A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Dom Casmurro (1899) Machado de Assis. NÃO-EU RAZÃO CIENTÍFICA OBSERVAÇÃO MÉTODO CIENTÍFICO ANÁLISE DO HOMEM DO SÉC.XIX DA SOCIEDADE BURGUESA DO SÉC.XIX.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Dom Casmurro (1899) Machado de Assis. NÃO-EU RAZÃO CIENTÍFICA OBSERVAÇÃO MÉTODO CIENTÍFICO ANÁLISE DO HOMEM DO SÉC.XIX DA SOCIEDADE BURGUESA DO SÉC.XIX."— Transcrição da apresentação:

1 Dom Casmurro (1899) Machado de Assis

2 NÃO-EU RAZÃO CIENTÍFICA OBSERVAÇÃO MÉTODO CIENTÍFICO ANÁLISE DO HOMEM DO SÉC.XIX DA SOCIEDADE BURGUESA DO SÉC.XIX REALISMO ROMANCE PSICOLÓGICO

3 Três Leituras O ROMANCE DE BENTO E CAPITU O ROMANCE DE BENTO E CAPITU A INVESTIGAÇÃO DE CAPITU A INVESTIGAÇÃO DE CAPITU A ANÁLISE PSICOLÓGICA DE BENTO A ANÁLISE PSICOLÓGICA DE BENTO

4 O narrador Casmurro Casmurro O interno não aguenta tinta O interno não aguenta tinta

5 CAPÍTULO II – Do livro O meu fim evidente era atar as duas pontas da vida, e restaurar na velhice a adolescência. Pois, senhor, não consegui recompor o que foi nem o que fui. Em tudo, se o rosto é igual, a fisionomia é diferente. Se só me faltassem os outros, vá; um homem consola-se mais ou menos das pessoas que perde; mas falto eu mesmo, e esta lacuna é tudo. O que aqui está é, mal comparando, semelhante à pintura que se põe na barba e nos cabelos, e que apenas conserva o hábito externo, como se diz nas autópsias; o interno não aguenta tinta.

6 As duas pontas da vida BentinhoX Bento Santiago

7 PERSONALIDADE FRACA PERSONALIDADE FRACA DOMINADO POR MULHERES DOMINADO POR MULHERES MENINO MIMADO MENINO MIMADO

8 CAPÍTULO XL – Uma égua Ficando só, refleti algum tempo, e tive uma fantasia. Já conheceis as minhas fantasias. Contei-vos a da visita imperial; disse-vos a desta casa de Engenho Novo, reproduzindo a de Mata-cavalos... A imaginação foi a companheira de toda a minha existência, viva, rápida, inquieta, alguma vez tímida e amiga de empacar, as mais delas capaz de engolir campanhas e campanhas, correndo. Creio haver lido em Tácito que as éguas iberas concebiam pelo vento, se não foi nele, foi noutro autor antigo, que entendeu guardar essa crendice nos seus livros. Neste particular, a minha imaginação era uma grande égua ibera; a menor brisa lhe dava um potro, que saía logo cavalo de Alexandre

9 Capitu Personagem esférica ora suave e meiga, ora dura é irônica; ora suave e meiga, ora dura é irônica; doce namorada e mulher calculista; doce namorada e mulher calculista; frágil e forte frágil e forte

10 Os olhos de Ressaca

11 Capitu da rua de Matacavalos

12 CAPÍTULO XXXII – Olhos de Ressaca Não me acode imagem capaz de dizer, sem quebra da dignidade do estilo, o que eles foram e me fizeram. Olhos de ressaca? Vá, de ressaca. É o que me dá idéia daquela feição nova. Traziam não sei que fluido misterioso e enérgico, uma força que arrastava para dentro, como a vaga que se retira da praia, nos dias de ressaca. Para não ser arrastado, agarrei-me às outras partes vizinhas, às orelhas, aos braços, aos cabelos espalhados pelos ombros, mas tão depressa buscava as pupilas, a onda que saía delas vinha crescendo, cava e escura, ameaçando envolver-me, puxar-me e tragar-me.

13 Capitu da praia da Glória

14 CAPÍTULO CXXIII - Olhos de Ressaca Enfim, chegou a hora da encomendação e da partida. Sancha quis despedir-se do marido, e o desespero daquele lance consternou a todos. Muitos homens choravam também, as mulheres todas. Só Capitu, amparando a viúva, parecia vencer-se a si mesma. Consolava a outra, queria arrancá-la dali. A confusão era geral. No meio dela, Capitu olhou alguns instantes para o cadáver tão fixa, tão apaixonadamente fixa, que não admira lhe saltassem algumas lágrimas poucas e caladas...

15 As minhas cessaram logo. Fiquei a ver as dela; Capitu enxugou-as depressa, olhando a furto para a gente que estava na sala. Redobrou de carícias para a amiga, e quis levá-la; mas o cadáver parece que a retinha também. Momento houve em que os olhos de Capitu fitaram o defunto, quais os da viúva, sem o pranto nem palavras desta, mas grandes e abertos, como a vaga do mar lá fora, como se quisesse tragar também o nadador da manhã.

