A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PARTE 2 7 T = 15 do charlatanismo XXVIII- do charlatanismo e da prestidigitação e da prestidigitação da influência do meio XXI- da influência do meio.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PARTE 2 7 T = 15 do charlatanismo XXVIII- do charlatanismo e da prestidigitação e da prestidigitação da influência do meio XXI- da influência do meio."— Transcrição da apresentação:

1

2 PARTE 2 7 T = 15 do charlatanismo XXVIII- do charlatanismo e da prestidigitação e da prestidigitação da influência do meio XXI- da influência do meio XXII - dos animais da obsessão XXIII- da obsessão da identificação XXIV- da identificação das evocações XXV - das evocações das perguntas XXVI- das perguntas das contradições e XXVII- das contradições e mistificações mistificações das reuniões e soc. XXIX- das reuniões e soc. regulamento SPEE XXX - regulamento SPEE dissertações XXXI - dissertações vocabulário XXXII - vocabulário PLANO DO ESTUDO 19:30 ÀS 19:55 h – GRUPOS (OPCIONAL) 19:55 ÀS 20:00 h – AVISOS, PRECE INICIAL 20:00 ÀS 20:10 h – APLICAÇÕES 20:10 ÀS 20:25 h – APRESENTAÇÃO DO TEMA 20:25 ÀS 20:40 h – DESTAQUES, DÚVIDAS, COMENTÁRIOS 20:40 ÀS 20:50 h – PASSE 20:50 ÀS 21:00 h – CONCLUSÃO DO ESTUDO 21:00 h – PRECE FINAL

3 PRIMEIRA PARTE 1- NOÇÕES PRELIMINARES 4 caps. SEGUNDA PARTE 2- DAS MANIFESTAÇÕES ESPÍRITAS 32 caps.

4 MEIO MÉDIUNS FENÔMENOS laboratório invisível VIII- laboratório invisível Síntese do ÍNDICE da 2ª PARTE do LM: Das manifestações espíritas ação dos espíritos... I - ação dos espíritos... II - manifestações físicas man. inteligentes III- man. inteligentes teoria das man. físicas IV-teoria das man. físicas man. fís. espontâneas V– man. fís. espontâneas man. visuais VI- man. visuais bicorporeidade transf. VII-bicorporeidade transf. locais assombrados IX- locais assombrados a natureza das comun. X- a natureza das comun. sematologia tiptologia XI-sematologia tiptologia escrita direta XII - escrita direta XIV- os médiuns XV- dos escreventes XVI- médiuns especiais XVII- a formação XVIII- os perigos XIX- seu papel XX- a influência moral psicografia XIII - psicografia do charlatanismo XXVIII- do charlatanismo e da prestidigitação e da prestidigitação da influência do meio XXI- da influência do meio XXII - dos animais da obsessão XXIII- da obsessão da identificação XXIV- da identificação das evocações XXV - das evocações das perguntas XXVI- das perguntas das contradições e XXVII- das contradições e mistificações mistificações das reuniões e soc. XXIX- das reuniões e soc. regulamento SPEE XXX - regulamento SPEE dissertações XXXI - dissertações vocabulário XXXII - vocabulário

5 DO DO MEIO DOS DOS MÉDIUNS FENÔMENOS SÍNTESE do ÍNDICE da 2ª PARTE do LM XXVIII- do do charlatanismo e da da prestidigitação da XXI- da influência do meio XXII - dos dos animais XXIII- da da obsessão XXIV- da identificação XXV - das das evocações XXVI- das das perguntas XXVII- das contradições e mistificações XXIX- das das reuniões e soc. XXX - regulamento SPEE XXXI - dissertações XXXII - vocabulário

6 O MEIO A INFLUÊNCIA DOS PARTICIPANTES DA REUNIÃO INFLUÊNCIA DOS DESENCARNADOS NOS MEIOS INSTRUÍDOS ONDE A IRONIA PREDOMINA IRÃO OS ESPÍRITOS BATEDORES E ZOMBETEIROS INFLUÊNCIA DOS ENCARNADOS NOS MEIOS POUCO INSTRUÍDOS ONDE HÁ SINCERIDADE OS BONS ESPÍRITOS VÃO DE BOA VONTADE ASSIM, TODA VEZ QUE OS HOMENS SE REÚNEM, HÁ ENTRE ELES UMA REUNIÃO OCULTA DE ESPÍRITOS SIMPATIZANTES DE SUAS QUALIDADES OU DE SUAS IMPERFEIÇÕES. § 232 SÃO ELES QUE RESPONDERÃO PRIMEIRO AO CHAMADO PARA COMUNICAÇÃO. QUAL O MEU MEIO?

