A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Filo MOLLUSCA Prof. Regis Romero. MOLUSCOS Alguns representantes Representantes : Lulas, Polvos, lesmas, caracóis, mariscos, ostras, mexilhões, sépias,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Filo MOLLUSCA Prof. Regis Romero. MOLUSCOS Alguns representantes Representantes : Lulas, Polvos, lesmas, caracóis, mariscos, ostras, mexilhões, sépias,"— Transcrição da apresentação:

1 Filo MOLLUSCA Prof. Regis Romero

2 MOLUSCOS Alguns representantes Representantes : Lulas, Polvos, lesmas, caracóis, mariscos, ostras, mexilhões, sépias, náutilos, quíton... Depois de artrópodes, é o segundo maior filo do Reino Animal. Lula Polvo Sépia mariscosNáutiloQuíton

3 CARACTERÍSTICAS GERAIS ANIMAIS DE CORPO MOLE TRIBLÁSTICOS CELOMADOS BILATÉRIOS PROTOSTÔMIOS GERALMENTE COM CONCHAS TERRESTRES OU AQUÁTICOS

4

5 DIVISÕES DO CORPO CABEÇA Órgãos sensoriais PÉ Locomoção MASSA VISCERAL Principais órgãos

6

7 CONCHA CONCHA PRODUZIDA PELO MANTO OU PÁLIO CAMADAS DA CONCHA: * NACARADA OU NÁCAR * PRISMÁTICA * ORGÂNICA OU TRACO (perióstraco)

8

9

10

11

12 SISTEMAS

13 DIGESTÓRIO: DIGESTÓRIO: Presente, completo (com boca e ânus). Tubo digestivo com regiões diferenciadas e glândula digestiva (ou hepatopâncreas) associada. A digestão é extracelular e intracelular. Na boca dos moluscos, exceto dos bivalves, há uma estrutura exclusiva do grupo: a rádula. Essa estrutura corresponde a um conjunto de pequenos dentes quitinosos, usados para obtenção de alimento. O molusco raspa o substrato para obtenção das partículas alimentares.

14

15 RESPIRATÓRIO: Respiração: branquial (ocorre nas formas aquáticas) ou pulmonar (ocorre nos gastrópodes único grupo de moluscos a conquistar o ambiente terrestre. Ex.: lesmas. Em algumas espécies há respiração cutânea.NERVOSO: Ganglionar (cerebrais, pedais e viscerais) Órgãos sensitivos com olhos e tentáculosCIRCULATÓRIO: Aberto ou lacunar Fechado em cefalópodes Apresenta hemocianina (proteína rica em Cu)EXCRETOR: Metanefrídeos

16 ESQUELÉTICO: Ausente (lesma) Exoesqueleto (caracol) Endoesqueleto (lula)TEGUMENTAR: Uniestratificado (gl. mucosas e epidérmicas)MUSCULAR: Presença de músculos adutores

17 As Classes de moluscos Classe Aplacophora: Moluscos vermiformes, com pé reduzido. Habitat: marinho. Sem concha.

18 APLACOPHORA Chaetoderma canadensis VERMIFORMES, SEM CONCHA

19 Classe Monoplacophora: Apresentam concha com uma só placa. Vivem em águas profundas, entre e metros. Ex.: Neopilina

20 MONOPLACOPHORA Neopilina galathea MARINHOS, 1 CONCHA

21 Classe Polyplacophora: Possuem uma concha calcária formada por 7 ou placas que recobrem o dorso do animal. Marinhos. Ex.: Quíton

22 POLYPLACOPHORA (AMPHINEURA) Quíton MARINHOS 1 CONCHA COM 8 PLACAS

23

24

25 Classe Scaphopoda: Moluscos com concha alongada, lembrando um dente de elefante; daí o nome do principal representante: Dentálio. Não possuem brânquias; a respiração é cutânea. Vivem enterrados na areia da praia.

