A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A história de José 5º encontro A partir do capítulo 37, toda a última parte do Gênesis é uma biografia de José, exceto os capítulos 38 e 49. Ao contrário.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A história de José 5º encontro A partir do capítulo 37, toda a última parte do Gênesis é uma biografia de José, exceto os capítulos 38 e 49. Ao contrário."— Transcrição da apresentação:

1 A história de José 5º encontro A partir do capítulo 37, toda a última parte do Gênesis é uma biografia de José, exceto os capítulos 38 e 49. Ao contrário das precedentes, esta história se desenvolve sem intervenção visível de Deus, sem nova revelação, porém trata-se de um ensinamento que é claramente expresso no fim: Deus me enviou

2 A história de José 5º encontro A Providência se diverte com os cálculos dos homens e sabe transformar em bem o seu malquerer (Gn 50,19-21). Não só José é salvo, como o crime de seus irmãos torna-se instrumento do desígnio de Deus; A vinda dos filhos de Jacó ao Egito prepara o nascimento do povo eleito.

3 A história de José 5º encontro Isaac gerou Jacó e Esaú. Jacó teve 12 filhos simbolizando as doze tribos de Israel. Dos filhos de Jacó, destaca-se a história de José, preferido pelo pai e odiado pelos irmãos. Acaba tendo um futuro importante e tornando-se instrumento de Deus para salvar a própria família.

4 A história de José 5º encontro Jacó amava José mais do que todos os outros filhos, porque ele era o filho de sua velhice (José e Benjamim eram filhos de Raquel) e mandara-lhe fazer uma túnica de várias cores. Seus irmãos vendo que seu pai o preferia a eles, conceberam ódio contra ele e não podiam mais tratá-lo com bons modos. (Gn 37,4)

5 A história de José 5º encontro Ora, José teve um sonho e o contou aos seus irmãos, que o detestaram ainda mais: Ouvi, disse-lhes ele, o sonho que tive: _ Estávamos ligando feixes no campo, e eis que o meu feixe se levantou e se pôs de pé, enquanto os vossos o cercavam e se prostraram diante dele. Seus irmãos disseram-lhe:Quererias, porventura, reinar sobre nós e tornar-te nosso senhor? E odiaram-no ainda mais por causa de seus sonhos e de suas palavras. (Gn 37, 6-8)

6 A história de José 5º encontro Num dia em que José seguindo ordens do pai vai para o campo procurar notícias dos irmãos que pastoreavam as ovelhas, seus irmãos percebem aí uma oportunidade para se livrarem dele. Primeiro jogaram-no em uma cisterna para que ele morresse. Porém antes que isso acontecesse, passa uma caravana, e os irmãos de José resolveram vendê-lo por 20 moedas de prata aos ismaelitas, que o levaram para o Egito.

7 A história de José 5º encontro José é feito escravo de Putifar, homem de confiança do Faraó. Com fé em Deus, José conquista a simpatia de Putifar, que lhe entrega a administração da casa. A mulher do patrão o calunia e José vai para a prisão.

8 A história de José 5º encontro Também na cadeia José sente que Deus está perto dele. Consegue angariar simpatia do diretor que lhe entrega cargos de confiança. José desvenda sonhos do copeiro e do padeiro do Faraó. O primeiro se reabilitará e voltará para sua função, enquanto o segundo será condenado à morte.

9 A história de José 5º encontro O rei tem sonhos: ele estava perto do rio Nilo e aparecem-lhe 7 vacas gordas a pastar. Depois chegam 7 vacas magras que devoram as 7 vacas gordas. E também aparecem-lhe 7 espigas de trigo cheias de grãos e bonitas, e logo depois 7 espigas de trigo, desta vez murchas, que acabam com as primeiras. O rei sem entender o significado disto procura alguém para explicar- lhe. O copeiro se lembra do amigo da cadeia e fala ao Faraó, que então manda chamá-lo.

