A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Petrobras Biocombustível João Norberto Noschang Neto.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Petrobras Biocombustível João Norberto Noschang Neto."— Transcrição da apresentação:

1 Petrobras Biocombustível João Norberto Noschang Neto

2 Canadá - Etanol 2010: E10 USA - Biocombustíveis 2012: 15,2 bi galões 2015: 20,5 bi galões 2022: 36 bi galões Argentina 2010: B5 2012:E5 UE - Biocombustíveis 2010: 5,75% 2020: 10% China - Etanol 2020: E10 Malásia - Biodiesel 2010: 5% Indonésia - Biodiesel 2010: 2,5% : 5% Fonte: Pira Biofuels; RFS ; diversas Brasil - Biodiesel Jun 2009: 4% 2013: 5% A manutenção das metas dos governos para biocombustíveis, nos próximos anos, levará a um aumento significativo da demanda Mercado para Biocombustíveis 2 Colômbia E10 e B20 Uruguai- 2012: B5 2015: E5 Japão Biocombustíveis 2030: 5%

3 Fonte: Amaral - PensaUSP e FAO Liderança brasileira em relação a disponibilidade de áreas para ampliação da produção Disponibilidade de áreas agricultáveis no mundo (milhões de hectares)

4 O Programa Nacional Usinas de biodiesel autorizadas pela ANP Operação: 65 Comercialização: 44 Em autorização: 12 Ampliação: 8 Total: 3.5 bilhões litros/ano B4: 1,8 bilhões litros/ano B5: 2,3 bilhões litros/ano Mapa: biodiesel br.com

5 Produção de óleos vegetais no Brasil Fonte: Oil World Annual 2007 B4: 1,8 bilhões de litros / ano B5: 2,3 bilhões de litros / ano em mil toneladas

6 Matérias-primas utilizadas para produção de biodiesel Fonte: ANP maio/2009

7 PLANO DE NEGÓCIOS US$ 174,4 BILHÕES E&P RTC G&E Petroquímica Biocombustíveis Distribuição Corporativo 104,6 (*) 43,4 11,8 5,6 3,0 2,8 3,2 (*) US$ 17,0 bi em Exploração Carteira de Investimentos Atuar no negócio etanol, participando da cadeia produtiva nacional e do desenvolvimento de mercados internacionais; Assegurar o desenvolvimento de tecnologias competitivas para a produção de biocombustíveis, a partir, principalmente, de matérias-primas de biomassa residual; Atuar no negócio biodiesel, participando da cadeia produtiva nacional e atuar seletivamente no exterior, priorizando matérias-primas da agricultura familiar de forma sustentável. Atuar, globalmente, no segmento de biocombustíveis, com participação relevante nos negócios de biodiesel e de etanol 7

8 Plano Estratégico da Petrobras Biocombustível 2020 Plano de Negócios Investimentos Investimentos no Brasil : US$ milhões (90% dos investimentos totais) Etanol Biodiesel US$ milhões Etanol1.941 Biodiesel480 Total2.421

9 Conselho de Administração Estrutura Organizacional da Petrobras Biocombustível BiodieselEtanol Diretoria Executiva / Presidência Corporativo e Financeiro Suprimento Agrícola

10 Três usinas de biodiesel Capacidade: 170 mil m 3 /ano Investimento 100% Petrobras Petrobras Biocombustível: usinas de biodiesel BA MG Montes Claros Quixadá Candeias CE Semi-árido

11 Projetos de biodiesel Produção biodiesel: 645 mil m 3 / ano Produção óleo vegetal: 400 mil m 3 / ano Plano Estratégico da Petrobras Biocombustível 2020 Plano de Negócios Guamaré - RN Unidade de pesquisa > comercial Ampliação da capacidade de produção Quixada - CE Montes Claros - MG Candeias - BA Ampliação da capacidade de produção Quixada - CE Montes Claros - MG Candeias - BA

