A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

I Seminário Brasileiro de Terras-Raras Rio de Janeiro, 7 e 8 de Dezembro de 2011 Estudos para a Implantação de uma Cadeia Produtiva de Imãs de Terras-Raras.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "I Seminário Brasileiro de Terras-Raras Rio de Janeiro, 7 e 8 de Dezembro de 2011 Estudos para a Implantação de uma Cadeia Produtiva de Imãs de Terras-Raras."— Transcrição da apresentação:

1 I Seminário Brasileiro de Terras-Raras Rio de Janeiro, 7 e 8 de Dezembro de 2011 Estudos para a Implantação de uma Cadeia Produtiva de Imãs de Terras-Raras no Brasil Carlos Alberto Schneider, Prof. Dr.-Ing. Superintendente Geral da Fundação CERTI

2 2 I.Introdução: Cooperação BR-DE em Inovação II.Estratégia de implementação da cadeia produtiva de Imãs de Terras Raras III.Conceito do Laboratório-Fábrica de Imãs de TR IV.Ações para consolidação da cadeia produtiva Conteúdo

3 3 Estudo no Contexto da Cooperação Brasil-Alemanha Definição de um roadmap mercadológico e tecnológico para ímãs sinterizados de terras-raras Restrições chinesas à exportação Dependência da indústria em suprimento confiável Mercado já existente Mercado futuro Demanda crescente Projeto conceitual de um laboratório-fábrica para a produção de ímãs sinterizados de terras-raras Estudo de tecnologias e processos Equipamentos e infraestrutura Definição de solução técnica para o LabFab Layout Estimativa de custo de implantação e operação inicial Proposição de projetos futuros Estudo para a implementação e viabilização da cadeia produtiva de ímãs de terras-raras Estudo da cadeia produtiva como um todo Estudo dos processos envolvidos Proposição de ações para viabilização da implantação da cadeia produtiva Executores: Patrocinadores:Apoio:

4 4 Introdução Desenvolvimento de competência em toda a cadeia produtiva Desafios: Processos de alta complexidade Questões ambientais Articulação dos Atores Desafios: Processos de alta complexidade Questões ambientais Articulação dos Atores

5 5 Estratégia de Implementação da Cadeia Produtiva Desenvolvimento da competência nacional em três níveis: Produção em escala laboratorial, para o desenvolvimento tecnológico dos processos, planejamento de unidades produtivas e formação de especialistas; Busca de Domínio Produção em escala piloto para exercer o desenvolvimento tecnológico para futura produção em altos níveis de qualidade e produtividade; Operação Piloto Plantas industriais para produção em larga escala, com competitividade internacional. Produção Competitiva

6 6 Ações para o Domínio da Produção de Ímãs de Terras-Raras no Brasil ESTÁGIO 1 Busca de Domínio da C&T&I Disponibilização do concentrado (monazita) estocado na INB 1.1 Separação de TRs em escala laboratorial 2.1 Redução de TR e produção de liga em escala laboratorial 3.1 Produção exp. de ímãs na UFSC - defcit suprido com ligas importadas 4.1 Estudo mercadológico de ímãs de TR 5.1 Aproveitamento de rejeitos de mineradoras para obtenção de matéria-prima para ímãs de terras-raras 1.2 Planta piloto para separação de TR para ímãs e outras aplicações 2.2 Planta para redução de TR e produção de liga em escala piloto 3.2 Lab-Fab de ímãs de TR /produção de pequenas séries/ desenv. tecnológico 4.2 Sistema de gestão para planejamento, orientação, e monitoramento da implementação da cadeia produtiva de TR 5.2 Planta empresarial para separação de TR para ímãs e outras aplicações 2.3 Metalúrgica produtora de ligas para ímãs de TR 3.3 Fábrica de ímãs de TR 4.3 Mineração/ConcentraçãoMineração/Concentração SeparaçãoSeparação Redução/ Fabr. Liga Redução/ Fabricação do Ímã Ímã Aplicações Industriais e Científicas Extração minérios contendo TR em nova (s) jazida (s) específicas 1.3 Prospecção Jazidas TR e sua capacidade de fornecimento 0.1 ESTÁGIO 2 Operação Experimental Piloto ESTÁGIO 3 Produção Competitiva industrial > 2.000kg/ano Até 200kg/ano Até 500kg/ano ~ 150 t/ano Até 50 t/ano Até 20 t/ano > t/ano > 400 t/ano > t/ano

7 7 Agregação de Valor na Cadeia Produtiva Valor de mercado de materiais/produtos nas etapas fundamentais da cadeia produtiva. ( estimativa conservadora) Processo de Redução Produção de Ímãs Processo de Separação Concentrado de Monazita Óxido de Lantânio Óxido de Cério Óxido de Tório Outros Óxido de Lantânio Óxido de Cério Óxido de Tório Outros Catalisadores Meios de polimento Cerâmicas LED TV plasma, iPod, Displays, Touchscreens, etc. Outros Óxidos de Neodímio, Praseodímio e Disprósio 1 t 120 kg Liga de NdFeB 360 kg US$ US$ US$ ~US$ US$ 500 Ímãs de NdFeB 360 kg

8 8 O Laboratório-Fábrica Conceito: P & D & I PESQUISA DESENVOLVIMENTO PROTOTIPAGENS E PRÉ-SÉRIES CAPACITAÇÃO Tecnologias Atividades ENSAIOS MERCADO SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS DEMANDAS P&D Planta Industrial Manufatura Em Pequenas Séries MERCADO Eng.Desenv.Produtos Produção e caracterização de ímãs e protótipos com: Agilidade Segurança Preço competitivo

9 9 O Laboratório-Fábrica Investimentos de CapitalValor Total (US$) Equipamentos Fabris Móveis e Utensílios da Administração Equipamentos de Utilidades Terreno e Obras Civis Investimento Total

10 10 Cronograma Macro Para o desenvolvimento sincronizado dos três estágios para a implementação da cadeia produtiva 6 meses 1 ano2 anos3 anos4 anos5 anos Congregação de Especialistas Produções Experimentais Otimização de Processos Melhorias de Infraestrutura Programas de Formação de RH Proj. Detalhado Unidade Piloto Operação Desenvolvimento Tecnológico Construção de Unidades Piloto Operação Plena Identificação de Investidores Implantação Operação Competitiva Projeto de Fábrica Operação Domínio em Nível internacional Pré Estudos Operação Piloto Produção Competitiva Operacionalização da Coordenação Estratégica Implem.Pleno Estudo de Mercado Estudo das Reservas

11 11 Procuram-se Investidores e Empreendedores !


Carregar ppt "I Seminário Brasileiro de Terras-Raras Rio de Janeiro, 7 e 8 de Dezembro de 2011 Estudos para a Implantação de uma Cadeia Produtiva de Imãs de Terras-Raras."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google