A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Gerenciamento de ordem do cliente SAP Best Practices for Retail (Brasil) SAP Best Practices.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Gerenciamento de ordem do cliente SAP Best Practices for Retail (Brasil) SAP Best Practices."— Transcrição da apresentação:

1 Gerenciamento de ordem do cliente SAP Best Practices for Retail (Brasil) SAP Best Practices

2 Visão geral do cenário – 1 Objetivo O Gerenciamento da ordem do cliente descreve um cenário Business-to-Business (B2B): você efetua venda para seu(s) cliente(s) conhecido(s) (com registro de dados mestre), o qual, por sua vez, vende a mercadoria aos clientes dele (função atacadista).. Além dessas funções de processamento da ordem do cliente, este cenário também inclui as etapas de processo a seguir: verificação de limite de crédito e verificação de disponibilidade, consignação, processamento de ordens em atraso, contrato de cliente, catálogo de produtos, loja online, documento de faturamento do cliente, processamento de pagamento e liquidação posterior. Benefícios Toda a cadeia de documentos – fase de pré-vendas, ordem, ações subsequentes - formam um fluxo de documentos ou um histórico. O fluxo de dados de um documento para outro reduz o processamento manual e facilita a solução de problemas. O preenchimento de ordens em atraso do estoque de devolução permite a você gerenciar como as devoluções serão alocadas para ordens e atraso e transferências de estoque: se o artigo não tiver sido usado e puder ser expedido novamente, então é mais rápido e em conta utilizá-lo para preencher vendas em atraso ou ordens de transferência de estoque do que retorná-lo ao estoque de uso irrestrito e para picking subsequente e nova remessa. Principais fluxos do processo abordados Criação de ordens standard, ordens imediatas, ordens com fornecimento direto a terceiros Processar ordens em atraso e reprogramação Criação de documentos de faturamento do cliente Processamento de pagamentos Processamento de devoluções do cliente Liquidação posterior Processamento de artigos em consignação no cliente Processamento do contrato do cliente Processamento do catálogo de produtos Objetivo e benefícios:

3 Visão geral do cenário – 2 Aplicações SAP obrigatórias: Obrigatório SAP enhancement package 3 para SAP ERP 6.0 Funções da empresa envolvidas nos fluxos do processo Vendedor no comércio varejista Administrador de loja comercial Encarregado do depósito no comércio Contador de fornecedores Contador de contas a receber

4 Diagrama do fluxo do processo Encarregado do depósito no comércio Administrador de loja comercial Vendedor no comércio varejista Processamento e reprogramação de ordem do cliente / ordem em atraso Etapas de ordem standard/ ordem imediata / ordem com fornecimento direto a terceiros 5.6 Analisar reprogramação de documentos de venda 5 Processar ordens em atraso e reprogramação 5.4 Monitorar o estoque de devolução após distribuição 5.3 Distribuição de estoque de devolução para ordens em atraso 5.5 Reprogramar documentos de venda 4.5 Verificação do limite de crédito 4.6 Verificação da disponibilidade 5.1 Executar eCATT 5.2 Monitorar o estoque de devolução

5 Ordens do cliente: alternativas Uma ordem do cliente é uma solicitação de entrega de mercadorias ou serviços em um certo momento, do cliente para a companhia. A solicitação é recebida por uma área de vendas, responsável por atender à ordem. Ordem standard: A mercadoria será coletada ou entregue e faturada posteriormente. Ordem imediata: A mercadoria será coletada ou entregue ime diatamente e faturada posteriormente. Ordem com fornecimento direto a terceiros: A mercadoria será entregue diretamente do fornecedor para o cliente. A empresa que efetua a ordem envia a fatura para o cliente Ordem do cliente com pagamento à vista: A mercadoria é coletada e paga imediatamente.

6 Opções na criação de ordem - 1 Cross Selling: Devido ao artigo inserido, artigos relacionados adicionais são sugeridos Proposta dinâmica de produto: Devido ao cliente inserido, os artigos (histórico, PP...) associados a esse número de cliente são sugeridos

7 Opções na criação de ordem - 2 A verificação de limite de crédito é uma verificação para assegurar que o cliente já cobriu seu limite de crédito e quais consequências estão ligadas a isso (advertência, falta, bloqueio de fornecimento). Essa verificação pode ser executada em todos os documentos de vendas. A entrega de um produto em uma data de remessa só será possível se o produto estiver disponível em todas as etapas de processamento que serão executadas antes do fornecimento. Para assegurar isso, a verificação de disponibilidade é utilizada na ordem.

