A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Demonstração que se forma de maneira dedutiva, ou seja, subtraindo as despesas das receitas apresentadas dentro do período pela empresa. Simples: Não.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Demonstração que se forma de maneira dedutiva, ou seja, subtraindo as despesas das receitas apresentadas dentro do período pela empresa. Simples: Não."— Transcrição da apresentação:

1

2 Demonstração que se forma de maneira dedutiva, ou seja, subtraindo as despesas das receitas apresentadas dentro do período pela empresa. Simples: Não é elaborada com tanto detalhe, sem seperar grupos de receita e despesa, apurando o lucro de forma mais simplificada. Completa: Exigida por lei, fornecendo maiores informações, mais completas e detalhadas para possíveis analises e composições.

3 DRE SIMPLESDRE COMPLETA Receita ( - ) Despesa( - ) Deduções ( = ) Lucro ou Prejuízo( - ) Custos ( - ) Despesas ( - ) Outros subgrupos De despesas. ( = ) Lucro ou Prejuízo. VERTICALVERTICAL

4 Receita Bruta: Total geral das vendas ou serviços prestados, ou seja, o valor integral recebido. Receita Líquida: Seria o valor da receita bruta menos os descontos e deduções. Ex: Descontos, Impostos, Vendas Canceladas e etc...

5 São os valores que são subtraídos do montante das vendas ou serviços, no caso a receita bruta. São decorrentes da atividade da empresa, ou seja, valores a pagar, imprevistos ou impostos decorrentes as vendas. São ajustes e não despesas, que são feitos no total da receita da empresa antes de subtrairmos as despesas.

6 ( - ) Vendas Canceladas ou Devoluções: Cliente desiste da compra de um produto ou serviço, e esse é devolvido a empresa. ( - ) Descontos Concedidos: Valor que a empresa concede como um desconto no objetivo de elevar suas vendas. ( - ) Impostos sobre as vendas: Nesse item são descontados os valores dos impostos a serem pagos sobre o valor das vendas ou serviços.

7 Os impostos pertencem ao governo, a empresa somente repassa esse valor antecipadamente e cobra o valor no seu preço de venda. Por esse motivo devemos deduzir os impostos e não considerar a receita total. A empresa é somente um intermediário, ou seja, um meio do governo receber mais facilmente suas arrecadações.

8 IPI – Imposto sobre os produtos industrializados: Cobrado das industrias para o governo federal. ICMS – Imposto sobre circulação de mercadorias e serviços: Cobrado das industrias, comércios e serviços (transportadoras). ISS – Imposto sobre serviços de qualquer natureza: Cobrado das empresas prestadoras de serviços. PIS – Programa de integração social: Cobrado de todos os tipos de empresa.

9 COFINS – Contribuição para seguridade social: Cobrado de todos os tipos de empresa. IRPJ – Imposto de renda pessoa jurídica: Cobrado sobre o lucro da empresa. CSLL – Contribuição social sobre lucro líquido: Cobrado sobre o lucro da empresa.

10 A empresa X emitiu uma nota fiscal no valor de ,00 sobre a venda de um produto fabricado pela empresa. Sobre essa venda teve a incidência dos impostos que vierem destacados na nota fiscal. IPI – 30% sobre a produção ICMS de 18% sobre a circulação da mercadoria até o cliente, já incluso no preço.

11 Nota Fiscal Eletrônica empresa X LTDA. Preço do Produto___________________10.000,00 ( + ) IPI 30% _________________________3,000,00 ( destacado na nota fiscal ) ICMS 18% 1.800,00 Preço Total_________________________13.000,00 Obs.: O ICMS já esta dentro do preço de ,00

12 Receita Bruta ,00 ( - ) Deduções ,00 IPI ,00 ICMS ,00 Receita Líquida ,00

13 Desconto: É a subtração de uma parte do valor total de uma venda, concedido pela empresa a um cliente para melhorar seu volume de vendas, podendo ser condicional ou incondicional. Abatimento: Diminuição do valor de uma venda em decorrência de algum problema ou acordo.

14 Cancelamento ou Devoluções: É quando o cliente que a empresa efetuou a venda desiste do negocio, devolvendo a mercadoria comercializada por algum motivo específico. Nos três casos devemos diminuir essas operações do valor da receita bruta total para obtermos o lucro bruto.

