A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Prof. Lessa Aulas 10 e 11/10/03. 2 Prof. Lessa Texto A organização existe para servir clientes e participantes. Cyro Bernardes. TGA, pg.9 Após a leitura.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Prof. Lessa Aulas 10 e 11/10/03. 2 Prof. Lessa Texto A organização existe para servir clientes e participantes. Cyro Bernardes. TGA, pg.9 Após a leitura."— Transcrição da apresentação:

1 1 Prof. Lessa Aulas 10 e 11/10/03

2 2 Prof. Lessa Texto A organização existe para servir clientes e participantes. Cyro Bernardes. TGA, pg.9 Após a leitura responder em duplas, o teste a seguir.

3 3 Prof. Lessa 1. Para que existe a organização? 2. Quais as necessidades mais prementes do indivíduo? 3. O que é cliente interno e externo? 4. O que fazem os participantes da organização? 5. Quais são os teus clientes internos? Citem dois.

4 4 Cultura organizacional Cultura organizacional O que é?

5 5 É um conjunto de características fundamentais que produzem sistemas de significados comuns a seus membros, distinguindo as organizações uma das outras. É um conjunto de características fundamentais que produzem sistemas de significados comuns a seus membros, distinguindo as organizações uma das outras.

6 6 É um conjunto de crenças, valores e padrões que regulam a ação individual e coletiva das pessoas em uma organização ou sociedade. Porf. Lessa/ Prof. Celestino Secco

7 7 Algumas crenças e valores culturais conhecidos.

8 8 Pessoa ocupada é pessoa produtiva. Pessoa ocupada é pessoa produtiva. O empregado leal deve estar disponível para a empresa. O empregado leal deve estar disponível para a empresa. A empresa é uma grande família e o chefe é o pai. A empresa é uma grande família e o chefe é o pai. As pessoas são todas iguais. As pessoas são todas iguais.

9 9 A nova cultura organizacional A nova cultura organizacional O que é?

10 10 A revolução das novas tecnologias instituiu um novo desafio, a passagem da sociedade da informação à sociedade do conhecimento.

11 11 A nova cultura organizacional deverá ser: Holística Flexível Sinérgica Visionária Cooperativa Empreendedora

12 12 (Stephen Robbins – Administração: Mudanças e perspectivas A seguir: Criando e mantendo a cultura da organização.

13 13 1) O que é cultura organizacional? É um sistema de significados partilhados pelos membros de uma organização, distinguindo-a uma das outras. É um sistema de significados partilhados pelos membros de uma organização, distinguindo-a uma das outras. Também representa uma percepção comum sustentada pelos seus membros. Também representa uma percepção comum sustentada pelos seus membros.

14 14 Algumas características importantes: Algumas características importantes: a) Inovação e ousadia. a) Inovação e ousadia. b)Busca de resultados. b)Busca de resultados. c) Orientação para a equipe. c) Orientação para a equipe. d) Nosso objetivo é proporcionar serviço de atendimento de primeira. d) Nosso objetivo é proporcionar serviço de atendimento de primeira. e) Temos confiança em sua capacidade. e) Temos confiança em sua capacidade.

15 15 Algumas exemplos de culturaAlgumas exemplos de cultura Microsoft e Coca-Cola Microsoft e Coca-Cola Orgulham-se da coragem de correr riscos e da tolerância e até encorajamento ao fracasso. Orgulham-se da coragem de correr riscos e da tolerância e até encorajamento ao fracasso. 3 M Foco na inovação. Vive e respira a geração de novos produtos.

16 16Exercício As sete declarações de autoconhecimento Que tipo de cultura mais lhe convém

17 17 Que tipo de cultura mais lhe convém Cada afirmação descreve um tema cultural. Cada afirmação descreve um tema cultural. 1 – 3 indicam o tipo de cultura em que você se adapta melhor. 1 – 3 indicam o tipo de cultura em que você se adapta melhor. 5 – 7 são as afirmações que você menos concorda e indicam orientação quanto às culturas que você deve se afastar. 5 – 7 são as afirmações que você menos concorda e indicam orientação quanto às culturas que você deve se afastar.

18 18Interpretação Culturas com forte orientação para: a) Trabalho em equipe b) Relacionamento pessoal c) Assumir riscos d) Os resultados e) A estabilidade f) Atenção aos detalhes g) Pouca agressividade

19 19 Culturas ritualísticas são ótimos lugares para se trabalhar, mas somente para aqueles embebidos pela ideologia que as sustenta. Aqueles que não se enquadram na ideologia são expelidos como vírus. J.C. Collins e J.L. Porras

20 20 11/10/03

21 21 Tomada de decisão

22 22 O que é tomar Decisões? Prof. Lessa

23 23 É fazer escolhas. Certo ou errado? Prof. Lessa

24 24 É a seqüência de eventos abordados para a solução de problemas. Prof. Lessa

25 25 É também um processo sistemático de identificação de problemas, geração de alternativas, análise de conseqüências, seleção e implementação de soluções, avaliação e feedback Prof. Lessa

26 26 Como devemos tomar decisões? tomar decisões? Prof. Lessa

27 27 Processo racional É quando a pessoa faz escolhas consistentes, maximizando o valor dentro de limitações específicas.