8 Processamento de ordem em atraso Processamento de ordens em atraso com uma lista seletiva de documentos de vendas Selecionar e processar ordens em atraso de um artigo específico Processamento manual Atribuição de quantidades ATP Verifica se os estoques de devolução de mercadorias não estão danificados e não foram usados Relação de requisitos relevantes para documentos de vendas

9 Reprogramação Seleção de documentos de vendas em aberto Posições de artigos selecionados e Verificação da disponibilidade Análise da última execução de reprogramação

10 Documento de faturamento do cliente Documento de faturamento do cliente é um termo genérico para faturas, notas de crédito, notas de débito, faturas pró-forma e documentos de cancelamento. O faturamento representa a etapa final do processamento da transação comercial de vendas e distribuição

11 Diagrama do fluxo do processo Documento de faturamento do cliente Vendedor no comércio varejista 6.3 Gerar documentos precedentes por meio de ECATT 6.4 Criar documento de faturamento online com base na entrega 6.6 Entrada de pagamentos no FI 6.5 Gerar documento coletivo de faturamento em background Alternativa 1 Alternativa 2

12 Processamento de pagamentos O faturamento parcial no plano de faturamento é utilizado para o processamento de pagamento de um depósito. O faturamento parcial significa que o valor total, que deve ser faturado, é dividido em diversos montantes parciais no plano de faturamento (porcentagem/absoluto) e será pago em datas específicas. Um faturamento parcial é uma programação com datas de faturamento específicas.

13 Devolução do cliente Há vários motivos para devolução: - A mercadoria foi danificada de forma que não pode ser transferida novamente ao estoque normal e deve ser devolvida ao fornecedor. - A mercadoria não agradou ao cliente e ele quer substituí-la. Porém, a mercadoria pode ser reutilizada completa ou parcialmente. - A mercadoria não agradou ao cliente e ele quer reembolso ou uma nota de crédito. A mercadoria pode ser reutilizada completa ou parcialmente. Quando as mercadorias devolvidas são recebidas de um cliente, inicialmente elas são lançadas no estoque bloqueado de devoluções. As mercadorias devolvidas são verificadas e uma decisão é tomada sobre o que fazer com elas, como, por exemplo: estoque danificado (devolvido para o fornecedor ou destruído), vendas ao pessoal, transferência para estoque normal/distribuição para ordens em atraso.

14 Diagrama do fluxo do processo Devolução do cliente Vendedor no comércio varejista 7.3 Preparações 7.4 Execução Transferir do estoque de devoluções para estoque bloqueado Controle de estoque Saída de mercadorias para a remessa posterior gratuita Criar um fornecimento para a remessa posterior gratuita Criar um recebimento de devoluções Lançamento completo de transferência para estoque de uso irrestrito Controle de estoque Liberar as devoluções para o processamento subsequente Criar uma devolução Monitorar o estoque de devolução Transferir do estoque bloqueado para o depósito de devolução Verificar o fluxo do documento Criar uma remessa posterior gratuita Anular o bloqueio do documento de faturamento Emitir a nota de crédito Criar pedido de devolução Registrar a entrada de mercadorias para devoluções Lançar a entrada das mercadorias devolvidas Monitorar o estoque de devolução 7.6 Criar uma devolução com remessa posterior gratuita Exibição do estoque Criar nota de crédito Liberar para contabilidade Criar um recebimento de devoluções Registrar o recebimento de devoluções

15 Processo de tratamento de devoluções Finanças:Logística: Entrada de devoluções do cliente Nota de crédito ou entrega subsequente gratuita Estoque Correção do estoque (entrada para estoque bloqueado) Processos subsequentes Revisão de faturas logíst. Entrada de devoluções do cliente Entrada de mercadorias Criação de ordem de devolução do cliente Lançamento de transferência de estoque Para estoque de utilização livre ou Distribuição para ordens em atraso Lançamento de transferência para estoque de devoluções Processos subsequentes Devolução ao fornecedor Revisão de faturas

16 Entrada das devoluções Lançamento no estoque bloqueado Registro da entrada de mercadorias

17 Avaliação das devoluções Controle das mercadorias Decisão de utilização posterior Transferir de volta para estoque de utilização livre Transferir para estoque de devoluções

18 Uso adicional I – estoque de utilização livre n Transferir para estoque de utilização livre n Alocar para ordens em aberto

19 Uso adicional II – estoque de devoluções n Transferir de volta para estoque de devoluções n Exclusão

20 Processo subsequente Devolução ao fornecedor

21 Liquidação posterior Como parte do procedimento de liquidação posterior, você pode oferecer um preço reduzido, por exemplo, quando um cliente compra de uma vez uma certa quantidade de um artigo em particular, utiliza um cartão de cliente para pagamento ou ultrapassa as vendas em um período que tenha sido estipulado anteriormente.

