A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

POR QUE PLANEJAR!. PREMISSAS: A saúde organizacional e o impulso para o desenvolvimento contínuo estão diretamente relacionados à capacidade das Organizações.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "POR QUE PLANEJAR!. PREMISSAS: A saúde organizacional e o impulso para o desenvolvimento contínuo estão diretamente relacionados à capacidade das Organizações."— Transcrição da apresentação:

1 POR QUE PLANEJAR!

2 PREMISSAS: A saúde organizacional e o impulso para o desenvolvimento contínuo estão diretamente relacionados à capacidade das Organizações : A saúde organizacional e o impulso para o desenvolvimento contínuo estão diretamente relacionados à capacidade das Organizações : 1. de criarem novos cenários e panoramas de desempenho eficazes e promissores; 2.de responderem a novas condições e necessidades; 3.de atenderem a novas demandas da sociedade.

3 PREMISSAS: O desenvolvimento contínuo constitui condição fundamental para qualquer organização participar e contribuir, efetivamente na dinâmica das transformações sociais.O desenvolvimento contínuo constitui condição fundamental para qualquer organização participar e contribuir, efetivamente na dinâmica das transformações sociais.

4 NOVOS DESAFIOS: Atenção aos Clientes e suas necessidades; 1. Atenção aos Clientes e suas necessidades; 2.Preocupação com a Qualidade de Produtos e Serviços; 3.Enfoque nas Informações; 4.Orientação para a Melhoria Contínua; 5.Orientação para a Competitividade. VISÃO ESTRATÉGICA

5 EXIGÊNCIAS: Para os profissionais e GESTORES em especial: Agilidade, Agilidade,Criatividade Capacidade de organização; Elevada capacidade de planejar e aplicar o planejamento ao trabalho e aos processo sob sua responsabilidade; Habilidade para superar a Improvisação e Espontaneismo;

6 Bom senso; Trabalho sistematizado a partir de uma visão estratégica e objetiva da realidade; Espírito empreendedor; Adequada compreensão dos desafios e das condições necessárias para seu enfrentamento; Organização e coordenação dos diversos desdobramentos das ações a serem desencadeadas no tempo e no espaço. ANÁLISE - PLANEJAMENTO - DECISÃO

7 Possibilidade de concentrar e canalizar esforços; Apropriar e disponibilizar recursos adequados; Objetivar e clarificar idéias e propósitos; Direcionar e concentrar energia a partir da compreensão clara e objetiva da situação, seu contexto e do que se pretende; Tomada de decisão sustentada numa visão de empreendimento orientador da ação. GANHOS COM O USO DO PLANEJAMENTO:

8 PROJETO/ PROGRAMA Realiza o processo de Planejamento-Ação constituindo-se, ao mesmo tempo, em um trabalho de Gestão eficáz por orientar-se pela análise sistemática de situações e problemas e por uma prática de associação entre conceitos e procedimentos, de modo a possibilitar a tomada de decisão. FERRAMENTA VIABILIZADORA DO PLANEJAMENTO

9 O PROJETO oferece, ainda, o direcionamento, as orientações para a ação e os elementos para seu imprescindível monitoramento e avaliação, condições básicas para um processo de gestão eficáz. A superação da ação improvisada, da visão limitada e imediatista só é possível a partir de uma orientação mental de Planejamento com Visão em ResulTados e Ações Concretas.

10 PLANEJAMENTO processo dinâmico e complexo que envolve além, de uma dimensão técnica (formal), a dimensão conceitual (conteúdo) e a dimensão política (fundo). É na interatividade das tres dimensões que o processo de planejar se realiza plena e competentemente.

11 O Planejamento e seus sub- produtos formais – o PLANO ou o PROJETO – não tem valor em si mesmos. Uma proposição de ação bem planejada de nada vale, caso não corresponda à qualidade do planejamento. Uma qualidade de Conteúdo – conceitos e idéias sólidas e bem fundamentadas para nortear a ação; e uma qualidade Política orientada por uma vontade de agir, de colocar em prática o planejado, para mudar a realidade.

12 PLANEJAR corresponde a vislumbrar uma situação futura melhor, a dispor-se a construir essa realidade e, efetivamente fazê-lo. Representar materializar uma vontade de transformação da realidade, ou implantação de uma inovação, mediante objetividade e direcionamento claro de ações, tendo os pés no presente e o olhar no futuro. NÃO HÁ QUALQUER PROCESSO DE GESTÃO SEM PLANEJAMENTO


Carregar ppt "POR QUE PLANEJAR!. PREMISSAS: A saúde organizacional e o impulso para o desenvolvimento contínuo estão diretamente relacionados à capacidade das Organizações."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google