A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Paris 26 de novembro de 2007. 2 No caminho do crescimento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Paris 26 de novembro de 2007. 2 No caminho do crescimento."— Transcrição da apresentação:

1 1 Paris 26 de novembro de 2007

2 2 No caminho do crescimento

3 3 nResponsabilidade Socioambiental nNossa promessa de geração de valor nOs fundamentos de longo prazo nMoldando o futuro: investimento de US$ 59 bilhões nOrçamento de investimentos para 2008 nVisão e valores Agenda

4 4 Responsabilidade social e ambiental

5 5 Responsabilidade social A CVRD planeja investir US$ 1,4 bilhão em programas sociais nos próximos cinco anos em todo mundo A CVRD planeja investir US$ 1,4 bilhão em programas sociais nos próximos cinco anos em todo mundo 2007EUS$ 193 milhões 2008EUS$ 280 milhões Responsabilidade social e ambiental, um compromisso estratégico da CVRD

6 6 Responsabilidade ambiental E US$ 2,8 bilhões em proteção ambiental de 2008 a 2012 E US$ 2,8 bilhões em proteção ambiental de 2008 a EUS$ 375 milhões 2008EUS$ 475 milhões Responsabilidade social e ambiental, um compromisso estratégico da CVRD

7 7 Recuperação de florestas nativas no estado do Pará, Brasil Área total : hectares, o equivalente a 2 vezes a área da cidade de São Paulo Investimento total : US$ 300 milhões em dez anos Atividades iniciadas em fevereiro de 2007 e já cobrem hectares 480 empregos foram criados e são esperados durante o pico em 2012 Protegendo o meio ambiente Projeto Vale Florestar Amazônia

8 8 A CVRD estima a criação de empregos no mundo inteiro, 70% deles no Brasil Criando empregos no mundo inteiro

9 9 Instituto Tecnológico Vale Missão Desenvolver pessoas para sustentar o crescimento dos negócios. Criar e difundir conhecimento e inovação na cadeia de valor da CVRD. Excelência na criação de conhecimento, educação e desenvolvimento de pessoas universidade corporativa vale

10 10 Modelo de visão estratégica Responsável por atrair investimentos em pesquisa, qualificar profissionais na expertise da cadeia de mineração, e disseminar a cultura da CVRD, através do Sistema Educacional Valer.

11 11 Nossa promessa de geração de valor

12 12 Simultaneamente com investimento em aquisições bem sucedidas, 72% do nosso capex foi dedicado ao crescimento¹ Investimento de crescimento/Capex Em % 60,5 67,9 68,6 77,4 71,9 69,9 ¹ Desenvolvimento de projetos e pesquisa & desenvolvimento

13 13 O processo de crescimento foi alicerçado firmemente em uma disciplina rigorosa na alocação do capital ¹ PP&E + capital de trabalho + P&D 2 antes do imposto de renda 3 exclui o efeito de ajustes de inventário extraordinário Retorno do capital investido 1 2

14 14 Nossa promessa de geração de valor está sendo cumprida: crescimento rápido e sólido LTM EBITDA US$ bilhões 1 excluindo efeito extraordinário de ajuste nos estoques Volatilidade trimestral de EBITDA Total0.82 % para cima72% % para baixo28%

15 15 O forte crescimento proporcionou considerável aumento de valor com elevado retorno aos nossos acionistas – 65,5% a.a.¹ 1 de 1 de janeiro de 2002 a 15 de novembro de 2007 Cap. do mercado de CVRD US$ bilhões

16 16 … e avanço considerável no ranking das maiores empresas do mundo Posição entre as 500 maiores empresas do mundo por capitalização de mercado Março de 2007 Novembro de 2007 Ranking Fonte: Financial Times – FT 500 e Bloomberg

17 17 Os fundamentos de longo prazo

18 18 nBaixas taxas de inflação. nBaixas taxas de juros reais. nAlto crescimento da produção. nGlobalização e crescimento secular de mercados emergentes. Apesar da volatilidade a curto prazo, estamos confiantes na força dos fundamentos da economia global

19 19 Crescimento do PIB global está sendo guiado por economias de mercados emergentes, aumentam os elementos que impulsionam a demanda por minérios e metais Contribuição para o crescimento do PIB¹ global Média ,2% p.a. Média ,3% p.a. 1 GDP Global em PPP. Economias de mercados emergentes são responsáveis por 48% do PIB global e 84,7% da população mundial Fonte: IMF