28 28 Como identificamos um problema? Definição do problema

29 29 Quando há diferença entre uma situação existente e uma desejada. É importante lembrar que uma definição errada do problema, leva a decisões equivocadas.

30 30 Nesta etapa, o tomador está determinando o que é relevante à tomada de decisão. Critérios de decisão Aqui é identificado o interesse, o valor e as preferências pessoais de quem toma decisões.

31 31 É importante identificar critérios, pois o que pode ser relevante para um pode não ser para outro. Pondere os critérios previamente identificados, a fim de lhes conferir a prioridade correta na decisão.

32 32 Apenas lista-se as alternativas possíveis que poderiam ter sucesso. Gerar alternativas

33 33 Nesta etapa avalia-se criticamente cada uma delas. Classificar as alternativas segundo cada critério

34 34 O tomador de decisão identifica neste momento, o peso e a eficácia esperada de cada escolha Calcular a decisão ótima A alternativa com mais alto valor desejado torna-se, então, a escolha ótima ou otimizadora.

35 35 Você sabe tomar decisão? decisão? 1- Ancoragem 2- O dobro ou nada Exame 746 – N.16 – 08/08/91 – Pg. 42 e 44

36 36 Como são tomadas as decisões nas empresas?

37 37 Quando as pessoas tomam decisões mediante a construção de modelos mentais simplificados, selecionando elementos de um problema sem visualizar toda sua complexidade. O fazem porque tem limitada capacidade de processar informações. Racionalidade delimitada

38 38 É um processo inconsciente criado a partir de um refinamento da experiência. O racional e o intuitivo se completam entre si. Decisão intuitiva

39 39 Estilos de decisão

40 40 Buscam a racionalidade. São eficientes e lógicos, porém utilizam informações mínimas. Diretivo

41 41 Buscam as informações e alternativas. São decisores cautelosos, dotados de capacidade de adaptar-se. Analítico

42 42 Tendem a ter perspectivas amplas, considerando muitas alternativas. Tem visão de longo alcance e são excelentes para encontrar soluções caritativas. Conceitual

43 43 Caracteriza-se pela capacidade de trabalhar em equipe. Preocupam-se com as pessoas e são receptivos a sugestões e idéias. Tentam evitar conflitos e buscam aceitação. Comportamental

44 44 Exercício de Autoconhecimento Qual é o seu estilo de decisão? Robbins – Administração: mudanças e perspectivas, Pg

45 45 Pontuação da lista de estilos Pg Some os pontos em cada uma das quatro colunas – I II III IV 2.A soma das quatro colunas terá que totalizar 300 pontos. Caso contrário, revise as respostas. 3.Assinale os pontos para cada coluna no bloco de modelos de estilos em anexo. 4.O quadrante com a maior pontuação, reflete o estilo dominante. 5.Quanto mais próximo a distribuição estiver de 75 pontos em cada categoria, maior flexibilidade demonstrará.

46 46 Processo de tomar decisões (Herbert Simon – TGA do Prof. Maximiano)

47 47 17/10/2003

48 48 L i d e r a n ç a

49 49 Muitas vezes acordo de noite e começo a pensar num problema sério e resolvo que preciso falar com o Papa a respeito. Depois, acordo e me lembro que o Papa sou eu. Papa João XXIII

50 50 A capacidade e a excelência moral, habilitam as pessoas a ser líderes. Confúcio

51 51 Independentemente de sua origem, o governo deveria, pelo exemplo pessoal, inspirar os governados. Maquiavel

52 52 A liderança carismática deriva das necessidades emocionais das pessoas e dos eventos dramáticos associados ao exercício da liderança. Atos ousados e imaginativos do líder, ajudam a criar nele, uma imagem carismática. Katz e Kahn

53 53 Quais são os líderes do novo século?

54 54 Liderar significa influenciar pessoas através de ações. Liderar significa conduzir pessoas

55 55 Liderar significa defender valores que representam a vontade coletiva.

56 56 Líderes modernos adotam estilos que facilitam a participação das pessoas, através do compartilhamento nas decisões, buscando a interação líder/liderado.

57 57 Não há empresas ruins, apenas maus gestores. Prof. Lessa Assim como não há paises ruins, apenas maus governantes. Prof. Peter Drucker

58 58 Até que ponto o líder conduz os acontecimentos e é capaz de reverter seu curso?

59 59 Estilos de líderes

60 60 Motivam e orientam seus liderados por meio de esclarecimentos sobre os papeis e tarefas. 1. Líderes transacionais

61 61 Exercem sobre os liderados um profundo respeito, inspirando-os a transcender seus interesses em benefício da organização. 2. Líderes transformacionais

62 62 Jack Welch Bill Gates Ray Kroc – McDonalds Abílio Diniz Miguel Abuhab Luiza Helena Exemplos de líderes transformacionais

63 63 Visão sistêmica e sentido de missão.Visão sistêmica e sentido de missão. Características destes líderes Inspiram expectativas elevadas e expressam objetivos importantes de maneira simples.Inspiram expectativas elevadas e expressam objetivos importantes de maneira simples.

