A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Como funciona a Internet Rede Ethernet Rede Corporativa Provedores de Acesso routers Internet.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Como funciona a Internet Rede Ethernet Rede Corporativa Provedores de Acesso routers Internet."— Transcrição da apresentação:

1 Como funciona a Internet Rede Ethernet Rede Corporativa Provedores de Acesso routers Internet

2 Copyright (C) 1995 by Julião Braga & Oscar Farias 2 Como funciona a Internet Os diferentes segmentos (sub-redes) que compõem a Internet são conectados por routers Os segmentos podem ser quaisquer tipos de rede: Ethernet, token ring, rede de telefonia... Analogia com o sistema postal –as subredes são os meios por onde trafega a informação (aviões, caminhões e carteiros) –os routers são responsáveis pelo encaminhamento da informação entre as diferentes rotas disponíveis (subestação postal responsável pela triagem e encaminhamento das cartas a diferentes regiões em que residem os destinatários) Há regras definidas para a comunicação entre elementos da rede

3 Copyright (C) 1995 by Julião Braga & Oscar Farias 3 Protocolos (i) Protocolo: conjunto de regras prescrevendo estrita aderência à correta etiqueta e precedência (ex.: serviço militar e diplomático) Protocolos de Comunicação: São conjuntos de regras que viabilizam e ordenam a comunicação entre entidades cooperantes em sistemas abertos, possivelmente heterogêneos (permitem que modelos e tipos diferentes de computadores possam se conectar e se relacionar independentemente do fabricante).

4 Copyright (C) 1995 by Julião Braga & Oscar Farias 4 Protocolos (ii) Siglas importantes: –ISO - International Standards Organization (voluntary, non- treaty organization ) –CCITT- Comité Consultatif International de Télégraphique et Téléphonique. (subordinado ao ITU - International Telecomunication Union / ONU). –RM-OSI- Reference Modal for Open Systems Interconection da ISO.

5 Copyright (C) 1995 by Julião Braga & Oscar Farias 5 Arquitetura de Redes (i) As modernas redes de computadores são projetadas de modo altamente estruturado são organizadas como uma série de layers ou níveis, cada um construído sobre o seu predecessor. O propósito de cada layer é oferecer certos serviços aos layers de mais alto nível, protegendo-os dos detalhes referentes à implementação desses serviços O layer n de uma máquina A conduz uma conversação com o layer n da máquina B (comunicação virtual) As regras e convenções usadas nesta conversação são coletivamente denominadas como o protocolo do layer n Arquitetura de Rede: é o conjunto de layers e protocolos entre os vários layers

6 Copyright (C) 1995 by Julião Braga & Oscar Farias 6 Arquitetura de Redes (ii) Host A Na realidade os dados não são diretamente transferidos do layer-n do Host-A para o layer-N do Host-B. Ao invés, cada layer transmite os dados e informações de controle para o nível imediatamente inferior, até que o nível mais baixo seja alcançado (layer 1). Abaixo do layer 1 está o meio físico (conectando as duas máquinas) no qual a comunicação estre as máquinas A e B efetivamente ocorre. Comunicação real: é a que efetivamente se dá no meio físico. Interface: define as operações primitivas e serviços que o layer n oferece ao layer n-1 Protocolo do layer n-1 Host B layer n layer n-1 Protocolo do layer n interface

7 Copyright (C) 1995 by Julião Braga & Oscar Farias 7 Arquitetura de Redes: Projeto dos layers elementos necessários mecanismo para o estabelecimento de conexão algum tipo de endereçamento para identificar uma destinação específica mecanismo para término da conexão regras para transferência de dados controle de erros (aknowledgement de que a mensagem foi corretamente recebida) controle de fluxo de dados (para evitar o afogamento do receptor) mecanismos para processar mensagens arbitrariamente longas (disassembling, transmission, assembling) escolha de rota quando houver múltiplos paths origem-destino

8 O Modelo de Referência da OSI

9 Copyright (C) 1995 by Julião Braga & Oscar Farias 9 Os Layers no Modelo de Referência OSI (i) Os quatro primeiros layers preocupam-se em fornecer uma comunicação confiável end-to-end Os três últimos layers fornecem serviços orientados ao usuário que são úteis a várias aplicações Layer Físico: sua função está relacionada com a transmissão dos bits em estado bruto (raw bits) no canal de comunicação. –Nível de voltagem para apresentar 0s e 1s; –Quantos microssegundos correspondem a 1 bit; –Se a transmissão pode ser simultânea em ambas as direções; –Como se estabelece e terminam as conexões; –Número de pinos no conector para a rede;

10 Copyright (C) 1995 by Julião Braga & Oscar Farias 10 Os Layers no Modelo de Referência OSI (ii) Layer Enlace de dados ( Data Link Layer ): tem por função transformar os raw bits recebidos do layer físico em uma linha que apareça livre de erros para o network layer. –Determina como os bits do layer físico são agrupados em frames – trata dos problemas relacionados a erros de transmissão – regula o fluxo de informação de modo que o receptor não seja afogado pelos dados

11 Copyright (C) 1995 by Julião Braga & Oscar Farias 11 Os Layers no Modelo de Referência OSI (iii) Network Layer: Sua função está relacionada ao controle da operação da subnet. –Uma decisão chave de projeto é como os pacotes são encaminhados da origem ao destinatário. –O controle da congestão dos pacotes na subnet também cabe ao Network Layer. –Em alguns casos há funções de accounting. Nas redes broadcast, em que o problema de roteamento é trivial, o Network Layer é simples ou mesmo inexistente.

