A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EADE – Programa I Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo A Missão de Jesus –

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EADE – Programa I Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo A Missão de Jesus –"— Transcrição da apresentação:

1 EADE – Programa I Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo A Missão de Jesus – guia e modelo da humanidade guia e modelo da humanidade

2 Para o homem, Jesus constitui o tipo da perfeição moral que a Humanidade pode aspirar na Terra. Deus no-lo oferece como o mais perfeito modelo e a doutrina que ensinou é a expressão mais pura da lei do Senhor, porque, sendo ele o mais puro de quantos têm aparecido na terra, o Espírito Divino o animava. (L.E. Questão 625 – Comentário)

3 Historicamente são muito escassas as referências a Jesus. Flávio Josefo, historiador do povo hebreu, por ocasião do ano 62, quando foi lapidado o discípulo Tiago, informou com expressiva síntese: Tiago, o irmão de Jesus, chamado Cristo Fonte: Jesus e o Evangelho – À luz da psicologia profunda (Divaldo Franco / Joanna da Ângelis) EADE – Programa I – Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo Roteiro 9: A missão de Jesus

4 Em sua obra Antiguidades Judaicas, escreve: Nesta época viveu Jesus, um homem excepcional, porque realizava coisas prodigiosas. Conquistou muitos adeptos entre os judeus e até entre os helenos. Quando, por denúncia dos notáveis, Pilatos o condenou à cruz, os que lhe tinham dado afeição não deixaram de o amar, porque ele apareceu-lhes ao terceiro dia, de novo vivo, como os divinos profetas o haviam declarado. Nos nossos dias ainda não acabou a linhagem dos que, por causa dele, se chamam cristãos. Fonte: Jesus e o Evangelho – À luz da psicologia profunda (Divaldo Franco / Joanna da Ângelis) EADE – Programa I – Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo Roteiro 9: A missão de Jesus

5 O legado por Ele deixado para a Humanidade, porque nada escrevera, experimentou rudes alterações através dos tempos. A princípio, pela dificuldade de ser traduzido corretamente do hebraico, havendo passado para o grego, e posteriormente para o latim. Permaneceu, no entanto a essência dos Seus ensinos, que se encontram sintetizados no Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo. Fonte: Jesus e o Evangelho – À luz da psicologia profunda (Divaldo Franco / Joanna da Ângelis) EADE – Programa I – Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo Roteiro 9: A missão de Jesus

6 Sua missão foi a de transmitir aos homens o pensamento de Deus e somente a Sua doutrina, em toda a pureza, pode exprimir esse pensamento. Seus ensinamentos foram deixados não somente pelas palavras, mas sobretudo pelos exemplos. EADE – Programa I – Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo Roteiro 9: A missão de Jesus

7 Se alguém quer ser o primeiro, será o último e o servo de todos. Jesus ( Mc, 9:35) Para que a alma alcance os altos cimos da paz, em seu próprio cerne, não vale só que tenha conquistado as primeiras posições no mundo das aparências. Torna-se fundamental que cada ser, nas funções que estagia, faça-se um servidor. Um servidor do seu próximo, desinteressado. Fonte: Quem é o Cristo (J. Raul Teixeira/Francisco de Paula Vítor) EADE – Programa I – Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo Roteiro 9: A missão de Jesus

8 Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. Jesus ( Jo, 8:32) As leis de amor, de justiça e de caridade simbolizam o roteiro seguro para que, devidamente vivenciadas e entendidas, permitam à criatura experimentar, de fato, a anelada felicidade. Fonte: Quem é o Cristo (J. Raul Teixeira/Francisco de Paula Vítor) EADE – Programa I – Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo Roteiro 9: A missão de Jesus

9 Bem-aventurados os pacíficos, porque serão chamados filhos de Deus. Jesus ( Mt, 5:9) A paciência, conquista individual através do esforço pela auto-iluminação, pelo autoconhecimento e descoberta dos objetivos da existência, transforma- se em caridade de essencial significado quando direcionada aos que sofrem (...) Fonte: Jesus e o Evangelho – À luz da psicologia profunda (Divaldo Franco / Joanna da Ângelis) EADE – Programa I – Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo Roteiro 9: A missão de Jesus

