A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Implementação de um mapa através de uma Árvore Binária de Busca.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Implementação de um mapa através de uma Árvore Binária de Busca."— Transcrição da apresentação:

1

2 Implementação de um mapa através de uma Árvore Binária de Busca

3 Árvores Binárias de Busca Antes de mencionarmos o principal componente – o Mapa –, descreveremos as estruturas que lhe darão suporte, para posterior desenvolvimento completo do projeto. De forma sucinta, podemos descrever uma árvore como uma estrutura hierárquica não linear, cujos elementos estão organizados segundo uma relação de descendência. Sua definição como estrutura, caso não seja vazia, consiste de um conjunto de nós, referidos por um nó especial, denominado raiz. Os demais ou constituem um único conjunto vazio, ou vários disjuntos não vazios, cada qual formando uma sub-árvore. Caraterizaremos cada uma das terminologias (não universais) utilizadas para referenciarmos um determinado nó: Raiz: nó que não apresenta pai, isto é, o seu ponteiro father aponta para NULL. Nó interno: nó que possui no mínimo um ou no máximo dois filhos, por estarmos tratando de árvores binárias. Nó externo ou folha: não apresenta descendentes. Sub-árvore: é uma árvore constituída de um nó e de seus descendentes.

4 Árvore Binária de Busca

5 Funções Utilizadas Na Árvore DefinirArvore(): Size(T): isEmpty(T): Root(T): elem_(T,p): Parent(T,p): leftChild(T,p): RightChild: sibling(T,p): IsInternal : isExternal(T,p): isRoot(T,p): Swap(T,p,q): Replace(T,p,q): Encontre_Substituto(T,p): Busca(T,k): Inserir(T,x): Remover(T,k): InOrder(T,p): Visit(T,p): Destroi(T, p):

6 Mapa Um Mapa é definido como sendo um conjunto de estrutura de dados cujos pares de componentes são armazenados de modo que uma das informações do par possa ser acessada através de uma outra informação, sendo que esta última serve à busca. Se não é permitido o compartilhamento da mesma chave por mais de um elemento, sua caracterização é plena. A implementação deste tipo de estrutura através da inclusão do TAD ABB caracteriza a sua definição por uma variável composta (struct) exclusivamente por um campo com um ponteiro para ABB, dada a compatibilidade fornecida pelo conjunto de operações desta com os principais objetivos do Mapa.

7 Funções Utilizadas No Mapa DefinirMapa(): Search(k, M): Insert(x, M): Replace(x,M): Remove(k,M): DestruirMapa(M):

8 Descrição do Projeto Como sabemos, o Mapa.h constitui um Tipo Abstrato de Dados, o qual é definido a partir de operações que lhe darão suas caraterísticas intrínsecas. Entretanto o mesmo necessita de outro Tipo Abstrato de Dados, que lhe forneça operações pré- existentes que auxiliarão na criação de suas próprias funções principais, permitindo o armazenamento e organização dos dados inseridos pelo usuário. Deste modo, a configuração do TAD Mapa requer a inclusão do TAD Árvore Binária de Busca, a qual consta de um cabeçalho e a implementação das funções descritas pelo mesmo. Assim, o presente trabalho é dividido em cinco segmentos: programa principal (Main), Mapa.h, ABB.h e suas respectivas extensões Mapa.c e ABB.c. A seguir, apresentaremos um resumo sobre a função de cada um dos protótipos de funções que foram construídas para cada subparte do programa, introduzindo sequencialmente as etapas elaboradas.

9 Plano de Teste: Inserção de elementos para teste.

10 Como deve Ficar...

11 FIM.... Alunos: Danilo Macan Thereza Fortunato Gabriel Cencic


Carregar ppt "Implementação de um mapa através de uma Árvore Binária de Busca."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google