A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CRIPTOGRAFIA Prof. Celso Cardoso Neto 1 REDES DE COMPUTADORES I.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CRIPTOGRAFIA Prof. Celso Cardoso Neto 1 REDES DE COMPUTADORES I."— Transcrição da apresentação:

1 CRIPTOGRAFIA Prof. Celso Cardoso Neto 1 REDES DE COMPUTADORES I

2 Introdução à Criptografia O que é Segurança da Informação ? 1

3 O que é Segurança da Informação Segurança de Informação relaciona-se com vários e diferentes aspectos referentes à: – CONFIDENCIALIDADE : capacidade de um sistema de permitir que alguns usuários acessem determinadas informações, ao mesmo tempo em que impede que outros, não autorizados, a vejam. – INTEGRIDADE : a informação deve estar correta, ser verdadeira e não estar corrompida. – DISPONIBILIDADE : a informação deve estar disponível para todos que precisarem dela para a realização dos objetivos empresariais. – AUTENTICAÇÃO : garantir que um usuário é de fato quem alega ser. – NÃO-REPÚDIO : capacidade do sistema de provar que um usuário executou uma determinada ação. – LEGALIDADE : garantir que o sistema esteja aderente à legislação pertinente. – PRIVACIDADE : capacidade de um sistema de manter anônimo um usuário, impossibilitando o relacionamento entre o usuário e suas ações (por exemplo, o sistema de voto eletrônico). – AUDITORIA : capacidade do sistema de auditar tudo o que foi realizado pelos usuários, detectando fraudes ou tentativas de ataque. 3

4 O ciclo da Segurança da Informação 4 A identificação das necessidades e dos requisitos da informação é a mola propulsora deste ciclo.

5 O que é Segurança da Informação Ela se aplica à todos os aspectos de proteção e armazenamento de informações e dados, em qualquer forma. 5

6 Recursos da Informação Um arquivo. Objetos. Um banco de dados. 6

7 Valor da Informação Muitos recursos de informação que são disponíveis e mantidos em sistemas de informação distribuídos através de redes, têm um alto valor para os usuários. Toda informação tem valor e precisa ser protegida contra acidentes ou ataques. 7

8 Proteção da Informação Código Cifra 8

9 Criptografia Uma das ferramentas mais importantes para a segurança da informação é a CRIPTOGRAFIA. Qualquer método que transforme informação legível em informação legível ilegível. A Criptografia é tão antiga quanto a própria escrita. Guardar/desvendar segredos sempre foi uma necessidade humana. 9

10 Por que Criptografia ? O fato é que todos nós temos informações que queremos manter em sigilo: – Desejo de Privacidade. – Autoproteção. – Empresas também têm segredos. Informações estratégicas. Previsões de vendas. Detalhes técnicos como produtos. Resultados de pesquisa de mercado. Arquivos pessoais. 10

11 Aplicações para a Criptografia Censos Comércio eletrônico Comandos Militares Dados hospitalares Decisões estratégicas empresariais Dossiês de pessoas sob investigação Operações bancárias 11

12 O papel da criptografia na segurança da informação Mundo real – Se as fechaduras nas portas e janelas da sua casa são relativamente fortes, a ponto de um ladrão não invadir e furtar seus pertences … – … a sua casa está segura. 12

13 O papel da criptografia na segurança da informação Mundo real – Para maior proteção contra invasores, talvez você tenha que ter um sistema de alarme de segurança. – A sua casa estará mais segura. 13

14 O papel da criptografia na segurança da informação Mundo real – Se alguém tentar fraudulentamente retirar dinheiro de sua conta bancária, mas o banco não confiar na história do ladrão … – … seu dinheiro estará seguro. 14

15 O papel da criptografia na segurança da informação Mundo real – Quando você assina um contrato, as assinaturas são imposições legais que orientam e impelem ambas as partes a honrar suas palavras. 15

16 O papel da criptografia na segurança da informação Mundo Digital – Confidencialidade ou Privacidade Ninguém pode invadir seus arquivos e ler os seus dados pessoais sigilosos (PRIVACIDADE). Ninguém pode invadir um meio de comunicação e obter a informação trafegada, no sentido de usufruir vantagem no uso de recursos de uma rede (CONFIDENCIALIDADE). 16

17 O papel da criptografia na segurança da informação Mundo Digital – A PRIVACIDADE é a fechadura da porta. – INTEGRIDADE refere-se ao mecanismo que informa quando algo foi alterado. Integridade é alarme da casa. 17

18 O papel da criptografia na segurança da informação Mundo Digital – Aplicando a prática da AUTENTICAÇÃO, pode-se verificar as identidades. – A IRRETRATABILIDADE (NÃO-REPÚDIO) é a imposição legal que impele as pessoas a honrar suas palavras. 18

