A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Interação Cliente Servidor Cap-1. Professor: Arlindo Tadayuki Noji Instituto de Ensino Superior Fucapi - CESF 2 Interação Cliente-Servidor A interação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Interação Cliente Servidor Cap-1. Professor: Arlindo Tadayuki Noji Instituto de Ensino Superior Fucapi - CESF 2 Interação Cliente-Servidor A interação."— Transcrição da apresentação:

1 1 Interação Cliente Servidor Cap-1

2 Professor: Arlindo Tadayuki Noji Instituto de Ensino Superior Fucapi - CESF 2 Interação Cliente-Servidor A interação Cliente Servidor apresenta os conceitos fundamentais que formam a base para todos os aplicativos de rede. Será discutido o modelo básico cliente- servidor, descrevendo sua relação com o modo de atuar do modelo de protocolode comunicação que estudamos.

3 Professor: Arlindo Tadayuki Noji Instituto de Ensino Superior Fucapi - CESF 3 Interação Cliente-Servidor Funcionalidade que o Software Aplicativo Fornece: – Apesar das camadas subjacentes dos protocolos serem responsáveis por garantir a comunicação em uma inter- rede, é a camada de aplicativo que oferece a funcionalidade mais interessante. – A função do software aplicativo é oferecer um formato adequado para os usuários acessarem, modificarem e inserirem informações. Mais importante ainda, os aplicativos definem nomes simbólicos para identificar os recursos físicos e abstratos disponíveis em um inter-rede. Ex: (recursos físicos) nomes de computadores ao invés de IPs; Ex:(recursos abstratos) pastas, arquivos e mails

4 Professor: Arlindo Tadayuki Noji Instituto de Ensino Superior Fucapi - CESF 4 Interação Cliente-Servidor A funcionalidade que uma Inter-rede fornece: – Fornece uma infra-estrutura de comunicação geral, sem especificar ou limitar um determinado serviço. Isto é definido pelo aplicativo e usuários. – Embora um sistema de inter-rede forneça um serviço de comunicação básico, o software de protocolo não pode iniciar ou aceitar contato de um computador remoto. Em vez disso, dois programas aplicativos devem participar em qualquer comunicação: Um programa inicia a comunicação e o outro a aceita.

5 Professor: Arlindo Tadayuki Noji Instituto de Ensino Superior Fucapi - CESF 5 Interação Cliente-Servidor O software do protocolo não possui um mecanismos para informar que um determinado dado chegou para um aplicativo. Ao invés disso, os aplicativos devem informar para os protocolos que tipos de dados estão esperando. Este processo define um comportamento de espera para o aplicativo. Se um aplicativo sempre espera (passivamente) um dado, deve existir um outro aplicativo (ativo) que deverá iniciar enviando este dado.

6 Professor: Arlindo Tadayuki Noji Instituto de Ensino Superior Fucapi - CESF 6 Interação Cliente-Servidor Paradigma Cliente-Servidor – Este modelo que faz um aplicativo ficar passivamente esperando dados e um outro de iniciar a comunicação enviando dados recebeu o nome de paradigma de interação cliente-servidor; – Os termos cliente-servidor se refere-se a dois aplicativos envolvidos numa comunicação Cliente é o aplicativo que iniciar a comunicação; Servidor é o aplicativo que espera passivamente o contato.

7 Professor: Arlindo Tadayuki Noji Instituto de Ensino Superior Fucapi - CESF 7 Interação Cliente-Servidor Características de Clientes – É programa aplicativo arbitrário que se torna um cliente temporariamente quando for necessário acesso remoto, mas pode executar outros processamentos locais; – É diretamente invocado por usuário e executa somente para uma sessão; – Executa localmente em um computador pessoal; – Inicia ativamente a comunicação com um servidor; – Pode acessar múltiplos serviços quando necessário, mas contata ativamente um servidor remoto de cada vez; – Não exige hardware especial;

8 Professor: Arlindo Tadayuki Noji Instituto de Ensino Superior Fucapi - CESF 8 Interação Cliente-Servidor O software Servidor: – É um programa privilegiado de propósito especial dedicado a fornecer um serviço, mas pode tratar de múltiplos clientes remotos ao mesmo tempo; – É automaticamente invocado quando um sistema inicializa e continua a executar ao longo de muitas sessões; – Roda em um computador compartilhado; – Espera passivamente pelo contato de clientes remotos arbitrários; – Aceita contato de clientes arbitrários, mas oferece um único serviço; – Exige hardware poderoso e um sistema operacional sofisticado.

