A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SEGURANÇA INDUSTRIAL E ANÁLISE DE RISCOS Autores: Leonardo Silva Dutra Igor Silva Batista Bruno de Araújo Cruvinel Rômulo José Rodrigues Autores: Leonardo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SEGURANÇA INDUSTRIAL E ANÁLISE DE RISCOS Autores: Leonardo Silva Dutra Igor Silva Batista Bruno de Araújo Cruvinel Rômulo José Rodrigues Autores: Leonardo."— Transcrição da apresentação:

1 SEGURANÇA INDUSTRIAL E ANÁLISE DE RISCOS Autores: Leonardo Silva Dutra Igor Silva Batista Bruno de Araújo Cruvinel Rômulo José Rodrigues Autores: Leonardo Silva Dutra Igor Silva Batista Bruno de Araújo Cruvinel Rômulo José Rodrigues

2 Roteiro 1 NR - 20 Definição e Classes: Definição e Classes: - Líquidos e Combustíveis Inflamáveis Tanques de Armazenagem e suas Características Tanques de Armazenagem e suas Características Salas de armazenamento de Líquidos Inflamáveis Salas de armazenamento de Líquidos Inflamáveis Identificação do Produto Identificação do Produto Especificações e armazenamento de GLP Especificações e armazenamento de GLP NR - 23 Classes de Incêndios Classes de Incêndios Utilização de Extintores Utilização de Extintores Simbologia de Sinalização de Emergência Simbologia de Sinalização de Emergência Sinalização Sinalização Modos de extinção Modos de extinção SEGURANÇA INDUSTRIAL E ANÁLISE DE RISCOS

3 Ignição Oxigênio Oxidante Líquido Combustível PF > 70°C e Inferior a 93,3°C Líquido Inflamável Oxigênio Oxidante Ignição Líquidos e Combustíveis Inflamáveis (NR – 20) ou PF < 70°C ou Ponto de fulgor : A menor temperatura em que um líquido fornece vapor suficiente para formar uma mistura inflamável quando uma fonte de ignição (faísca, chamas abertas, etc.) está presente. 2 Combustíveis e Inflamáveis

4 SEGURANÇA INDUSTRIAL E ANÁLISE DE RISCOS Classes de substâncias segundo a National Fire Protection Association (NFPA – USA) Líquido Inflamável Líquido Combustível Líquidos e Combustíveis Inflamáveis (NR – 20) Classes das Substâncias Combustíveis e Inflamáveis 3

5 SEGURANÇA INDUSTRIAL E ANÁLISE DE RISCOS Líquidos e Combustíveis Inflamáveis (NR – 20) Tanques de Armazenagem Tanques aterrados no solo que armazenam líquidos inflamáveis devem obedecer os seguintes distanciamentos mínimos: 1,00m de divisas de outras propriedades1,00m de divisas de outras propriedades 0,30m de alicerces de paredes, poços ou porão. 0,30m de alicerces de paredes, poços ou porão. 4

6 SEGURANÇA INDUSTRIAL E ANÁLISE DE RISCOS Líquidos e Combustíveis Inflamáveis (NR – 20) 5 Característica e Equipamentos de Tanques Construção de aço ou concreto Dispositivos liberadores de pressões internas excessivas Respiradouros de pressão e vácuo ou corta chama Obrigatoriedade de aterramento para transvasamento de um tanque para outro Tanques de armazenamento de Líquidos Inflamáveis Tanques de armazenamento de Líquidos Combustíveis

7 SEGURANÇA INDUSTRIAL E ANÁLISE DE RISCOS Líquidos e Combustíveis Inflamáveis (NR – 20) 6 Paredes, pisos e tetos devem ser resistentes ao fogo Ter instalação apropriada a prova de explosões Ventilação apropriada Sistema de combate a incêndio Placas indicativas nas portas de acesso Armários e compartimentos construídos de chapas metálicas Locais de descarga a existência de fios terra apropriados Placas indicativas nas portas de acesso Armários e compartimentos construídos de chapas metálicas Cuidado, risco de incêndio Salas de Armazenamento de Líquidos Inflamáveis

8 SEGURANÇA INDUSTRIAL E ANÁLISE DE RISCOS Líquidos e Combustíveis Inflamáveis (NR – 20) 7 Identificação do Produto 1. Pelo número de quatro algarismos (número da ONU) existe no painel de segurança (placa laranja) afixada nas laterais, traseira e dianteira do veículo. 2. Pelo número da ONU constante na Ficha de Emergência, no documento fiscal ou na embalagem do produto.

9 SEGURANÇA INDUSTRIAL E ANÁLISE DE RISCOS 8 ABAFADORES ROTULO DE RISCO PAINÉIS DE SEGURANÇA CONES FITAS ZEBRADAS EXTINTORES ANTIFAISCANTE PÁ, ENXADA ALMOFADAS, MANTAS CAPACETE, LUVAS, ÓCULOS RESPIRADORES CONJUNTO ANTI ÁCIDOS PLACAS (PERIGO AFASTE - SE) Líquidos e Combustíveis Inflamáveis (NR – 20) Conjunto para Situações de Emergência

10 SEGURANÇA INDUSTRIAL E ANÁLISE DE RISCOS 9 Gases Liquefeito de Petróleo (GLP) Constituição predominante Propano Propeno Butano Buteno Líquidos e Combustíveis Inflamáveis (NR – 20)

