A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Programa da semana. Materiais de divulgação Materiais de divulgação Materiais de divulgação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Programa da semana. Materiais de divulgação Materiais de divulgação Materiais de divulgação."— Transcrição da apresentação:

1 Programa da semana

2 Materiais de divulgação

3 Materiais de divulgação Materiais de divulgação

4 Outros materiais

5

6

7

8

9 Actividades realizadas

10 Actividade: Feira do Livro Participantes: Comunidade Escolar Local: EBI de Apúlia Dia:20 a 23 de Abril

11 Fotografias legendadas

12

13 Actividades realizadas Actividade: Encontro com Ana Macedo e Lúcia Vaz Pedro Actividade: Encontro com Ana Macedo e Lúcia Vaz Pedro Participantes: alunos do 1º, 2º e 3º ciclos Participantes: alunos do 1º, 2º e 3º ciclos Local: EBI de Apúlia, EBI/JI Agra-Fonte Boa e EBI/JI de Criaz Local: EBI de Apúlia, EBI/JI Agra-Fonte Boa e EBI/JI de Criaz Dia: 20 de Abril Dia: 20 de Abril

14 Fotografias legendadas

15

16

17

18 Actividades realizadas Actividade: Recriação de autores Actividade: Recriação de autores Participantes: alunos 3º ciclo Participantes: alunos 3º ciclo Local: EBI de Apúlia Local: EBI de Apúlia Dia: de Abril Dia: de Abril

19 Fotografias legendadas

20

21

22

23

24

25 Actividades realizadas Actividade: Sarau Actividade: Sarau Participantes: alunos do 2º e 3º ciclos Participantes: alunos do 2º e 3º ciclos Local: Salão Paroquial de Apúlia Local: Salão Paroquial de Apúlia Público alvo: toda a comunidade escolar Público alvo: toda a comunidade escolar Dia: 30 de Abril Dia: 30 de Abril

26 Actividades realizadas Actividade: Preparação da dramatização da obra Sarilhos do Amarelo de Pedro Luís Rosário Actividade: Preparação da dramatização da obra Sarilhos do Amarelo de Pedro Luís Rosário Participantes: Professores da Escola EBI de Apúlia Participantes: Professores da Escola EBI de Apúlia

27 Actividades realizadas SARILHOS DO AMARELO (adaptação a teatro da obra de Pedro Sales Luís Rosário) Leitura da Introdução do livro Vermelho (aflito) – O Amarelo desapareceu, o Amarelo desapareceu … Todas as cores (Laranja, Verde, Azul, Anil e Violeta) muito aflitas, juntam-se ao Vermelho. Anil (choramingando) – Nunca mais vou ver o Amarelo… O Laranja (forte e redondo) dá-lhe um abraço para o consolar. Verde – Talvez o Amarelo tenha sido raptado! Azul – Sim, deve ter sido isso. Rápido, temos que o salvar! Verde – O Amarelo deve estar sozinho e muito triste. Violeta – Por certo obrigaram-no a beber um líquido horrível para ele mudar de cor e não o reconhecermos. Vermelho (decidido) – Calma, muita calma. O Amarelo deve estar por perto. Alguém quer vir comigo procurá-lo? Todos –Eu vou, eu vou! Começam a procurar mas nada encontram. Azul – Sozinhos não vamos resolver este problema. Para o encontrarmos precisamos de ajuda. Violeta – Sim, mas de quem? Anil (bocejando) – Acho que devíamos ficar aqui sossegadinhos à espera. Verde (decidido) – Não. Vamos pedir ajuda ao Rio-dos-Soluços. As cores dirigem-se ao rio. Todos – Bom dia, Rio-dos-Soluços. Rio – O que se passa? Violeta – O Amarelo desapareceu e precisamos de ajuda para o encontrar. Azul – Podes ajudar-nos? Laranja – Sabes onde ele está?