7 INFLUÊNCIA DO MEIO 21 A ATRAÇÃO DOS ESPÍRITOS SE EXERCE PELA SIMPATIA OU PELA ANTIPATIA ESTAMOS RODEADOS POR NOSSOS AFINS CADA POVO ESTÁ UNIDO AOS ESPÍRITOS QUE ATRAI PELOS SEUS PENSAMENTOS E SENTIMENTOS AS CONDIÇÕES DO MEIO DEPENDEM: DA HOMOGENEIDADE PARA O BEM DOS SENTIMENTOS PUROS E ELEVADOS DO DESEJO SINCERO DE SE INSTRUIR O MEIO É SUPERADO PELOS ESPÍRITOS SUPERIORES MAS NÃO VÃO À REUNIÕES ONDE SABEM QUE SUA PRESENÇA É INÚTIL MAIS UMA LEI DA ATRAÇÃO UNIVERSAL!

8 OS SEMELHANTES ATUAM SOBRE OS SEUS SEMELHANTES O PERISPÍRITO DO ESPÍRITO É SEMELHANTE AO PERISPÍRITO DO ESPÍRITO ENCARNADO. SE ASSIMILAM…SE ATRAEM…ISSO TORNA POSSÍVEL SUA FÁCIL RELAÇÃO. NOS ANIMAIS NÃO EXISTE ESTA APTIDÃO O MATERIAL DO ESPÍRITO: O PENSAMENTO QUE VAI BUSCAR NO CÉREBRO DO MÉDIUM A VESTIMENTA DA PALAVRA: PAISAGENS MORAIS FILOSÓFICASPSICOLÓGICAS,etc.. OS MATERIAIS DO MÉDIUM...SEUS ARQUIVOS DO PASSADO......SEU VOCABULÁRIO DO PRESENTE... SUAS FACILIDADES INTELECTUAIS E MORAIS SUAS LEMBRANÇAS PASSÍVEIS DE SER DESPERTADAS NO FUNDO DO CORAÇÃO OU DO CÉREBRO...etc DA MEDIUNIDADE NOS ANIMAIS MÉDIUM: MÉDIUM: O INTÉRPRETE...ESPÍRITO...ESPÍRITO MAS OS ESPÍRITOS PODEM TORNAR-SE VISÍVEIS E TANGÍVEIS PARA OS ANIMAIS. EX: A MULA DE BALAÃO 22

9 SINAIS NO MÉDIUM A PERSISTÊNCIA DE UM ESPÍRITO EM COMUNICAR-SE (QUER ELE QUEIRA OU NÃO QUEIRA ) NÃO RECONHECE A FALSIDADE E O RIDÍCULO DO QUE RECEBE CRÊ NA INFALIBILIDADE E NA IDENTIDADE ABSOLUTA (DOS ESPÍRITOS COMUNICANTES ) ACEITA OS ELOGIOS DOS ESPÍRITOS AFASTA-SE DOS AMIGOS QUE PODEM ESCLARECÊ-LO LEVA MAL A CRÍTICA TEM NECESSIDADE CONSTANTE DE ESCREVER (COMO MÉDIUM) AGE OU FALA CONTRA SUA VONTADE É CAUSA OU OBJETO DE RUÍDOS E TRANSTORNOS CONTÍNUOS AO SEU REDOR DA OBSESSÃO VER NO SITE DO CEFAK O ESTUDO DESTACADO DA OBSESSÃO 23

10 AGORA SEREI JULGADO! JULGAMOS OS ESPÍRITOS OS ESPÍRITOS (COMO OS HOMENS) PELA SUA PELA SUA LINGUAGEM LINGUAGEMJULGAMOS OS ESPÍRITOS OS ESPÍRITOS (COMO OS HOMENS) PELA SUA PELA SUA LINGUAGEM LINGUAGEM NOSSOS ANJOS GUARDIÃES SE DÃO A CONHECER PELO NOME DE UM SANTO (QUE VENERAMOS) ENTRE OS ESPÍRITOS SUPERIORES A MAIORIA NÃO DEVE TER NOMES PARA NÓS. MAS PRECISAMOS DE NOMES PARA FIXAR IDÉIAS ELES TOMAM O NOME DE PERSONAGEM CONHECIDO (CUJA NATUREZA MAIS SE IDENTIFIQUE COM A DELES) AO LONGO DA SUA PURIFICAÇÃO AS CARACTERÍSTICAS DA PERSONALIDADE DOS ESPÍRITOS DESAPARECEM NA UNIFORMIDADE DA PERFEIÇÃO FORMAM POR ASSIM DIZER UM TODO COLETIVO MAS CONSERVAM A SUA INDIVIDUALIDADE IDENTIDADE DOS ESPÍRITOS NAS INSTRUÇÕES GERAIS NAS INSTRUÇÕES GERAIS O NOME É INDIFERENTE INTERESSA APENAS O ENSINO NAS COMUNICAÇÕES ÍNTIMAS NAS COMUNICAÇÕES ÍNTIMAS INTERESSA-NOS O INDIVÍDUO MAS OS ESPÍRITOS INFERIORES PODEM SE ENFEITAR COM UM NOME RESPEITÁVEL (CASO MUITO COMUM) 24

