A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ"— Transcrição da apresentação:

1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS FACULDADE DE QUÍMICA MÉTODOS COMPUTACIONAIS PROF.: FÁBIO MOLFETA Estudo teórico do produto natural sesamin (5-[3-(1,3-benzodioxol-5-yl)-1,3,3a,4,6,6a-hexahydrofuro[3,4-c]furan-6-yl]-1,3-benzodioxole) com o método semi-empírico PM3. Alunas: Andreza Leite Tarciele Andrade Samara Menezes

2 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 2 MÉTODO PM3 3 OBJETIVOS 4 METODOLOGIA
5 RESULTADOS E DISCUSSÕES 6 CONCLUSÕES 7 REFERÊNCIAS

3 1 INTRODUÇÃO Produtos naturais Cinnamomum kanehirae sesamin

4 Propriedades da sesamin
Antioxidante; Bactericida; Inseticida; Antihipertensiva; Anti-inflamatória; Reduz níveis de colesterol.

5 Vantagens: barato computacionalmente e rápido.
2 MÉTODO PM3 Desenvolvido por J.J.P Stewart. Publicado pela primeira vez em (H, Na, K, Rb, Zn, Hg,Al, C, Si, Ge, Sn, N, P, O, S, F, Cl, Br e I) Uso de aproximações e parâmetros obtidos a partir de dados experimentais. Vantagens: barato computacionalmente e rápido. Desvantagem: menor precisão que os métodos ab initio.

6 3 OBJETIVOS GERAL Utilizar ferramentas de modelagem molecular para a obtenção de dados teóricos com o método PM3. ESPECÍFICOS Verificar se o método PM3 é eficiente no cálculo de comprimento de ligação, ângulo de ligação e ângulo de diedro da estrutura sesamin. Verificar, através de análise de regressão, qual o melhor método (B3LYP, PM3 ou AM1) utilizado para a realização dos cálculos teóricos.

7 Geometria de otimização
4 METODOLOGIA Desenhada a molécula Mecânica molecular Geometria de otimização Molécula salva em Mol 2

8 Aberto o arquivo salvo em Mol 2
Aberto o Gauss View 3.0 Aberto o arquivo salvo em Mol 2 Arquivo foi salvo em gjf

9 Aberto o arquivo salvo em gjf
Método PM3 Comandos, ok e play Arquivo salvo em .out Iniciados os cálculos Ao término foi aberto o G.V Determinados os parâmetros

10 R (R-Sq) = ajuste da reta
Dados: comprimento de ligação, ângulo de ligação e ângulo de diedro. Análise de regressão R (R-Sq) = ajuste da reta R2 (R-Sq) (adj.)= coef. de previsibilidade r = coef. de correlação de Pearson F = significância P = probabilidade de hipótese nula S = desvio padrão

11 5 RESULTADOS E DISCUSSÕES
20 3 16 15 6 13 6 9 8 1 17 5 14 4 4 10 7 18 1 2 19 2 11 12 3 Sesamin

12 Comprimento de ligação
6 1 5 4 1 2 2 3

13 B3LYP x Experimental PM3 x Experimental r = 0,985 r = 0,991 R2 = 96,9%
F = 528,92 R2 = 98,2% F = 912,77 R = 98,3% R = 97,1% P = 0,000 P = 0,000 r = 0,985 S = 0,0105 r = 0,991 S = 0,0085

14 Ângulo de ligação

15 B3LYP x Experimental PM3 x Experimental R2 = 85,2% F = 47,15 R2 = 92,9% F = 105,27 R= 87,1% P = 0,000 R = 93,8% P = 0,000 r = 0,933 S =1,9577 r = 0,968 S = 1,6783

16 Ângulo de diedro

17 B3LYP x Experimental PM3 x Experimental R2 = 0,0% F = 0,37 R2 = 0,0% F = 0,06 R = 3,2% P = 0,557 R = 0,5% P = 0,810 r = -0,180 r = 0,074 S = 92,5428 S = 85,8509

18 Tabela 4: Valores de R2, R, r, S, P e F obtidos.
Métodos Parâmetros R2 R r S P F B3LYP c.l. 98,2% 98,3% 0,991 0,0085 0,00 912,77 a.l. 92,9% 93,8% 0,968 1,6783 105,27 a.d. 0,0% 0,5% 0,074 92,54 0,81 0,06 PM3 96,9% 97,1% 0,985 0,0105 528,92 85,2% 87,1% 0,933 1,9577 47,15 3,2% -0,180 85,8509 0,56 0,37 AM1 89,2% 89,9% 0,0191 141,64 16,9% 27,3% 6,0513 0,15 2,63 19,2% 26,0% 92,2707 0,75 3,86

19 6 CONCLUSÕES O método PM3 obteve resultados satisfatórios para comprimento de ligação e ângulo de ligação da substância sesamin. Entretanto o método B3LYP, foi o que obteve melhores resultados para os mesmos parâmetros. Nenhum dos métodos citados obteve resultados satisfatórios para ângulo de diedro da substância sesamin.

20 7 REFERÊNCIAS HSIEH, Tiane-Jye; LU, Li-Hwa; SU, Chia-Ching. NMR Spectroscopic, mass spectroscopic, X-ray, crystallographic, and theoretical studies of molecular mechanics of natural products: farformolide B and sesamin. Biophysical Chemistry, v. 114, p , 2005. LASCHUK, Eduardo Fischli. Novo Formalismo Semi-Empírico para Cálculos Químicos Quânticos. 143 f., Tese (Doutorado em Química), Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. PM3. Disponível em: <http://en.wikipedia.org/wiki/PM3_(chemistry)>. Acesso em: 30 out Química Computacional. Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Qu%C3%ADmica_computacional>. Acesso em: 13 nov

21 RODRIGUES, Carlos Rangel
RODRIGUES, Carlos Rangel. Processos Modernos no Desenvolvimento de Fármacos: Modelagem Molecular. Cadernos Temáticos de Química Nova na Escola, n.3, p.43-49, Mai., 2001. SAN’T ANNA; Carlos M.R. Métodos de Modelagem Molecular para Estudo e Planejamento de Compostos Bioativos: Uma Introdução. Revista Virtual de Química, v.1, n. 1, p , 2009. SANT’ANNA; Carlos Maurício R. Estudo semi-empírico de ácidos hidroxâmicos: ácido formoidroxâmico e derivados do aleloquímico Dimba. Química Nova, v.24, n.5, p , 2001.

22 Muito obrigada!!!


Carregar ppt "UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google