A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Egito – terra dos deuses Forças da natureza – deuses e deusas (sol, céu, terra, rio Nilo, etc.) Religião politeísta – adoração de vários deuses. Antropozoomórfica.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Egito – terra dos deuses Forças da natureza – deuses e deusas (sol, céu, terra, rio Nilo, etc.) Religião politeísta – adoração de vários deuses. Antropozoomórfica."— Transcrição da apresentação:

1 Egito – terra dos deuses Forças da natureza – deuses e deusas (sol, céu, terra, rio Nilo, etc.) Religião politeísta – adoração de vários deuses. Antropozoomórfica – divindades eram seres híbridos, parte humana e parte animal. Crenças religiosas – base das manifestações culturais – arte, medicina, astronomia, literatura, governo, a morte. Quando se morre, se é julgado pelo deus Osíris.

2

3 De 1353 a.C. a 1336 a.C., no reinado do faraó Amenófis IV, tenta-se implantar um culto ao deus único Aton, ou disco solar – diminuir autoridade dos sacerdotes. O faraó passa a se chamar Akenaton, ou sacerdote de Aton. Após sua morte, seu filho Tutankhamon restaura o culto aos antigos deuses.

4 Dois reinos, três impérios. Início – pequenas aldeias independentes – nomos. Formam as primeiras cidades, que, se unindo, formam dois reinos – Alto Egito, ou Reino do Sul, e Baixo Egito, ou Reino do Norte. Em 3200 a.C., dá-se a unificação do Egito, sob o comando de um único soberano, o Faraó (Casa Grande). Faraó identificado a Hórus, filho de Rá, o deus- sol. Ficava a cargo da administração, justiça, era o sacerdote chefe dos templos, líder do exército, intervinha no comércio, nas minas e nos celeiros.

5

6 Egito unificado – três períodos Antigo Império – 3200 a 2130 a.C. – Capital – Mênfis. Grandes obras de irrigação, desenvolvimento da agricultura, construção das pirâmides de Queóps, Quéfren e Miquerinos. Período pacifista, isolamento em relação a outros povos.

7

8 Médio Império – 2052 a mais ou menos 1630 a.C. – restabelece-se a unidade perdida no fim do período anterior – Capital em Tebas. Período próspero, expansão territorial, início de relações comerciais com outros povos (fenícios, sírios, cretenses), amplificam-se áreas agrícolas, vida cultural floresce. Em 1630 a.C., Egito é dominado por hicsos.

9

10 Novo Império – 1539 a 525 a.C. – processo de união dos egícios contra os hicsos, que foram expulsos. Passa-se a perseguir outros povos, como os hebreus, que foram transformados em escravos. Pacifismo da lugar ao expansionismo – conquistam-se Núbia, Palestina, Etiópia, Síria e Fenícia. A partir de 1075 a.C. inicia-se decadência – Egito é invadido e conquistado por outros povos – Assírios no século VII a.C., Persas em 525 a.C., Alexandre (Macedônia) em 332 a.C., e finalmente Roma, em 30 a.C.

11 Napoleão invade Egito em Decifra-se a escrita egípcia graças à pedra de Roseta, por François Champollion, em


Carregar ppt "Egito – terra dos deuses Forças da natureza – deuses e deusas (sol, céu, terra, rio Nilo, etc.) Religião politeísta – adoração de vários deuses. Antropozoomórfica."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google