10 ... Não resistais ao mal que vos queiram fazer... Jesus ( Mt, 5:38) A vingança constitui-se uma patologia do ego insubordinado ante as ocorrências do mecanismo de crescimento. Não resistir ao mal, afim de não vitalizar a escravidão aos instintos inferiores, primários, que dirigem as criaturas não espiritualizadas, não elevadas. Fonte: Jesus e o Evangelho – À luz da psicologia profunda (Divaldo Franco / Joanna da Ângelis) EADE – Programa I – Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo Roteiro 9: A missão de Jesus

11 ... Dai gratuitamente o que gratuitamente haveis recebido... Jesus ( Mt, 5:8) (...) Jamais a mediunidade poderá transformar-se em profissão sob qualquer pretexto (...). Quem realmente se dedica ao Bem e o faz com gratuidade, experimenta incomparável júbilo, que se expressa mediante a felicidade de poder doar ao invés de receber, ajudar antes que ser beneficiado... Fonte: Jesus e o Evangelho – À luz da psicologia profunda (Divaldo Franco / Joanna da Ângelis) EADE – Programa I – Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo Roteiro 9: A missão de Jesus

12 Eu sou o caminho, a verdade e a vida... Jesus ( Jo, 14:6) O que Ele veio ensinar converte-se em resposta para as incontáveis indagações da alma humana. Fonte: Quem é o Cristo (J. Raul Teixeira/Francisco de Paula Vítor) EADE – Programa I – Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo Roteiro 9: A missão de Jesus

13 Sua mensagem, como enviado de Deus, vararia os séculos para beneficiar a toda a Humanidade (...) Ao contrário dos valores utilizados pelos homens, sua força extraordinária é constituída pelo Amor, pela Bondade, pela Humildade, pela Paciência, pela Tolerância, pela Fé absoluta no Poder Supremo. Fonte: Amai-vos. Instruí-vos. (Juvanir Borges de Souza) EADE – Programa I – Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo Roteiro 9: A missão de Jesus

14 A Sua proposta não é para que se fuja deste mundo enfermo, da sociedade empobrecida moralmente, mas para que se consiga curar a doença com a conquista da saúde para cada membro do planeta, e haja enriquecimento moral de todas as criaturas membros do organismo social. Fonte: Jesus e o Evangelho – À luz da psicologia profunda (Divaldo Franco / Joanna da Ângelis) EADE – Programa I – Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo Roteiro 9: A missão de Jesus

15 Vamos refletir sobre o assunto? Vamos correlacionar o assunto à aplicação prática em nosso cotidiano? EADE – Programa I – Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo Roteiro 9: A missão de Jesus

16 Leitura individual do item 3 – ensinamentos da mensagem cristã Apostila antiga pág. 70 a 75 Tempo: 15 minutos EADE – Programa I – Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo Roteiro 9: A missão de Jesus

17 Humildade: apresente uma proposta de prática da humildade no ambiente familiar ou profissional. Lei do amor: identifique a presença desse ensinamento em sua vida. Amor e justiça de Deus: comente um fato que comprova a presença do amor e justiça de Deus. Fidelidade a Deus: expresse o significado que você dá à religiosidade em sua vida. Amor ao próximo: relate a postura que você têm adotado para seguir esse ensinamento de Jesus. Reino de Deus: correlacione reino de Deus com auto-estima. Necessidade do perdão: destaque uma experiência que tenha vivido, na qual houve a oportunidade de perdoar ou de ser perdoado. Valor da oração: destaque uma situação por meio da qual tenha comprovado o valor da oração.

18 Humildade: Apresente uma proposta de prática da humildade no ambiente familiar ou profissional.

19 HUMILDADE A humildade é virtude muito esquecida entre vós. Bem pouco seguidos são os exemplos que dela se vos têm dado. Entretanto, sem humildade, podeis ser caridosos com o vosso próximo? Oh! não, pois que este sentimento nivela os homens, dizendo-lhes que todos são irmãos, que se devem auxiliar mutuamente, e os induz ao bem. Sem a humildade, apenas vos adornais de virtudes que não possuís, como se trouxésseis um vestuário para ocultar as deformidades do vosso corpo. Lembrai-vos dAquele que nos salvou; lembrai-vos da sua humildade, que tão grande o fez, colocando-o acima de todos os profetas. Fonte: ESE, CAP 7, ITEM 11

