A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos SISEMA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos SISEMA."— Transcrição da apresentação:

1 Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos SISEMA

2 Palestrante: Luiz Filipe Venturi Vianna Eng. Ambiental, Civil, Seg. do Trabalho Analista Ambiental – NEA / DEAMB Atendimentos Realizados pelo NEA Envolvendo Barragens

3

4 EventoComunicado 1Barragem Hidrelétrica em Florestal.17/12/11 2Rompimento de Barragem de Piscicultura em Vianópolis.18/12/11 3Denúncia de rompimento de Barragem de Rejeitos em Santa Bárbara.20/12/11 4 Deslizamento de Pilha de Rejeitos, com assoreamento do dique de contenção de sedimentos, em Itatiaiuçu. 20/12/11 5Rompimento de Barragem auxiliar, em Congonhas.2/1/12 6 Risco de rompimento de um grande açude localizado entre Astolfo Dutra e Dona Euzébia. 5/1/12 7Risco de rompimento de barragem, em Guarda Mor.6/1/12 8 Denúncia de situação preocupante em relação à Lagoa Água Limpa, em Nova Lima. 6/1/12 9 Constatação de risco de rompimento de barragem durante sobrevôo, em Brumadinho. 8/1/12 10Risco de rompimento de barragem de rejeito, em Conselheiro Lafaiete.9/1/12 11Risco de rompimento de diques, em Além Paraíba.10/1/12 12Risco de rompimento de barragem, em Esmeraldas.23/4/12 13 Vistoria em área afetada pelo rompimento de um Dique de contenção de sedimentos, em Conceição do Mato Dentro. 11/5/12

5 Vianópolis

6

7 Conselheiro Lafaiete

8 Além Paraíba

9

10

11 Conceição do Mato Dentro

12

13

14 Esmeraldas

15

16 Estudo de Caso – Barragens de Cataguases Acidente Ambiental em Cataguases Data: 29 mar 2003 Horário: 5:30h

17 Localização

18

19 Impactos

20 Causas - Falhas na manutenção da estrutura da barragem do reservatório de resíduos. - Inexistência de responsável técnico pela operação e manutenção das barragens.

21 Conseqüências: - Agressões severas à fauna e flora local; - Milhares de pessoas sem abastecimento de água; - Prejuízo de milhões de reais para economia das cidades afetadas em MG e RJ; - Prejuízo aos cofres públicos, em função de gastos com ações emergenciais.

22 Reconstrução da barragem

23 Algumas das alternativas de tratamento propostas para o volume estimado de m³

24 Cataguases, 06 de janeiro de 2009 – Preocupação com os níveis das barragens... A última medição demonstra que a barragem A está faltando apenas 4 centímetros e a barragem B está faltando apenas 1,23 metros para atingirem o vertedouro... As chuvas não dão trégua em nossa região há mais de 20 dias, com precipitação de 673 mm no período...., entendemos que a situação caminha a passos largos para uma possível reprise do ocorrido em março de 2003.

25 06/01/ A empresa solicitou autorização para o descarte controlado da lixívia, como forma de aliviar a tensão sobre os taludes e diminuir o risco de um novo acidente. - Foi acordada a manutenção da transferência de resíduo da barragem A para a barragem B. 07/01/ Secretário José Carlos Carvalho autoriza o lançamento dos resíduos da barragem B diretamente para o córrego Sujo.

26 23/01/2009 Primeira verificação das barragens pela equipe. Órgãos envolvidos: FEAM, IGAM, CEDEC, SECOM

27 Barragem ABarragem B Vertedouro da Barragem A Corpo do barramento da Barragem B

28 - 23/01/2009 Visita a todas as casas localizadas às margens do córrego Sujo e ribeirão do Cágado para informar a situação das barragens, a decisão de iniciar o lançamento do efluente e cadastrar as formas de uso da água pela comunidade.

29 23/01/2009 Inicio do lançamento

30 Confluência do Sujo com o CágadoRibeirão do Cágado – Jusante da zona de mistura

31 Confluência do Cágado com o PombaRio Pomba, após corredeiras, no Distrito de Aracati

32 26/01/2009 Visita do Secretário José Carlos Carvalho

33 Durante todo o processo, foi realizado o monitoramento da qualidade da água dos rios, respeitando o enquadramento dos mesmos e o uso da água.

34

35

36

37

38

39

40

41 Obs.: O ponto 4 foi adicionado posteriormente.

42 Campanha de 06/02/09 - UFV

43

44

45

46 Ao final do período chuvoso é determinado o fim do período emergencial pelos órgãos envolvidos, em função da redução dos fatores de risco.

47

48

49 Situação atual: A barragem A está vazia, em fase de recuperação da área.

50

51

52

53 Situação atual: A previsão de esvaziamento da barragem B é de 10 dias.

54

55 Muito Obrigado!


Carregar ppt "Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos SISEMA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google