A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FATEC – Faculdade Paraibana de Tecnologia da Paraíba Curso: Produção Publicitária Profª.: Ana Flávia Disciplina: Redação Publicitária II Grupo: Daniel.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FATEC – Faculdade Paraibana de Tecnologia da Paraíba Curso: Produção Publicitária Profª.: Ana Flávia Disciplina: Redação Publicitária II Grupo: Daniel."— Transcrição da apresentação:

1 FATEC – Faculdade Paraibana de Tecnologia da Paraíba Curso: Produção Publicitária Profª.: Ana Flávia Disciplina: Redação Publicitária II Grupo: Daniel Valério Islânia Oliveira Karlla Michelle Railsa Toscano Ysabelle Vianna

2 Dionísio – Um Brinde ao erotismo

3

4 Latim – Baco. Era filho de Zeus e de Sêmele, princesa tebana filha de Cadmo e Harmonia. Deus grego das festas,dos vinhos e da alegria. Descobriu a arte de fabricar o vinho.

5 Sua imagem é representada por um jovem risonho e festivo.De cabelo loiro,segurando em uma das mãos um cacho de uvas ou uma taça.Na outra um dardo enfeitado com folhagens e fitas. Nos retratos aparecem as Ménades – Mulheres que vagavam pela noite e participavam de rituais.

6 Se apaixonou por Ariadne. Fez da jovem sua esposa e com ela teve Enopião, Toante, Estáfilo e Pepareto. De seu romance com Afrodite nasceu Priapo, dotado de um falo descomunal. Considerado na Grécia antiga como protetor das belas artes.

7 Em sua homenagem eram realizadas quatro grandes festas: as Léneias, as Dionísias Urbanas, as Dionísias Rurais e as Anestérias. Todas as festas de caráter orgíaco que contavam com a participação de um elevado número de mulheres.

8 Estas mulheres mitológicas mostravam- se como violentas e sedutoras,chegando a enlouquecer os homens. É freqüente assistirmos a estas cenas na publicidade atual. Os comerciais de bebidas alcoólicas parecem seguir os mesmos rituais, exibindo mulheres sedutoras que enlouquecem os homens com sua beleza.

9 No entanto, segundo o Conar (Conselho Nacional de Auto- regulamentação Publicitária), as marcas de bebidas alcoólicas devem evitar os apelos sexuais e erotismo. Como você se posiciona a respeito desta determinação? apelos sexuais e erotismo

10 3. Princípio do consumo com responsabilidade social: a publicidade não deverá induzir, de qualquer forma, ao consumo exagerado ou irresponsável. Assim, diante deste princípio, nos anúncios de bebidas alcoólicas: a. eventuais apelos à sensualidade não constituirão o principal conteúdo da mensagem; modelos publicitários jamais serão tratados como objeto sexual;

11 b. não conterão cena, ilustração, áudio ou vídeo que apresente ou sugira a ingestão do produto; c. não serão utilizadas imagens, linguagem ou argumentos que sugiram ser o consumo do produto sinal de maturidade ou que ele contribua para maior coragem pessoal, êxito profissional ou social, ou que proporcione ao consumidor maior poder de sedução;

12 DEVASSA – PROPAGANDA SENSURADA

13 DEVASSA – PÓS SENSURA

14 APELO

15 SUBJETIVIDADE

16 COMENTÁRIOS: 28/09/2010 às 12:0828/09/2010 às 12:08 / Carla Martins: Penso que o CONAR está certo nessa determinação, visto que há realmente um apelo excessivo das marcas de bebida alcoólica na utilização de mulheres bonitas e sensuais. O objetivo desses anunciantes é fazer com que, subjetivamente, o consumidor tenha a convicção de que a bebida atrai esse tipo de mulher, deixando-os mais confiantes. Esse elemento aliado a slogans muito bem construídos são o que compõe a estética publicitária das marcas de bebidas alcoólicas.

17 28/09/2010 às 16:1128/09/2010 às 16:11 / Rafael Chaves:Rafael Chaves Não acredito que o apelo sexual utilizado em propagandas de cerveja seja imoral ou ofensivo ao caráter das pessoas, até porque conseguimos observar facilmente imoralidade explícita em qualquer lugar diariamente e ninguém dá a mínima. Acredito sim, que marcas que utilizam desse tipo de apelo, devem começar a se preocupar com um público que cada vez mais começa a consumir produtos masculinos – opa, ninguém disse que era pra homens, mas é assim que a sociedade encara – e que não fica nem um pouco contente com o uso abusivo e apelativo da sexualidade feminina. As mulheres dificilmente se identificam, ou muito menos acham graça de peças com apelo sexual (utilizando a mulher) ou situações de banalização da feminilidade, como mulheres sendo traídas, ou aparecendo apenas como empregadas, ou ainda, sendo subordinadas aos homens.

18 02/10/2010 às 22:3402/10/2010 às 22:34 | Paulo Shalom Botelho: Em relação ao comercial da Paris Devassa Hilton, pelos olhos do meu bom senso não vi nada que levasse a censura. Fiquei com vontade de experimentar Devassa. Ta vendendo aqui em Jampa? Sobre a dita apelação à sensualidade que os comerciais de cerveja trazem, não acredito que estas imagens sejam diferentes do que estamos habituados em ver. Por que nos comportamos com tanta hipocrisia? Esta receita de bolo CERVEJA + MULHER PELADA pelo jeito esta dando certo, porém, acredito que seria interessante trabalhar com algo mais de conceito.

19 05/10/2010 às 8:5105/10/2010 às 8:51 | Thayssa Sousa Cruz: Querendo ou não, cerveja é uma bebida típica do publico masculino, então nada mais fácil que usar esse apelo. Acho valido esse apelo, toda via, a propaganda deve respeitar a ética, não denegrir a imagem feminina, usar da sensualidade de forma sutil para que nenhum momento constranja ou desrespeite qualquer receptor. 06/10/2010 às 16:3006/10/2010 às 16:30 | Tamara Flores: Primeiro Parabéns ao grupo,na minha opinião pode sim continuar com os apelos sexuais, Mas de maneira totalmente sutil, para que toda a família possa assistir a propaganda.

20 FONTES: Wikipédia Site conar Site algo sobre Youtube Site info escola Site mundo dos filósofos FIM.


Carregar ppt "FATEC – Faculdade Paraibana de Tecnologia da Paraíba Curso: Produção Publicitária Profª.: Ana Flávia Disciplina: Redação Publicitária II Grupo: Daniel."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google