20 20 nUrbanização –Habitação –Infraestrutura –Duráveis de consumo nIndustrialização Espera-se que economias de mercados emergentes continuem a produzir uma mudança estrutural na demanda por minérios e metais

21 21 A China terá uma influência crescente na demanda global por minerais e metais E Minério de ferro¹ 15,445,054,0 Níquel4,917,331,0 Alumínio14,025,541,0 Cobre12,721,030,0 Participação chinesa no consumo global % ¹ parte das importações chinesas em comércio marítimo Fontes: CRU e CVRD

22 22 Moldando o futuro: investimento de US$ 59 bilhões

23 23 nAceleração de investimentos: US$ 59 bilhões para os próximos 5 anos contra US$ 18 bilhões¹ durante nFoco no crescimento orgânico:desenvolvimento de projeto e exploração mineral nInvestimento massivo no desenvolvimento de ativos de classe mundial – minério de ferro, pelotas, carvão, niquel, cobre, bauxita e alumina. nAumento na infraestrutura (logística e geração de energia) para auxiliar a expansão de nossas atividades. A confiança nos fundamentos de longo prazo sustenta nossa estratégia de crescimento ¹ não inclui investimentos em aquisições

24 24 A execução dos projetos produzirá significativa expansão da capacidade produtiva E2008E2012ECAGRCAGR Minério de ferro186,0300,0325,0422,07,1%12,7% Pelotas¹ 13,017,620,033,013,4%7,9% Carvão-2,97,615,239,3%- Níquel ,0280,0507,014,3%- Cobre² -290,0300,0592,015,3% - Alumina2,34,35,38,213,8%16,9% Milhões de toneladas métricas ¹ não inclui produção de JVs (Samarco, Nibrasco, Hispanobras, Kobrasco, Itabrasco). Espera-se que a produção atributável em 2007 alcance 18 Mt. a 3 º fábrica de pellet Samarco (7.6 Mtpy) entra em operação em 1H08. ² 1,000 toneladas métricas Capacidade de 450Mtpa

25 25 nDisciplina na alocação do capital. nExcelência em pesquisa, desenvolvimento de projetos e operações. Nosso processo de crescimento é fortemente ancorado

26 26 nO financiamento do crescimento orgânico é a nossa mais alta prioridade. nManutenção de um balanço sólido com um perfil de dívida de baixo risco. nSatisfação das aspirações por dividendos dos nossos acionistas. Nenhuma mudança em nossas prioridades para alocação do fluxo de caixa

27 27 nMão-de-obra qualificada. nLicenças ambientais. nSuprimento de equipamentos e serviços de engenharia. nEnergia. Os desafios

28 28 Orçamento de investimentos para 2008

29 29 O orçamento de investimento para 2008: US$ 11 bilhões nO maior investimento anual da história realizado por uma empresa de mineração nUS$ 8,4 bilhões – 77% - dedicados ao crescimento (desenvolvimento de projetos e P&D) nDesenvolvimento de 30 grandes projetos

30 30 Orçamento de investimentos para 2008 US$ bilhões Por categoria 1 US$ 349 milhões serão investidos em exploração mineral Por área de negócios

31 31 Canadá Brasil Moçambique Um programa de investimento global Minério de ferro & pellets Níquel Carvão Cobre Bauxita & alumina Fosfato Logística Geração de energia Peru Chile Austrália Nova Caledônia Indonésia Oman

32 32 Brownfield Greenfield Goro Desenvolvendo um estimulante pipeline de recursos de classe mundial Referência US$ 1 bilhão Onça Puma Itabiritos Fazendão Northern Corridor Alunorte 6&7 Paragominas II Papomono Carajás 130 Mtpy Southern Corridor Carborough Downs Equatorial Barcarena Salobo I Tubarão VIII Oman Estreito Bayovar Karebbe Voiseys Bay Paragominas III Southern Range NAR Moatize Litoranea Totten Maquiné-Baú Vermelho Eastern Range CSA CSV Setentrional

33 33 Visão e valores

34 34 Nossas iniciativas de crescimento são dirigidas pela nossa visão de longo prazo… Para se tornar a maior companhia de mineração do mundo e se destacar em pesquisa, desenvolvimento de projetos e operações

35 35 nÉtica e transparência. nExcelência no desempenho. nEspírito Empreendedor. nResponsabilidade social corporativa. nProfundo respeito pela vida e a diversidade. nOrgulho de ser a CVRD. … e sustentadas pelos nossos valores essenciais

36 36 Paris 26 de novembro de 2007


Carregar ppt "1 Paris 26 de novembro de 2007. 2 No caminho do crescimento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google