A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Tema: Poluição Ano lectivo 2005/2006. - Objectivos: Reconhecer a importância da reciclagem e identificar os ecopontos. Visualização de imagens dos Ecopontos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Tema: Poluição Ano lectivo 2005/2006. - Objectivos: Reconhecer a importância da reciclagem e identificar os ecopontos. Visualização de imagens dos Ecopontos."— Transcrição da apresentação:

1 Tema: Poluição Ano lectivo 2005/2006

2 - Objectivos: Reconhecer a importância da reciclagem e identificar os ecopontos. Visualização de imagens dos Ecopontos no site A Reciclagem Pesquisa de informação sobre a reciclagem nos sites: Os alunos do 1º e 2º ano desenharam no Paint os ecopontos. Legendagem dos desenhos pelos alunos do 2º ano com a colaboração dos colegas do 1º ano.

3 Devemos colocar o lixo nos ecopontos. João 2º ano

4 Devemos reciclar o lixo. No ecoponto verde devemos colocar: vidro. Mariana 1º ano Colocamos as pilhas no pilhão. Iara 1º ano

5 No ecoponto amarelo devemos colocar: plástico e metal. Cristiano 2º ano No ecoponto azul devemos colocar: papel e cartão. Marcelo 1º ano

6 Os alunos do 3º e 4º ano pesquisaram informação sobre a reciclagem no site: Em seguida realizaram desenhos no Paint sobre o tema. Joana 3º ano Filomena 3º ano Realização do Jogo da Reciclagem no site:

7 Os alunos do 3º e 4º ano realizaram textos no Word sobre a poluição e sobre a importância de preservar o Ambiente. No Paint desenharam sobre o tema. Realização de uma apresentação em PowerPoint com os trabalhos realizados. Objectivos: - Identificar e observar alguns factores que contribuem para a degradação do meio ambiente. - Enumerar possíveis soluções. A Poluição Preservação do Meio Ambiente

8 Ser Amigo do Ambiente Mariana Loureiro

9 Não devemos deitar lixo nos mares, rios, lagos, fontes e lagoas. Se poluirmos a Natureza, ela fica a cheirar muito mal, fica muito triste e a chorar. Nós vamos nadar no rio Mondego e queremos a água limpa. O rio poluído cheira mal! Os peixinhos vivem nos rios e por isso devemos mantê-los limpos para que os peixes não morram. Coitadinhos! Nós não devemos poluir a Natureza. Joana 3º ano Inocência 4º ano Gonçalo Pinto

10 Devemos ter cuidado, para não deitar lixo no Rio Mondego, pois passa na nossa aldeia e nós não gostamos de ver poluição. Não devemos deitar lixo para o chão para não poluir a natureza. Devemos ser amigos da natureza. Temos de ser cuidadosos, para não poluir. A natureza é a riqueza da nossa vida. Bianca 4º ano RIO MONDEGO Gonçalo Pinto

11 Não poluir a Natureza Nós não podemos poluir a Natureza porque os animais ficam doentes e morrem. Se estivermos perto dum rio e cheirar mal já sabemos que está poluído. A natureza fica muito agradecida se não houver poluição. As pessoas podem pescar no Rio Mondego que passa perto da nossa terra. Se tomarmos banho num rio poluído nós podemos morrer ou apanhar alguma doença. É de pequenos que devemos aprender a não poluir a natureza! Viva a Natureza! Mariana 3º ano

12 POEMA A água é amiga Não deve ser poluída É muito boa, Pois é ela que nos dá vida. A água é o líquido que se bebe, Quando nos dá sede, E nos fortalece Para o tempo que se segue. Agora já sabem, não vamos poluir. Bianca 4º ano

13 Actividades: Os alunos leram a história O Lixo no Rio Azul.. Os alunos do 4º ano recontaram a história. Os alunos do 3º ano inventaram uma história. Objectivos: -Consciencializar os alunos, para a prática de atitudes correctas, na preservação do Meio Ambiente. Vamos ajudar o Ambiente

14

15 Numa bela manhã de Verão, a Borboleta Mágica acordou cedo e vestiu-se com um lindo vestido de cores mil, lembrando um belo jardim. Estava muito calor e decidiu-se por um belo passeio nas margens do Rio Azul à sombra das árvores frondosas que o ladeavam. Eis que de repente… ouve um coaxar de rãs?! Não, não era uma rã…Era um sapo. - Olá sapo – cumprimentou a linda borboleta. - Olá amiga – respondeu o sapo – vieste passear? E se fossemos tomar um belo banho. - Muito bem, era mesmo do que eu estava a precisar, para me refrescar.

16 A borboleta e o sapo verificaram que nessa manhã todos os animais da floresta e do rio se encontravam ali presentes. De repente ouviram um grande alarido, uma grande algazarra… Fizeram silêncio e muito assustados olharam uns para os outros, não entendendo o porquê de tanto barulho. O sapo a medo, atreveu-se a perguntar. - Que barulho é este?!