15 A empresa X Vendeu 5.000,00 em mercadorias, metade para o cliente A e a outra metade para o cliente B. A empresa A devolveu 20% do lote pela má qualidade do produto. E a empresa B aceitou um abatimento de 10% para evitar a devolução.

16 DRE – Empresa X Receita Bruta ,00 ( - ) Deduções ,00 Devolução ,00 Abatimentos ou Descontos ,00 Receita Líquida ,00

17 Diferença entre vendas ou serviços menos os custos que a empresa possui. Receita Líquida menos Custos das vendas, produtos fabricados ou dos serviços prestados. Irá cobrir o restante das despesas que a empresa possui até chegarmos ao lucro líquido.

18 Comércio: Custo da mercadoria vendida (CMV). Indústria: Custo do produto vendido (CPV). Serviços: Custo do serviço prestado (CSP). Todos tem uma forma específica de apuração.

19 Despesas com Vendas, Produtos ou Serviços: Desde o inicio da fabricação, compra do produto até a entrega ao consumidor final (comercialização e distribuição). Despesas Administrativas: São aquelas que a empresa necessita para gerenciar o negócio. Despesas Financeiras: São remunerações pagas a capitais de terceiros que a empresa venha a tomar crédito para utilizar na operação (Juros, Descontos Concedidos e etc...

20 Lucro operacional mostra o resultado que a empresa obteve com sua atividade principal. Mostra como está o desempenho do negócio. Calculado entre Lucro Bruto menos Despesas Operacionais.

21 DEMONSTRATIVO DE RESULTADO DO EXERCÍCIO Receita Bruta ( - ) Deduções ( = ) Receita Líquida ( - ) Custos dos produtos ou vendas ( = ) Lucro Bruto ( - ) Despesas Operacionais ( = ) Lucro Operacional

22 São valores que entram na empresa por motivo de atividades secundárias, e que não pertencem a sua atividade principal. Exemplo: Um comércio de roupas que tem sua atividade principal venda de mercadorias, obtém um lucro referente a venda de um veículo.

23 São gastos que a empresa arca mas que não fazem parte diretamente de sua atividade principal. Geralmente são entradas acessórias, adicionais ao negócio que a empresa pode estar sujeita dependendo da situação. Exemplo: Comercio de Roupas tem um prejuízo na venda de um veículo.

24 Demonstra o lucro que será descontado o imposto de renda. Subtraímos do lucro operacional as despesas que não fazem parte da atividade principal da empresa(não operacionais). E somamos também as receitas que não fazem parte da atividade principal da empresa (não operacionais).

25 LUCRO ANTES DO IMPOSTO DE RENDA Lucro Operacional ( - ) Despesas não operacionais ( + ) Receitas não operacionais ( = ) Lucro Antes do Imposto de Renda

26 Subtraímos o lucro antes do imposto de renda pelos impostos abaixo: IRPJ – Imposto de Renda Pessoa Jurídica. CSLL – Contribuição Social Lucro Líquido. O que resta é o lucro depois do Imposto de Renda.

27 LUCRO DEPOIS DO IMPOSTO DE RENDA Lucro antes do imposto de renda ( - ) IRPJ e CSLL ( = ) Lucro depois do imposto de renda

28 Lucro final que a empresa detém. Subtraímos o Lucro depois do Imposto de Renda pelas doações e dividendos aos sócios e participações de outras empresas. Obtemos o lucro líquido.

29 LUCRO LÍQUIDO Lucro depois do Imposto de Renda. ( - ) Doações e Contribuições ( - ) Participações e Dividendos ( = ) Lucro Líquido

30 ESTRUTURA DO DEMONSTRATIVO DE RESULTADO ( + ) Receita Bruta ( - ) Deduções (Impostos, Descontos e Cancelamentos) ( = ) Receita Líquida ( - ) Custos Operacionais (Mercadorias, Produtos Fabricados, Serviços) ( = ) Lucro Bruto ( - ) Despesas Operacionais ( = ) Lucro Operacional ( - ) Despesas não operacionais ( + ) Receitas não operacionais ( = ) Lucro Antes do Imposto de Renda. ( - ) IRPJ E CSLL ( = ) Lucro Depois do Imposto de Renda. ( - ) Dividendos, Participações, e Doações ( = ) Lucro Líquido


Carregar ppt "Demonstração que se forma de maneira dedutiva, ou seja, subtraindo as despesas das receitas apresentadas dentro do período pela empresa. Simples: Não."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google