A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Introdução Curso Panorama Bíblico Paróquia São Jorge.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Introdução Curso Panorama Bíblico Paróquia São Jorge."— Transcrição da apresentação:

1 Introdução Curso Panorama Bíblico Paróquia São Jorge

2 Como será o nosso curso? 8 encontros Horário: 8h30min – 10h45min Intervalo de 15 min para café

3 Cronograma

4 Algumas questões de ordem prática: Dois momentos em cada encontro; Perguntas podem ser feitas durante as colocações – eventualmente serão respondidas mais tarde; Em alguns momentos faremos alguma atividade em grupo / dupla; Para cada encontro haverá uma “atividade” para casa – não obrigatória; Ninguém (NINGUÉM!) sabe tudo. Toda pergunta é importante! Não saia com dúvidas!

5 A Bíblia Primeiro livro a ser impresso Livro mais traduzido: 1800 línguas e dialetos diferentes Livro mais documentado: 13 mil manuscritos antigos do NT originários dos primeiros séculos

6 Livros mais vendidos

7 Começando...

8 Como foi escrita a Bíblia?

9

10

11

12 Citação

13 SINAIS DE PONTUAÇÃO: A vírgula (,) separa o capítulo do versículo. O ponto (.) indica um salto entre os versículos; ler somente o número que precede e o que segue. O hífen (-) é o contrário do anterior: ler desde um versículo até outro, sem omitir os versículos intermediários. O ponto e vírgula (;) separa citações, dentro de um mesmo livro ou de um livro para outro. Os parênteses (( )) cercam textos praticamente iguais à citação anterior, como acontece amiúde, por exemplo, com citações dos três primeiros Evangelhos. Um esse (s) indica o versículo imediatamente seguinte ao número que o precede: portanto, o total de dois versículos. Dois esses (ss) designam os dois versículos imediatamente ao número que o precede: portanto, o total de três versículos. Para mais de três, usa-se o hífen (-), que, aliás, pode ser usado mesmo nos dois casos anteriores (s, ss). Quando não se indica o versículo, é sinal de que se trata do capítulo inteiro ou quase inteiro. Neste caso nunca se usa a vírgula (,) e os outros sinais continuam com o mesmo significado, porém, com relação a capítulos e não a versículos. Citações extensas, que ultrapassam o capítulo, adotam o traço maior, isto é, o travessão ( __ ).

14 Citação SINAIS DE PONTUAÇÃO: Exemplos: I Cor 4,6-13 significa: 1ª. Carta de São Paulo aos Coríntios, capítulo 4, versículos 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13. Jer 32, ss significa: Livro do profeta Jeremias, capítulo 32, versículos 17, 18, 19, 20, 21, 22, 27, 28, 29. (não entram na citação os versículos 23, 24, 25, 26). Prov 1,7 (9, 10; Sal 110,10; Eclo 1,16) significa: Livro dos Provérbios, capítulo 1, versículo 7. Idéia ou palavra que se lê também no mesmo livro, capítulo 9; também no Salmo 110 e no Eclesiástico, capítulo 1, precisamente nos versículos citados. Is 40 __ 55 significa: Isaías, capítulos 40 até 55 inclusivamente, isto é, 16 capítulos inteiros! Jo 11 significa: Evangelho Segundo São João, capítulo 11 inteiro. Tob 5s ou Tob 5 __ 6 significa: Livro de Tobias, capítulos 5 e 6 (apenas). Sal 95ss ou Sal 95 __ 97 significa Salmos 95, 96, 97 (apenas). Tob 5,5 __ 12, 22 significa: quase 8 capítulos do livro de Tobias, desde o capítulo 5, versículo 5, até o fim do capítulo 12 (= existência dos anjos). Rom 12, s significa: somente os versículos, isolados, 14, 17, 20 e 21 do capítulo 12 da Carta aos Romanos (= amor aos inimigos).

15 Capítulos e Versículos Divisão em capítulos: 1214 – Estêvão Langton – arcebispo de Cantuária Divisão em versículos: Novo Testamento – 1551 – Robert Etiene – redator e editor em Paris Toda a Bíblia – 1565 – Teodoro de Beza.

16 Cânon Bíblico Cânon – “Cana” Em relação aos livros bíblicos, podemos classificá-los em grupos: 1.Livros canônicos: são aqueles que nunca se colocou em dúvida quanto à sua inspiração, autenticidade. Ex. Gênesis, Êxodo, Mateus, Marcos, etc. 2.Livros dêutero-canônicos: São aqueles que tiveram uma certa dificuldade de serem aceitos. Ex. Tb, Jd, I e II Mc, Bc, Eclo, Sb (alguns capítulos de Dn). Duas razões: Para completar (curiosidade) o que faltava nos livros canônicos 3.Pseudo-epígrafe: falso autor. Ex. dizer que Moisés escreveu o Pentateuco; dizer que Pedro escreveu I e II Pe 4.Proto-canônico: são os livros que nunca se colocou em dúvida nenhuma de suas partes.

17 Duas versões do AT Palestino (Cânon restrito): 39 livros Alexandrino (Cânon completo): 46 livros tradução grega feito na cidade de Alexandria (Egito) entre 250 a.C. – 100 a.C. versão dos Setenta (LXX) Tobias, Judite, Sabedoria, Baruc, Eclesiástico ou Sirácida, I e II Macabeus (também fragmentos de Ester e Daniel)

18 Critérios de canonicidade Sínodo de Jâmnia (Palestina) – 100 d.C. 1. Deveria ter sido escrito na Terra Santa; 2. Escrito somente em hebraico, nem aramaico nem grego; 3. Escrito antes de Esdras ( a.C.); 4. Sem Contradição com a Torá ou Lei de Moisés.

19 Vários gêneros literários História: 1Rs 9,26 – 11,43 Relatos populares: Jz 15,1–16,3 Leis sintetizadas: Lv 14 Provérbios ou “filosofias” de vida: Ecl 3 Poemas / cânticos: Ct 5 Oração: Sl 42 “Cólera” / visões de profetas: Ez 37 Cartas: epístolas de Paulo Tratados de teologia: Hb 3–4


Carregar ppt "Introdução Curso Panorama Bíblico Paróquia São Jorge."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google