26 SCAPHOPODA Dentalium sp CORPO ALONGADO, CONCHA CURVA, ENTERRADOS NA AREIA

27 Scaphopoda

28

29 Classe Gastropoda: Possui o maior número de espécies dentre os moluscos, com cerca de espécies. Único grupo de moluscos com representantes na água doce, no mar e no ambiente terrestre. Grande diversidade de hábitos alimentares: há espécies carnívoras, espécies herbívoras e espécies detritívoras. A conquista do ambiente terrestre foi possível graças a algumas adaptações, tais como: * Concha cônica e mais leve, mais fácil de ser carregada. * Fecundação interna * Respiração pulmonar Biomphalaria Escargot Lesma marinha Quanto à reprodução, há espécies monóicas e espécies dióicas. A fecundação pode ser interna ou externa. Algumas espécies possuem larva. Os gastrópodes pulmonados são hermafroditas e o desenvolvimento é direto.

30 GASTRÓPODA MAIS NUMEROSO, MAIORIA AQUÁTICA, MAIORIA UNIVALVES, ALGUNS HERMAFRODITAS Caracol

31 Um gastrópodo comum é o caracol de jardim. Bradybaena similaris (Bradybaena similaris)

32

33 Classe Cephalopoda: - exclusivamente marinhos - do grego kephalos, cabeça, e podos, pé - possuem olhos bem desenvolvidos - possuem cromatóforos - dióicos - sistema circulatório fechado - sistema nervoso centralizado

34 CEPHALOPODA Polvo, lula, Nautilus PÉS TRANSFORMADOS EM TENTÁCULOS OLHOS DESENVOLVIDOS, PREDADORES, POSSUEM SIFÃO

35

36 Lula colossal (uma variação da lula)

37 Concha Interna – lula – pena

38

39

40 Polvo

41

42

43 Classe Bivalvia (Pelecypoda): Apresentam corpo envolvido por uma concha constituída de 2 valvas. Ocorrem tanto na água doce como no ambiente marinho. Na evolução do grupo houve redução da cabeça e desaparecimento da rádula. Os bivalves são animais filtradores e conseguem o alimento pelas brânquias. Como representantes do grupo temos as ostras, os mariscos, as vieiras e os mexilhões. Um bivalve exótico é o teredo, que vive em madeira e atacam embarcações. Ostra Vieiras Teredo Pécten

44 BIVALVIA (LAMELIBRÂNQUIOS) Ostras, Mariscos 1 CONCHA COM 2 VALVAS MAIORIA DIÓICOS FAZM PARTE DO BÊNTON

45

46

47

48

49

50 PRODUÇÃO DE PÉROLA Certos bivalves são capazes de produzir pérolas com valor comercial – são as ostras perlíferas. A formação da pérola inicia-se quando algum corpo estranho entra no espaço entre a concha e o manto. Este, então, secreta sucessivas camadas de nácar (madrepérola material orgânico, brilhante, presente na superfície interna da concha, usado para fazer botões) sobre o invasor. Trata-se, portanto, de um mecanismo de defesa do molusco. Ostra perlífera

51 manto nácar calcário manto concha pérola PÉROLAS

52 REPRODUÇÃO

53

54 Sexos Dióico (maioria) Gastrópodes - monóicos Fecundação Interna – gastrópodos e cefalópodos Externa – Bivalves Desenvolvimento Direto – gastrópodes e cefalópodes Indireto – Bivalves

55 LARVAS

56 TROCÓFORA – TROCÓFORA – Larva ciliada (gastrópodes primitivos, bivalves e poliplacophoras)

57 VÉLIGER – VÉLIGER – Larva ciliada Livre (bivalves)

58 GLOQUÍDIOS – GLOQUÍDIOS – Larva parasita (bivalves)

59 IMPORTÂNCIA DOS MOLUSCOS Integrantes de um grande número de cadeias alimentares; Muitos bivalves atuam como bioindicadores, pois são capazes de concentrar toxinas e poluentes presentes nas brânquias; Alimentícia (ostras, mariscos, lulas) Econômica ( exportação do molusco para culinária; exportação de pérolas) Algumas espécies participam do ciclo biológico de determinados vermes; Comprometimento da estrutura de embarcações (ex.: teredo).


Carregar ppt "Filo MOLLUSCA Prof. Regis Romero. MOLUSCOS Alguns representantes Representantes : Lulas, Polvos, lesmas, caracóis, mariscos, ostras, mexilhões, sépias,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google