A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

4/4/20141 História do Brasil REPÚBLICA. 4/4/20142 Conteúdos: Transição do Império para a República A Proclamação da República República das Espadas República.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "4/4/20141 História do Brasil REPÚBLICA. 4/4/20142 Conteúdos: Transição do Império para a República A Proclamação da República República das Espadas República."— Transcrição da apresentação:

1 4/4/20141 História do Brasil REPÚBLICA

2 4/4/20142 Conteúdos: Transição do Império para a República A Proclamação da República República das Espadas República Oligárquica Sucessão Presidencial na República Velha Crise da República Velha

3 4/4/20143 Transição do Império para a República FATORES:FATORES: –QUESTÃO ABOLICIONISTA –QUESTÃO REPUBLICANA –QUESTÃO RELIGIOSA –QUESTÃO MILITAR

4 4/4/20144 Questão Abolicionista Senhores de Escravos (Vale do Paraíba e Baixada Fluminense) Não receberam indenização após a abolição REPUBLICANOS DO 13 DE MAIO

5 4/4/20145 Questão Republicana 1870: MANIFESTO REPUBLICANO – Somos da América e queremos ser americanos 1873: Convenção de Itú – SP (Fundação do Partido Republicano Paulista)

6 4/4/20146 Questão Religiosa Constituição de 1824: Igreja subordinada ao Estado 1872: D. Vidal (Olinda) e D. Macedo (Belém) puniram irmandades religiosas que apoiavam a maçonaria

7 4/4/20147 Questão Militar Após a Guerra do Paraguai o Exército Brasileiro adquiriu maior importância social mas não o reconhecimento do governo Punições aos Oficiais do Exército Revolta de Oficiais da Alta Patente

8 4/4/20148 Reformas Políticas: Liberdade de Fé Religiosa Liberdade de Ensino e seu aperfeiçoamento Autonomia para as Províncias Mandato temporário para os Senadores

9 4/4/20149 RESULTADO: As Reformas chegaram tarde demais...

10 4/4/ de Novembro de 1889 Mal. Deodoro da Fonseca:Mal. Deodoro da Fonseca: Ocupação do Quartel-General do Rio de Janeiro Ouro Preto Cândido de OliveiraDeposição do Gabinete Imperial (Ministros: Ouro Preto – chefe do gabinete e Cândido de Oliveira – Ministro da Justiça)

11 4/4/ PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA

12 4/4/ PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA Formação do Governo Provisório D. Pedro II é convidado a retirar-se com sua família

13 4/4/ BRASIL: REPÚBLICA REPÚBLICA VELHA (1889 – 1930) ERA VARGAS (1930 – 1945) REPÚBLICA LIBERAL (1945 – 1964) DITADURA MILITAR (1964 – 1985) NOVA REPÚBLICA (1985 – 2005)

14 4/4/ REPÚBLICA VELHA (1889 – 1930) REPÚBLICA DAS ESPADAS (1889 – 1894) REPÚBLICA OLIGÁRQUICA (1894 – 1930)

15 4/4/ REPÚBLICA DAS ESPADAS (1889 – 1894) GOVERNO PROVISÓRIO: Mal. Deodoro da Fonseca

16 4/4/ Mal. Deodoro da Fonseca

17 4/4/ Governo Provisório (1889 – 1891) Mudanças Institucionais:Mudanças Institucionais: –Federalismo –Separação entre Igreja e Estado –Grande Naturalização (1890) –Assembléia Nacional Constituinte

18 4/4/ CONSTITUIÇÃO DE /02/1891 Forma de Governo: República Forma de Estado: Federalismo Sistema de Governo: Presidencialismo

19 4/4/ CONSTITUIÇÃO DE 1891 Divisão de Poderes: 3 Poderes Voto: brasileiros maiores de 21 anos – exceto: analfabetos, mendigos, soldados, religiosos e mulheres) Voto Aberto

20 4/4/ CONSTITUIÇÃO DE 1891

21 4/4/ ENCILHAMENTO Rui BarbosaMinistro da Fazenda: Rui Barbosa Objetivo: Incentivo ao Crescimento Econômico (desenvolvimento industrial)

22 4/4/ RUI BARBOSA

23 4/4/201423Conseqüências: INFLAÇÃOMoeda Circulante > Produção real da economia = INFLAÇÃO Criação de Empresas Fantasmas Agitação e Especulação na Bolsa de Valores do RJ Demissão de Rui Barbosa em janeiro de 1891

24 4/4/ Eleições de 1891 (Indiretas) PRESIDÊNCIA: –Mal. Deodoro da Fonseca –Prudente de Moraes VICE – PRESIDÊNCIA: –Eduardo Wandenkolk –Mal. Floriano Peixoto 129 Votos 57 Votos 97 Votos 153 Votos

25 4/4/ MAL. DEODORO DA FONSECA GOVERNO CONSTITUCIONAL: (25/01/1891 – 23/11/1891) 03/11/1891: Fechamento do Congresso Nacional 1ª Revolta da Armada (Almirante Custódio de Melo) Renúncia em 23/11/1891

26 4/4/ Mal. Floriano Peixoto (25/11/1891 – 15/11/1894) Apoio do Partido Republicano Paulista Afastamento dos chefes de governo estaduais (nomeados por Deodoro) Reabertura do Congresso Nacional

27 4/4/ O Marechal de Ferro

28 4/4/ Mal. Floriano Peixoto Medidas Econômicas: –Estímulo à Industrialização (facilidade na importação de equipamentos industriais – concessão de financiamento à empresários) –Reforma Bancária: emissão de papel moeda fica a cargo do Governo Federal Medidas Populares: –Baixou o preço da carne e dos aluguéis. Aprovou a Lei de Construção de Casas Populares

29 4/4/ Conflitos Políticos: Situação Constitucionalmente Irregular Manifesto dos Treze Generais Segunda Revolta da Armada (set/1893): Alm. Custódio de Melo Revolução Federalista (RS): –Partido Republicano Rio Grandense: Júlio de Castilhos –Partido Federalista: Silveira Martins

30 4/4/ REVOLTA DA ARMADA movimento contra o presidente Floriano Peixoto. irrompeu no Rio de Janeiro, em 6 de setembro de praticamente toda a marinha se tornou antiflorianista. principal combate ocorreu na Ponta da Armação, em Niterói, a 9 de fevereiro de governo conseguiu a vitória graças a uma nova esquadra, adquirida e aparelhada no exterior.

31 4/4/ REVOLTA DA ARMADA Parte dos revoltosos se rendeu a 13 de março. Outros 400 revoltosos se refugiaram em dois barcos de guerra portugueses e rumaram para o Uruguai.

32 4/4/ Imagens do conflito

33 4/4/ REVOLUÇÃO FEDERALISTA Iniciada em fevereiro de 1893, no Rio Grande do Sul. Batalhas ocorreram em terra e mar, chegando até o Paraná.

34 4/4/ REVOLUÇÃO FEDERALISTA Remanescentes da Revolta da Armada, que haviam desembarcado no Uruguai, uniram- se aos maragatos (antiflorianistas), que lutavam contra os pica-paus (governistas). Ao final, os maragatos foram derrotados pelo exército governista.

35 4/4/201435


Carregar ppt "4/4/20141 História do Brasil REPÚBLICA. 4/4/20142 Conteúdos: Transição do Império para a República A Proclamação da República República das Espadas República."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google