12 Estratégia da Pbio Garantir a obtenção, manutenção e uso do Selo Combustível Social Garantir suprimento de matéria-prima para produção de biodiesel, com regularidade e economicidade Apoiar cadeias de suprimento da agricultura familiar nas áreas de atuação das usinas Estratégia da agrícola da PBio para o semi-árido BA MG Montes Claros Quixadá Candeias CE Semi-árido Análise da situação atual Solos pobres e compactados Baixa produtividade mamona: 600 a 700 kg/ha girassol: 300 a 400 kg/ha macaúba: 15 a 20% de óleo; baixa eficiência de esmagamento; extrativismo Baixo nível tecnológico Pouca organização cooperativa Assistência Técnica não efetiva Mercado pouco organizado, voltado para ricinoquímica Não incidência do benefício fiscal

13 2007/082008/09 NE113,484,6 MA-- PI1,11,9 CE11,419,2 RN-- PB-- PE1,62,3 AL-- SE-- BA99,361,2 SE9,911,8 MG8,410,0 Brasil123,396,4 Matéria-prima para as usinas de biodiesel 2007/082008/09 NE2,83,1 MA-- PI-1,8 CE1,61,3 RN1,2- PB-- PE-- AL-- SE-- BA-- SE-- MG-- Brasil147,1110,5 Produção (mil toneladas) Girassol Mamona

14 Contrato ASTEC Tecnologia Agrícola PBio – Estratégia Agrícola Contratos de ASTEC para até agricultores Agricultores contratados: Investimento em ASTEC por agricultor: R$ 26,30/mês Contratos com prazos de 5 anos Preço: mercado. Básico = PGPAF + 10% Revisão anual das cláusulas econômicas Ampliação Produção Produtividade

15 Usina de biodiesel de mamona: critérios diferentes dos usados para os óleos convencionais (maior volume e quantidade de equipamentos) Usina que produz biodiesel 100% mamona pode produzir biodiesel de outros óleos. O inverso não é verdadeiro. Novas especificações da ANP de viscosidade e densidade máximo 30% de mamona em mistura com 70% de soja. Mistura de mamona na soja melhora as propriedades a frio e o ponto de iodo do biodiesel de soja; e possibilita enquadramento do biodiesel de soja nas especificações européias Os desafios da mamona baixa produção e produtividade preço alto dificuldades tecnológicas

16 Kg/ha PBio - Tecnologia Agrícola Mamona - incremento de produtividade Referência: safra 2007 / 2008 Correção de solo Semente ASTEC Adubação e manejo P&D

17 Óleo de girassol possui ceras que se precipitam com o frio O processo convencional de remoção de ceras exige uma seção a mais na unidade de tratamento do óleo Estudo Cenpes para postergar desceramento na etapa de polimento do biodiesel e/ou diluição com biodiesel de outros óleos Estabilidade a oxidação: tendência a maior consumo de aditivo antioxidante Os desafios do Girassol baixa produção e produtividade preço alto dificuldades tecnológicas

18 Kg/ha Girassol - incremento de produtividade Referência: safra 2007 / 2008 Correção de solo Semente ASTEC Adubação e manejo P&D PBio - Tecnologia Agrícola

19 19 Pinhão Manso Adaptabilidade ao semi-árido Alta concentração de óleo Perene Apta para a agricultura familiar Cultura não dominada – pragas, doenças, produção não uniforme. Estratégia PBio Investimentos em P&D Fomento ao plantio em 2010: através de implantação de UTDs em assentamentos. Utilização de materiais previamente padronizados no Brasil e exterior Macaúba Agroextrativismo Maciços florestais no norte de Minas Gerais Perene Potencial produtivo de 4-5 ton óleo/ha Baixa exigência hídrica Estratégia PBio Investimentos em P&D Aperfeiçoamento da tecnologia de processamento Convênio com a Embrapa Rede de pesquisa para a macaúba PBio - Tecnologia Agrícola

20 PROGER - Programa Trecnológico de Energias Renováveis PROJETOS DE P&D EM BIOCOMBUSTÍVEIS Biodiesel Hidrogenação de óleo animal/vegetal Bioetanol não-convencional – – Bioetanol de Lignocelulose – – Bioetanol a partir de Óleo Vegetal Biocombustível Sintético (BTL)

21 Unidade Experimental de Biodiesel – Guamaré - RN Objetivo: com tecnologia Petrobras, produzir biodiesel em processo contínuo com mamona, girassol e outros óleos em Capacidade: ton / ano PBio - Desenvolvimento Tecnológico

22 Obrigado! João Norberto Noschang Neto


Carregar ppt "Petrobras Biocombustível João Norberto Noschang Neto."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google