A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Relação Escala Resolução Geométrica da Imagem. ESCALA DO MAPEAMETO ESCALA DO LEVANTAMENTO ESCALA DA IMAGEM BANCO DE DADOS GEOGRAFICOS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Relação Escala Resolução Geométrica da Imagem. ESCALA DO MAPEAMETO ESCALA DO LEVANTAMENTO ESCALA DA IMAGEM BANCO DE DADOS GEOGRAFICOS."— Transcrição da apresentação:

1 Relação Escala Resolução Geométrica da Imagem

2 ESCALA DO MAPEAMETO ESCALA DO LEVANTAMENTO ESCALA DA IMAGEM BANCO DE DADOS GEOGRAFICOS

3 ESCALA DA IMAGEM: SENSOR ORBITAL Dúvida freqüente entre os usuários da fotogrametria é a dimensão ou tamanho do pixel as ser utilizado e se o mesmo atenderá a precisão da carta ou ortofotocarta. As estações fotogramétricas digitais apresentam recursos de ampliação da imagem até a visualização do pixel. A precisão da fotografia depende principalmente da escala e da distância focal do sistema de lentes empregados A resolução Espacial

4 Analogamente o tamanho do pixel em uma imagem de satélite depende:

5 A resolução espacial determina o tamanho do menor objeto que é possível representar na imagem. Portanto, o usuário deve escolher suas imagens de acordo com a magnitude da escala do seu trabalho, em outras palavras, a resolução espacial da imagem deve ser equivalente com o tamanho do menor objeto que se deseja identificar O tamanho da área imageada é determinada pelo produto do IFOV pela distância do sensor a terra. A área no solo é denominada resolução da célula e que determina o resolução espacial máxima do sensor

6

7 A resolução espacial da imagem da fotografia não pode ser confundida com a precisão do produto cartográfico obtido através da compilação da mesma. O valor da acurácia do produto cartográfico, seja de uma carta ou ortofotocarta, será sempre menor que a dimensão do pixel. Da aquisição da fotografia até o produto final, existem vários procedimentos que agregam erros ao produto, todos inerentes ao processo de fotogrametria. - Altura de voo/ altitude da plataforma; - Parametros de Orbita; -Curvatura da terra; - Resolução geométrica e radiométrica da imagem; - Apoio Terrestre; - Aerotriangulação; - Orientação absoluta do modelo estereoscópico; -Restituição estereofotogramétrica

8 A definição da resolução geométrica da imagem influenciará diretamente na precisão do produto final e, associada à escala da fotografia, torna-se nos dias de hoje, de fundamental importância para os trabalhos de Sensoriamento Remoto. Resolução EspacialEscala do Trabalho 0,60 m1: metro1: metros1: metros1: metros1: metros1: metros1:

9 Informação x Representação

10 GEOMETRIA DA IMAGEM CBERS 2B Uns dos problemas qualquer mapeamento de cobertura do solo por SR é lidar com o erro inerente ao processo, seja ele aquisição de novas informações ou simplesmente sua conversao, onde o erro não poderá ser totalmente eliminado e sim gerenciado e/ou minimizado. O erro é alguma discrepância entre as situações descritas na imagem (mapa) e a realidade. Como verificar a exatidão posicional dos produtos de sensoriamento remoto atualmente disponíveis no mercado? exatidão posicional e exatidão temática. A exatidão posicional determina o quão próximo a posicao de um objeto em uma imagem (mapa) esta em relação a posição verdadeira no terreno, enquanto a exatidão temática refere-se características radiométricas do objeto

11 A qualidade nas imagens orbitais esta diretamente relacionada com as distorções geométricas ou espaciais que, por sua vez, estao subdivididas em distorções sistemáticas e não-sistematicas. As imagens provenientes do sensoriamento remoto podem apresentar deformações, devido as instabilidades das plataformas orbitais e de seus sensores. Distorções sistemáticas que são introduzidas durante a aquisição da imagem, e relacionadas com diferentes fatores, incluindo: Rotação da Terra durante a aquisição da imagem (Skew): Distorções Panorâmicas: Curvatura da Terra: Variações na altitude, velocidade e atitude daplataforma: Distorções devido ao relevo:

12 Atividade 3: Qual a escala de mapeamento baseada numa imagem CBERS HRC?

13 Geralmente, a avaliação radiométrica das imagens de satélites consiste em calcular alguns parâmetros, tais como (Yong et al., 2006): 1. Relação Sinal/Ruído (S/N): mede o grau de ruído na imagem. Se a intensidade doruído estiver acima de um limiar especificado, o sinal pode ser inutilizado. 2. Desempenho da MTF (Modulation Transfer Function): está relacionado com a resolução espacial do sensor e mede a resposta do sensor em função da freqüência espacial da cena. 3. Calibração Relativa: permite determinar os parâmetros de ganho e offset de cada detector para corrigir as diferenças nas respostas dos detectores. 4. Calibração Absoluta: fornece coeficientes que permitem a conversão dos valores de nível de cinza para dados físicos, como radiância e reflectância. 5. Ruídos, tais como: perda de linha ou coluna na imagem, saturação dos níveis de cinza, etc. CORREÇÃO RADIOMÉTRICA

14 A avaliação da qualidade radiométrica das imagens deve ser realizada antes e após o lançamento do satélite. Os testes antes do lançamento são realizados em laboratório e consistem em avaliar se as especificações de projeto foram atendidas e também obter os parâmetros de correção a serem usados na estação de processamento de imagens. Após o lançamento, as imagens são corrigidas usando os 2041 parâmetros obtidos em laboratório e avaliadas. Durante o tempo de vida operacional do satélite, os testes de avaliação devem ser realizados periodicamente e, quando necessário, os parâmetros de correção devem ser atualizados.

15


Carregar ppt "Relação Escala Resolução Geométrica da Imagem. ESCALA DO MAPEAMETO ESCALA DO LEVANTAMENTO ESCALA DA IMAGEM BANCO DE DADOS GEOGRAFICOS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google