A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Na nova vida com Cristo temos uma seqüência de atitudes que precisam ser tomadas para que possamos desfrutar da verdadeira vida planejada pelo Senhor para.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Na nova vida com Cristo temos uma seqüência de atitudes que precisam ser tomadas para que possamos desfrutar da verdadeira vida planejada pelo Senhor para."— Transcrição da apresentação:

1 Na nova vida com Cristo temos uma seqüência de atitudes que precisam ser tomadas para que possamos desfrutar da verdadeira vida planejada pelo Senhor para nós. Após o novo nascimento, o próximo passo é concluir o passado e a seguir aprender a tratar com o pecado que tão de perto nos rodeia. Esta lição deverá ser praticada por toda a vida. É como tomar banho. Precisamos aprender a tomar banho e devemos fazê-lo por toda a vida. TRATE COM O PECADO

2 Se tomamos banho há muito tempo e depois nunca mais o fizemos, nosso corpo deve estar com um cheiro e aparência horríveis. É assim também com o pecado. Todo dia precisamos tratar com ele para não ficar resíduos de demônios em nós. A Bíblia diz muito sobre como lidar com o pecado. Vejamos alguns textos que nos ajudarão a compreender o assunto. TRATE COM O PECADO

3 Em Mateus 5:23-26 Jesus traz um ensinamento: Portanto, se você estiver oferecendo no altar a sua oferta a Deus e lembrar que o seu irmão tem alguma queixa contra você, deixe a sua oferta ali, na frente do altar, e vá logo fazer as pazes com o seu irmão. Depois volte e ofereça a sua oferta a Deus. Se alguém fizer uma acusação contra você e levá-lo ao tribunal, entre em acordo com essa pessoa enquanto ainda é tempo, antes de chegarem lá. TRATE COM O PECADO

4 Porque, depois de chegarem ao tribunal, você será entregue ao juiz, o juiz o entregará ao carcereiro, e você será jogado na cadeia. Eu afirmo a você que isto é verdade: você não sairá dali enquanto não pagar a multa toda. Nesta passagem as expressões fazer as pazes e entre em acordo significam tratar com o pecado que eu tenha cometido contra meu irmão. TRATE COM O PECADO

5 Em 1 João 1:9 lemos: Mas, se confessarmos os nossos pecados a Deus, ele cumprirá a sua promessa e fará o que é correto: ele perdoará os nossos pecados e nos limpará de toda maldade. Nessa passagem a expressão confessarmos significa tratar com o pecado. TRATE COM O PECADO

6 Em Provérbios 28:13 lemos: Quem tenta esconder os seus pecados não terá sucesso na vida, mas Deus tem misericórdia de quem confessa os seus pecados e os abandona. Neste texto as expressões confessa e abandona também falam de questões que precisamos tratar. Percebemos então, pelos textos acima, que podemos tratar com o pecado de três formas: TRATE COM O PECADO

7 1)- Fazendo as pazes ou entrando em acordo com a pessoa contra quem pecamos; 2)- Confessando nosso pecado diante de Deus; 3)- abandonando esse pecado. TRATE COM O PECADO

8 É preciso compreender que pecado tem que ser tratado para ser eliminado de nossa vida e não apenas ignorado ou deixado para outro dia, ou mais tarde, pois ele continuará a crescer; nem tampouco ir para outra igreja onde não se cobra a solução do problema, como se fosse uma questão de opinião pessoal de um grupo; ou deixar de ter comunhão com a pessoa com quem nos desentendemos, e, menos ainda, achar que por não falarmos mais no assunto ou vermos a pessoa em questão, as coisas ficaram resolvidas. A solução de Deus para o pecado é tratamento e cura. TRATE COM O PECADO

9 1. O alvo ao lidar com o pecado – é resolver com Deus e com as pessoas. Vemos na Bíblia dois tipos de pecado. Um é relacionado à natureza pecaminosa dentro de você. É uma herança maligna que nos induz automaticamente a pecar nas diversas circunstâncias e contra isso só Deus é que pode nos ajudar a vencer. O outro tipo é relativo aos atos pecaminosos que cometemos por opção, consciente ou não e quanto a esse nós temos responsabilidades diante de Deus e das pessoas. 1. O alvo ao lidar com o pecado – é resolver com Deus e com as pessoas. Vemos na Bíblia dois tipos de pecado. Um é relacionado à natureza pecaminosa dentro de você. É uma herança maligna que nos induz automaticamente a pecar nas diversas circunstâncias e contra isso só Deus é que pode nos ajudar a vencer. O outro tipo é relativo aos atos pecaminosos que cometemos por opção, consciente ou não e quanto a esse nós temos responsabilidades diante de Deus e das pessoas. TRATE COM O PECADO