28 Azul – É que sem o Amarelo não formamos o Arco-Íris. Rio – Apenas vos digo: Quem não desistir, há-de conseguir. Boa viagem. Espero que a planifiquem bem. Adeus. Vermelho – Planificar? O que é PLANIFICAR? Águia (que surge, entretanto) – Planificar quer dizer pensarmos bem antes de fazermos alguma coisa. Espero que tenham um bom plano para encontrarem o Amarelo. Boa Viagem. E lembrem-se: de asas fechadas ninguém aprende a voar. As cores recomeçam a procurar o Amarelo. Laranja – Olhem, olhem o que eu encontrei! Verde – É uma mensagem do Amarelo. Um papel amarelo com forma de galinha. O que quererá dizer? Anil – Estou cansado. Quero ir para casa… Laranja – Cala-te. Aqui ninguém desiste. Azul – Se calhar o Amarelo quer dizer-nos que está perto de uma galinha. Que fazemos? Violeta – Temos de elaborar um plano! Verde – Sim, sim, planificar, como nos ensinou a Águia Sorridente. Sarabico ( o esquilo, que, entretanto, aparece) – Para chegar ao cimo de uma árvore é preciso começar a trepar, mas subindo um ramo de cada vez, já dizia o meu avô. As cores prepararam a viagem: pegam em mochilas, lápis, papel, comida…Iniciam a viagem, A dada altura encontraram as formigas. Vermelho – Olá amigas. Nos vossos passeios não viram o Amarelo? Formiga – Nós não passeamos. Nós trabalhámos. Somos um exército organizado na tradição PLEA. Antes de fazermos qualquer coisa nós planificamos, o que inclui três fases. Violeta – Isto de planificar deve ser muito importante. Já ouvimos falar disso duas vezes. Formiga – Como estava a dizer, primeiro planificamos bem o que temos a fazer, ou seja, pensamos bem, depois executamos o plano e, por fim, terminamos avaliando o que realizamos. Verde – Muito obrigado por nos ajudares. Adeus, vamos continuar a procurar o Amarelo. Formiga – Não se esqueçam: o segredo para um final feliz é um início bem pensado, um meio bem executado e um fim bem cuidado. Adeus e boa sorte meus amigos. Cores – Adeus … Anil – Afinal, aprender está à distância de um querer.

29 As cores recomeçam a caminhada. Quando anoitece, param para descansar. De manhã continuam a caminhada e encontram outra mensagem do Amarelo. Azul – Olhem, outra mensagem. Mas esta galinha é mais pequena que a anterior. Sarabico – Vamos, vamos continuar em direcção ao galinheiro. Continuam, mas começam a ficar cansados. Anil – E se parássemos um pouco? Violeta – Boa ideia. Vermelho, não queres contar-nos uma história Todos – A dos três porquinhos, a dos três porquinhos!!! Vermelho – Está bem. Então vamos lá. (Pega num papel e começa a ler) Era uma vez três porquinhos que decidiram construir três casas, uma para cada um. O Porquinho mais novo gostava mais de brincar e divertir-se do que de trabalhar, por isso, construiu, rapidamente, uma casa de palha. O Porquinho do meio também preferia brincar e cantar e também não perdeu muito tempo: construiu, com pouco cuidado uma casa de madeira. Enquanto os dois porquinhos brincavam, o terceiro Porquinho construía uma casa sólida de tijolo. Tinha planificado tudo direitinho: primeiro fizera o projecto da casa e, só depois, a construiu muito direitinha, colocando cuidadosamente os tijolos entremeados com cimento. Quando terminou a tarefa, olhou a casa, orgulhoso, e fez a avaliação: abanou-a e achou-a bem segura. Tinha demorado mais a construí-la do que os irmãos, mas valera a pena. No dia em que apareceu o lobo mau, a casa de palha e a de madeira dos dois primeiros porquinhos não resistiram às investidas do lobo. Tiveram de fugir e procurar abrigo na casa do terceiro porquinho. Os dois irmãos mais novos aprenderam duas lições:. há tempo para tudo, mas primeiro está o trabalho e, só depois, a brincadeira;. é preciso fazer as tarefas de forma cuidada: planificá-las; executá-las e, no fim, avaliá-las.

