de malária na região do Laboratório da Secretaria de Saúde de Itaituba, vários exames sangüíneos estão sendo realizados para confirmação dessa patologia. Após a confecção de uma lâmina, foi observada a presença de inúmeros parasitas dentro dos eritrócitos em forma anelar. Esse estágio do Plasmodium falciparum é conhecido como: A) trofozoíta. B) tripomastigota. C) epimastigota. D) esporozoíta.

53 Questão 38 A pesquisa de plasmódio por microscopia pode ser feita por dois métodos: gota espessa e extensão em lâmina, tal qual a empregada para realização da leucometria específica não automatizada. Quanto às características técnicas desses métodos, assinale a única alternativa correta. A) O método da gota espessa apresenta como vantagem a concentração de maior quantidade de sangue desemoglobinizado numa área relativamente pequena, aumentando a probabilidade de se encontrar parasitos, o que o torna o método de eleição para o diagnóstico de malária (e de outros hemoparasitos). B) O método da gota espessa tem como desvantagem a distribuição dos parasitos e dos leucócitos se dar ao acaso em toda a amostra, impossibilitando a avaliação da parasitemia. C) A desemoglobinização do método da extensão deve ser realizada antes que a amostra seque completamente na lâmina, porque a secagem completa promove descoloração dos elementos parasitários. D) O corante a ser empregado no método da gota espessa é a solução fosfatada de azul de metileno, aplicada por cinco minutos, com lavagem posterior com água destilada. E) O método da gota espessa é melhor que o método da extensão sanguínea porque a coloração permanece intacta por mais tempo e a contagem de parasitas é feita comparativamente ao número de hemácias no campo microscópico que está sendo contado.

54 Questão 39 Ao examinarmos o sangue periférico de um paciente infectado por Plasmodium falciparum, as formas evolutivas que iremos encontrar são: a)trofozoítos e merozoítos b) gametócitos e trofozoítos c) trofozoítos e esquizontes d) merozoíto e gametócito e) esquizontes e gametócitos

55 Questão 41 Quanto à diferenciação das espécies de Plasmodium, é correto afirmar que, à microscopia: A)a forma trofozoíta jovem da espécie vivax pode ser confundida com os trofozoítas jovens da espécie falciparum, porque ambos se apresentam em forma de banana, salsicha ou crescente; B) na espécie malariae, as formas trofozoítas são semelhantes às formas esquizontes, da mesma espécie, e podem ser confundidas com os gametócitos da espécie vivax; C) as hemácias parasitadas pela espécie malariae geralmente são velhas e não apresentam granulações de Schüffner, diferente do que ocorre na espécie vivax, na qual o parasita é encontrado em hemácias jovens, geralmente reticulócitos e as granulações de Schüffner estão presentes; D) o gametócito da espécie malariae é característico por apresentar a forma de banana, salsicha ou crescente. Pode estar arredondado quando a secagem da lâmina é demorada; E) a diferenciação das espécies de Plasmodium pela microscopia óptica é muito difícil e exige o uso de microscopia de polarização.

56 O fundamento do método de Baermann-Moraes consiste em: (A) flutuação em salina saturada; (B) termo-hidro-tropismo das larvas; (C) centrifugação em formol-éter; (D) sedimentação espontânea em água; (E) centrífugo-flutuação em sulfato de zinco. Questão 42 Os métodos de concentração de parasitos em fezes envolvem sedimentação, flutuação e migração. Neste sentido, o método de concentração por flutuação que permite uma boa concentração de parasitos e que utiliza formalina-éter é chamado: A) Método de Faust; B) Método de Hoffmann; C) Método de Ritchie; D) Método de Baermann; E) Método de Rugai. Questão 43

57 O diagnóstico da enterobiose, provocada pelo Enterobius vermicularis ou por oxiúros, deve ser pesquisado quando o paciente apresenta queixas de prurido anal noturno e insônia. O método de diagnóstico parasitológico de escolha para esta parasitose é: A) método de Graham; B) método de Hoffman; C) método de Ricthie; D) método de Baerman-Moraes; E) método de Faust. O método mais adequado para o diagnóstico de Trichuris trichiura nas fezes é: A) Baermann-Moraes B) Rugai C) Hoffmann D) Willis E)Faust Questão 44 Questão 45

58 O fundamento do método de Willis é: a)Suspensão titulada de fezes em hidróxido de sódio N/10; b) Sedimentação espontânea das fezes em água; c) Centrífugo-sedimentação em um sistema formol-éter; d) Centrífugo-flutuação em solução de sulfato de zinco; e) Flutuação de ovos de helmintos em solução saturada de cloreto de sódio. São técnicas para exame de parasitas entéricos, EXCETO: a)estudo de ovos; b)técnica de concentração; c)técnica da fita de celulose; d)X técnica de recuperação e cultura. e)Técnicas de flutuação Questão 46 Questão 47