10 Cada pecado que cometemos é registrado diante de Deus, e no futuro, Deus nos julgará de acordo com esse registro. Esses pecados, de uma forma perceptível ou não, geralmente afetam outras pessoas. Assim, além do registro diante de Deus, temos um problema com as pessoas por causa desse nosso pecado. TRATE COM O PECADO

11 Por isso, o ato de tratar com o pecado deve então envolver esses dois aspectos: o registro do pecado diante de Deus e o ato diante das pessoas. Por um lado precisamos do perdão de Deus e por outro a reconciliação ou conserto com aquele contra quem pecamos. Quando fazemos isso dizemos que tratamos com o pecado. Nosso alvo então é: resolver com Deus e com as pessoas. TRATE COM O PECADO

12 2. A base para lidar com o pecado Quando nos tornamos filhos de Deus, o Espírito Santo passa a habitar em nós, e uma das razões para isso é que Ele vai nos indicar sobre a necessidade do tratamento de nossos pecados. Assim como o mecanismo da febre, da dor ou mal estar no físico indica que existe algo errado com o corpo, também o Espírito Santo nos indica pelo mecanismo da lembrança qual pecado precisar ser tratado naquele momento. TRATE COM O PECADO

13 Se cometemos mil pecados, mas somos incomodados por apenas cinco deles, devemos tratar esses cinco. Se lembramos de vinte, tratamos os vinte. Tratamos apenas com os pecados que lembramos, pois é isso que Jesus nos ensina em Mateus 5:23, no texto que já lemos –...se você estiver oferecendo no altar a sua oferta a Deus e lembrar que... Se você não lembrar de nada então a comunhão não será quebrada. TRATE COM O PECADO

14 Na medida que avançarmos na comunhão com Deus, a Sua luz nos fará lembrar outros pecados, e quando isso acontece devemos tratá-los. Algumas vezes acontece de outras pessoas terem consciência do seu pecado, mas você mesmo não percebeu e por isso, sua consciência está sem acusação. Por essa razão sua vida e comunhão com Deus continuarão sem serem afetados. TRATE COM O PECADO

15 Mas sempre que você tiver consciência de pecado e não tratar com ele, sua consciência o acusará e você não poderá manter a comunhão com Deus, e começará a fugir dele. Conforme Mateus 5, quem lembra de algo e não trata sua comunhão com Deus é interrompida. Quanto mais comunhão você tiver com Deus, mais sensível você será para o pecado. É por isso que algumas pessoas fazem coisas erradas e não se lembram quando vão orar. Uma comunhão fraca com Deus produz uma luz fraca. TRATE COM O PECADO

16 Se você está num quarto escuro ou com pouca luz, não consegue ver o quanto de sujeira está no ambiente, mas quando a luz do sol entra você percebe quanta poeira está no ar. Desse modo, lidar com o pecado depende de uma consciência sensível. O quanto a consciência será sensível depende da sua comunhão com o Senhor. Se o grau de comunhão for profundo, a sua consciência será aguçada e forte. Por outro lado, se a comunhão é superficial a sua consciência fica adormecida ou anestesiada. TRATE COM O PECADO

17 Desta forma nunca meça outras pessoas com o critério da sua própria consciência, nem aceite ser medido pela consciência de outros. Você deve aprender a lidar com o pecado apenas de acordo com a sua própria consciência, pois é nela que o Espírito Santo ira trabalhar. MAS CUIDADO! Se a sua consciência não o acusa por algo que a Palavra de Deus diz expressamente que é pecado, isto é um sinal de que você ainda não nasceu de novo. Tome providências. TRATE COM O PECADO

18 3. Como lidar com o pecado. a) Lidando com o registro do pecado. O registro de nossos pecados só será apagado mediante a aplicação do sangue de Cristo, que foi derramado por nós quando Ele venceu a morte na cruz. Jesus sofreu tudo que era preciso e, portanto, pagou todo o preço que era necessário para apagar esses registros. TRATE COM O PECADO

19 Contudo é preciso tomar posse desse direito e isso acontece em dois momentos: a primeira posse que você tomou desse direito de perdão, livrou você dos pecados cometidos antes de ter sido salvo, e eles foram perdoados apenas pela sua fé em Jesus. Isso é o que lemos em Atos 10:43 Todos os profetas falaram a respeito de Jesus, dizendo que os que crêem nele recebem, por meio dele, o perdão dos pecados. Apagar o registro de seus pecados cometidos antes de se converter depende então apenas de crer (fé). Se você creu no Senhor eles já foram apagados. TRATE COM O PECADO

