A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1.A Revelação divina 2.Os livros da Bíblia 3.A integridade da Bíblia 4.Livros inspirados e verdade da Bíblia 5.O cânone das Escrituras 6.Santidade e unidade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1.A Revelação divina 2.Os livros da Bíblia 3.A integridade da Bíblia 4.Livros inspirados e verdade da Bíblia 5.O cânone das Escrituras 6.Santidade e unidade."— Transcrição da apresentação:

1 1.A Revelação divina 2.Os livros da Bíblia 3.A integridade da Bíblia 4.Livros inspirados e verdade da Bíblia 5.O cânone das Escrituras 6.Santidade e unidade de ambos os Testamentos 7.A interpretação da Bíblia 8.As ideias mestras da Antiga Aliança 9.A Nova Aliança de Cristo 10.A Escritura na vida da Igreja Aulas previstas: Conhecer a Bíblia Aula 2 Os livros da Bíblia

2 1/13 O país, os escritos e a sua história

3 2/13 O país da Bíblia

4 3/13 A memória de um povo

5 4/13 O quadro histórico dos livros da Sagrada Escritura

6 5/13 Etapas principais na formação do AT 1. A etapa patriarcal. 2. A etapa mosaica. 3. Etapa da Monarquia. 4.Etapa do Exílio ou cativeiro da Babilónia. 5.Etapa do judaísmo  Período persa ( a.C.)  Período helenístico ( a.C.)  Período macabeu (até ao ano 175 a.C.)

7 6/13 Etapas principais na formação do AT 1. A etapa patriarcal.

8 7/13 Etapas principais na formação do AT 2. A etapa mosaica.

9 8/13 Etapas principais na formação do AT 3. Etapa da Monarquia. Etapas principais na formação do AT 3. Etapa da Monarquia.  É então que se põem por escrito duas grandes tradições: a Javista (J) no Reino do Sul (século IX) e a elohista (E) no Reino do Norte (século VIII), assim chama- das pela maneira de designar Deus, como Iavé ou Elohim, respectivamente.  Algum tempo depois, no ano 612, quando no Sul governava o rei Josias, desco- bre--se no Templo de Jerusalém o rolo da Lei. O livro do Deuteronómio situa-se na confluência de três grandes correntes que inspiraram e construíram a alma de Israel: a Tradição mosaica, o Profetismo e a Sabedoria.  Os investigadores opinam que é nesta altura que se cristaliza aquilo que vulgar- mente se chama a História Sagrada. Efectivamente, os redactores da tradição deuteronómica (D) entenderam a analogia, ou melhor, a continuidade que existia entre o Israel do deserto e o reino de Judá do século VII

10 9/13 Etapas principais na formação do AT 4.Etapa do Exílio ou cativeiro da Babilónia. Etapas principais na formação do AT 4.Etapa do Exílio ou cativeiro da Babilónia.  No ano 587 Jerusalém cai em poder dos babilónios, e com ela desmoronam-se os fundamentos da vida religiosa de Israel: a dinastia de David, a «terra prometida» e o Templo de Jerusalém.  Os cinquenta anos do exílio vão ser a “época dourada” do livro escrito. Nestas circunstâncias históricas faz-se a redacção dos livros de Ezequiel e do Segundo Isaías.

11 10/13 5.Etapa do judaísmo  Período persa ( a.C.)  Período helenístico ( a.C.)  Período macabeu (até ao ano 175 a.C.) Etapas principais na formação do AT 5.Etapa do judaísmo  Costuma chamar-se assim porque só voltam a Jerusalém e à «terra prometida» um «resto dos descendentes de Judá – os que formavam o Reino do Sul – graças ao decreto libertador do rei persa Ciro.  Nesta etapa distinguiremos três períodos: persa, helenístico e macabeu.