22 Diagrama do fluxo do processo Liquidação posterior Vendedor no comércio varejista 8.3 Processamento de bônus (em SD) 8 Liquidação posterior Atualizar o volume de vendas Criar estipulação de bônus Gerar, novo volume de vendas Exibir o status da estipulação de bônus Exibir dados do volume de vendas Exibir hierarquias Liberar estipulação para liquidação Executar liquidação parcial Criar liquidação final Exibir o histórico de pagamento

23 Estoque em consignação no cliente As mercadorias em consignação estão armazenadas em um depósito do cliente, mas ainda pertencem à sua empresa. Do ponto de vista do planejamento, este estoque já não está disponível e é administrado independentemente. O cliente não é obrigado a pagar por essa mercadoria enquanto a mesma não for retirada do estoque em consignação. Caso contrário, o cliente normalmente pode devolver as mercadorias em consignação que não sejam necessárias. A administração de estoques em consignação traz vantagens às duas partes. Os clientes armazenam as mercadorias em consignação em seus próprios depósitos. O cliente pode acessar as mercadorias no depósito em consignação a qualquer momento. As mercadorias são faturadas para o cliente apenas quando são retiradas do depósito e apenas para a quantidade real retirada.

24 Contrato do cliente Os contratos de cliente são contratos básicos do cliente exibidos quando há compras de mercadorias em um determinado período. Os contratos são fechados com o cliente para que a compra/produção e venda de mercadorias possam ser previstas de forma mais precisa, o que por sua vez possibilita a negociação de melhores condições.

25 Diagrama do fluxo do processo Contrato do cliente Vendedor no comércio varejista Criar ordem sobre contrato para contrato em valor Criar solicitação sobre contrato para contrato em quantidade Contrato em valor Contrato em quantidade

26 Catálogo de produtos O catálogo de produtos é a base para catálogos impressos e eletrônicos. Os dados do catálogo de produtos são atualizados no sistema SAP ERP e podem ser transportados para sistemas externos e processados como modelos para catálogos impressos ou eletrônicos (CD-ROM ou Internet). IDocs e BAPIs estão disponíveis para a exportação dos dados de catálogo.

27 Diagrama do fluxo do processo Catálogo de produtos Vendedor no comércio varejista 10.5 Criar um catálogo de produtos Criar dados básicos 10.4 Atualizar documentos e textos no mestre de artigos Cálculo de preços no catálogo de produtos Criar uma hierarquia de layout do catálogo de produtos Atualizar textos e documentos para artigos e áreas de layout Ligação entre catálogo de promoções e catálogo de produtos Preço de venda promocional 10.3 Criar registros info de documento 11.6 Criar um catálogo de produtos em promoção Criar hierarquia de layout Criar dados básicos

28 Legenda SímboloDescriçãoComentários da utilização Faixa: identifica uma função do usuário, como revisor de faturas ou representante de vendas. Esta faixa também pode identificar uma unidade organizacional ou grupo de empresas, em vez de uma função específica. Os outros símbolos de fluxo do processo nesta tabela aparecem nestas linhas. Você tem tantas linhas quantas forem necessárias para cobrir todas as funções no cenário. A faixa de função contém tarefas comuns àquela função. Eventos externos: contém eventos que começam ou terminam o cenário, ou influenciam o curso de eventos do cenário. Linha de fluxo (sólida): a linha indica a seqüência normal de etapas e direção do fluxo no cenário. Linha de fluxo (pontilhada): a linha indica o fluxo de tarefas utilizadas com pouca freqüência ou tarefas condicionais em um cenário. A linha também pode levar a documentos envolvidos no fluxo do processo. Conecta duas tarefas em um processo de cenário ou um evento sem etapas Atividade comercial/evento: identifica uma ação que leva para dentro ou para fora do cenário, ou um processo externo que ocorre durante o cenário Não corresponde a uma etapa da tarefa no documento Processo da unidade: identifica uma tarefa que é abordada etapa a etapa no cenário Corresponde a uma etapa da tarefa no documento Referência a processo: se o cenário fizer referência a um outro cenário no total, coloque o número e nome do cenário aqui. Corresponde a uma etapa da tarefa no documento Referência a sub-processo: se o cenário fizer referência a um outro cenário em parte, coloque aqui o número e o nome do cenário bem como os números das etapas daquele cenário Corresponde a uma etapa da tarefa no documento Decisão do processo: identifica um ponto de decisão/ramificação, significando uma escolha a ser feita pelo usuário final. As linhas representam escolhas diferentes que surgem de partes diferentes do losango. Em geral, não corresponde a uma etapa da tarefa no documento; reflete uma escolha a ser feita após a execução da etapa SímboloDescriçãoComentários da utilização Para o próximo/Do próximo diagrama: leva à página seguinte/anterior do diagrama O fluxograma continua na página seguinte/anterior Impressão/documento: identifica um documento, relatório ou formulário impresso Não corresponde a uma etapa da tarefa em um documento; é utilizado para refletir um documento gerado por uma etapa da tarefa; essa forma não tem nenhuma linha de fluxo de saída Dados reais financeiros: indica um documento de lançamento financeiro Não corresponde a uma etapa da tarefa em um documento; é utilizado para refletir um documento gerado por uma etapa da tarefa; essa forma não tem nenhuma linha de fluxo de saída Planejamento do orçamento: indica um documento de planejamento do orçamento Não corresponde a uma etapa da tarefa em um documento; é utilizado para refletir um documento gerado por uma etapa da tarefa; essa forma não tem nenhuma linha de fluxo de saída Processo manual: cobre uma tarefa que é feita manualmente Em geral, não corresponde a uma etapa da tarefa em um documento; utilizado para refletir uma tarefa que é executada manualmente, como descarregar um caminhão em um depósito, que afeta o fluxo do processo. Versão/dados existentes: este bloco cobre dados que são alimentados de um processo externo Em geral, não corresponde a uma etapa da tarefa em um documento; essa forma reflete os dados provenientes de uma fonte externa; esta etapa não tem linhas de fluxo de entrada Decisão aprovar/reprovar do sistema: este bloco cobre uma decisão automática feita pelo software Em geral, não corresponde uma etapa da tarefa no documento; é utilizado para refletir uma decisão automática feita pelo sistema após a execução de uma etapa. Externo ao sistema da SAP Atividade comercial/ evento Processo da unidade Referência a processo Referência a sub- processo Decisã o do proces so Conexão do diagrama Impressão/ documento Dados reais financeiros Planejamento do orçamento Process o manual Versão/ dados existentes Decisão de aprovar/ reprovar do sistema