20 Mas depois que você se converte fica um pouco diferente. Já não basta crer, é necessário também confessar. É o que nos diz 1 João 1:9 Mas, se confessarmos os nossos pecados a Deus, ele cumprirá a sua promessa e fará o que é correto: ele perdoará os nossos pecados e nos limpará de toda maldade. Essas palavras foram escritas por João para os crentes, portanto, para apagar o registro de seus pecados cometidos depois de convertido você precisa confessá-los diante de Deus. TRATE COM O PECADO

21 O perdão agora depende da sua confissão. Se você não confessar Deus não o purificará nem o perdoará. Se você confessar enquanto estiver ainda nesse mundo, obterá o perdão enquanto estiver aqui. Mas, se não confessar enquanto está aqui, você terá de confessar no reino vindouro, ou seja, quando Jesus voltar para reinar os mil anos na terra, mas isso será diante do tribunal de Cristo. TRATE COM O PECADO

22 Lembre-se que num tribunal existem duas sentenças – você está livre ou você terá que pagar o preço do ato cometido. Portanto, não é uma boa atitude guardar pecados não confessados diante de Deus, pois você irá sofrer com o peso de ter que carregá- los na terra, e ainda sofrerá a conseqüência de ter aparecido com eles diante do tribunal de Cristo. A confissão, mediante arrependimento, resolve esse problema aqui na terra. TRATE COM O PECADO

23 b. Lidando com a atitude pecaminosa. Como você deve lidar com o fato ou a atitude considerada pecado? Se houve ofensa a Deus, trate esse assunto diante de Deus e peça o Seu perdão. Se alem de pecar contra Deus você pecou também contra o homem, você deve lidar com isso diante do homem, pedindo o perdão do homem. TRATE COM O PECADO

24 Se o seu pecado diante do homem envolve apenas uma questão moral, você tem apenas de confessá- lo e se desculpar diante do homem. Mas se envolve dinheiro ou prejuízos, você tem então, de pagar a quantia que deve. Esse é o princípio geral, mas vamos ver sobre quatro regras que você deve seguir ao lidar com o pecado. TRATE COM O PECADO

25 1ª Regra - Você deve ir a quem quer que tenha ofendido e lidar com a questão. Se pecou apenas contra Deus, trate apenas com Ele. Se tiver pecado contra Deus e contra o homem, resolva com os dois. Se sua atitude ofendeu a igreja, como um corpo que foi ferido, resolva a questão diante da igreja. TRATE COM O PECADO

26 Não é necessário lidar com aqueles contra quem você não pecou. Se você contar seu pecado para aqueles contra quem não pecou, ou àqueles que não conhecem o seu pecado, você não apenas dará uma impressão ruim a seu respeito, como levantará fofocas que causariam ainda mais dano àquele contra quem você pecou. TRATE COM O PECADO

27 2ª Regra – você deve lidar com o pecado de acordo com a circunstância em que pecou. Se você pecou abertamente, lide com ele abertamente; se pecou secretamente, lide secretamente. O pecado que foi cometido em oculto não precisa ser tratado abertamente. Se você pecou contra uma pessoa sem ela saber, não precisa lidar com ela face a face. É suficiente que trate disso por si mesmo. TRATE COM O PECADO

28 Se você, por exemplo, roubou de alguém, mas ele nem deu por falta, você não tem de anunciar publicamente, basta devolver secretamente o que foi roubado. Se odeia uma pessoa secretamente, não precisa confessar a ela, basta arrepender no coração. Se você confessa a ela o pecado do ódio, isso produzirá nela um problema com você desnecessário. Mas se você odeia alguém e isso se tornou conhecido, então você tem que procurá-lo e confessar o seu pecado, de modo que a barreira possa ser eliminada. TRATE COM O PECADO

29 3ª Regra – quando você lidar com o pecado deve tratar apenas da parte pela qual é responsável. Nunca envolva outras pessoas. Por exemplo, você e outra pessoa cometeram juntas um pecado. Quando você tratar do pecado não denuncie ou exponha a outra parte, trate apenas da sua parte, deixe que ela trate com a parte dela, a menos que para resolver sua parte precise também do perdão de outras pessoas que foram prejudicadas por vocês dois. TRATE COM O PECADO

