A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INTERAÇÃO GENICA, HERANÇA QUANTITATIVA E PLEIOTROPIA Interação gênica simples Epistasia Herança quantitativa Pleiotropia Prof. JOSE AMARAL/2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INTERAÇÃO GENICA, HERANÇA QUANTITATIVA E PLEIOTROPIA Interação gênica simples Epistasia Herança quantitativa Pleiotropia Prof. JOSE AMARAL/2012."— Transcrição da apresentação:

1 INTERAÇÃO GENICA, HERANÇA QUANTITATIVA E PLEIOTROPIA Interação gênica simples Epistasia Herança quantitativa Pleiotropia Prof. JOSE AMARAL/2012

2 INTERAÇÃO GÊNICA Algumas características podem ser condicionadas por mais de um par de genes em interação. Um determinado fenótipo é devido ao processo de interação entre dois ou mais pares de genes alelos.

3

4 Tipos de cristas de galinha INTERAÇÃO GENICA SIMPLES

5 Interação Gênica Interação Simples

6 Herança da crista de galinha: Exemplo de interação gênica simples FENÓTIPOSGENÓTIPOS Crista ErvilhaEErr ou Eerr Crista RosaeeRR ou eeRr Crista nozEERR, EERr, EeRR ou EeRr Crista simpleseerr

7 Exemplo 1 - Crista de galo o crista nozE__R__crista rosaeeR_ o crista ervilhaE__rrcrista simpleseerr Crista simples (puras) X Crista noz (puras) eerr EERR F 1 100% crista noz EeRr (intercruzando) x EeRr F2 noz - 9/16 : E__R__ rosa - 3/16:eeR__ Ervilha - 3/16: E__rr simples - 1/16: eerr

8 Interação Gênica Interação Simples: Exemplo 2

9 Exemplo 2 - Forma do fruto da abóbora o discóideA__B__alongadaaabb o esférica A__bb ou aaB__ (puras) esférica X esférica (puras) AAbb aaBB F 1 100% discóide AaBb (intercruzando) x AaBb F2 discóide9/16: A_B_ esférica 6/16: A_bb ou aaB_ alongado 1/16: aabb

10 EXERCÍCIO Os fenótipos para a forma dos frutos da abóbora podem ser: discóide, esférica ou alongada. A forma discóide dos frutos da abóbora é condicionada pelo genótipo A_B_; a forma alongada por aabb. Do cruzamento de abóboras discóides, ambas heterozigotas, espera-se que nasçam: a) somente abóboras discóides. b) 50% AaBb e 50% aabb. c) somente abóboras discóides heterozigotas. d) 75% A_B_ e 25% a_B_. e) abóboras discóides, esféricas e alongadas.

11 EPISTASIA É uma modalidade de interação gênica na qual genes de um par de alelos INIBEM a manifestação de genes de outros pares. Pode ser epistasia dominante ou recessiva. Exemplo clássico: Cor da plumagem em galinhas Leghorn.

12 herança da cor da plumagem em galinhas Leghorn: Exemplo de epistasia dominante FENÓTIPOSGENÓTIPOS Plumagem colorida CCii ou Ccii Plumagem brancaCCII, CCIi, CcII, CcIi, ccII ccIi ou ccii Epistasia Dominante Gene Epistático= Dominante Gene Hipostático = Recessivo

13 Exercício Cruzando-se duas aves de plumagem branca, sendo uma duplamente recessiva e outra diíbrida, qual a probabilidade de surgirem descendentes com plumagem colorida? FENÓTIPOSGENÓTIPOS Plumagem colorida CCii ou Ccii Plumagem brancaCCII, CCIi, CcII, CcIi, ccII ccIi ou ccii

14 Exemplo 2 - Epistasia Recessiva - pelagem em camundongos Cor preta P___parda pp dd epistático (impede a manifestação da cor) D_ permite a manisfestação (puras) branco (albino) X parda (puras) PPdd ppDD F 1 100% preto PpDd (intercruzando) x PpDd F2 pretos 9/16 P__D__ brancos 4/16 __dd Pardos 3/16 ppD__

15

16 EFEITO BOMBAIM: Exemplo de epistasia recessiva O falso O

17 Lócus H Lócus ABOFenótipo Genótipos HH ou Hh Produção de substância precursora (Antígeno H) I A I A ou I A i antígeno A Sangue A I B I B ou I B i antígeno B Sangue B I A I B antígenos A e B Sangue AB ii ausência de antígeno Sangue O Genótipo hh Não há substância pre-cursora (ausência de antígeno H) I A I A, I A i, I B I B, I B i, I A I B ou ii ausência de antígeno Sangue O (falso)

18 GENÓTIPOSFENÓTIPOS H_ I A I A ou H_ I A iA H_ I B I B ou H_ I B iB H_ I A I B AB H_ iiO hh ­_ _Falso O

19

20 HERANÇA QUANTITATIVA Neste tipo de herança, dois ou mais pares de genes apresentam efeitos somados em relação a um mesmo caráter. Exemplo clássico: Cor da pele na espécie humana, onde dois genes A e B estão envolvidos na produção de melanina. Quanto mais genes dominantes maior a produção de melanina (Davenport, 1913)

21 Herança da cor da pele em humanos: Exemplo de herança quantitativa FENÓTIPOSGENÓTIPOS NegrosAABB Mulatos escurosAABb; AaBB Mulatos médiosAAbb; AaBb; aaBB Mulatos clarosAabb; aaBb Brancosaabb

22 Herança da cor do olho Caso de poligenia; A figura mostra a simplificação para para dois pares de genes

23 Pleiotropia Pode ser considerada o inverso da interação gênica. Na pleiotropia, um único par de genes atua na manifestação de vários caracteres. Exemplo: Fenilfetonúria na espécie humana

24 *PLEIOTROPIA – um par de genes condiciona várias características.

25 Fenilcetonúria: exemplo de Pleiotropia

26 Fenilcetonúria: exemplo de pleiotropia A fenilcetónuria é caracterizada por um defeito na enzima que converte a fenilalanina em tirosina. O acúmulo de fenilalanina no sangue promove lesões no sistema nervoso central. A tirosina também é um metabólito necessário à síntese de melanina. Portanto, fenilcetonúricos apresentam pele mais clara do que deveriam ter.

27 EFEITO PLEIOTRÓPICO NA ANEMIA FALCIFORME Pleiotropia (1 Gene = Várias características) Anemia Falciforme Hb A Hb A = Normal Hb A Hb S = Anemia Leve (Anêmico) Hb S Hb S = Anemia Grave (Morte)


Carregar ppt "INTERAÇÃO GENICA, HERANÇA QUANTITATIVA E PLEIOTROPIA Interação gênica simples Epistasia Herança quantitativa Pleiotropia Prof. JOSE AMARAL/2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google