10 A história de José 5º encontro José explica que as 7 vacas gordas e as espigas bem cheias representam fartura que durará por 7 anos, e que as 7 vacas magras e espigas murchas representam 7 anos de carestia, que se seguirão e acabarão com a fartura. José sugere ao Faraó nomear um homem de sua confiança para cuidar da armazenagem do trigo durante a fartura para prevenir o tempo da carestia.

11 A história de José 5º encontro O rei agrada das respostas e sugestões de José e confia a ele esta missão e lhe dá o cargo de vice-rei. Quando chegou o tempo da carestia, todo o Egito comprava trigo do Faraó sob a administração de José. A fome assolava também Canaã, onde Jacó(Israel) vivia com seus onze filhos. Jacó manda dez de seus filhos para comprar alimento. Marcando aí o reencontro de José com os seus.

12 A história de José 5º encontro Após colocar à prova os irmãos para testar-lhes a humildade, José se revela a eles, vende-lhes o trigo mas convida-os para junto com seu pai e toda a tribo se estabelecerem no Egito, pois faltam ainda 5 anos de carestia. José teve 02 filhos, Manassés e Efraim e morreu com a idade de 110 anos.

13 A história de José 5º encontro Com a morte de José os novos faraós não consideram mais os hebreus. Ao contrário, começam a incomodar-se com o desenvolvimento e o prodígio deste povo, escravizando-o. Amarguravam-lhes a vida com duros trabalhos na produção de argamassa e na fabricação de tijolos. Eram condenados, como escravos, a fazer um trabalho exaustivo. Quanto mais os escravizavam porém, tanto mais eles se multiplicavam e se espalhavam.

14 A história de José 5º encontro Com esta narrativa encerra-se a história de uma família e de agora em diante começa a história de um povo, o povo eleito (vocação = chamado), sempre na mesma perspectiva de salvação que atravessa todo o A.T para desembocar ampliando-se no N.T. É um esboço da Redenção, sendo José a figura de Cristo (servo sofredor).

15 A história de José 5º encontro A história de José é cheia de altos e baixos, dos abismos mais profundos é erguido. Das profundidades maiores Deus olhará o seu servo elevando-o até o mais alto lugar: O primeiro ministro do Egito (José) O primogênito (Jesus)

16 A história de José 5º encontro José é chamado de O Justo porque se ajustou a sua cruz (altos e baixos de sua vida) Jesus que foi tirado da morte (ressuscitou) é chamado Primogênito Kyrios – Senhor de todos os poderes do céu e da terra

17 A história de José 5º encontro Para refletir: Como está o nosso caminhar? Já temos uma espiritualidade bíblica? Estamos discernindo a nossa história? Assim como José acreditamos nos desígnio de Deus e exercitamos a paciência? Sabemos ler a história de amor que Deus faz com cada um de nós? Sentimos o amor imenso que nos tem? (não ama a todos mas a cada um). Ele que nos chama pelo nome, tu és meu (Is 43,1)

18 A história de José 5º encontro Leitura para a semana: Gn 37,5 – Os egípcios davam aos sonhos o valor de presságios. Os sonhos de José são premonições e não aparições divinas como em outras narrativas (Gn 31, 11.24); Gn 39, – O carcereiro chefe; Gn 41,37-45 – exaltação de José; Gn 43,14 – Deus el Shaddai; Gn 43,26-30 – José pergunta do Pai e chora; Gn 45,2 – chora outra vez; Gn 45,5-8 – designo de Deus (chave da história de José assim como Gn 50,20) Gn 45, – presentes de José a seus irmãos, Benjamim ganha mais; Gn 47, 30 – Jacó pede para ser enterrado em Canaã; Gn – benção de Jacó; Gn 50, 20 – José fala da terra de Canaã; e Gn 50, – José pede para levarem seus ossos para Canaã. Ler ainda:Sab 10,9-14 Hb 11,20-22

19 A história de José 5º encontro Oração final: Sl. 33(32) – Hino à Providência.


Carregar ppt "A história de José 5º encontro A partir do capítulo 37, toda a última parte do Gênesis é uma biografia de José, exceto os capítulos 38 e 49. Ao contrário."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google