30 4ª Regra – se o pecado que você cometeu envolve coisas materiais ou prejuízo de outras pessoas, você deve reembolsá-las. É preciso restituir aquilo que você deve ou o prejuízo que causou. Caso você não possa pagar de forma alguma as dívidas antigas, pelo menos procure a pessoa prejudicada, reconheça o seu erro e peça perdão. Caso você tenha condição de restituir, faça-o. TRATE COM O PECADO

31 O alvo da restituição, naturalmente, deve ser o dono.Mas se ele já faleceu ou vive num lugar desconhecido, pague a dívida ao seu parente mais próximo. Se não puder localizar o parente mais próximo, você deve ofertá-la a Deus (veja Números 5:5-8). Hoje quem representa Deus na terra é a Igreja de Jesus, portanto tal restituição dada a Deus deve ser trazida à Igreja. TRATE COM O PECADO

32 Para concluir, o propósito de lidar com o pecado é que você deve ter uma consciência limpa, livre de culpa. Sempre que Deus o iluminar você deve estar disposto a lidar com o seu pecado, qualquer que seja ele, não importando com a sua imagem diante dos homens nem levando em conta o prejuízo. TRATE COM O PECADO

33 4. Como vencer o pecado O pecado não acontece por acaso, ele é fruto de um processo. Nesse processo Satanás vai tentar despertar a sua natureza carnal para fazer algo contrário à vida de Deus em seu espírito. Se você entender como as coisas funcionam poderá vencê- lo. O processo do pecado envolve cinco estágios: primeiro o inimigo chama a sua atenção; depois ele desperta um instinto natural; esse instinto se transforma num desejo que acaba se transformando numa intenção ou ação pecaminosa e por fim vem o esconder ou negar o mal feito. TRATE COM O PECADO

34 a. Chamando a atenção: No primeiro estágio o diabo vai procurar chamar a sua atenção para o pecado, através dos seus olhos, ouvidos e tato, mostrando algo interessante que você gostaria de ter e, é nesse ponto que você precisa cortar o processo se realmente deseja a vitória. Procure evitar lugares, pessoas e circunstâncias que o fazem pecar. TRATE COM O PECADO

35 Jesus disse em Mateus 5:29 Portanto, se o seu olho direito faz com que você peque, arranque-o e jogue-o fora. Pois é melhor perder uma parte do seu corpo do que o corpo inteiro ser atirado no inferno. O que Jesus estava dizendo era que se uma amizade o faz pecar encerre tal amizade; se o namoro o faz pecar, termine o namoro, se a televisão o faz pecar, tire-a da sua vida. Na luta contra o pecado você precisa ser radical com aquilo que o faz pecar. TRATE COM O PECADO

36 b. Usando o Instinto. Depois que o inimigo atrai a sua atenção, ele vai despertar os seus instintos naturais.O que são instintos? São tendências naturais que nascem com você, as quais Deus mesmo criou, para que fosse bênção em sua vida. Não é algo que você precisa aprender, já nasce com você. Por exemplo, ninguém precisa ensinar um bebê a mamar, pois ele já nasce com o instinto de sobrevivência. TRATE COM O PECADO

37 Do mesmo modo existem também instintos sexuais e instintos de defesa. A tentação tem sua base encima desses instintos. Logo após prender sua atenção, ele vai despertar um desses instintos. Vamos supor que Deus diga, apenas para ilustração, não coma pizza. O diabo vem e coloca uma deliciosa pizza bem na sua frente. A sua atenção é presa pela visão e pelo odor. TRATE COM O PECADO

38 Nesse ponto você deveria sair correndo, mas em vez disso fica parado, então, involuntariamente sua boca se enche de água. Isso é o seu instinto. Ainda não é pecado, você ainda pode fugir. Mas alguns pensam que somente porque a boca se encheu de água eles já pecaram e então desistem de lutar e se entregam. Não faça isso. Ser tentado ainda não é o ato do pecado. Todos nós podemos ser tentados. O que não podemos é cair na tentação. TRATE COM O PECADO

39 c. Provocando o desejo: O instinto uma vez despertado torna-se em desejo. Se não lidou com o problema no estágio anterior, agora você terá muita dificuldade. O desejo é a tentação no seu grau máximo. Você somente vencerá nesse ponto com a ajuda de alguém. Procure um irmão ou o discipulador imediatamente. TRATE COM O PECADO

40 Mas você ainda pode vencer por que a Palavra diz em 1 Coríntios 10:13 que...mas Deus cumpre a sua promessa e não deixará que vocês sofram tentações que vocês não têm forças para suportar. Quando uma tentação vier, Deus dará forças a vocês para suportá-la, e assim vocês poderão sair dela. Creia nisso e seja um vencedor. TRATE COM O PECADO

