A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Não precisa clicar, slides automáticos Após a conquista de São Luis do Maranhão em novembro de 1615, o Capitão-mor Francisco Caldeira Castelo Branco,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Não precisa clicar, slides automáticos Após a conquista de São Luis do Maranhão em novembro de 1615, o Capitão-mor Francisco Caldeira Castelo Branco,"— Transcrição da apresentação:

1

2 Não precisa clicar, slides automáticos

3 Após a conquista de São Luis do Maranhão em novembro de 1615, o Capitão-mor Francisco Caldeira Castelo Branco, partiu daquela cidade para a conquista da boca do rio Amazonas, a 25 de dezembro de 1615, com o título de "Descobridor e Primeiro Conquistador do Rio das Amazonas". Com três embarcações - o patacho Santa Maria da Candelária, o caravelão Santa Maria das Graças, e a lancha grande Assunção -, e menos de duzentos homens, a expedição atingiu a baía de Guajará em 12 de janeiro de 1616 levantado um forte de faxina e terra, com alojamentos cobertos de palha, artilhado com doze peças. Batizado de Forte do Presépio de Belém, o núcleo do povoado de Nossa Senhora de Belém, destinava-se a conter eventuais e quaisquer ataques dos corsários ingleses e neerlandeses que freqüentavam a região. No contexto do levante dos Tupinambás ( ), a povoação e o forte foram atacados pelas forças do chefe Guaimiaba (em língua-tupi, "cabelo de velha"), que pereceu em combate Danificada, essa primitiva fortificação foi substituída por outra mais sólida, de taipa de pilão e esta, por sua vez, em 1621, por uma terceira. Assim nasceu a bela Cidade de Belém!

4 Forte do Castelo – início do séc XX

5 Ver o peso, Forte do Castelo e Casa das Onze Janelas

6 ... e cercado de rios e igarapés aquele pequeno povoado se transformou numa linda e grande metrópole...

7 A cidade vista da baia de Guajará.

8 Bairro do Umarizal e a chuvinha de todas as tardes.

9 Bairro de Nazaré.

10 Em 1945 Avenida Presidente Vargas Em 1965 Em 2008

11 Praça da República

12 Bairro de São Brás e Terminal Rodoviário.

13 Bairro do Marco.

14 Aldeia Cabana de Cultura Popular - Bairro da Pedreira. Apresentações juninas Apresentações de Escolas de Samba A dança do carimbó – Grupo Igapê

15 Memorial dos povos indígenas - Ver o Rio

16 Mangal das Garças - Farol. Dança pretinha da angola – Grupo Igapê

17 Manacial Utinga de abastecimento de água de Belém. Lago Bolonha.

18 Parque dos Igarapés.

19 Praia Grande do Outeiro

20 Praia do Amor.

21 Praia do Chapéu Virado.

22 Praia do Murubira

23 Praia do Paraiso.

24 HANGAR - Centro de Convenções.

25 Aeroporto Internacional de Val de Cans

26 Torcida Cruzmaltina – Tuna Luso Estádio Mangueirão.As fanáticas torcidas Torcida do Papão - Paysandu Torcida do Leão – Clube do Remo

27 Casarões Coloniais

28 Palacete Bolonha

29 Palacete Bibi Costa

30 Solar Antique.

31 Parque da Residência

32 Tribunal de Justiça do Estado

33 Chafariz das Sereias - Parque João Coelho.

34 Ponte do Castelinho - Praça Batista Campos

35 Bosque Rodrigues Alves - Centro de Belém.

36 Museu Zoobotânico Emílio Goeldi

37 Veleiro atracado no Restaurante Saudosa Maloca - em frente Belém

38 Ver o peso - Eleito uma das dez maravilhas do Brasil.

39 Feira do Ver o peso

40 Teatro da PAZ

41 Estação das Docas.

42 Passeio de bonde no Centro Histórico

43 Museu de arte sacra Santo Alexandre

44 Santuário de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

45 Santuário de Nossa Senhora de Nazaré.

46 Meu canto de morte, Guerreiros, ouvi: Sou filho das selvas, Nas selvas cresci; Guerreiros, descendo Da tribo tupi. Da tribo pujante, Que agora anda errante Por fado inconstante, Guerreiros, nasci; Sou bravo, sou forte, Sou filho do Norte; Meu canto de morte, Guerreiros, ouvi. Meu canto de morte, Guerreiros, ouvi: Sou filho das selvas, Nas selvas cresci; Guerreiros, descendo Da tribo tupi. Da tribo pujante, Que agora anda errante Por fado inconstante, Guerreiros, nasci; Sou bravo, sou forte, Sou filho do Norte; Meu canto de morte, Guerreiros, ouvi. I Juca Pirama (Gonçalves Dias) IMAGENS: Pesquisadas na internet MÚSICAS: Canção indígena Maçariquinha – Verequete - Carimbó Maçariquinha – Verequete - Carimbó


Carregar ppt "Não precisa clicar, slides automáticos Após a conquista de São Luis do Maranhão em novembro de 1615, o Capitão-mor Francisco Caldeira Castelo Branco,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google