A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Workshop Internacional Mudanças Climáticas e o Setor Elétrico na Área de Atuação da CIER CIER / BRACIER Mudanças Climáticas e o Setor Elétrico na Área.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Workshop Internacional Mudanças Climáticas e o Setor Elétrico na Área de Atuação da CIER CIER / BRACIER Mudanças Climáticas e o Setor Elétrico na Área."— Transcrição da apresentação:

1 Workshop Internacional Mudanças Climáticas e o Setor Elétrico na Área de Atuação da CIER CIER / BRACIER Mudanças Climáticas e o Setor Elétrico na Área de Atuação da CIER Rio de Janeiro, 20 de maio de 2010

2 Processo de elaboração do Inventário de Gases de Efeito Estufa do Sistema Eletrobras Maria Luiza Milazzo Departamento de Meio Ambiente ELETROBRAS

3 INVENTÁRIO DE EMISSÕES de Gases de Efeito Estufa do SISTEMA ELETROBRÁS OBJETIVOS Conhecer / Quantificar as emissões de GEE do Sistema Eletrobras; Atender às exigências do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BOVESPA, e do Dow Jones Sustainability World Index (DJSI da Bolsa de New York), além de outras demandas (CDP- Carbon Disclosure Project, etc); Possibilitar que o Sistema Eletrobras possa estabelecer, futuramente, metas de redução de emissões.

4 O SISTEMA ELETROBRAS

5 SCMA : colegiado que congrega gerentes e especialistas das áreas de meio ambiente das empresas do Sistema Eletrobras e possui 10 grupos de trabalho (GTs). As questões relacionadas a Mudanças Climáticas e Gases de Efeito Estufa são tratadas no GT3 – GRUPO DE TRABALHO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA Coordenação: ELETROBRÁS ( Maria Luiza Milazzo ) Coordenação Adjunta: CEPEL ( Alexandre Mollica Medeiros) Representantes: CHESF, CGTEE, ELETRONORTE, ELETRONUCLEAR, ELETROSUL, FURNAS, ITAIPU, AMAZONAS ENERGIA

6 GT 3 – PRINCIPAIS ATIVIDADES Analisar as metodologias existentes e em desenvolvimento para identificação e quantificação de emissões de GEE provenientes do setor elétrico; Elaborar os Inventários de emissões de Gases de Efeito Estufa do Sistema Eletrobras; Acompanhar e debater assuntos e cenários - de interesse do setor elétrico - relacionados com Mudanças Climáticas; Manter fluxo de informação às gerências superiores das empresas e da holding.

7 INVENTÁRIO DE EMISSÕES de Gases de Efeito Estufa do SISTEMA ELETROBRÁS REFERÊNCIA

8 INVENTÁRIO DE EMISSÕES de Gases de Efeito Estufa do SISTEMA ELETROBRÁS PRINCÍPIOS Segundo o GHG Protocol, um inventário de GEE deve estar baseado nos seguintes princípios: Relevância Abrangência Consistência Transparência Acurácia

9 INVENTÁRIO DE EMISSÕES de Gases de Efeito Estufa do SISTEMA ELETROBRÁS ABORDAGENS Segundo o GHG Protocol, deve-se optar por uma abordagem para delimitar as responsabilidades da Corporação no que tange as emissões de GEE: As abordagens podem ser: abordagem de controle (control approach) ou abordagem da divisão proporcional (equity share approach) O Sistema Eletrobrás optou por utilizar em seus inventários a Abordagem de Controle Operacional: Levantar as atividades realizadas sob o controle operacional das empresas que compõem o Sistema Eletrobras que resultam em emissões de gases de efeito estufa. As emissões provenientes destas atividades serão integralmente atribuídas às empresas do sistema.

10 ESCOPO 2 INDIRETAS ESCOPOS do GHG Protocol ESCOPO 1 DIRETAS ESCOPO 3 INDIRETAS CO 2 SF 6 CH 4 N 2 O HFCs PFCs ESCOPO 1 - Emissões Diretas ESCOPO 2 - Emissões Indiretas de Consumo de Eletricidade ESCOPO 3 – Outras Emissões Indiretas

11 1A - Fontes Fixas: geração de eletricidade, calor ou vapor resultantes da queima de combustíveis em fontes estacionárias (caldeiras, motores, turbinas, etc.) 1B - Fontes Móveis: queima de combustíveis para transporte de materiais, produtos e empregados em veículos próprios ou controlados pela empresa (caminhões, trens, navios, aviões, ônibus e carros) 1C - Fontes Fugitivas: emissões fugitivas provenientes da utilização de Hexafluoreto de Enxofre (SF6) em equipamentos 1D – Processos Físicos e Químicos não se aplicam ao Setor Elétrico (produção de cimento, alumínio, amônia, etc.) ESCOPO 1 - Emissões Diretas

12 2A - GRID: emissões provenientes da eletricidade adquirida e consumida da rede (junto à concessionária); 3 – Outras Indiretas: viagens à trabalho realizadas pelos empregados, transporte dos empregados de casa ao trabalho, modos de disposição de lixo, etc. ESCOPO 2 e 3 - Emissões Indiretas

13 INVENTÁRIO DE EMISSÕES de Gases de Efeito Estufa do SISTEMA ELETROBRÁS Finalizado e Aprovado em Dezembro de 2009 Abordagem:Controle Operacional Escopo 1 - emissões diretas (apenas UTEs) Metodologia:IPCC 2006 Gases: CO 2 CH 4 N 2 O

14 INVENTÁRIO DE EMISSÕES de Gases de Efeito Estufa do SISTEMA ELETROBRÁS RESULTADOS

15 INVENTÁRIO DE EMISSÕES de Gases de Efeito Estufa do SISTEMA ELETROBRÁS

16 INVENTÁRIO 2010 em elaboração Ano Base: 2009 Abordagem: Controle Operacional Escopo 1: fontes fixas (UTEs), móveis (veículos) e fugitivas (SF 6 ); Escopo 2: consumo de energia elétrica do GRID. Metodologia:IPCC 2006 Gases:CO 2 CH 4 N 2 O SF 6

17 RECOMENDAÇÕES Estabelecer rotinas de medição de emissões nas empresas Realizar anualmente o Inventário de emissões de GEE buscando abranger os escopos 1, 2 e 3 considerados pelo GHG Protocol Garantir a confiabilidade de seus resultados para que possam ser apresentados nos diversos relatórios e informes anuais Promover a integração dos dados de emissão de GEE de forma sistemática no Banco de Dados do Projeto IGS – Indicadores de Gestão da Sustentabilidade Ambiental Apoiar o Comitê de Sustentabilidade do Sistema Eletrobras, dando suporte nos assuntos referentes a Mudanças Climáticas Desenvolver um plano de metas de redução de emissões de GEE para o Sistema Eletrobras, considerando o seu planejamento estratégico e a sua política ambiental Promover, acompanhar e participar de estudos e pesquisas para o desenvolvimento de conhecimento, tecnologias e metodologias para estimativa de emissões de GEE em reservatórios de hidrelétricas. INVENTÁRIO DE EMISSÕES de Gases de Efeito Estufa do SISTEMA ELETROBRÁS

18 Muchas Gracias! Maria Luiza Milazzo Departamento de Meio Ambiente - EGA ELETROBRAS


Carregar ppt "Workshop Internacional Mudanças Climáticas e o Setor Elétrico na Área de Atuação da CIER CIER / BRACIER Mudanças Climáticas e o Setor Elétrico na Área."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google