19 O papel da criptografia na segurança da informação De algum modo a CRIPTOGRAFIA contribui para resolver os problemas de: – confidencialidade, – privacidade, – integridade, – autenticação, – irretratabilidade, – disponibilidade. 19

20 O papel da criptografia na segurança da informação Assim, uma das ferramentas mais importantes para a segurança da informação é a CRIPTOGRAFIA. 20

21 O papel da criptografia na segurança da informação Qualquer um dos vários métodos que são utilizados para transformar informação legível para algo ilegível, pode contribuir para resolver os conceitos anteriores. 21

22 O papel da criptografia na segurança da informação Mas, de modo algum a CRIPTOGRAFIA é a única ferramenta para assegurar a segurança da informação. Nem resolverá todos os problemas de segurança. CRIPTOGRAFIA não é a prova de falhas. 22

23 O papel da criptografia na segurança da informação Toda CRIPTOGRAFIA pode ser quebrada e, sobretudo, se for implementada incorretamente, não agrega nenhuma segurança real. O que veremos: uma visão da CRIPTOGRAFIA, focalizando a sua uitlização de forma adequada. 23

24 O papel da criptografia na segurança da informação Não se trata de uma análise completa de tudo o que se deve conhecer sobre CRIPTOGRAFIA. Veremos as técnicas de CRIPTOGRAFIA mais amplamente usadas no mundo atual. 24

25 Conceitos A palavra Criptografia Cifra : uma transformação de caractere por caractere ou de bit por bit, sem levar em conta a estrutura linguística da mensagem. Código : susbtitui uma palavra por outra ou símbolo. Não são mais atualizados, atualmente. 25

26 Significado da palavra Criptografia A palavra criptografia vem das palavras gregas que significam escrita secreta. Kriptos (em grego) = Secreto + Grafia (de escrever) Criptografia = Escrita secreta. Criar mensagens cifradas. História de milhares de anos. 26

27 Jargões da Criptografia Encripta (codifica, criptografa, cifra) Decripta (decodifica, decriptografa, decifra) 27

28 Termos básicos 28

29 Ramificações de estudo 29

30 Classificação dos Sistemas Criptográficos 30

31 Formas de Criptografia 31

32 Tipos de Operação 32

33 CRIPTOGRAFIA Os procedimentos de criptografar e decriptografar são obtidos através de um algoritmo. 33

34 Criptografia Possui emprego nas mais diferentes áreas de atuação, mas em todas, tem o mesmo significado: proteger informações consideradas especiais ou de qualidade sensível. 34

35 Criptografia Atualmente a CRIPTOGRAFIA é definida como a ciência que oculta e/ou protege informações – escrita, eletrônica ou de comunicação. 35

36 Criptografia É o ato de alterar uma mensagem para esconder o significado desta. 36

37 Técnicas de Encriptação 37

38 Criptografia Simétrica 38 Utiliza a mesma chave para codificação e decodificação.

39 Técnicas de Encriptação 39

40 Criptografia Assimétrica 40

41 Chaves 41

42 42

43 Técnicas envolvendo criptografia Criptografia de Chave Simétrica, Gerenciamento de Chaves Simétricas, Criptografia de Chaves Públicas e o problema de distribuição de chaves, Assinatura Digital, 43

44 44 PKI – Public-Key Infraestructure

45

46

47

48

49 Assinatura Digital 49

50 Categorias do métodos de criptografia Cifras de Substituição cada letra ou grupo de letras é substituído por outra letra ou grupo de letras, de modo a criar um disfarce. Uma das mais antigas é a cifra de César…. 50 O texto simples ataque seria codificado como QZQJXT

51 Categorias do métodos de criptografia Cifras de Transposição As cifras de Sustituição preservam a ordem dos símbolos no texto simples, mas os disfarçam. Por outro lado, as CIFRAS DE TRANSPOSIÇÃO reordenam as letras mas não as disfarçam. Nesse caso, observe a figura do slide a seguir, que ilustra a Cifra de Transposição, por colunas. A cifra se baseia em uma chave, que é uma palavra ou frase que não contém letras repetidas. Nesse exemplo, a chave é MEGABUCK. O objetivo da chave é numerar as colunas de modo que a coluna 1 fique abaixo da letra mais próxima do início do alfabeto, e assim por diante. O texto simples é escrito horizontalmente, em linhas. O texto cifrado é lido em colunas, a partir da coluna cuja letra da chave seja a mais baixa. 51

52 Categorias do métodos de criptografia Cifras de Transposição 52

53 53

54 54


Carregar ppt "CRIPTOGRAFIA Prof. Celso Cardoso Neto 1 REDES DE COMPUTADORES I."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google