30 Todos – Vitória, vitória, acabou-se a estória. A lição que ouvi vou tentar aplicar. A lição que aprendi vou tentar recordar. Sarabico – Saber ler permite conhecer estórias magníficas e aprender muitas coisas. Todos – Aprender é muito bom! Violeta – Bom, agora vamos continuar com o nosso plano para encontrar o Amarelo. Voltam a caminhar. Junto a uma árvore encontram outra mensagem do Amarelo. Sarabico – Olhem, outra mensagem do Amarelo! Entretanto aparece a Águia-Sorridente. Águia-Sorridente – Que tal vai o vosso objectivo? Azul –Ainda não encontrámos o Amarelo. Águia – Viram as três mensagens? Verde – Vimos. Mas, como sabes que são três? Anil – Sabes onde está o Amarelo? Águia – Vi o Amarelo junto ao acampamento das galinhas. Mas ele voltou a desaparecer. Anil – E agora? Violeta – Calma, vamos pensar no que nos ensinaram as Formiguinhas: planificar, executar e avaliar. Verde – E se cantássemos a canção preferida do Amarelo? Talvez ele a ouça e responda. Todos – Óptima ideia. Começam a cantar. (canção Meninos de todas as cores). No final, ouvem um som. As cores dirigem-se em direcção ao ruído. Encontram um ovo. Todos – Amarelo, estás aí? Amarelo – Sim, tenham cuidado, não abanem o ovo. Estou preso na gema.

31 Com cuidado, as cores partem o ovo e libertam o Amarelo. Felizes, todos se abraçam. Todos – Vitória, vitória, acabou-se a estória. A lição que ouvi vou tentar aplicar. A lição que aprendi vou tentar recordar. Vitória, vitória, adeus linda estória. Todos, no palco, cantam a canção: Eles eram sete amigos E nunca se separavam Lá no céu todos juntinhos O arco-íris formavam O Amarelinho fugiu E afligiu os amigos Deixou a luz do sol Foi pra junto das galinhas Sem saberem que fazer Ajuda foram procurar Um rio que soluçava Apareceu pra ajudar Depois veio uma águia Que não parava de sorrir Aos seis disse sem erro: É preciso partir Mas foram as formiguinhas Sempre muito ordenadinhas Que souberam explicar Como é bom planificar Sempre que estamos tristes Procuramos alegria Queremos um Amarelo Que nos faça companhia REFRÃO Se queremos alcançar Não devemos esquecer: Planificar, executar E, no fim, avaliar

32 Este foi um projecto interdisciplinar que envolveu vários professores da Escola. Adaptação da obra a teatro: Manuela Araújo (Coordenadora da Biblioteca) Encenação e ensaios: Manuela Araújo, Isabel Campos, Rosa Mateus Canção Sarilhos do Amarelo - Letra: Manuela Araújo Música: Sara Silva Cenários: Luís Maia Figurinos: Duarte Vaz e Clara Coelhoso Áudio Visual: Joaquim Silva, Carlos Osório e Silvina Carvalho

33 Fotografias legendadas

34

35

36

37

38

39

40

41

42

43

44 O FILME…

45 Actividades realizadas Actividade: Dramatização de um excerto da obra Auto da Barca do Inferno de Gil Vicente Actividade: Dramatização de um excerto da obra Auto da Barca do Inferno de Gil Vicente Adaptação e encenação: Professoras de Língua Portuguesa: Maria Enes e Anabela Solinho Adaptação e encenação: Professoras de Língua Portuguesa: Maria Enes e Anabela Solinho

46 Fotografias legendadas

47

48

49

50 O FILME…

51 Fotografias legendadas

52

53

54

55 Trabalhos dos alunos

56

57

58

59

60

61

62


Carregar ppt "Programa da semana. Materiais de divulgação Materiais de divulgação Materiais de divulgação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google