20 Lei do amor: Identifique a presença desse ensinamento em sua vida.

21 LEI DO AMOR...Amar, no sentido profundo do termo, é o homem ser leal, probo, consciencioso, para fazer aos outros o que queira que estes lhe façam; é procurar em torno de si o sentido íntimo de todas as dores que acabrunham seus irmãos, para suavizá-las; é considerar como sua a grande família humana, porque essa família todos a encontrareis, dentro de certo período, em mundos mais adiantados; e os Espíritos que a compõem são, como vós, filhos de Deus, destinados a se elevarem ao infinito.... Fonte: ESE. Sanson, ex-membro da Sociedade Espírita de Paris. (1863)

22 Amor e justiça de Deus: Comente um fato que comprova a presença do amor e justiça de Deus.

23 AMOR E JUSTIÇA DE DEUS Disse o Cristo: Queira cada um para os outros o que quereria para si mesmo. No coração do homem imprimiu Deus a regra da verdadeira justiça, fazendo que cada um deseje ver respeitados os seus direitos. Na incerteza de como deva proceder com o seu semelhante, em dada circunstância, trate o homem de saber como quereria que com ele procedessem, em circunstância idêntica. Guia mais seguro do que a própria consciência não lhe podia Deus haver dado. Fonte: LE, questão 876

24 Fidelidade a Deus: Expresse o significado que você dá à religiosidade em sua vida.

25 FIDELIDADE A DEUS Observe: Deus não é inatingível. Guarde a certeza de que Ele está presente em tudo. Conhece o íntimo de nossa almas e sabe das nossas necessidades. Mas é importante que você volte os seus sentimentos para Ele, assim como a criança busca o carinho do pai ou da mãe. Todo menino acredita no papai. E você, confia realmente em Deus? É necessário acreditar na Sua existência e também no Seu infinito amor. Quem mais crer, fazendo a vontade do Pai,mais recebe. Fonte: Boa Idéia. Ariston S. Teles. Pelo espírito Pastorino, pág. 105

26 Amor ao próximo: Relate a postura que você têm adotado para seguir esse ensinamento de Jesus.

27 AMOR AO PRÓXIMO Se o amor do próximo constitui o princípio da caridade, amar os inimigos é a mais sublime aplicação desse princípio, porquanto a posse de tal virtude representa uma das maiores vitórias alcançadas contra o egoísmo e o orgulho. Fonte: ESE, cap 12, item 3

28 Reino de Deus: Correlacione reino de Deus com auto-estima.

29 O REINO DE DEUS O Reino Divino não será concretizado na Terra, através de atitudes extremistas. O próprio Mestre asseverou-nos que a sublime realização está no meio de nós. A edificação do Reino Divino é obra de aprimoramento, de ordem, esforço e aplicação aos desígnios do Mestre, com bases no trabalho metódico e na harmonia necessária. Não te prendas excessivamente às dificuldades do dia de ontem, nem te inquietes demasiado pelos prováveis obstáculos de amanhã. Vive e age bem no dia de hoje, equilibra-te e vencerás. Fonte: Vinha de Luz, cap. 177

30 Necessidade do perdão: Destaque uma experiência que tenha vivido, na qual houve a oportunidade de perdoar ou de ser perdoado.

31 NECESSIDADE DO PERDÃO Por mais graves te pareçam as faltas do próximo, não te detenhas na reprovação. Condenar é cristalizar as trevas, opondo barreiras ao serviço da luz. Usa, pois, a bondade, e desculpa incessantemente. Ensina-nos a Boa Nova que o Amor cobre a multidão dos pecados. Quem perdoa, esquecendo o mal e avivando o bem, recebe do Pai Celestial, na simpatia e na cooperação do próximo, o alvará da libertação de si mesmo, habilitando-se a sublimes renovações. Fonte: Fonte Viva, cap 135

32 Valor da oração: Destaque uma situação por meio da qual tenha comprovado o valor da oração.

33 · O VALOR DA ORAÇÃO Quando a dor se apresenta sob qualquer forma, a oração é o veículo mais eficaz para suportá-la e superá-la. Ademais, ela cria um campo de paz, no qual a alma se fortalece e se inspira, melhor identificando os recursos próprios para fomentar a alegria e o bem estar. Fonte: Desperte e seja feliz. Divaldo Franco. Pelo Espírito Joanna de Ângelis, p.170.


Carregar ppt "EADE – Programa I Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo A Missão de Jesus –"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google