A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Festas populares do mês de junho. O que é cultura? Cultura é um conhecimento que é construído na relação entre os indivíduos que convivem em sociedade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Festas populares do mês de junho. O que é cultura? Cultura é um conhecimento que é construído na relação entre os indivíduos que convivem em sociedade."— Transcrição da apresentação:

1 Festas populares do mês de junho

2 O que é cultura? Cultura é um conhecimento que é construído na relação entre os indivíduos que convivem em sociedade. Cada lugar, cada agrupamento de pessoas possui uma cultura diferente que é construída através de vários elementos com o passar do tempo. Por exemplo: as pessoas tem diferente hábitos alimentares, de acordo com sua região de nascimento e festas que só ocorrem em determinado lugar. As festas populares e o folclore são elementos muito importantes da nossa cultura. Os pesquisadores separam a cultura em vários tipos: - Cultura Popular - Cultura de Massa - Cultura Erudita

3 Quadrilha Junina de Belém na Paraíbahttp://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Quadrilha_Junina_1.jpg O mês de junho é muito importante para a cultura popular. Nesse período, ocorrem festas muito importantes pelo Brasil afora. Vamos citar aqui algumas: Festa Junina Bumba meu boi

4 Você já participou de alguma dessas festas? Comente com seus colegas o que você achou de mais curioso nelas.

5 As festas juninas são festas populares que acontecem no mês de junho em todo o território brasileiro. Junho é o mês dos santos católicos: São João, São Pedro e Santo Antônio. O Brasil, um país muito católico, foi colonizado pelos portugueses. Dessa forma, a festa foi trazida por eles e se popularizou com facilidade. O nome originalmente era Festa JOANINA, mas chegando aqui no Brasil modificou-se para Festa JUNINA. O JOANINA provavelmente era para homenagear São João Batista, que era um santo muito popular em Portugal. Aqui virou junina em função do nome do mês em que a festa acontece. A história aponta que essas festas surgiram por volta do século 4. Faça as contas. Quantos séculos possui essa tradição?

6 E a fogueira? As festas juninas estão relacionadas, desde o seu início, ainda antes de terem esse nome, às colheitas na Europa. As colheitas na Idade Média dependiam de muitas condições, que iam além do trabalho das pessoas. Era preciso que houvesse paz, que não ocorressem invasões do território por grupos considerados inimigos, que não chegassem as pragas que dizimavam as plantações e que ficassem afastadas as pestes que matavam muitas pessoas. Sendo assim, quando se conseguia uma boa colheita, era feita uma grande festa para comemorar. Todos em torno de uma grande fogueira em homenagem à fertilidade da terra e ao sucesso da produção. Com a expansão do Catolicismo, a tradição da fogueira foi alterada: passou a significar uma medida para afastar os insetos que poderiam destruir as plantações e um ato de louvor a São João, cuja data festiva era próxima do período das colheitas no continente europeu.

7 Uma divertida tradição que ocorre antes da quadrilha é o casamento dos matutos ou casamento na roça. Os noivos são muito importantes, pois são eles que guiam os outros casais ocupando o primeiro lugar na fila. Hoje, há também um tipo diferente das quadrilhas tradicionais, as quadrilhas estilizadas formadas por grupos chamados parafolclóricos. Esses grupos produzem uma coreografia própria, com passos criados exclusivamente para a música escolhida, como num corpo de balé. Grupo Parafolclórico de Sergipe Quadrilha: a quadrilha é uma dança de origem francesa. Realizada em homenagem aos santos juninos e para agradecer as boas colheitas. No tempo do Império, em nosso país, era executada nos grandes bailes realizados na corte. Com o tempo, tornou-se uma dança folclórica. O comando é dado com palavras afrancesadas como "balancê" (balancer).

8 No início das festas juninas, as bandeiras traziam desenhos dos santos aniversariantes (São João, São Pedro e Santo Antônio) e frases religiosas. Porém, atualmente, isso não é mais usual e as bandeirinhas ganharam outro significado, o de animar e colorir a Festa Junina. As bandeirinhas são um dos traços mais marcantes da Festa Junina de hoje.

9 Vamos fazer bandeirinhas para enfeitar nossa sala de aula? É muito simples: basta pegar um papel colorido e dobrá-lo ao meio. Podemos fazer de dois modos: uma em forma de V e outra em forma de W. Para fazer o corte, basta observar o sentido para fazer as duas formas. Após fazer várias bandeirinhas, você só terá que colá-las em um barbante ou um cordão grande que dê para amarrar de uma ponta a outra da sala de aula. Varie bastante as cores para a sala ficar bem bonita!

10 Bumba meu boi Também é conhecido como Boi-bumbá. É uma das danças mais populares do Brasil. A festa possui personagens humanos muito interessantes e animais mágicos. A dança é bastante antiga, surgiu no século 18, no Nordeste, e se espalhou para o resto do país. A tradição surgiu como uma forma de crítica à situação social dos negros e índios. O Bumba meu boi combina elementos de comédia, drama, sátira e tragédia, tentando demonstrar a fragilidade do homem e a força bruta de um boi. O Boi do Maranhão é o mais tradicional do Brasil, mas ultimamente o festival da cidade de Parintins está sendo o mais popular, pela proporção que se tornou a festa.

