A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Propriedades Periódicas. Raio Atômico É o valor obtido a partir da metade da distância entre dois núcleos de átomos de um mesmo elemento químico, o mais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Propriedades Periódicas. Raio Atômico É o valor obtido a partir da metade da distância entre dois núcleos de átomos de um mesmo elemento químico, o mais."— Transcrição da apresentação:

1 Propriedades Periódicas

2 Raio Atômico É o valor obtido a partir da metade da distância entre dois núcleos de átomos de um mesmo elemento químico, o mais próximos possível, mas sem que eles estejam ligados entre si.

3 Num mesmo grupo da Tabela Periódica Assim, quanto maior o número de camadas, maior o tamanho do átomo. Exemplo: Grupo 1 (metais alcalinos) C.N.E.= 1 para todos os elementos, então, a atração efetiva do núcleo pelos elétrons da última camada é a mesma. O que muda de um elemento para outro desta família é a quantidade de camadas.

4 Conclusão Em um mesmo grupo da Tabela Periódica, a C.N.E. é a mesma e, assim, quanto maior o número de camadas (maior o número atômico), maior é o átomo.

5 Num mesmo período da Tabela Periódica Assim, quanto maior a C.N.E., mais o núcleo atrai efetivamente os elétrons da última camada e menor fica o átomo. Exemplo: 2o período Neste período da Tabela Periódica, todos os elementos têm 2 camadas. A C.N.E. vai aumentando, conforme a quantidade de elétrons na última camada, também, aumenta.

6 Conclusão Em um mesmo período da Tabela Periódica, a quantidade de camadas é a mesma e, assim, quanto maior a C.N.E. (maior o número atômico), menor é o átomo.

7 Raio Atômico + - -

8 Família 1 Na Cs Elemento Z Raio (pm) Li K Rb 3 3 152 Li 152 11 186 Na 11 186 19 227 K 19 227 37 248 Rb 248 55265 Cs 55

9 ElementoZRaio (pm) Família 18 He Ne Ar Kr Xe He 2 31 2 Ne 10 71 10 71 Ar 18 98 1898 Kr 36 112 36 112 Xe 54 131 54 131

10 Período 2 BeBCNOFNeLi 3 3 152 4 4 Be 112 5 5 B 85 6 6 C 77 7 7 N 75 8 8 O 73 9 9 F 72 10 Ne 71 Elemento Z Raio (pm)

11 Período 3 NaMgAlSiPSClAr S 16 103 11 186 Na 11 186 12 160 Mg 12 160 13 143 Al 13 143 14 118 Si 14 118 15 110 P 15 110 17 100 Cl 17 100 18 98 Ar 18 98 Elemento Z Raio (pm)

12 Li Na K Rb Cs He Ne Ar Kr Xe Be B C F Mg Al Si Cl Família 1 Família 18 Período 2 Período 3 5 10 15 20 25 30 35 40 45 50 55 60 65 70 75 80 150 190 70 110 30 230 270

13 Energia de Ionização Indica a quantidade de energia necessária para se retirar um elétron de um átomo, no estado gasoso.

14 Equação de Energia de Ionização Por exemplo: sódio +Energia de Ionização Na +E.I. cátion sódio + elétron Na + + e - + + e-+ e-

15 Num mesmo grupo da Tabela Periódica Assim, quanto maior o número de camadas, maior a distância entre o núcleo e os elétrons da última camada, menor a atração efetiva e, portanto, menor a energia de ionização. Exemplo: Grupo 1 (metais alcalinos) C.N.E.= 1 para todos os elementos, então, a atração efetiva do núcleo pelos elétrons da última camada é a mesma. O que muda de um elemento para outro desta família é a quantidade de camadas e, portanto, a distância com que o núcleo atrai efetivamente os elétrons da última camada.

16 Conclusão Em um mesmo grupo da Tabela Periódica, a C.N.E. é a mesma e, assim, quanto maior o número de camadas (maior o número atômico), menor é a energia de ionização.

