A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Visão do IPT e USP sobre a cadeia produtiva das terras raras Prof. Fernando JG Landgraf Prof. da USP e Diretor de Inovação do IPT 7/12/2011, Rio.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Visão do IPT e USP sobre a cadeia produtiva das terras raras Prof. Fernando JG Landgraf Prof. da USP e Diretor de Inovação do IPT 7/12/2011, Rio."— Transcrição da apresentação:

1 Visão do IPT e USP sobre a cadeia produtiva das terras raras Prof. Fernando JG Landgraf Prof. da USP e Diretor de Inovação do IPT 7/12/2011, Rio

2 Agora vamos?

3 Evolução de preços

4 Do minério à liga : 4 ou 5 indústrias Shipped to MQTJ Alloy is rapidly solidified Calcinação Redução dos óxidos Nd Metal Bastnasite Ore (CeFCO 3 ) Rare Earth Oxide Powder Flotation & Milling Process Bonded NdFeB Magnets End applications End Applications Nd metálico Mineração Concentração das TR Indústria química Separação dos diversos elementos Até 99% pureza em sais. Indústria metalúrgica Fusão a vácuo da liga Nd metálico Liga FeNdB

5 Proposta Certi+ Cetem + IPT Cetem IPT + USP Certi Mineradoras + ICTs Fabricantes + ICTs

6 Custos de Capital do projeto Lynas em 2011 Capacidade produtiva: t anuais

7 Etapa 4: do óxido ao metal Eletrólise em sais fundidos de Terras raras (Nd 2 O 3 ) Esta etapa foi investigada pelo IPEN, nos anos 90 USP + IPT + IPEN podem avançar nesse tema

8 O mark-up da redução do Nd Em jan 2009, Nd2O3 custava US$10 e Nd custava US$14. Em nov 2011, um está a US 150 e outro a US$200.

9 Perspectiva Em novembro de 2011 a Vale anunciou o início do projeto Patrocínio. Outras empresas deram indícios de ação semelhante. Queremos crer que vale a pena arriscar, mesmo ainda sem parceiros industriais explícitos.

10 Obrigado


Carregar ppt "Visão do IPT e USP sobre a cadeia produtiva das terras raras Prof. Fernando JG Landgraf Prof. da USP e Diretor de Inovação do IPT 7/12/2011, Rio."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google