12 Copyright (C) 1995 by Julião Braga & Oscar Farias 12 Os Layers no Modelo de Referência OSI (iv) Transporte Layer: Sua função básica é prover um transporte de dados eficiente, confiável e a custo aceitável entre as máquinas origem e destino. Deve: –Aceitar os dados do layer sessão –Particioná-los em unidades menores, se necessário – Passá-los à camada de rede –Assegurar-se que todos os pedaços da mensagem são corretamente recebidos no outro extremo –A eficiência é fundamental para os ítens acima. Além disto, a camada de transportes deve isolar a camada de sessão das mudanças inevitáveis que ocorrem na tecnologia do hardware –Preocupar-se com a multiplexação de vários message-streams em um único canal, ou com o particionamento dos dados entre várias conexões de rede. –Deve cuidar do estabelecimento e término das conexões através da rede

13 Copyright (C) 1995 by Julião Braga & Oscar Farias 13 Os Layers no Modelo de Referência OSI (v) Camada de Sessão: sua função principal é permitir que usuários, em diferentes máquinas, estabeleçam sessões entre si e transfiram dados entre si de forma ordenada. Alguns dos seus serviços são: – o gerenciamento de diálogos - usa-se um token para determinar quem deve tansmitir os dados (ex.: sistemas de bancos de dados acessados por terminais remotos) – sincronização - usado para se reposicionar e entidade de sessão em um estado conhecido no caso de um erro –gerência de atividades - (ex.: transações bancárias)

14 Copyright (C) 1995 by Julião Braga & Oscar Farias 14 Os Layers no Modelo de Referência OSI (vi) Camada de Apresentação: Preocupa-se basicamente com a preservação do significado da informação transportada entre diferentes máquinas. A camada de apresentação relaciona-se com a SINTAXE e a SEMÂNTICA da informação transmitida. Para se possibilitar a comunicação entre computadores com diferentes representações internas de informação, as estruturas de dados devem ser definidas e intercambiadas em modo abstrato, com um código padrão a ser usado on the wire (i.e., entre as máquinas). A tarefa de gerenciar estas estruturas de dados abstratos e convertê-los para a representação interna dos computadores (e vice-versa) é realizada pela camada de apresentação. ( + Compressão de Dados e Criptografia ).

15 Copyright (C) 1995 by Julião Braga & Oscar Farias 15 Os Layers no Modelo de Referência OSI (vii) Layer de Aplicação: Esta camada contém uma variedade de protocolos para aplicações comumente utilizadas, tais como: – transferência de arquivos – eletronic mail –terminais virtuais –RJE –directory lookup (páginas amarelas), etc...

16 Copyright (C) 1995 by Julião Braga & Oscar Farias 16 Os Layers na ARPANET Aplicação: FTP ( File Transfer Protocol ) SMTP ( Simple Mail Transfer Protocol ) TELNET ( Remote Login ) Apresentação: Não existe Sessão: Não existe Transporte: TCP ( Transmission Control Protocol ) orientado à conexão Rede: IP ( Internet Protocol ) - Connection Less Datalink (Enlace): protocolo IMP. IMP ( na realidade incorpora funções dos níveis 2 e 3 ) Físico:

17 Copyright (C) 1995 by Julião Braga & Oscar Farias 17 Protocolos na Internet TCP/IP integra o Internet protocol suite (correspondem aos layers de transporte e de rede no modelo de referência OSI) TCP/IP é baseado na tecnologia connection less A informação é transferida como uma seqüência de datagramas Cada datagrama é enviado individualmente pela rede TCP é responsável: –pelo particionamento da mensagem em datagramas –pela reconstrução da mensagem original no destinatário, inclusive reordenação dos datagramas –pelo reenvio de datagramas que eventualmente se percam IP é responsável: –pelo roteamento dos datagramas

18 host A host B O Encaminhamento das Mensagens na Internet host J host K host X host Y

19 Copyright (C) 1995 by Julião Braga & Oscar Farias 19 Consiste de 4 números, menores que 256, separados por pontos O início do endereço identifica a sub-rede da qual o computador faz parte A parte final do endereço identifica o host dentro da rede Ex.: O Domain NAme System torna os endereços mais amigáveis, substituindo os números por nomes Endereço dos Computadores na Internet

20 Organização do Domain Name System ux.cso.uiuc.edu - a hierarquia se dá da direita para a esquerda ux - host computer cso - departamento uiuc - University of Illinois at Urbana Champaign edu - instituição educacional edu uiuc cso ncsa ux

21 Copyright (C) 1995 by Julião Braga & Oscar Farias 21 Organização do Domain Name System classificação por tipo de organização:.com.edu.gov.mil.org.net pelo país em que se situa o host.ca.br.fr.uk DNS Servers: para procurar endereços na Internet root servers: conhecem os endereços correspondente aos nomes dos servidores que estão no nível mais à direita domain name: diz quem é o responsável pelo domínio

22 Copyright (C) 1995 by Julião Braga & Oscar Farias 22 Copyright (C) 1995 by Julião Braga & Oscar Farias ## Endereçamento: Informações gerais É possível obter somente o domínio, sem o correspondente endereço numérico. Este domínio ficará associado a um host. Os domínios e/ou endereços são obtidos através do robô Enviando uma mensagem com um help no corpo, para o robô acima, ele enviará dois formulários com as respectivas instruções de preenchimento.


Carregar ppt "Como funciona a Internet Rede Ethernet Rede Corporativa Provedores de Acesso routers Internet."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google