A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A freqüência medida de mutação reflete um equilíbrio entre o número de eventos de mutação e a fração destes eventos que é corrigida Modificações de distorções.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A freqüência medida de mutação reflete um equilíbrio entre o número de eventos de mutação e a fração destes eventos que é corrigida Modificações de distorções."— Transcrição da apresentação:

1 A freqüência medida de mutação reflete um equilíbrio entre o número de eventos de mutação e a fração destes eventos que é corrigida Modificações de distorções estruturais uma única base X MAL pareamento, que persiste somente até a próxima duplicação Representam impedimentos FÍSICOS para duplicação e transcrição C U G U C A G A Par de purinas distorce o dúplex

2 Dímeros de pirimidina: causados por UV Alquilação: inserção de grupo metila Depurinação (lesão mais freqüente!)

3 Os sistemas de reparo podem reconhecer uma série de distorções no DNA como sinais para a sua ativação 1 Reparação direta (rara) - envolve a reversão ou simples remoção do dano -Ex:FOTOLIASE é uma enzima dependente de luz, que converte os dímeros de pirimidina 2 Reparação por EXCISÃO (comuns) (reparo de pareamentos errados) -início: uma enzima reconhece uma base danificada, ou uma alteração espacial - estes mal-pareamentos são identificados pela distinção entre fitas novas e velhas - excisão de seqüência que inclui a base danificada -novo trecho de DNA é polimerizado

4 3 Sistemas de tolerância -quando a replicação normal é bloqueada, possibilitam a duplicação, mesmo com erro -importantes em céls. de eucariotos superiores 4 Sistemas de resgate -é um tipo de sistema de tolerância -utiliza a recombinação para obter outra cópia da seqüência de uma fonte não danificada Reparo por excisão em E. coli ( ) de basesde nucleotídeos Base modificada Excisão da base por uma das DNA glicosilases Reconhecimento e corte do sítio por uma AP endonuclease DNA Polimerase + ligase 2

5 Duas etapas- remoção de nucleotídeos mal pareados - síntese de novo segmento de DNA correto DNA normal mutação endonuclease exonuclease Polimerase I ligase Reparo por excisão de nucleotídeos Lesões volumosas

6 ??? Como saber qual base é mutante?? Quando a base é diferente das bases do DNA Ex: U, bases alquiladas Quando é uma base NORMAL do DNA ??? -Se a base mutada for excluída, a seq. voltará a ser a seq. normal -MAS se a base normal for a excluída = MUTAÇÃO FIXADA É importante DIFERENCIAR fita filha e fita mãe!! Ex: em E. coli, a A da seqüência GATC é metilada, e este processo ocorre em um tempo após a replicação Antes disto,o sistema de reparo procura erros!!! fita mãe (correta): metilada fita filha (mutante): AINDA não metilada Reparada preferencialmente!!

7 Sistemas de tolerância e de resgate (= reparo PÓS REPLICATIVO, reparo por RECOMBINAÇÃO) (e ) DNA danificado DUPLICAÇÃO Resgate da seq. da cópia normal (recombinação) Lacuna da cópia normal é reparada 34 DNA polimerase I e DNA ligase

8 O sistema SOS é ativado por uma proteína denominada RecA - a resposta SOS é a expressão de muitos genes cujos produtos têm função de reparo - A proteína Rec A é ativada quando ocorre o dano Ex: presença de DNA fita simples Reparo em eucariotos é muito menos conhecido - conexão com transcrição: genes muito transcritos são reparados preferencialmente - Xeroderma pigmentoso: doença resultante da hipersensibilidade à luz solar (UV) Indivíduos doentes NÃO possuem o sistema de reparo de dímeros de pirimidina. Desenvolvem várias lesões de pele. - ligação de extremidades cegas: funcionam para ligar cromossomos quebrados por radiação


Carregar ppt "A freqüência medida de mutação reflete um equilíbrio entre o número de eventos de mutação e a fração destes eventos que é corrigida Modificações de distorções."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google