A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Onde obter maiores informações ? Checklists Auditoria Esta.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Onde obter maiores informações ? Checklists Auditoria Esta."— Transcrição da apresentação:

1

2 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000

3 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Onde obter maiores informações ? Checklists Auditoria Esta Apresentação...e muito mais !!! HELP !!!

4 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 CONTEXTO ATUAL Até R$ 20 Bilhões / ano - Fonte : CNI Ações Judiciais Ações Governamentais Imagem da Empresa –Petrobrás x Baía da Guanabara Competitividade –Passivos Atuação do Sindicato ?

5 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 CASOS REAIS

6 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 A LEGISLAÇÃO HOJE Cada vez mais restritiva MTE: –NR 18: Condições em Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção Responsabilidade Cível e Criminal Polícia

7 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 CAUSAS DOS ACIDENTES Combinação dos seguintes fatores: Falha de TREINAMENTO Falha de SUPERVISÃO PRÁTICAS inadequadas de trabalho Instalação e MANUTENÇÃO precárias AMBIENTE DE TRABALHO cheio de riscos

8 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 ACIDENTES FATAIS

9 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 ACIDENTES COM Serra circular Policorte Chuveiros Quadros de Distribuição e Proteção Guincho Motores / Estrutura Grua Torre / pára-raios x aterramento

10 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 ACIDENTES COM Betoneira Máquina tipo WAP Máquinas de solda Equipamentos Elétricos Portáteis: –Furadeiras –Esmerilhadeiras –Outras

11 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 OUTRAS SITUAÇÕES Alimentação de energia: Acidente CABOS Especificação Inadequada: - mecânica - elétrica Deterioração

12 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Sinalização: –Tensão (Volts) –Risco –Medidas de Proteção Individual e Coletiva AUSENTE !!!! OUTRAS SITUAÇÕES

13 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Redes de Energia: OUTRAS SITUAÇÕES PEQUENOS SERVIÇOS PROXIMIDADE DA REDE ANDAIME E VERGALHÕES Acidente

14 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 OUTRAS SITUAÇÕES Proteção: Acidente Especificação Inadequada: Chaves tipo faca Quadros abertos Partes Vivas expostas

15 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 OUTRAS SITUAÇÕES Proteção: HOMEM X MÁQUINA ?

16 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 OUTRAS SITUAÇÕES Saúde do Funcionário e de Terceiros: Acidente Problemas desconhecidos Cardíacos Labirintite Pressão Outros TOQUE EM PARTES VIVAS

17 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Aterramento : OUTRAS SITUAÇÕES O grande negligenciado !! Quem FAZ ? Quem MEDE ? Opção: ENTERRAMENTO !!

18 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 O QUE DIZ BIRD ? Acidente Grave Acidente Leve Acidente c/ Perdas Materiais Incidentes

19 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Como ocorre o choque elétrico ? Quais o tipos de choque ? Porque a eletricidade é um risco ? O que o choque faz com o seu corpo ? Fatores que determinam a gravidade do choque ? CONHECENDO O RISCO

20 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Quando uma pessoa torna-se parte de um circuito elétrico energizado e a corrente elétrica flui através do seu corpo. Como ocorre o choque ?

21 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Contato Unipolar Quais os tipos de choque ?

22 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Contato Bipolar Quais os tipos de choque ?

23 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Contato pelo Dielétrico Rompido Quais os tipos de choque ?

24 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Espasmos musculares Queimaduras elétricas Contração descoordenada do coração(fibrilação) Parada respiratória Parada cardíaca e Ferimentos resultantes –de quedas e –perda do equilíbrio. O choque e o seu corpo

25 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Intensidade da corrente Resistência elétrica do corpo humano Percurso da corrente elétrica no corpo humano Tempo de exposição à passagem da corrente Tipos de corrente elétrica (CA e CC) Determinante da Gravidade

26 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Percurso da Corrente 10% 8 % 3 % 2% 0%

27 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 ABORDAGEM: A SOLUÇÃO!!! SISTÊMICA e OPERACIONAL

28 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Responsabilizar os níveis Gerenciais Ter e manter Padrões Elevados Evitar ações isoladas Não funcionam !! Enxergar o TODO Audite !!! Pensar Global e agir LOCALMENTE Cumprir a Legislação ABORDAGEM SISTÊMICA NR 18 NBR 5410

29 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Treinamento e Supervisão Qualifique sua EQUIPE, pois: Eletricidade Aplique os padrões definidos para os dispositivos de proteção NÃO tem cheiro NÃO tem cor NÃO se vê. ABORDAGEM OPERACIONAL

30 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 ATENÇÃO Somente um eletricista qualificado deve trabalhar com equipamentos elétricos. Isto inclui novas instalações elétricas e reparos nas existentes. Um pessoa desqualificada nunca deve ser orientada para desenvolver um trabalho de natureza elétrica. Estagiários e jovens eletricistas devem ser supervisionados constantemente por um eletricista qualificado. ABORDAGEM OPERACIONAL

31 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Priorize a proteção das PESSOAS, depois a do equipamento. Exemplo: DISJUNTOR x DDR Aterramento Qualidade dos Condutores O quê ? Como ? Por quê ? ABORDAGEM OPERACIONAL

32 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Procedimentos de Isolação e Sinalização –Isto significa que o circuito é desligado e isolado da fonte de transmissão, de modo que o equipamento não possa ser operado. –Este é um procedimento básico, o qual protege os equipamentos e as pessoas. ABORDAGEM OPERACIONAL

33 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Travar e Etiquetar os Equipamentos Desenergizados –Este é o único modo para se garantir que o equipamento não volte a funcionar durante a manutenção. –Esta trava somente pode ser removida por quem a colocou ou por alguém delegado por este. ESSENCIAL ABORDAGEM OPERACIONAL

34 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 DDR - Disjuntor diferencial e Referencial –Este dispositivo é projetado para desligar o ramal do circuito elétrico que apresentar um nível de corrente perigoso, decorrente de uma fuga para terra, curto entre fases ou fuga através do corpo humano. –Algumas vezes é chamada de Chave de Segurança e é recomendada para instalações elétricas e ferramentas. ESSENCIAL ABORDAGEM OPERACIONAL

35 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Redes de Alimentação –Antes de começar a trabalhar verifique sempre a posição das redes de alimentação, para evitar que você entre em contato com elas. –Quando trabalhar muito próximo a elas, utilize madeira ou fibra de vidro para proteger-se. ABORDAGEM OPERACIONAL

36 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 EPIs. Não devem ser IGNORADOS ou DESPREZADOS. ABORDAGEM OPERACIONAL

37 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Ambiente Seguro –Um programa para identificar os riscos no seu ambiente de trabalho é fundamental para garantir a sua segurança. ABORDAGEM OPERACIONAL

38 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 A eletricidade é uma fonte de energia segura, tanto em casa como no trabalho, desde que utilizada com SEGURANÇA. A principal solução para o controle dos acidentes é: Atuação Responsável do Empregador e do Funcionário. CONCLUSÃO


Carregar ppt "ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 ASSESSORIA EM SEGURANÇA Carlos Massera / 2000 Onde obter maiores informações ? Checklists Auditoria Esta."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google