11 SEGURANÇA INDUSTRIAL E ANÁLISE DE RISCOS Armazenagem de GLP Cada recipiente de armazenagem deverá ter uma placa metálica com os seguintes especificações: Indicação da norma ou código de construção Marcas exigidas pela norma ou código de construção Indicação de construção Identificação do fabricante Capacidade do recipiente em litros Pressão de trabalho Líquidos e Combustíveis Inflamáveis (NR – 20) Recipientes com mais de 500 litros deverão ser separados por edificações e divisa de outra propriedade segundo as seguintes distâncias: Distanciamento do alambrado dos recipientes 10

12 SEGURANÇA INDUSTRIAL E ANÁLISE DE RISCOS Líquidos e Combustíveis Inflamáveis (NR – 20) 11 No Brasil alguns acidentes ficaram famosos: GASOLINA e ÁLCOOL - VAZAMENTO EM DUTO - GASOLINA e ÁLCOOL - acontecido no Município de Pojuca/BA - um trem descarrilou, tombando vários vagões com Gasolina e Álcool. A população residente nas imediações aproveitou para encher baldes e latas com combustíveis derramando, para venda a terceiros até que, de repente, uma faísca incendiou os combustíveis vazados e os vagões carregados, enfim, toda a composição ferroviária. Resultado: mais de cem mortos, especialmente, crianças. VAZAMENTO EM DUTO - aconteceu na Vila Socó, Município de Cubatão/SP - nesta área a Petrobrás enterrou uma rede de dutos para deslocamento de sua gasolina, diesel, etc. Sobre os dutos, a população de Vila Socó construiu uma favela. Certa noite, um dos dutos vazou e o combustível derramado pegou fogo, talvez em contato com algum fogão doméstico aceso... O grande incêndio que lavrou matou mais de 500 pessoas.

13 SEGURANÇA INDUSTRIAL E ANÁLISE DE RISCOS 12 Proteção Contra Incêndios Proteção contra incêndio Saídas suficientes para a rápida retirada do pessoal em serviço, em caso de incêndio Equipamento suficiente para combater o fogo em seu início Pessoas adestradas no uso correto desses equipamentos Todas as empresas deverão possuir: Proteção Contra Incêndios NR - 23

14 SEGURANÇA INDUSTRIAL E ANÁLISE DE RISCOS Proteção Contra Incêndios NR CLASSES DE INCÊNDIOS E PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS MATERIAIS SÓLIDOS MATERIAIS SÓLIDOS - Queima em profundidade e deixa resíduos (cinzas) Exemplos: madeiras, papel, etc. LÍQUIDOS INFLAMÁVEIS - LÍQUIDOS INFLAMÁVEIS - Queima superficialmente e não deixa resíduos. Exemplos: gasolina, álcool, etc. MATERIAIS ELÉTRICOS ENERGIZADOS - MATERIAIS ELÉTRICOS ENERGIZADOS - Transmitem corrente elétrica Exemplos: computador ligado, tomadas elétricas sobrecarregadas, etc. É necessário que saibamos que, para cada tipo principal de incêndio, existe também um tipo principal de extintor. Classe D – elementos pirotécnicos como magnésio, zircônio, titânio.

15 SEGURANÇA INDUSTRIAL E ANÁLISE DE RISCOS Proteção Contra Incêndios NR ÁGUAClasse A JAMAIS DEVEM SER USADOS EM INCÊNDIOS DA CLASSE C ÁGUA Indicado para incêndios da Classe A (materiais sólidos) JAMAIS DEVEM SER USADOS EM INCÊNDIOS DA CLASSE C (materiais elétricos energizados). Espuma QuímicaClasse A JAMAIS DEVEM SER USADOS EM INCÊNDIOS DA CLASSE C Espuma Química Indicado para incêndios da Classe A e B (materiais sólidos) JAMAIS DEVEM SER USADOS EM INCÊNDIOS DA CLASSE C (materiais elétricos energizados). PÓ QUÍMICO SECO - PQS Classe B Classe C. PÓ QUÍMICO SECO - PQS Indicado para incêndios da Classe B (líquidos inflamáveis) e Classe C. Não é aconselhável usar esse tipo de extintor em equipamento elétrico sofisticado como por exemplo: computador, pois pode causar danos consideráveis ao equipamento. CO2 - GÁS CARBÔNICO Classe C Classe B Indicado para incêndios da Classe C (materiais elétricos energizados) e incêndios da Classe B. Aconselha-se o uso desses extintores em equipamentos elétricos sofisticados. É de alto custo financeiro. Utilização do Extintor

16 SEGURANÇA INDUSTRIAL E ANÁLISE DE RISCOS 14 Simbologia para Sinalização de Emergência Proteção Contra Incêndios NR - 23

17 SEGURANÇA INDUSTRIAL E ANÁLISE DE RISCOS Sinalização16 Proteção Contra Incêndios NR - 23 Película Fotoluminescente - Armazena luz e propaga em apagão (6 horas)

18 SEGURANÇA INDUSTRIAL E ANÁLISE DE RISCOS Proteção Contra Incêndios NR Combustível aquilo que queima, como a madeira Comburente que permite a queima, como o oxigênio Calor RESFRIAMENTO Trata-se de diminuir a temperatura (calor) do material em chamas. ABAFAMENTO Trata-se de eliminar o oxigênio (comburente) da reação, por meio do abafamento do fogo. ISOLAMENTO Modos de Extinção 17


Carregar ppt "SEGURANÇA INDUSTRIAL E ANÁLISE DE RISCOS Autores: Leonardo Silva Dutra Igor Silva Batista Bruno de Araújo Cruvinel Rômulo José Rodrigues Autores: Leonardo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google