29 Copyright 2009 SAP AG All Rights Reserved No part of this publication may be reproduced or transmitted in any form or for any purpose without the express permission of SAP AG. The information contained herein may be changed without prior notice. Some software products marketed by SAP AG and its distributors contain proprietary software components of other software vendors. Microsoft, Windows, Excel, Outlook, and PowerPoint are registered trademarks of Microsoft Corporation. IBM, DB2, DB2 Universal Database, System i, System i5, System p, System p5, System x, System z, System z10, System z9, z10, z9, iSeries, pSeries, xSeries, zSeries, eServer, z/VM, z/OS, i5/OS, S/390, OS/390, OS/400, AS/400, S/390 Parallel Enterprise Server, PowerVM, Power Architecture, POWER6+, POWER6, POWER5+, POWER5, POWER, OpenPower, PowerPC, BatchPipes, BladeCenter, System Storage, GPFS, HACMP, RETAIN, DB2 Connect, RACF, Redbooks, OS/2, Parallel Sysplex, MVS/ESA, AIX, Intelligent Miner, WebSphere, Netfinity, Tivoli and Informix are trademarks or registered trademarks of IBM Corporation. Linux is the registered trademark of Linus Torvalds in the U.S. and other countries. Adobe, the Adobe logo, Acrobat, PostScript, and Reader are either trademarks or registered trademarks of Adobe Systems Incorporated in the United States and/or other countries. Oracle is a registered trademark of Oracle Corporation. UNIX, X/Open, OSF/1, and Motif are registered trademarks of the Open Group. Citrix, ICA, Program Neighborhood, MetaFrame, WinFrame, VideoFrame, and MultiWin are trademarks or registered trademarks of Citrix Systems, Inc. HTML, XML, XHTML and W3C are trademarks or registered trademarks of W3C®, World Wide Web Consortium, Massachusetts Institute of Technology. Java is a registered trademark of Sun Microsystems, Inc. JavaScript is a registered trademark of Sun Microsystems, Inc., used under license for technology invented and implemented by Netscape. SAP, R/3, SAP NetWeaver, Duet, PartnerEdge, ByDesign, SAP Business ByDesign, and other SAP products and services mentioned herein as well as their respective logos are trademarks or registered trademarks of SAP AG in Germany and other countries. Business Objects and the Business Objects logo, BusinessObjects, Crystal Reports, Crystal Decisions, Web Intelligence, Xcelsius, and other Business Objects products and services mentioned herein as well as their respective logos are trademarks or registered trademarks of Business Objects S.A. in the United States and in other countries. Business Objects is an SAP company. All other product and service names mentioned are the trademarks of their respective companies. Data contained in this document serves informational purposes only. National product specifications may vary. These materials are subject to change without notice. These materials are provided by SAP AG and its affiliated companies ("SAP Group") for informational purposes only, without representation or warranty of any kind, and SAP Group shall not be liable for errors or omissions with respect to the materials. The only warranties for SAP Group products and services are those that are set forth in the express warranty statements accompanying such products and services, if any. Nothing herein should be construed as constituting an additional warrant.


Carregar ppt "Gerenciamento de ordem do cliente SAP Best Practices for Retail (Brasil) SAP Best Practices."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google