9 Professor: Arlindo Tadayuki Noji Instituto de Ensino Superior Fucapi - CESF 9 Interação Cliente-Servidor As interações possíveis permitem que as informações fluam em ambas as direções; – Normalmente clientes enviando as informações e o servidor respondendo; – Outras interações são possíveis;

10 Professor: Arlindo Tadayuki Noji Instituto de Ensino Superior Fucapi - CESF 10 Interação Cliente-Servidor Protocolos de Transporte

11 Professor: Arlindo Tadayuki Noji Instituto de Ensino Superior Fucapi - CESF 11 Interação Cliente-Servidor Múltiplos Serviços em um Computador – Um sistema poderoso capaz de executar múltiplos aplicativos servidores e clientes ao mesmo tempo:

12 Professor: Arlindo Tadayuki Noji Instituto de Ensino Superior Fucapi - CESF 12 Interação Cliente-Servidor Um único computador da classe servidor pode oferecer múltiplos serviços ao mesmo tempo,um programa de servidor separado é necessário para atender cada serviço. A execução de muitos servidores em uma única máquina servidora é prática porque um servidor não consome muito recurso de processamento enquanto fica esperando uma chamada.

13 Professor: Arlindo Tadayuki Noji Instituto de Ensino Superior Fucapi - CESF 13 Interação Cliente-Servidor Identificação de serviços: – Em uma comunicação de inter-rede, os protocolos de Internet devem saber para qual aplicativo servidor ou cliente devem entregar uma determinada mensagem; – Este mecanismo é oferecido pelo protocolo como um número único presente no camada de transporte TCP. Um número inteiro de 16 bits, chamado de porto. Então cada par de aplicativos que se interagem devem ter o cuidado de combinar qual será número de porto utilizado para definir o serviço em questão.

14 Professor: Arlindo Tadayuki Noji Instituto de Ensino Superior Fucapi - CESF 14 Interação Cliente-Servidor Múltiplas cópias de um Servidor para um Único Serviço: – Um servidor capaz de atender várias solicitações ao mesmo tempo para um mesmo tipo de serviço suporta concorrência. Na verdade, são executadas copias (threads) do mesmo programa aplicativo na mesma máquina para cada cliente solicitante; – Esta técnica é muito importante para alguns serviços que transferem arquivos por exemplo.

15 Professor: Arlindo Tadayuki Noji Instituto de Ensino Superior Fucapi - CESF 15 Interação Cliente-Servidor Criação de servidor dinâmico: – A maioria dos servidores concorrentes operam dinamicamente. – Um servidor é construído para operar um duas etapas: primeiro para receber as chamadas ou requisições e segundo para responder as chamadas realizadas. O processo é simples, para cada solicitação recebida pela primeira etapa, a aplicação principal cria uma thread (cópia) de um servidor dedicado para atender aquela chamada.

16 Professor: Arlindo Tadayuki Noji Instituto de Ensino Superior Fucapi - CESF 16 Interação Cliente-Servidor Protocolos de Transporte e Comunicação Não- Ambigua – Como uma mensagem entregue a uma máquina pode encaminhar para a cópia correta de um servidor?

17 Professor: Arlindo Tadayuki Noji Instituto de Ensino Superior Fucapi - CESF 17 Interação Cliente-Servidor Protocolos de Transporte e Comunicação Não- Ambigua – Os protocolos de transporte atribuem um identificador a cada cliente e também a cada serviço. O software de protocolo na máquina do servidor usa a combinação de identificadores de cliente e servidor para escolher a cópia correta de um serviço concorrente. – Quando um cliente envia um segmento de TCP, ele utiliza os campos SOURCE PORT e DESTINATION PORT para identificar o serviço e a cópia do servidor que irá receber as informações.

18 Professor: Arlindo Tadayuki Noji Instituto de Ensino Superior Fucapi - CESF 18 Interação Cliente-Servidor Transporte Orientado à Conexão e Sem Conexão – Os protocolos Transporte basicamente suportam dois tipos de conexão: orientado a conexão e sem conexão; Na comunicação orientado à conexão, dois aplicativos devem antes, iniciar uma conexão. Estabelecida a conexão, uma comunicação pode ser realizada entres os dois aplicativos. Um aplicativo usa método TCP do suíte do TCP/IP; Na comunicação de transporte sem conexão, uma mensagem pode ser transmitido para qualquer destino, à qualquer hora. Um aplicativo usa o método UDP do suíte do TCP/IP.

19 Professor: Arlindo Tadayuki Noji Instituto de Ensino Superior Fucapi - CESF 19 Interação Cliente-Servidor Interação Complexas entre clientes e servidores – Um aplicativo cliente, pode contactar diferentes servidores; – Um aplicativo cliente não precisa ser restrito a um único servidor para buscar suas informações. Ex: para busca de data e hora; – Um servidor, pode executar outras tarefas, como ser clientes de outros servidores;


Carregar ppt "1 Interação Cliente Servidor Cap-1. Professor: Arlindo Tadayuki Noji Instituto de Ensino Superior Fucapi - CESF 2 Interação Cliente-Servidor A interação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google