A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O poder da escolha é uma capacidade dada por Deus.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O poder da escolha é uma capacidade dada por Deus."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 O poder da escolha é uma capacidade dada por Deus.

4 A vontade é a chave mestra da decisão.

5 Não se terá sucesso em ganhar almas até que se entenda qual é o papel do Espírito Santo nesse tema.

6 O que deveis compreender é a verdadeira força da vontade. Esta é o poder que governa a natureza do homem, o poder da decisão ou de escolha. Tudo depende da reta ação da vontade. Caminho a Cristo, p. 47

7 Mediante o devido exercício da vontade, uma completa mudança pode ser operada na vida. Entregando a vontade a Cristo, aliamo-nos com o divino poder. Recebemos força do alto para nos manter firmes. Uma vida nobre e pura, uma vida vitoriosa sobre o apetite e a concupiscência, é possível a todo aquele que quiser unir sua vontade humana, fraca e vacilante, à onipotente e inabalável vontade de Deus. A Ciência do Bom Viver, p. 176

8 Toda decisão tomada envolve quatro estágios básicos:

9 INFORMAÇÃO

10 INFORMAÇÃO É neste estágio que a pessoa começa a acumular fatos em relação à decisão que irá tomar.

11 Apelar à decisão antes de haver informação adequada cria barreiras na mente humana.

12 Há dois conceitos importantes para se observar, se quisermos ajudar pessoas a se decidirem ao lado de Jesus:

13 Sobrecarga de informação

14 Aqui estão duas medidas que você pode adotar para impedir barreiras de resistência: Apresentar verdades probantes gradualmente

15 Aqui estão duas medidas que você pode adotar para impedir barreiras de resistência: Visite as pessoas em suas casas imediatamente após apresentar verdades probantes para esclarecer qualquer dúvida.

16 Segundo fator que inibe decisões é o fenômeno psicológico da não- reação programada: Pessoa ouve a verdade, mas não reage a ela.

17 Duas maneiras de se evitar a não-reação programada: Faça apelos sistemáticos incluindo levantar as mãos, ajoelhar-se, levantar-se, ir à frente.

18 Duas maneiras de se evitar a não-reação programada: Utilize cartões de resposta.

19 CONVICÇÃO

20 Após reunir informações, a pessoa começa a perceber qual parece ser a decisão correta – o que deve ser feito.

21 VONTADE

22 Nesse estágio, a pessoa classifica seus próprios sentimentos, identifica não apenas o que deve fazer, mas o que quer fazer.

23 É necessário apresentar o evangelho a homens e mulheres de tal modo que eles não apenas terão informação adequada e serão convencidos, mas irão querer agir.

24 A vontade é fortificada apresentando os benefícios de se fazer a coisa certa, as conseqüências de se fazer a coisa errada e a influência que a ação terá sobre os outros.

25 AÇÃO

26 Quando a convicção e a vontade estão fortificadas, a pessoa age

27 Na mente de uma pessoa, decisões surgem da interação do conhecimento, da convicção e da vontade. Quando o conhecimento, a convicção e a vontade na mente de uma pessoa em relação a um determinado assunto alcançam certa intensidade, a mente humana movimenta-se a uma decisão e reage com respeito a isso...

28 ...Uma vez que o conhecimento, a convicção e a vontade levam à decisão, os sermões, os estudos bíblicos e as conversas pessoais deveriam ser um misto dos fatores da vontade e convicção em respeito ao assunto dado. Isso é necessário para que exista a interação do conhecimento, da convicção e da vontade para que haja a aceitação, a decisão e a ação...

29 ... Conforme nós analisamos certos textos, descobrimos que alguns são especialmente designados para trazer conhecimento, outros para convicção e outros para a vontade e, muitas vezes, o mesmo texto contém os três elementos...

30 ...Precisamos focar nesses textos, pois eles irão implantar a convicção, e, ao mesmo tempo, despertar a vontade de aceitar e seguir os princípios de Deus à medida que os apresentamos aos estudantes em nossos estudos bíblicos. Decisão Segura, Parte II (Securing Decision, Part II), p. 1

31 COMO IMPLANTAR A CONVICÇÃO

32 A convicção acontece quando uma pessoa tem informação adequada.

33 Mas o fato de você dar informações, não significa que o ouvinte as recebeu.

34 A informação não irá conduzir à convicção a menos que ela seja clara.

35 Perguntas específicas permitem que você descubra as objeções que as pessoas têm em suas mentes.

36 Cada pergunta é designada para revelar tanto a compreensão quanto a crença do tema apresentado.

37 EXEMPLO: Batismo

38 A Bíblia diz em João 3:5, quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus. Em Marcos 16:16, lemos: Quem crer e for batizado será salvo. Gostaria de expressar sua crença em Cristo com o batismo por imersão?

39 Aquele que influencia os pensamentos do homem deve primeiro e acima de tudo e finalmente conhecer os profundos recantos da mente. A Psicologia do Discurso Persuasivo, (The Psychology of Persuasive Speech), p.6


Carregar ppt "O poder da escolha é uma capacidade dada por Deus."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google