A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

"Define-se por URGÊNCIA a ocorrência imprevista de agravo à saúde com ou sem risco potencial de vida, cujo portador necessita de assistência médica imediata".

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: ""Define-se por URGÊNCIA a ocorrência imprevista de agravo à saúde com ou sem risco potencial de vida, cujo portador necessita de assistência médica imediata"."— Transcrição da apresentação:

1 "Define-se por URGÊNCIA a ocorrência imprevista de agravo à saúde com ou sem risco potencial de vida, cujo portador necessita de assistência médica imediata". Qual a diferença entre Emergência, Urgência e o Pronto Atendimento? Resolução CFM 1451/95 "Define-se por EMERGÊNCIA a constatação médica de condições de agravo à saúde que impliquem em risco iminente de vida ou sofrimento intenso, exigindo, portanto, tratamento médico imediato".

2 PRONTO ATENDIMENTO é o serviço médico que deve prestar o primeiro atendimento à maioria das ocorrências médicas, tendo caráter resolutivo para os casos de menor gravidade e encaminhando os casos mais graves ou para um Serviço de Urgência ou de Emergência, ou para internamento hospitalar para cirurgia eletiva, ou para o atendimento pelo médico especialista indicado para aquele paciente.

3 Exemplos: Parada cardiorespiratória e hemorragias são sempre emergências. Fraturas, dependendo do comprometimento podem ser urgências. Entorses e luxações são geralmente urgências também. Na rotina pré-hospitalar, encaramos todas as ocorrências como uma situação de "emergência", pois mais vale pecar por excesso do que por omissão.

4 Quando o anúncio de Emergência for genérico, plantonistas nas seguintes especialidades: Clínica Médica, Cirurgia Geral, Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia e Anestesiologia. Que especialistas uma instituição que trabalha com emergências médicas deve ter? Plantonista(s) na(s) especialidade(s) anunciada(s).

5 Decálogo do Emergencista 1.Entender que o diagnóstico e o tratamento devem andar juntos, pois vale mais uma manobra salvadora que um diagnóstico brilhante. 2.Desconfiar dos chamados sinais patognomônicos - eles são tão-somente uma ilusão clínica. 3.Evitar conclusões intuitivas e precipitadas, atendo- se ao que recomenda à experiência consagrada. 4.Evitar uma consciência exclusivamente especializada, voltado-se à parte mas sem esquecer o todo. 5.Ter coragem para assumir a dimensão de sua responsabilidade sem aceitar a intromissão ou a coação.

6 6.Ter coragem para fazer, para não fazer e para dizer que não sabe a alguém mais experimentado. 7.Agir com modéstia e sem vaidade, pois a humildade é a mãe de todas as virtudes. 8.Falar pouco e em tom sério, evitando pronunciamentos açodados em declarações ruidosas ante o infortúnio. 9.Ser competente para ser respeitado, aumentando cada dia o saber saber continuado. 10.Ser honesto para ser justo, afastando a falsa impressão que os valores materiais parecem favorecer. Genival Veloso de França

7 Dificuldades comuns no atendimento de urgência Excesso de ruídos Falta de privacidade Dificuldade em conseguir informações Necessidade de atendimentos rápidos..., sempre é possível dar atenção e consideração à pessoa que nos procura, fato que por si só serve para diminuir seu sofrimento. Roberto Marini Ladeira


Carregar ppt ""Define-se por URGÊNCIA a ocorrência imprevista de agravo à saúde com ou sem risco potencial de vida, cujo portador necessita de assistência médica imediata"."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google