41 d. Praticando a ação ou tendo intenção: Nesse estágio o pecado é cometido. É quando o desejo vira intenção ou ocorre a ação. Desejo é diferente de intenção. Podemos ter um desejo e num conflito ardente lutarmos contra ele. Mas quando o desejo vira intenção é porque já decidimos pecar. Para Deus a intenção é igual a ação. TRATE COM O PECADO

42 É isto que Jesus ensina em Mateus 5:28 quando diz quem olhar para uma mulher e desejar possuí-la já cometeu adultério no seu coração. O pecado já foi consumado mesmo que não houve o contato físico, e o diabo já conseguiu autorização para agir contra a vida da pessoa. Agora, a única solução é confessar e deixar esse pecado. Só a confissão, mediante arrependimento é que nos concede o perdão. TRATE COM O PECADO

43 e. Escondendo o mal praticado. Depois que Adão pecou, ele se escondeu no meio das árvores do jardim. O mesmo acontece, ainda hoje, com cada um de nós. Nossa primeira reação depois de pecar é nos esconder, ou seja, deixarmos de ir aos cultos e quando vamos, nos sentamos num lugar afastado e isolado. Fugimos dos irmãos da célula e nos escondemos de Deus. Outros procuram justificar o pecado apontando defeito em outras pessoas, e há até quem busque justificar o pecado citando personagens bíblicos que fizeram o mesmo. Tem também aqueles que dizem que foi Deus quem lhes deu a direção e que estão fazendo a vontade dele. TRATE COM O PECADO

44 . Mais ousado ainda é aquele que veste uma capa de santidade para impressionar as pessoas, procurando com isso chamar a atenção para sua bela capa de santidade, escondendo a sujeira ou podridão que está por baixo. Essa é a tática do diabo para mantê-lo no pecado. Quebre essa cadeia. Uma vez que você pecou confesse o pecado imediatamente e procure comunhão com Deus e com os irmãos como proteção. Fugir dos irmãos é rejeitar a proteção que o próprio Deus providenciou para nós quando nos ligou ao corpo de Cristo, a Sua igreja. TRATE COM O PECADO

45 5. Dicas Práticas: Para vencer o pecado não existem formulas mas existem atitudes práticas que você pode tomar para vencer a tentação e não cair em pecado: Acredite e leve a sério o fato de o pecado trazer terríveis conseqüências. Rom. 6:23 diz Pois o salário do pecado é a morte, mas o presente gratuito de Deus é a vida eterna, que temos em união com Cristo Jesus, o nosso Senhor. TRATE COM O PECADO

46 Lembre-se da lei da semeadura – tudo que plantar terá que colher. Se plantar pecado vai colher morte - das alegrias, da felicidade, do sucesso, da paz, porque Gálatas 6:7 diz: Não se enganem: ninguém zomba de Deus. O que uma pessoa plantar, é isso mesmo que colherá. TRATE COM O PECADO

47 Renda-se a Deus. Reconheça que uma vez que agora você é filho de Deus, os membros do seu corpo não podem mais servir para desonrar ao Senhor. Veja o que diz Rom. 6:19...No passado vocês se entregaram inteiramente como escravos da imoralidade e da maldade para servir o mal. Entreguem-se agora inteiramente como escravos daquilo que é direito para viver uma vida dedicada a Deus. TRATE COM O PECADO

48 Fuja do pecado. Evite qualquer coisa, situação ou pessoa que desperte os desejos da carne e procure alimentar o seu espírito com oração, leitura da Bíblia e comunhão com os irmãos. Rm 8:13 Porque, se vocês viverem de acordo com a natureza humana, vocês morrerão espiritualmente; mas, se pelo Espírito de Deus vocês matarem as suas ações pecaminosas, vocês viverão espiritualmente. TRATE COM O PECADO

49 Renove sua mente. Rejeite os pensamentos errados quando eles vierem à sua mente. Você pode controlar seus pensamentos. Você não pode impedir que um passarinho pouse na sua cabeça, mas pode impedi-lo e fazer um ninho. Sua mente não pode acolher ninho de demônios. TRATE COM O PECADO

50 Confesse o seu pecado a um conselheiro ou irmãos mais maduro, pois quando faz isso as chances de repetir o mesmo pecado diminuem. Isto é o que aprendemos em Tiago 5:16 que diz: Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e façam oração uns pelos outros, para que vocês sejam curados... TRATE COM O PECADO


Carregar ppt "Na nova vida com Cristo temos uma seqüência de atitudes que precisam ser tomadas para que possamos desfrutar da verdadeira vida planejada pelo Senhor para."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google