A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Solange Santos Unidad SciELO BIREME/OPS/OMS Salvador, 20 de Septiembre de 2005 Modelo SciELO de publicação eletrônica.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Solange Santos Unidad SciELO BIREME/OPS/OMS Salvador, 20 de Septiembre de 2005 Modelo SciELO de publicação eletrônica."— Transcrição da apresentação:

1 Solange Santos Unidad SciELO BIREME/OPS/OMS Salvador, 20 de Septiembre de 2005 Modelo SciELO de publicação eletrônica

2 Artigo Peer Review PublicarIndexarDisseminarMedirEscrever Centrada em artigos Publicação eletrônica Convergência de autores, revisores, editores, usuários Comunicação Científica

3 Histórico Aumentar a visibilidade, acesibilidade e credibilidade dos periódicos científicos de qualidade. Uso da publicación electrónica no modelo Open Access. Estruturar uma base sólida de indicadores bibliometricos y cienciometricos (citações, índices de impacto) complementares aos do ISI-Thomson, para estudos da comunicação científica no ámbito nacional/internacional. Promover o aperfeiçoamento da comunicación científica nos países em desenvolvimento em particular dos países da América Latina e Caribe, extensilvel a Espanha e Portugal. Especialmente concebido para atender as necesidades de comunicação dos países em desenvolvimento, particularmente na América Latina e Caribe. Scientific Electronic Library Online

4 O estabelecimento de um site SciELO requer que os títulos sejam avaliados selecionados de acordo com os critérios de qualidade definidos pelo Modelo. Processo de Seleção de revistas

5 Pré-análise de escopo e pontualidade avaliação de formato e endogenia avaliação de conteúdo análise e parecer do Comitê Seleção de revistas O processo de avaliação tem 4 etapas: verificação da: estrutura da revista (normalização, indexação, etc.) procedência dos membros do comitê editorial, dos autores e revisores análise feita pelos especialistas da área A inclusão ou exclusão de um periódico na coleção SciELO depende do parecer emitido pelo Comitê

6 Composição do Comitê Consultivo FAPESP CNPq CAPES ABEC Editores representantes das áreas de Agrárias, Biológicas, Exatas e Humanas SciELO

7 Caráter científico Arbitragem por pares (Peer review) Corpo editorial Periodicidade Tempo de existência Pontualidade Títulos, resumos e descritores em inglês Normalização Indexação em bases de dados Criterios de seleção e permanência publicar predominantemente contribuições originais de investigação científica e/ou significativas para a área especifica da revista divulgar publicamente a composição do corpo editorial - os membros deven ser especialistas reconhecidos de origem nacional ou internacional e não somente de uma instituição Periodicidade: depende da área temática da revista Periodicidade N.de artículos por ano Área Mínima Desejada Mínima Desejada BiológicasTrimestral Trimestral ExatasQuadrimestral Trimestral AgráriasQuadrimestral Trimestral HumanasSemestral Quadrimestral A revista deve ter pelo menos 4 números publicados para ser considerada na avaliação a revista deve ser pontual de acordo com sua periodicidade Resumo, palavras-chaves e título em inglês: os artígos devem conter título, Resumo, palavras-chaves no idioma do texto do artigo e no idioma inglês, quando este no é o idioma do texto. A revista deve especificar a(s) norma(s) seguida(s) para apresentação e estruturação dos textos, e para a apresentação das referências bibliográficas, de modo que seja possível avaliar a obediência das normas indicadas Prospecção da produção científica dos autores nas principais bases de dados da área Arbitragem por pares: adotar o sistema de revisão por pares (o peer review) com a especificação formal do processo para a avaliação e aprovação dos artigos da revista

8 O Modelo SciELO Contem três componentes: 1. Metodologia para preparar, armazenar, disseminar e avaliar as revistas 2. Operação de sites web de coleções de revistas eletrônica: nacional, regional, temático 3. Rede de sites SciELO na América Latina, Caribe, Espanha e Portugal

9 Permite a publicação eletrônica de edições completas de revistas científicas, a organização de bases de dados bibliográficas e de textos completos, recuperação de textos por seu conteúdo, a preservação de arquivos eletrônicos e a produção de indicadores estatísticos de uso e impacto da literatura científica. 1. Metodología SciELO

10 Módulo DTD Módulo Conversor Base de Dados 1 Módulo Marcação Textos 2 3 Módulo Estatístico Internet CD-ROM 5 Módulo Interface 4 Módulos Metodologia SciELO preparação/edição dos textos de acordo com as especificações da DTDs organização dos textos, normalização dos elementos bibliográficos produção de indicadores bibliometricos e estatísticas de uso operação/publicação das bases de dados na Internet, CD-ROM y DVD-ROM DTD – Document Type Definition Definição do Tipo de Documento Regras que descrevem as estruturas dos documentos eletrônicas Especifica: Os elementos permitidos em um documento A estrutura dos elementos Os atributos dos elementos com padrões e valores

11 Aplicação da Metodologia SciELO Compatível com normas e iniciativas internacionais. Adequadas a condições dos países m desenvolvimento. O estabelecimento de um site SciELO requer que os títulos sejam avaliados e selecionados de acordo com os critérios de qualidade definidos pelo Modelo. A Metodologia SciELO pode ser utilizada tanto para operação de revistas individuais como coleções de revistas. Títulos individuais ou coleções de revistas que não obedeçam aos critérios de qualidade SciELO também podem ser operadas utilizando a Metodologia SciELO.