11 AGORA SEREI IDENTIFICADO! PROVAS DA IDENTIDADE DOS ESPÍRITOS PROVAS DA IDENTIDADE DOS ESPÍRITOS IMITAVEL: A FORMA MATERIAL É IMITÁVEL MAS O INFERIOR NÃO IMITA:. -O PENSAMENTO SUPERIOR. -O VERDADEIRO SABER. -A VIRTUDE IMITAVEL: A FORMA MATERIAL É IMITÁVEL MAS O INFERIOR NÃO IMITA:. -O PENSAMENTO SUPERIOR. -O VERDADEIRO SABER. -A VIRTUDE DISTINGUIR: ENTRE OS BONS E OS MAUS ESPÍRITOS. – EIS O PONTO EM QUE DEVEMOS CONCENTRAR TODA A NOSSA ATENÇÃO DISTINGUIR: ENTRE OS BONS E OS MAUS ESPÍRITOS. – EIS O PONTO EM QUE DEVEMOS CONCENTRAR TODA A NOSSA ATENÇÃO REGRA: A LINGUAGEM DOS ESPÍRITOS CORRESPONDE SEMPRE AO SEU GRAU DE ELEVAÇÃO REGRA: A LINGUAGEM DOS ESPÍRITOS CORRESPONDE SEMPRE AO SEU GRAU DE ELEVAÇÃO ÚNICO MEIO INFALÍVEL: UMA CRÍTICA RIGOROSA. REJEITAR TUDO O QUE PECA PELA LÓGICA E O BOM SENSO ÚNICO MEIO INFALÍVEL: UMA CRÍTICA RIGOROSA. REJEITAR TUDO O QUE PECA PELA LÓGICA E O BOM SENSO OS BONS ESPÍRITOS NÃO SE OFENDEM JAMAIS E ACONSELHAM A CRÍTICA RIGOROSA OS BONS ESPÍRITOS NÃO SE OFENDEM JAMAIS E ACONSELHAM A CRÍTICA RIGOROSA IDENTIDADE DOS ESPÍRITOS 24 SÃO PROVAS: SÃO PROVAS: - A LINGUAGEM -PALAVRAS FAMILIARES -CITAÇÃO DE FATOS -CIRCUNSTÂNCIAS FORTUITAS. (ESPERAR, SEM PROVOCAR) O SINAL DE IMPOSTURA: SEMPRE APARECERÁ. É PRECISO PERSPICÁCIA NO JULGAMENTO O SINAL DE IMPOSTURA: SEMPRE APARECERÁ. É PRECISO PERSPICÁCIA NO JULGAMENTO

12 COMUNICAÇÕES ESPONTÂNEAS COMUNICAÇÕES ESPONTÂNEAS PODEM SER EVOCADOS: PODEM SER EVOCADOS: COMUNICAÇÕES POR EVOCAÇÃO COMUNICAÇÕES POR EVOCAÇÃO -TODOS OS ESPÍRITOS -DE QUALQUER GRAU -BONS OU MAUS -DE TODOS OS TEMPOS -ILUSTRES OU OBSCUROS -PARENTES, AMIGOS OU INDIFERENTES -TODOS OS ESPÍRITOS -DE QUALQUER GRAU -BONS OU MAUS -DE TODOS OS TEMPOS -ILUSTRES OU OBSCUROS -PARENTES, AMIGOS OU INDIFERENTES DAS EVOCAÇÕES...MAS QUEREM?...PODEM ATENDER?...MAS QUEREM?...PODEM ATENDER? CAUSAS IMPEDITIVAS CAUSAS IMPEDITIVAS: OCUPAÇÕES, MISSÕES, ENCARNAÇÃO OUTRAS CAUSAS OUTRAS CAUSAS : A NATUREZA – DO MÉDIUM, DO EVOCADOR E DO MEIO A EVOCAÇÃO DEVE SER FEITA EM NOME DE DEUS 25 AGORA SEREI EVOCADO!

