A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IEFP – 7ª Acção de Formação de Técnicos Superiores de Higiene e Segurança do Trabalho Análise de Riscos Profissionais na Construção Cívil 18/05/2007 Arqº

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IEFP – 7ª Acção de Formação de Técnicos Superiores de Higiene e Segurança do Trabalho Análise de Riscos Profissionais na Construção Cívil 18/05/2007 Arqº"— Transcrição da apresentação:

1 IEFP – 7ª Acção de Formação de Técnicos Superiores de Higiene e Segurança do Trabalho Análise de Riscos Profissionais na Construção Cívil 18/05/2007 Arqº Fernão Vasco Cardoso B. L. Rego

2 7ª Acção de Formação de Técnicos Superiores de Higiene e Segurança do Trabalho A seguinte apresentação enquadra-se no seguimento da formação teórica de Téc. Sup. de Higiene e Segurança do trabalho colocando em prática os conhecimentos adquiridos e demonstrando a sua aplicação numa situação real. Agradeço a todos os intervenientes a sua vontade e disponibilidade. O tema escolhido dentro da Higiene e Segurança do trabalho foram Os riscos no trabalho da Construção Civil e Obras Publicas Os riscos no trabalho da Construção Civil e Obras Publicas. actividades de Pedreiros e Calceteiros Em particular as actividades de Pedreiros e Calceteiros, cada qual actua em diferentes fases da construção de um edifício ou outro tipo de obra. O Pedreiro actua durante a sua construção, manutenção e demolição e o Calceteiro na parte final da construção e reparação/manutenção de pisos.

3 7ª Acção de Formação de Técnicos Superiores de Higiene e Segurança do Trabalho O método de análise escolhido – Método de Marat NR = NP(NDxNE) x NS NC 1)Identificação dos Riscos 2)Avaliação dos Riscos NR (Nível de Risco) 2.1. ND (Nível de Deficiência) e NE (Nível de exposição) 2.2. NP (Nível de Probabilidade) = ND x NE 2.3. NS ( Nível de Severidade/Consequência) 2.4. NC (Nível de Controlo) = NP x NS 3)Tabela de Controlo de Riscos e medidas a tomar com o NC calculado. Todos os níveis têm uma escala de 5 avaliações, de baixa a alta.

4 7ª Acção de Formação de Técnicos Superiores de Higiene e Segurança do Trabalho Riscos Considerados: » Ergonómicos» Musculares » Respiratórios» Ferramentas » Projecção e queda de materiais» Quedas » Colapso estruturas» Electrocussão » Outras Doenças Profissionais e Morte

5 7ª Acção de Formação de Técnicos Superiores de Higiene e Segurança do Trabalho - Quedas ao mesmo nível e de altura - Quedas de materiais e ferramentas - Cortes, perfurações, esmagamento de membros -Colapso de estrutura/plataforma de Trabalho -Electrocussão -Ergonómicos e esforço excessivo muscular, articular e ósseo. - Inalação de poeiras e prod. químicos - Quedas ao mesmo nível - Cortes, perfurações, esmagamento de membros - Ergonómicos e esforço excessivo muscular, articular e ósseo -Inalação de poeiras - Projecção de resíduos de pedra Riscos mais comuns: Soluções: Aplicação de E.P.C.´s e E.P.I.´s

6 7ª Acção de Formação de Técnicos Superiores de Higiene e Segurança do Trabalho Equipamentos de Protecção Colectiva E.P.C. - P.S.S.; demarcação de locais de trabalho e circulação; sinalização da obra; Redes anti-queda; guarda –corpos; uma política de Higiene e Segurança do Trabalho e cumprimento das leis do trabalho e segurança neste. Equipamentos de Protecção Individual E.P.I. - Uso de Capacetes, coletes de alta visibilidade, botas, luvas, fatos de protecção, protecções contra o ruído, máscaras entre outros adequados aos trabalhos.

7 7ª Acção de Formação de Técnicos Superiores de Higiene e Segurança do Trabalho Agradeço a oportunidade de poder participar nesta acção de formação. Ampliaram as minhas capacidades profissionais, o conhecimento específico e a consciência sobre HST dentro da área de formação académica... a Arquitectura. OBRIGADO!


Carregar ppt "IEFP – 7ª Acção de Formação de Técnicos Superiores de Higiene e Segurança do Trabalho Análise de Riscos Profissionais na Construção Cívil 18/05/2007 Arqº"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google