64 64 Provocam estímulos.Provocam estímulos. Valorizam a inteligência e o aprendizado contínuo.Valorizam a inteligência e o aprendizado contínuo. Dedicam atenção individual as pessoas.Dedicam atenção individual as pessoas.

65 65 3. Líderes carismáticos Exercem influencia extraordinária sobre as pessoas.Exercem influencia extraordinária sobre as pessoas. Possuem visão convincente e senso de determinaçãoPossuem visão convincente e senso de determinação

66 66 São agentes de mudançasSão agentes de mudanças São sensíveis ao ambienteSão sensíveis ao ambiente

67 67 Exemplo de líder carismático Luiza Helena Magazine Luiza

68 68 O forte Rei faz forte a fraca gente. Luiz de Camões

69 69 Hábeis em criar e articular visão de futuro.Hábeis em criar e articular visão de futuro. Instiga as habilidades, os talentos e os recursos em busca do sucessoInstiga as habilidades, os talentos e os recursos em busca do sucesso 3. Líderes visionários

70 70 São articulados, conseguem ordenar atividades, de forma que a visão possa ser aplicada a uma diversidade de situações.São articulados, conseguem ordenar atividades, de forma que a visão possa ser aplicada a uma diversidade de situações.

71 71 Exemplo de líder visionário Beto Carreiro

72 72 O líder não depende da ordem, a ordem é que depende deles. Aristóteles

73 73 O líder precisa ser o que? JustoJusto Ser confiávelSer confiável Ter credibilidadeTer credibilidade Expor sentimentosExpor sentimentos

74 74 Cumprir o que prometeCumprir o que promete Ter visão sistêmicaTer visão sistêmica Trabalhar em equipeTrabalhar em equipe Estar aberto ao diálogoEstar aberto ao diálogo

75 75 O diálogo pode conduzir a novas idéias e esta levar a uma vantagem competitiva. É o fator isolado mais importante em uma empresa.

76 76 Estudo de caso O Caso do Departamento A

77 77 Os melhores gerentes escutam, motivam e fornecem apoio a seu pessoal. E muitas mulheres parecem fazer essas coisas melhor que os homens.

78 78 Texto Homens e mulheres lideram de maneira diferente? Adm: mudanças e perspectivas- Stephen Robbins

79 79 O líder de sucesso Será o que souber gerenciar o presente, esquecer seletivamente o passado e criar o futuro. Terá que proteger o negócio atual e buscar novas fronteiras.

80 80 Terá que criar zona de desconforto. Terá que aprender a importância do não conformismo.

81 81 Terá que perguntar-se sempre: por que não? Diante de verdades preestabelecidas.

82 82 Foi o não inconformismo que revolucionou a Polaroid? Uma criança perguntou ao pai por que não podia ver sua foto na hora? Prof. Lessa / Prof. C. K. Prahalad

83 83 Terá que saber dizer não sem desmoralizar as pessoas. Terá que possuir habilidade de análise e instinto certeiro.

84 84 Terá que estar familiarizado com as novas tecnologias de gestão. Terá que ser brilhante sem ser arrogante e entender de gente.

85 85 Terá que pensar diferente, ter coragem e estar comprometido. Terá que ter flexibilidade para mudar e ser tolerante com as diferenças.

86 86 Terá que ter paixão pelo que faz. Prof. C. A. Lessa / Prof. C. K. Prahalad

87 87 Você não precisa concordar ou discordar, faça apenas um exercício de reflexão.

88 88 Autoconhecimento Qual é seu estilo de liderança? Stephen P. Robbins – Administração: mudanças e perspectivas – Pg. 378 Respondam com muita atenção o quadro a seguir

89 89 Líder não é o herói glorificado pelo mercado e pela mídia, mas o sujeito que constrói durante anos, em silêncio, o sucesso da empresa. Jim Collins

90 90 Casos 1.Empresa brasileira de equipamentos hidráulicos 2. Empresa New Horizons Administração: Princípios e tendências – Pg. 361 e 363

91 91 Texto Hora de trocar de mitos Jim Colins – Exame n out 02 – Pg

92 92 Texto Não precisamos de mais um herói Joseph L. Badaracco Jr. – Exame/Harvard Business Review – Pg

93 93 Mensagem

94 94 Qualquer um consegue decompor algo em pequenas partes. O segredo está, em reuni-las novamente em um todo, sem comprometer a sua autonomia. Qualquer um consegue decompor algo em pequenas partes. O segredo está, em reuni-las novamente em um todo, sem comprometer a sua autonomia.


Carregar ppt "1 Prof. Lessa Aulas 10 e 11/10/03. 2 Prof. Lessa Texto A organização existe para servir clientes e participantes. Cyro Bernardes. TGA, pg.9 Após a leitura."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google