A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 A CVRD ganha a concessão de Moatize. 2 A CVRD dispõe de várias alternativas de crescimento e criação de valor Ativos existentes Novos ativos Maximização.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 A CVRD ganha a concessão de Moatize. 2 A CVRD dispõe de várias alternativas de crescimento e criação de valor Ativos existentes Novos ativos Maximização."— Transcrição da apresentação:

1 1 A CVRD ganha a concessão de Moatize

2 2 A CVRD dispõe de várias alternativas de crescimento e criação de valor Ativos existentes Novos ativos Maximização do desempenho ProjetosBrownfield ExploraçãomineralProjetosGreenfield Aquisições

3 3 A estratégia de exploração mineral foi ampliada com o lançamento de um programa com escopo global e multicommodity distribuição geográfica distribuição por produto Brasil Ex Carajás Brasil Ex Carajás Carajás outros países Mn Cu, Au outros Cu, Au Mn Ni Bauxita PGM Carvão e outros Carvão e outros 2000 US$ 36 milhões 2000 US$ 36 milhões 2004 US$ 78 milhões 2004 US$ 78 milhões 2000 US$ 36 milhões 2000 US$ 36 milhões 2004 US$ 78 milhões 2004 US$ 78 milhões Brasil Ex Carajás Brasil Ex Carajás

4 4 A exploração mineral da CVRD ao redor do mundo até Avaliação de oportunidades até Avaliação de oportunidades operações e escritórios da CVRD

5 5 nA CVRD é um dos principais fornecedores globais de matéria prima para a indústria siderúrgica – minério de ferro, pelotas, ferro ligas -> carvão metalúrgico complementa o portfólio de produtos. nPossui experiência de sucesso no desenvolvimento e operação de projetos de mineração em larga escala. nA CVRD é extremamente eficiente no transporte de grandes quantidades de produtos via sistema integrado mina-ferrovia-porto. nA CVRD é um dos principais fornecedores globais de matéria prima para a indústria siderúrgica – minério de ferro, pelotas, ferro ligas -> carvão metalúrgico complementa o portfólio de produtos. nPossui experiência de sucesso no desenvolvimento e operação de projetos de mineração em larga escala. nA CVRD é extremamente eficiente no transporte de grandes quantidades de produtos via sistema integrado mina-ferrovia-porto. Uma das fontes de crescimento futuro da Companhia é o negócio de carvão

6 6 nA CVRD pretende estar até 2015 entre as cinco maiores exportadoras mundiais de carvão. nBusca ativos de classe mundial via exploração mineral, aquisições e associações. nAtivos de classe mundial: vida longa, larga escala, custo de produção baixo, alto retorno esperado. nOs investimentos em carvão deverão contribuir de forma importante para a criação de valor para os acionistas. nA CVRD pretende estar até 2015 entre as cinco maiores exportadoras mundiais de carvão. nBusca ativos de classe mundial via exploração mineral, aquisições e associações. nAtivos de classe mundial: vida longa, larga escala, custo de produção baixo, alto retorno esperado. nOs investimentos em carvão deverão contribuir de forma importante para a criação de valor para os acionistas. As metas da CVRD para o carvão

7 7 nCVRD/Yankuang Produção de coque metalúrgico, 2 milhões tpa e tpa de metanol –Participação de 25%, compromisso de investir US$ 27 milhões Desenvolvimento de mina na região de Shandong, 3 milhões de tpa de carvão coqueificável –Participação de 25% nCVRD/Yongcheng & Baosteel Produção de antracito, 4 milhões tpa –Participação de 25%, compromisso de investir US$ 86 milhões nCVRD/Yankuang Produção de coque metalúrgico, 2 milhões tpa e tpa de metanol –Participação de 25%, compromisso de investir US$ 27 milhões Desenvolvimento de mina na região de Shandong, 3 milhões de tpa de carvão coqueificável –Participação de 25% nCVRD/Yongcheng & Baosteel Produção de antracito, 4 milhões tpa –Participação de 25%, compromisso de investir US$ 86 milhões A CVRD já entrou em joint ventures para a produção de carvão na China

8 8 A CVRD ganhou concessão para explorar o carvão de Moatize, em Moçambique nMoatize é a maior província carbonífera não explorada do mundo, com reservas estimadas em 2,4 bilhões de toneladas nO depósito permite a extração de carvão coqueificável e carvão energético nA indústria de aço no Brasil é um mercado natural para o carvão coqueificável, enquanto que no carvão térmico a oportunidade é na África Austral nMoatize é a maior província carbonífera não explorada do mundo, com reservas estimadas em 2,4 bilhões de toneladas nO depósito permite a extração de carvão coqueificável e carvão energético nA indústria de aço no Brasil é um mercado natural para o carvão coqueificável, enquanto que no carvão térmico a oportunidade é na África Austral

9 9 O projeto Moatize, um ativo de classe mundial, se enquadra nas exigências da CVRD nBaixo custo esperado de produção nBoa logística, fretes marítimos muito competitivos nas rotas para Brasil, Asia e Europa nEstimativa preliminar de investimento em aproximadamente US$ 1 bilhão (incluindo o pagamento da concessão), dependendo do resultado dos estudos de exploração nEstimativa preliminar de entrada em operação em 2009 nBaixo custo esperado de produção nBoa logística, fretes marítimos muito competitivos nas rotas para Brasil, Asia e Europa nEstimativa preliminar de investimento em aproximadamente US$ 1 bilhão (incluindo o pagamento da concessão), dependendo do resultado dos estudos de exploração nEstimativa preliminar de entrada em operação em 2009

10 10 A conquista de Moatize é um marco histórico nos negócios de carvão da CVRD nRepresenta o ingresso da Companhia como operadora de projetos de mineração de carvão nÉ um passo importante na internacionalização da CVRD nPossui elevado retorno esperado, gerando valor para os acionistas nRepresenta o ingresso da Companhia como operadora de projetos de mineração de carvão nÉ um passo importante na internacionalização da CVRD nPossui elevado retorno esperado, gerando valor para os acionistas


Carregar ppt "1 A CVRD ganha a concessão de Moatize. 2 A CVRD dispõe de várias alternativas de crescimento e criação de valor Ativos existentes Novos ativos Maximização."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google