13 FIM SÉRIO: INSTRUTIVO; MELHORÁ-LOS ? EVOCAR (ou fazer evocar) ESPÍRITOS MAUS: É INCONVENIENTE? EVOCAR (ou fazer evocar) ESPÍRITOS MAUS: É INCONVENIENTE? CURIOSIDADES: BRINCAR; PEDIR SERVIÇOS NÃO HÁ INCONVENIENTES É GRANDE O INCONVENIENTE E SUJEITO A PUNIÇÃO DAS EVOCAÇÕES A ASCENDÊNCIA SOBRE OS ESPÍRITOS INFERIORES A ASCENDÊNCIA SOBRE OS ESPÍRITOS INFERIORES : NÃO É PELA VONTADE ENÉRGICA. É PELA SUPERIORIDADE MORAL 25 ADORO SER EVOCADO!

14 COM OS SUPERIORES TOM A SE MANTER COM OS ESPÍRITOS COM OS INFERIORES -RESPEITO -ATENÇÕES -SUBMISSÃO DEPENDE DO SEU CARÁTER: ? -LEVIANOS ?-IGNORANTES?-CÍNICOS? DAS EVOCAÇÕES 25 TENHAMOS: TENHAMOS: VENERAÇÃO VENERAÇÃO : PARA COM OS QUE MERECEM RECONHECIMENTO RECONHECIMENTO : PARA COM OS QUE NOS ASSISTEM BENEVOLÊNCIA BENEVOLÊNCIA : PARA COM TODOS OS OUTROS SOU EXIGENTE, QUANDO EVOCADO!

15 QUE PERGUNTA ! PERGUNTAS PERGUNTAS QUE SE PODEM FAZER AOS ESPÍRITOS CONSIDERAR: A FORMA CLAREZA; PRECISÃO SEM COMPLEXIDADE COM MÉTODO PRÉ ELABORADAS (ALGUMAS) O FUNDO ATENÇÃO SÉRIA ALGUMAS ELES NÃO RESPONDEM NÃO EXPERIMENTÁ-LOS COM O QUE JÁ É SABIDO ESTÃO NAS RESPOSTAS DOS ESPÍRITOS: -OS CONHECIMENTOS QUE POSSUEM -O INTERESSE QUE MERECEMOS -A AFEIÇÃO QUE NOS CONSAGRAM -O OBJETIVO PROPOSTO - A UTILIDADE QUAL É A UTILIDADE DAS PERGUNTAS? -SÃO ÚTEIS PARA A NOSSA INSTRUÇÃO -SÃO ÚTEIS PARA DESMASCARAR MISTIFICADORES...Sem as nossas perguntas, o L.E. e o L.M. AINDA ESTARIAM POR FAZER...AK...Sem as nossas perguntas, o L.E. e o L.M. AINDA ESTARIAM POR FAZER...AK §

16 AS RESPOSTAS TEM LIMITES! SÃO PARTICULARMENTE ANTIPÁTICAS AOS ESPÍRITOS: AS INÚTEIS, FEITAS PARA SATISFAÇÃO DA CURIOSIDADE OU PARA PROVÁ-LOS. ASSUNTOS O FUTURO EXISTÊNCIAS PASSADAS QUESTÕES MORAIS E MATERIAIS A SAÚDE INVENÇÕES E DESCOBERTAS TESOUROS OCULTOS OUTROS MUNDOS PERGUNTAS EXPERIÊNCIA DE KARDEC PERGUNTAS QUE SE PODEM FAZER AOS ESPÍRITOS EXPERIÊNCIA DE KARDEC 26OBSERVAÇÕES TODA PREDIÇÃO CIRCUNSTANCIADA DEVE SER CONSIDERADA SUSPEITA DEUS LHES PERMITE REVELAR ALGUMAS COISAS PARA O BEM OS INTERESSES DA ALMA, SÃO SEMPRE ATENDIDOS. OS MATERIAIS, SEGUNDO O MOTIVO DE BOA VONTADE. MAS HÁ IGNORANTES E SÁBIOS ENTRE OS ESPÍRITOS A CIÊNCIA DEVE SER ADQUIRIDA PELO TRABALHO ( DO HOMEM ) A VERDADEIRA FORTUNA ESTÁ NO TRABALHO OK SOBRE O ESTADO MORAL


Carregar ppt "PARTE 2 7 T = 15 do charlatanismo XXVIII- do charlatanismo e da prestidigitação e da prestidigitação da influência do meio XXI- da influência do meio."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google