12 Ciência e Cultura Revcom Instituto Evandro Chagas Revista Adolescencia Latinoamericana Chile Venezuela Sites com Metodologia SciELO

13

14

15 Arquivos eletrônicos em HTML Recursos humanos com conhecimento em editoração científica e informática Computador com MS Word e servidor web Capacitação para trabalhar com os programas da Metodologia SciELO O que é necessário para utilizar a Metodologia SciELO?

16 Fluxo de dados na SciELO

17 Coleções de revistas científicas selecionadas que utilizam a Metodología SciELO Critérios internacionais de avaliação da qualidade, adaptados a realidade da producción científica local Interface para navegação e busca de artigos por título, autor, palavras-chave e outros índicesInterface 2. Sites SciELO

18 Estabelece links dinâmicos com bases de dados nacionais e internacionaislinks dinâmicos Permite o intercâmbio de registros bibliográficos com outras fontes de informaçãointercâmbio de registros bibliográficos Permite a publicação de material de apoio (gráficos e imagens coloridas, audio, vídeo, etc.) Metodologia SciELO Principais recursos e características

19

20

21

22 Links das referencias bibliográficas e artigos para outras fontes de informação Protocolo Open ArchivesOpen Archives Interface em 3 idiomas Permite a publicação de artigos em mais de um idiomamais de um idioma Indicadores de uso e impacto por revista e por coleção Metodologia SciELO Principais recursos e características

23 Relatórios Bibliometricos Dados estatísticos de uso referentes a um determinado período, para coleção, revistas, fascículos ou artículos Dados fontes Fator de impacto Vida média Citações recebidas e concedidas Colaboração entre diferentes países en la producción científica publicada no país

24 Figura 2.1a

25 Figura 3.1

26 Figura 4: Relatório de citações de revistas

27 Figura 4.1a : Apresentação dos datos fonte

28 Figura 4.3: Citações recibidas resultados apresentados

29 Figura 5: Co-autoria seleção de revistas

30 Portal SciELO: Busca integrada nas coleções dos sites SciELO em operação na América Latina, Caribe e Espanha. Informação atualizada sobre novos títulos e fascículos publicados. Documentação sobre o Modelo SciELO e sua aplicação. Rede SciELO

31 SciELO Brasil Operação piloto SciELO Chile-CONICYT e editores SciELO Chile SciELO Salud Pública Projeto FAPESP-BIREME-Editores piloto com 10 revistas SciELO Cuba Operação piloto SciELO Espanha Iniciativa em desenvolvimento SciELO Venezuela Iniciativa em desenvolvimento SciELO Costa Rica Operación piloto SciELO Portugal SciELO Espanha Iniciativa en desarrollo SciELO México Operação piloto Uruguay Operação piloto Perú Iniciativa em desenvolvimento Colombia Operação piloto Argentina Red SciELO - Evolución SciELO Venezuela Iniciativa em desenvolvimento SciELO Perú Iniciativa em desenvolvimento SciELO Portugal Iniciativa em desenvolvimento SciELO Argentina Iniciativa em desenvolvimento SciELO Uruguay

32 Panorama Atual da Rede SciELO Setembro 2005 (1) Periódicos científicos de todas as áreas. (2) Periódicos científicos da área de saúde salud. Coleção Argentina (www.scielo.org.ar ) 1www.scielo.org.ar Brasil (www.scielo.br ) 1www.scielo.br Chile ( ) 1www.scielo.cl Cuba (www.scielo.sld.cu) 2www.scielo.sld.cu Espanha (www.scielo.isciii.es/scielo.php) 2www.scielo.isciii.es/scielo.php Saúde Pública (www.scielosp.org) 2www.scielosp.org Colombia (www.scielo-co.bvs.br/scielo.php) 1www.scielo-co.bvs.br/scielo.php Costa Rica (www.scielo.sa.cr) 1www.scielo.sa.cr México (www.scielo-mx.bvs.br) 1www.scielo-mx.bvs.br Perú (www.scielo.org.pe/) 2www.scielo.org.pe/ Portugal (www.scielo.oces.mcies.pt/) 2www.scielo.oces.mcies.pt/ Venezuela (www.scielo.org.ve) 1www.scielo.org.ve Uruguay (www.scielo.edu.uy) 2www.scielo.edu.uy Total 13 sites SciELOs

33 (1) Periódicos científicos de todas as áreas. (2) Periódicos científicos da área de saúde. (3) Periódicos científicos da área de saúde pública de Brasil, Espanha, México mais periódicos de OPS e OMS. (4) No total não foram considerados os títulos presentes em mais de uma coleção. Rede SciELO - Sites em Operação Regular Mais de fascículos Mais de artículos ColeçãoInicioSetembro 2005 Brasil (1) Chile (1) 0650 Cuba (2) 0518 Espanha (2) 0324 Saúde Pública (3) 0508 Venezuela (1) 06 Total 240 (4)

34 Site SciELO Brasil Mais de acessos aos artigos por mês

35 Artículo SciELO CAPES Revista FAPESP CV ScienTI OAISciELO PUBMED MEDLINE WoSLILACS Pontos de acesso aos artigos na SciELO

36 Modelo SciELO Na América Latina, a SciELO já se consolidou como o principal meio de fortalecer e ampliar a comunicação científica nacional, aumentando de forma extraordinária a visibilidade e acessibilidade nacional e internacional dos periódicos científicos publicados nos países. Criação de um contexto que induz e promove a melhoria da qualidade das revistas científicas nacionais Nos próximos 3 anos, indicadores SciELO devem refletir o uso e o impacto das revistas científicas nacionais publicadas nos países ibero-americanos

37 Obrigada


Carregar ppt "Solange Santos Unidad SciELO BIREME/OPS/OMS Salvador, 20 de Septiembre de 2005 Modelo SciELO de publicação eletrônica."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google