17 Vou voar para ver de onde vem o barulho – disse a Borboleta muito baixiiiinho. Não é que, nesse momento, estrelas mágicas brilharam à sua frente. E que viu ela? O FUTURO DO RIO AZUL… Um rio sujo, sem vida, sem árvores e sem animais. Entristeceu, seu coração ficou muito pequeniiiino cheio de dor pelo quadro que se lhe apresentava e as estrelas também desapareceram. Que viu ela em seguida? Um grupo de crianças que se aproximavam do rio. Elas gritavam, riam, cantavam e pulavam numa alegria sem fim.

18 Assustados os animais esconderam-se na floresta. As crianças vinham felizes por fazerem um belo piquenique nas margens daquele belo rio e nas suas mochilas traziam comida e muitos brinquedos, para passarem o dia em festa. Eis que chega a tarde e os meninos têm que regressar às suas casas, mas… Esqueceram-se de algo muito importante… O quê?... Da recolha do lixo. Findo este burburinho os animais saíram dos esconderijos e surpresa geral!!! Nem queriam acreditar no que viam: o Rio sujo com muito lixo, embalagens de comida, latas, garrafas, papel, tudo espalhado pelo chão da bela floresta e nas águas do Rio Azul.

19 - Pois é... - disse a Borboleta muito triste - as crianças brincaram, comeram e… deixaram o lixo por todos os cantos. - Mas, não dizem que elas são os seres mais inteligentes da Terra ? - Perguntou o sapo.

20 - Deveriam ser… – respondeu a Borboleta entristecida. - E agora, o que vamos fazer? Perguntou o macaquinho Nico. - Vamos limpar o Rio e a floresta recolhendo todo o lixo, separá-lo e colocá-lo nos ecopontos. – Respondeu a borboleta. Esta lembrou-se da visão mágica que antes tivera, onde via o Rio sujo e sem vida. Entendeu então que tudo isto era causado pelo lixo, que muitas pessoas irresponsáveis como estas crianças, deixavam espalhado por todo o lado, sem respeitar a Natureza. - Devemos recolher sempre o lixo. Se as crianças não sabem onde deve ser colocado, nós sabemos: nos ecopontos. – Pensou alto a borboleta Mágica, de uma maneira sentida. - É uma pena – disse a coelha Margarida - que algumas pessoas ainda tenham uma atitude tão feia quanto esta!!!... Sujar a Natureza.

21 Os animais da floresta recolheram o lixo deixado pelas crianças, separaram-no e colocaram-no nos ecopontos. De novo o Rio Azul voltou a sorrir com as suas águas límpidas e translúcidas cheias de vida e de cor. Após terminada esta tarefa, os animais da floresta à beira rio, combinaram juntar-se no dia seguinte para se divertirem e zelarem também pela Natureza e vida daquele belo Rio Azul.

22 Este seria o lugar em que todos nós gostaríamos de viver.

23 Fonte:

24 A nossa história: A floresta bem tratada Era uma vez um pato chamado Marreco que andava a passear por uma floresta. Depois na floresta ele fez um piquenique e levava sandes, sumos e um pão de ló.O pato Marreco ouviu um passarinho e disse: - Ainda bem que esta floresta não esta poluída. Eu depois de fazer o piquenique vou deitar o lixo nos ecopontos. - Piu, piu, piu, piu. - disse o passarinho ao pato Marreco. -Não te entendi! – exclamou o Marreco. E o passarinho foi-se embora com o pão de ló na boca. O pato Marreco disse furioso: - Dá-me cá o meu pão de ló. Gritou muito e arrumou tudo. Mas antes de se ir embora, o pássaro deu – lhe o pão de ló e o pato Marreco disse: - Obrigado pelo pão-de-ló, mas se tens fome podemos dividi-lo. O pato Marreco e o pássaro comeram o pão de ló juntos e ficaram amigos. Alunos do 3º ano

25 Os alunos do 1º e 2º ano realizaram textos no Word e no Paint desenharam sobre o tema.

26 A Natureza Não se deve poluir os rios nem os mares. A poluição é muito má para o ambiente. A Natureza deve ficar limpa. Mariana 1º ano

27 Um amiguinho na praia Era uma vez um menino que foi à praia mas viu muito lixo. - Oh não! Há muito lixo e eu não posso nadar. – disse o menino. E foi apanhar o lixo e a praia ficou muito bonita. Lucas 2º ano

28 Realização de actividades lúdicas nos sites:


Carregar ppt "Tema: Poluição Ano lectivo 2005/2006. - Objectivos: Reconhecer a importância da reciclagem e identificar os ecopontos. Visualização de imagens dos Ecopontos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google