17 Num mesmo período da Tabela Periódica Assim, quanto maior a C.N.E., mais difícil é a retirada do elétron e, portanto, maior é a energia de ionização. Exemplo: 2o período Neste período da Tabela Periódica, todos os elementos têm 2 camadas. A C.N.E. vai aumentando, conforme a quantidade de elétrons na última camada e, então, aumenta a atração efetiva entre o núcleo e estes elétrons.

18 Conclusão Em um mesmo período da Tabela Periódica, a quantidade de camadas é a mesma e, assim, quanto maior a C.N.E. (maior o número atômico), maior é a energia de ionização.

19 Energia de Ionização - + +

20 Período 1 Período 2 Período 3

21 Afinidade Eletrônica Indica a quantidade de energia liberada por um átomo, no estado gasoso, quando se adiciona um elétron à sua eletrosfera.

22 Equação de Afinidade Eletrônica Por exemplo: cloro +elétron Cl +e - ânion do cloro + Cl - + + e-e- afinidade eletrônica A.E. +

23 Num mesmo grupo da Tabela Periódica Assim, quanto maior o número de camadas, maior a distância entre o núcleo e os elétrons da última camada, menor a atração efetiva e, portanto, menor a afinidade eletrônica. Exemplo: Grupo 1 (metais alcalinos) C.N.E.= 1 para todos os elementos, então, a atração efetiva do núcleo pelos elétrons da última camada é a mesma. O que muda de um elemento para outro desta família é a quantidade de camadas e, portanto, a distância com que o núcleo atrai efetivamente os elétrons da última camada.

24 Conclusão Em um mesmo grupo da Tabela Periódica, a C.N.E. é a mesma e, assim, quanto maior o número de camadas (maior o número atômico), menor é a afinidade eletrônica.

25 Num mesmo período da Tabela Periódica Neste período da Tabela Periódica, todos os elementos têm 2 camadas. A C.N.E. vai aumentando, conforme a quantidade de elétrons na última camada, também, aumenta. Exemplo: 2o período Assim, quanto maior a C.N.E., mais o núcleo atrai efetivamente os elétrons da última camada e maior é a afinidade eletrônica.

26 Conclusão Em um mesmo período da Tabela Periódica, a quantidade de camadas é a mesma e, assim, quanto maior a C.N.E. (maior o número atômico), maior é a afinidade eletrônica.

27 Afinidade Eletrônica - + + 18

28 Eletronegatividade Indica se um átomo de um elemento químico qualquer consegue atrair facilmente elétrons seus ou de um outro átomo qualquer.

29 Num mesmo grupo da Tabela Periódica C.N.E.= 1 para todos os elementos, então, a atração efetiva do núcleo pelos elétrons da última camada é a mesma. O que muda de um elemento para outro desta família é a quantidade de camadas e, portanto, a distância com que o núcleo atrai efetivamente os elétrons da última camada. Exemplo: Grupo 1 (metais alcalinos) Assim, quanto maior o número de camadas, maior a distância entre o núcleo e os elétrons da última camada, menor a atração efetiva e menor a eletronegatividade.

30 Conclusão Em um mesmo grupo da Tabela Periódica, a C.N.E. é a mesma e, assim, quanto maior o número de camadas (maior o número atômico), menor é a eletronegatividade.

31 Num mesmo período da Tabela Periódica Assim, quanto maior a C.N.E., mais o núcleo atrai efetivamente os elétrons da última camada e maior é a eletronegatividade. Exemplo: 2o período Neste período da Tabela Periódica, todos os elementos têm 2 camadas. A C.N.E. vai aumentando, conforme a quantidade de elétrons na última camada, também, aumenta.

32 Conclusão Em um mesmo período da Tabela Periódica, a quantidade de camadas é a mesma e, assim, quanto maior a C.N.E. (maior o número atômico), maior é a eletronegatividade.

33 Eletronegatividade - + + 18

34 Fila de Eletronegatividade Não metais F, O, N, Cl, Br, I, S, C, P, H + - Frase: Fui Ontem No Clube, Briguei I Sai Correndo Pro Hospital.


Carregar ppt "Propriedades Periódicas. Raio Atômico É o valor obtido a partir da metade da distância entre dois núcleos de átomos de um mesmo elemento químico, o mais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google