A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Acessibilidade – Quando alguém com deficiência está em desvantagem em relação a qualquer outra pessoa no acesso à informação, significa que existe um problema.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Acessibilidade – Quando alguém com deficiência está em desvantagem em relação a qualquer outra pessoa no acesso à informação, significa que existe um problema."— Transcrição da apresentação:

1 Acessibilidade – Quando alguém com deficiência está em desvantagem em relação a qualquer outra pessoa no acesso à informação, significa que existe um problema de acessibilidade. Eduardo Botelho Técnico do Programa Acesso UMIC Unidade de Missão Inovacão e Conhecimento Presidência do Conselho de Ministros Taguspark, Edifício Inovação I, 2º, Sala Porto Salvo - Portugal Telefone: Fax:

2 DEFICIÊNCIA - DIFICULDADES POR CAUSA DA FALTA DE ACESSIBILIDADE DOS SITES WEB Baixa VisãoNa Web e durante a utilização de computadores muitas pessoas com baixa visão recorrem a monitores especiais ou a software que aumenta o tamanho da imagem de texto. Os sites que utilizam fontes com tamanho fixo dificultam essas pessoas para ajustar o tamanho das fontes de acordo com as suas necessidades. Cegueira de Cores Há sites com cores não muito bem combinadas ou que não providenciam alto contraste. As imagens sem texto alternativo são um problema para indivíduos que não conseguem discernir aquilo que a imagem significa. CegueiraImagens, Janelas, tabelas, formulários e scripts sem conteúdo alternativo são alguns dos problemas que dificultam a consulta da informação na Web por parte dos cegos.

3 DEFICIÊNCIA - DIFICULDADES POR CAUSA DA FALTA DE ACESSIBILIDADE DOS SITES WEB Surdez e fraca audição / Dificuldades na fala Existem muitos conteúdos multimédia que incluem som, mas não incluem legendagem. Com a popularidade crescente do reconhecimento de voz, as pessoas surdas e com fraca audição correm o risco de ficaram à margem em relação aos computadores da próxima geração. Deficiências físicas e motoras A Web TV e os Quiosques Multimédia não estão desenhados adequadamente e testados para pessoas com deficiências físicas e motoras. Deficiência cognitiva e neurológica Certas condições neurológicas provocam a excessiva sensibilidade aos conteúdos em flash e animados e ao piscar destes com elevada frequência. Fonte: «Web Accessibility for People With Disabilities», Págs 7-11

4 A população considerada para avaliação foi a «Lista Provisória de Organismos da Administração Directa e Indirecta do Estado a Avaliar» publicada em anexo à Resolução do Conselho de Ministros nº 22/2001. Nesta lista encontrei uma população de 496 Organismos Públicos. Entre os quais 191 (39%) não têm sítio, 78 (16%) apresentaram na altura da avaliação o seu sítio indisponível, só 227 (45%) é que tinham o seu sítio disponível. Entre 01/07/2001 e 01/10/2001 efectuei a avaliação da acessibilidade dos sítios da Administração Pública (AP).

5 Desta forma a amostra é igual a este último número. É de salientar que todos os Ministérios estão representados na amostra. Para a avaliação sobre acessibilidade ordenei os sítios de acordo com a sua classificação que e atribuí com base numa escala de 1 a 5 e numa grelha de avaliação especificamente criada para o efeito.grelha de avaliação Significado da escala: NÍVEL 5 – Muito acessível; NÍVEL 4 – Acessível; NÍVEL 3 – Pouco Acessível; NÍVEL 2 – Muito Pouco Acessível; NÍVEL 1 – Inacessível.

6 O resultado da avaliação dos 227 sites da Administração Pública foi o seguinte: 4% são muito acessíveis. 19% são acessíveis, 26% são pouco acessíveis, 39% são muito pouco acessíveis 12% dos sítios da Administração Pública são inacessíveis. Isto quer dizer, que 49% (4%+19%+26%) dos sites possibilitam aos cidadãos com necessidades especiais acesso aos seus conteúdos, enquanto que em 51% dos sites esse acesso é praticamente impossível.