59 Em relação à colheita para exames parasitológicos, assinale a alternativa incorreta: A)Para parasitos que são eliminados intermitentemente, são necessários vários exames (geralmente três), colhidos em intervalos de dois a três dias. B) Na pesquisa de microfilárias, pelo exame a fresco, é colhido sangue venoso em EDTA. C) Amostras de sangue periférico devem ser colhidas com anticoagulantes. D) Para o diagnóstico de leishmaniose procede-se à pesquisa de parasitas em úlceras cutâneas. E) A pesquisa de Trichomonas vaginalis no homem é feita pela raspagem da uretra, com uma pequena cureta ou mesmo com a alça bacteriológica. Questão 48

60 Das associações abaixo, entre parasita e método de exame de fezes, qual você julga inadequada? a) Strongyloides stercoralis / Baermann b) Ancilostomídeos / Willis c) Ascaris lumbricoides / Graham d) Schistosoma mansoni / Kato e) Entamoeba histolytica / Faust São parasitas nematódeos, EXCETO: a) Ascaris lumbricoides b) Trichuris trichiura c) Schistosoma sp. d) Enterobius vermiculares e) Strongyloides stercoralis Questão 49 Questão 50

61 Em relação ao diagnóstico parasitológico dos protozoários do sangue, assinale a alternativa correta: a)O esfregaço espesso (gota espessa) é geralmente empregado para o estudo das hemácias e estudo diferencial das espécies de Plasmodium; b) O esfregaço estirado é geralmente empregado para o estudo das espécies de Plasmodium, sendo sempre corado pelo Gram; c) Nos esfregaços estirados, corados pelo Giemsa, as formas tripomastigotas têm localização intracelular; d) Dois tipos de esfregaços sanguíneos são usados: a gota espessa e o esfregaço estirado, os quais podem ser corados pelo Giemsa; e) Os esfregaços espessos são sempre corados e pela hematoxilina férrica. Questão 51

62 O método parasitológico quantitativo que preconiza a tamização das fezes, seguida de clarificação por solução de glicerina e verde malaquita é o método de: A) Stoll B) Kato Katz C) Hoffman, Nos e Janer D) Willis E) Faust Questão 52

63 Caso o laboratório receba uma amostra de fezes diarréicas recém emitidas com muco e sangue, além da microscopia direta para a pesquisa de protozoários, recomenda-se a fixação da amostra utilizando: A)método do MIF B) iodesina de Donaldson C) solução de lugol D) solução de sulfato de zinco a 33% E) solução de Schaudinn Questão 53

64 Antes de iniciar o preparo dos métodos para o exame parasitológico de fezes, as amostras devem ser examinadas macroscopicamente, para verificar-se a presença de: A)trofozoítas e cistos dos protozoários; B) sangue, muco e helmintos adultos; C) células vegetais; D) ovos e as larvas dos helmintos; E) oocistos. Questão 54

65 Os métodos de concentração para exame parasitológico de fezes visam a facilitar o encontro de parasitas. Neste sentido, assinale a alternativa INCORRETA: A)O método de Ritchie, também conhecido como método de formalina-éter, é um método que serve tanto para fezes frescas quanto para fezes preservadas com MIF ou formalina. B) Ovos de Shistosoma mansoni, por serem extremamente leves, não podem ser pesquisados pelo método de Hoffmann. C) O método de Faust utiliza uma solução de sulfato de zinco para pesquisa de ovos e larvas de helmintos. D) Através do método de Stoll pode-se contar ovos de Trichuris trichiura. E) O método de Baerman, método de concentração por migração, é útil para pesquisa de Strongyloides stercoralis em fezes humanas. Questão 55

66 Sobre a coleta e conservação das fezes, assinale a alternativa correta. a) As amostras fecais podem ser conservadas em solução resultante da combinação de acetato de sódio-sulfato de cobre e formol a 15%. b) As amostras fecais que não forem entregues ao laboratório imediatamente deverão ser preservadas em formalina a 20%. c) O tempo de colheita das amostras fecais não influi diretamente na identificação dos parasitos, de maneira que não é necessária a conservação das fezes. d) O fixador de Schaudinn não é usado na preservação das fezes, pois não produz fixação de trofozoítos e cistos de protozoários. e) As amostras fecais podem ser conservadas em solução fixadora acetato de sódio-ácido acético-formaldeído (SAF), assegurando uma excelente fixação das estruturas morfológicas dos protozoários e helmintos. Questão 56


Carregar ppt "Professores: Edna Marques de Araújo Silva Ana Claudia Galvão Freire."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google