11 A cultura popular é transmitida de forma oral, dos mais velhos para os mais novos. A lenda é uma das formas mais populares do folclore. Conheça a lenda do Boi-bumbá: Um rico fazendeiro possui um boi muito bonito, que inclusive sabe dançar. Pai Chico, um trabalhador da fazenda, rouba o boi para satisfazer sua mulher Catarina, que está grávida e sente uma forte vontade de comer a língua do boi. O fazendeiro manda seus empregados procurarem o boi e quando o encontra, ele está doente. Os pajés curam a doença do boi e descobrem a real intenção de Pai Chico, o fazendeiro o perdoa e celebra a saúde do boi com uma grande festividade. meu-boi.JPG?sequence=1

12 Na cidade de Parintins no Amazonas acontece um dos maiores eventos de cultura popular do Brasil, Festival Folclórico de Parintins. Ele é realizado no último final de semana de junho. O festival acontece no Bumbódromo e duas associações competem entre si o Boi Garantido, de cor vermelha, e o Boi Caprichoso, de cor azul. Esse festival acontece desde Essa festa nos lembra outra festa muito importante no Brasil. Qual outra grande festa acontece no espaço chamado Sambódromo?

13 Vamos fazer nosso Boi-bumbá? O Boi-bumbá é um acessório para ser vestido. Podemos fazer um boi bem bonito utilizando caixa de papelão e material diverso para decorar.

14 Material necessário: Caixa de papelão Caixa de sapato Cola quente Cola branca Papel colorido Tintas coloridas guache ou acrílica Papel crepom Tesoura Pincel Estilete

15 Corpo do boi: Pegue a caixa de papelão grande e corte o fundo em forma de círculo ou oval. Pinte a caixa de preto e decore com criatividade. Cole papel crepom em volta da caixa para fazer a saia do boi. Rabo do Boi: Corte tiras de crepom de várias cores, cole no meio de um retângulo de papelão. Enrole e pinte de preto. Fure um lado da caixa de papelão e encaixe o rabo do boi. Cabeça do boi : Pegue a caixa de sapato, faça um corte chanfrado e cole o papelão para fazer as narinas. Corte os chifres do boi em forma de lua em papelão e cole na parte superior da cabeça. Faça um triângulo em papelão e cole unindo o corpo e a cabeça do boi. Pinte tudo e cole os olhos do boi. Faça quatro furos na parte superior do corpo do boi, introduza uma fita de cada lado e amarre por dentro para fazer as alças. Cada aluno ou grupo de alunos pode fazer a decoração como quiser. Sempre muito colorido para enriquecer o trabalho. Agora é só colocar a música e dançar. Depois pode-se fazer na escola uma bela exposição com esses trabalhos.

16 O boi em outros estados O Brasil é um país muito grande e em muitos lugares também se dança o Bumba meu boi: Rio Grande do Sul: Boizinho ou Bumba. Santa Catarina: Boi-de-mamão ou Boi-de-mourão. Ceará: Boi de reis, Boi-surubim e Boi-zumbi. Bahia: Boi-janeiro, Boi-estrela-do-mar, Dromedário e Mulinha-de-ouro. Minas Gerais, Rio de Janeiro: Bumba ou Folguedo-do-boi. Em Macaé há o famoso Boi do Sadi. Espírito Santo: Boi de reis.

17 Festa Junina de Norte a Sul, de Leste a Oeste Confira como é a Festa Junina nas diferentes regiões do Brasil. Nordeste: As festas juninas em cidades como Campina Grande, na Paraíba, e Caruaru, em Pernambuco, duram um mês. Grandes eventos que atraem muitos turistas. O forró assim como ritmos aparentados tais que o baião, o xote, o reisado, o samba-de-coco e as cantigas são danças e canções típicas das festas juninas. Sudeste: As festas do sudeste já possuem elementos de outras culturas. Além das comidas típicas, o cachorro-quente, pastel e até mesmo a pizza figuram entre as guloseimas. Além das músicas tradicionais das festas juninas, a música sertaneja ocupa um lugar importante. Sul: Muito atrelado à própria cultura dos pampas, o sul também varia a comida com seu tradicional arroz de carreteiro e pinhão cozido. Até mesmo no vestuário da festa, a tradição gaúcha está presente aliando as roupas do caipira ao vestuário gaúcho. O vanerão, uma dança típica entre os gaúchos e também muito popular no Paraná e Santa Catarina, acontece nas festas juninas.

18 Centro-oeste: nessa região, a festa é influenciada por hábitos típicos dos países fronteiriços, em especial o Paraguai. O ritmo sertanejo e a polca paraguaia são muito comuns nas festas juninas dessa região. Um prato típico fácil de encontrar nas festas juninas é a sopa paraguaia, uma espécie de bolo de queijo. Norte: A região nordeste é a que menos festeja o São João. A festa junina típica é ofuscada pelo Festival Folclórico de Parintins, que ocorre no final de junho no Amazonas. Em lugar da quadrilha, ouve-se a toada do Boi-bumbá. São servidas receitas regionais como tapioca (à base de mandioca) e tacacá (bebida de origem indígena). Há algo muito específico na sua região ou cidade que não acontece no restante do país?

19 Links úteis: Festa Junina Variedades: Festa Junina artigos: Site Oficial do Festival Folclórico da Amazônia: Site Oficial da Associação Boi Garantido: Site Oficial da Associação Boi Caprichoso: Bumba meu boi do Maranhão

20


Carregar ppt "Festas populares do mês de junho. O que é cultura? Cultura é um conhecimento que é construído na relação entre os indivíduos que convivem em sociedade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google