7 2003 QUANTIDADEPERCENTAGEM Total de Sites da Administração Pública 403 Total de Sites da Administração Pública com o Símbolo de Acessibilidade 7418,36%, em 2001 eram cerca de 7%. Quantidade de Sites com o e- mail do Webmaster 8120,10%

8 Em 2003 avaliei a acessibilidade dos 74 sites AP com o símbolo de acessibilidade. 7% são muito acessíveis. 13% são acessíveis, 20% são pouco acessíveis, 27% são muito pouco acessíveis 33% dos sítios da Administração Pública são inacessíveis. Isto quer dizer, que apenas em 40% (7%+13%+20%) possibilitam aos cidadãos com necessidades especiais acesso aos seus conteúdos, enquanto que em 60% dos sites esse acesso é praticamente impossível. Em 2000 foram identificados 18 sites com o símbolo de acessibilidade. Metade eram acessíveis para cidadãos com necessidade especiais.

9 GRAU DE SATISFAÇÃO DOS PONTOS DE VERIFICAÇÃO DE PRIORIDADE 1 DA WAI POR PARTE DOS SITES DA AP COM O SÍMBOLO DE ACESSIBILIDADE % de pontos de verificação satisfeitos 48,65% % de pontos de verificação não satisfeitos 51,35% Em média cerca de metade dos pontos de verificação passíveis de serem aplicados nos sites com o símbolo de acessibilidade da AP não são satisfeitos. Da listagem dos sites da AP com o símbolo de acessibilidade a maior parte dos sites com melhor classificação (nível 5) tiveram acompanhamento do Programa Acesso da UMIC (ex- Unidade Acesso do MCT) quer por consultoria directa, quer pela frequência das acções de formação em acessibilidade à Web no INA.sites com melhor classificação

10 |40 |35 |30 |25 |20 |15 |10 |05 |00 |05 |10 |15 |20 |25 |30 |35 |40| Satisfação | Não satisfação Aplicação dos Pontos de Verificação de Prioridade 1 da WAI/W3C SITES DA AP C/ SÍMBOLO DE ACESSIBILIDADE

11 ANÁLISE DO GRÁFICO - Aplicação dos Pontos de Verificação de Prioridade 1 da WAI/W3CPontos de Verificação de Prioridade 1 A - Aplicação O ponto de verificação com maior aplicação é o 1.1 (legendagem e descrição das imagens), isto porque praticamente todos os sites contêm imagens. O segundo ponto de verificação com maior aplicação é o 6.3 (disponibilização de texto alternativo p/ os conteúdos apresentados em Script, Java e Flash). O que indicia um uso considerável de ferramentas proprietário que se baseiam neste tipo de tecnologias para criar conteúdos. O terceiro ponto de verificação mais aplicado é o 14.1 (links compreensíveis fora do contexto).

12 B - Satisfação e Não Satisfação O ponto de verificação que se mais se destaca em ambas as dimensões do gráfico é o 1.1. Isto deve-se à elevada aplicação. Cerca de metade dos sites não merece o símbolo de acessibilidade, porque não satisfazem esse ponto de verificação. O ponto de verificação cuja aplicação é mais satisfeita é o Muitos Webmasters (17.57%), na procura de uma solução rápida para ir ao encontro das directrizes de acessibilidade, recorrem à estratégia de ter o conteúdo do site em modo texto como alternativa à versão gráfica, deixando esta última sem qualquer tipo de tratamento. De notar que o ponto de verificação 11.4 aconselha: Se, depois de todos os esforços, não conseguir criar uma página acessível, forneça um link para uma página alternativa que use as tecnologias W3C na sua versão acessível, com informação equivalente (ou com as mesmas funcionalidade), que seja actualizada tantas vezes quantas as páginas inacessíveis (originais)'."

13 O elevado nível de não satisfação do ponto de verificação 6.3 (aparece em segundo lugar) merece especial destaque. Indicia um elevado recurso a ferramentas proprietário sem opções para construção de conteúdos acessíveis e/ou desconhecimento das técnicas de acessibilidade para os conteúdos em script, java e flash.


Carregar ppt "Acessibilidade – Quando alguém com deficiência está em desvantagem em relação a qualquer outra pessoa no acesso à informação, significa que existe um problema."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google