12 11/13 Os livros do NT e o seu aparecimento histórico  O período de elaboração dos livros do NT é apenas de 50 anos (do 51 ao 100). Antes da fixação por escrito da mensagem de Jesus de Nazaré, é preciso distin- guir duas etapas de tradição oral. A primeira corresponde aos ensinamentos, com palavras e factos, do próprio Jesus ; a segunda é a tradição oral acerca de Jesus, vivida, testemunhada, celebrada e defendida pela Igreja primitiva.  Devemos a São Paulo os primeiros escritos cristãos. - entre os anos escreve as duas cartas aos Tessalonicenses; - entre 54-58, as chamadas «Grandes epístolas»; duas cartas aos Coríntios; aos Gálatas e aos Romanos; - à volta do ano 62 as chamadas «Cartas do Cativeiro»: Filipenses, Colossenses, Efésios e Filemon; - entre os anos 65-66, as «Cartas Pastorais»: as duas de Timóteo e a de Tito. - A data mais provável para a carta aos Hebreus é à volta do ano 65.

13 12/13 Os livros do NT e o seu aparecimento histórico - A redacção definitiva dos três primeiros Evangelhos, Mateus, Marcos e Lucas, chama dos Sinópticos, deve situar-se no período que vai do ano 65 ao 80, se bem que prevaleça a opinião de que foram escritos antes do ano 70; - As «Cartas católicas» têm uma data muito variável: a de Santiago entre os anos 50-60, e a de Judas à volta do ano 70; a primeira de Pedro no ano 64, enquanto que a segunda é possível que seja por volta do ano O livro dos Actos dos Apóstolos é situado, por uns no ano 53 e por outros no ano E o grupo dos escritos joaninos fecha a colecção dos escritos do NT com o Apocali- pse, três Cartas e o Quarto Evangelho entre os anos

14 13/13 Os livros do NT e o seu aparecimento histórico  O Magistério da Igreja pronunciou-se em defesa da verdade histórica dos Evangel- hos, a 21-IV-1964, com a Instrução Santa Mater Ecclesia; no nº 2 deste documento expõem-se os três momentos básicos da redacção escrita dos Evangelhos, recolhi- da pelo Catecismo da Igreja Católica assim: vida e ensinamentos de Jesus, tradição oral e evangelhos escritos.  O Magistério da Igreja pronunciou-se em defesa da verdade histórica dos Evangel- hos, a 21-IV-1964, com a Instrução Santa Mater Ecclesia; no nº 2 deste documento expõem-se os três momentos básicos da redacção escrita dos Evangelhos, recolhi- da pelo Catecismo da Igreja Católica assim: vida e ensinamentos de Jesus, tradição oral e evangelhos escritos. Os livros do NT e o seu aparecimento histórico

15 14/13 Conclusões  Esta rápida olhadela à história da elaboração dos livros bíblicos facilita-nos descobrir, em parte, o «mistério» da sua origem e leva-nos a concluir que as sagradas Escrituras não foram redigidas «de uma assentada», mas sim elaboradas ao longo de um milénio. Além disto recordamos que a Bíblia não é precisamente um livro, pelo contrário é uma pequena biblioteca de 73 livros, redigida por autores muito diversos e através dos mais variados géneros literários. A Palavra de Deus, dirigida sem excepção a todos os homens de todos os tempos e sem se despojar do selo desta dimensão universal, toma formas literárias próprias de uns autores humanos (inspirados) e do seu meio histórico e cultural.

16 15/13 Ficha técnica  Bibliografia  Estes Guiões são baseados nos manuais da Biblioteca de Iniciación Teológica de Editorial Rialp (editados em português pela editora Diel)  Slides  Originais - D. Serge Nicoloff, disponíveis em (Guiones doctrinales actualizados)  Tradução para português europeu - disponível em inicteol.no.sapo.pt


Carregar ppt "1.A Revelação divina 2.Os livros da Bíblia 3.A integridade da Bíblia 4.Livros inspirados e verdade da Bíblia 5.O cânone das Escrituras 6.Santidade e unidade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google