16 Escobar O que ele desperta em Bento? Admiração? Admiração? Inveja? Inveja? Insegurança Insegurança Atração? Atração? Ciúme Ciúme

17 Escobar É mais extrovertido e sociável É mais extrovertido e sociável Tem facilidade com cálculos Tem facilidade com cálculos É atlético e saudável É atlético e saudável Tem mais sucesso profissional e reconhecimento social que Bento Tem mais sucesso profissional e reconhecimento social que Bento Tem uma filha enquanto Bento não o conseguia Tem uma filha enquanto Bento não o conseguia

18 Sancha ergueu a cabeça e olhou para mim com tanto prazer que eu, graças às relações dela e Capitu, não se me daria beijá-la na testa. Entretanto, os olhos de Sancha não convidavam a expansões fraternais, pareciam quentes e intimativos, diziam outra cousa, e não tardou que se afastassem da janela, onde eu fiquei olhando para o mar, pensativo. A noite era clara. Dali mesmo busquei os olhos de Sancha, ao pé do piano; encontrei-os em caminho. Pararam os quatro e ficaram diante uns dos outros, uns esperando que os outros passassem, mas nenhum passava. (...) CAPÍTULO CXVIII – A mão de Sancha

19 --Tenho entrado com mares maiores, muito maiores. (...) É preciso nadar bem, como eu, e ter estes pulmões disse ele batendo no peito, e estes braços; apalpa. Apalpei-lhe os braços, como se fossem os de Sancha. (...) Nem só os apalpei com essa idéia, mas ainda senti outra cousa, achei-os mais grossos e fortes que os meus, e tive-lhes inveja; acresce que sabiam nadar. Quando saímos, tornei a falar com os olhos à dona da casa. A mão dela apertou muito a minha, e demorou-se mais que de costume. (...) mas o fluido particular que me correu todo o corpo desviou de mim a conclusão que deixo escrita. Senti ainda os dedos de Sancha entre os meus, apertando uns aos outros.

20 José Dias Os superlativos

21 José Dias Nem sempre ia naquele passo vagaroso e rígido. Também se descompunha em acionados, era muita vez rápido e lépido nos movimentos, tão natural nesta como naquela maneira. Outrossim, ria largo, se era preciso, de um grande riso sem vontade, mas comunicativo, a tal ponto ás bochechas, os dentes, os olhos, toda a cara, toda a pessoa, todo o mundo pareciam rir nele. Nos lances graves, gravíssimo. (...) Tinha o dom de se fazer aceito e necessário; dava-se por falta dele, como de pessoa da família. (...) E não lhe suponhas alma subalterna; as cortesias que fizesse vinham antes do cálculo que da índole. A roupa durava- lhe muito; ao contrário das pessoas que enxovalham depressa o vestido novo, ele trazia o velho escovado e liso, cerzido, abotoado, de uma elegância pobre e modesta. Era lido, posto que de atropelo, o bastante para divertir ao serão e à sobremesa

22 Outros personagens D. Glória D. Glória Prima Justina Prima Justina Tio Cosme Tio Cosme Sancha Sancha Pádua Pádua D. Fortunata D. Fortunata Padre Cabral Padre Cabral

23 O estilo Machadiano CONVERSA COM O LEITOR CONVERSA COM O LEITOR IRONIA E CINISMO IRONIA E CINISMO AS DIGRESSÕES AS DIGRESSÕES

24 A ópera --A vida é uma ópera e uma grande ópera. O tenor e o barítono lutam pelo soprano, em presença do baixo e dos comprimários, quando não são o soprano e o contralto que lutam pelo tenor, em presença do mesmo baixo e dos mesmos comprimários. Há coros a numerosos, muitos bailados, e a orquestração é excelente... Deus é o poeta. A música é de Satanás (...) Satanás suplicou ainda, sem melhor fortuna, até que Deus, cansado e cheio de misericórdia, consentiu em que a ópera fosse executada, mas fora do céu. Criou um teatro especial, este planeta, e inventou uma companhia inteira, com todas as partes, primárias e comprimárias, coros e bailarinos. --Ouvi agora alguns ensaios! --Não, não quero saber de ensaios. Basta-me haver composto o libreto; estou pronto a dividir contigo os direitos de autor.

25 Otelo Brasileiro A intertextualidade

26 Iago Iago Otelo – Desdêmona Otelo – Desdêmona

27 Bento Santiago Bento = sagrado Bento = sagrado Santiago = Sant + Santiago = Sant + Iago Os opostos no homem


Carregar ppt "Dom Casmurro (1899) Machado de Assis. NÃO-EU RAZÃO CIENTÍFICA OBSERVAÇÃO MÉTODO CIENTÍFICO ANÁLISE DO HOMEM DO SÉC.XIX DA SOCIEDADE BURGUESA DO SÉC.XIX."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google