A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Lição 6 10 de maio de 2014. Que diremos pois? É a lei pecado? De modo nenhum. Mas eu não conheci o pecado senão pela lei; porque eu não conheceria a concupiscência,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Lição 6 10 de maio de 2014. Que diremos pois? É a lei pecado? De modo nenhum. Mas eu não conheci o pecado senão pela lei; porque eu não conheceria a concupiscência,"— Transcrição da apresentação:

1 Lição 6 10 de maio de 2014

2 Que diremos pois? É a lei pecado? De modo nenhum. Mas eu não conheci o pecado senão pela lei; porque eu não conheceria a concupiscência, se a lei não dissesse: Não cobiçarás. (Romanos 7:7) A lei define o que é pecado. Sem a lei não saberíamos o que é correto e o que é incorreto; não saberíamos se estamos pecando ou não. Por esta razão, a lei tem o poder de nos condenar, porque nos mostra nosso pecado; e salário do pecado é a morte (Romanos 6:23) Tal como disse Paulo: o aguilhão da morte é o pecado, e o poder do pecado, a lei (1 Coríntios 15:56)

3 E de tudo o que, pela lei de Moisés, não pudestes ser justificados, por ele é justificado todo aquele que crê.E de tudo o que, pela lei de Moisés, não pudestes ser justificados, por ele é justificado todo aquele que crê. (Atos 13:39) (Atos 13:39) A lei define o pecado, mas não pode perdoa-lo de nenhuma maneira. A lei não pode tornar justo ao pecador. Por esta razão, Deus ideou um plano para salvar ao homem de seu pecado: a morte de Jesus. A lei define o pecado, mas não pode perdoa-lo de nenhuma maneira. A lei não pode tornar justo ao pecador. Por esta razão, Deus ideou um plano para salvar ao homem de seu pecado: a morte de Jesus. Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne; (Romanos 8:3)

4 Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro; (Gálatas 3:13) Todos nós estamos sob a maldição da lei: por quanto todos pecaram, e estão destituídos da glória de Deus (Romanos 3:23) Ainda que existisse a possibilidade de que guardássemos perfeitamente a lei de agora em diante, jamais poderíamos libertarmos da maldição de nossos pecados passados; merecemos a morte. Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo. (1 Corintios 15:57)Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo. (1 Corintios 15:57) Que relação há, pois, entre Cristo e a lei? Anulou Jesus a lei para que pudéssemos obter a vitória sobre o pecado?

5 A obra mediadora de Cristo começou com o início da culpa, do sofrimento e da infelicidade humana, logo que o homem se tornou um transgressor. A lei não foi abolida para salvar o homem e colocá-lo em harmonia com Deus. Mas Cristo assumiu a posição de fiador e libertador ao tornar-Se pecado pelo homem, para que este pudesse tornar-se a justiça de Deus nAquele que era Um com o Pai, e por Seu intermédio. Os pecadores só podem ser justificados por Deus quando Ele lhes perdoa os pecados, suspende a punição que eles merecem e os trata como se realmente fossem justos e não houvessem pecado, dispensando-lhes o favor divino e tratando-os como se fossem justos. Eles são justificados unicamente pela justiça imputada por Cristo. O Pai aceita o Filho e, mediante o sacrifício expiatório de Seu Filho, aceita o pecador. E.G.W. (Mensagens escolhidas, vol 3, pg. 221)

6 Assim, meus irmãos, também vós estais mortos para a lei pelo corpo de Cristo, para que sejais de outro, daquele que ressuscitou dentre os mortos, a fim de que demos fruto para Deus. (Romanos 7:4)

7 Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte. (Romanos 8:1-2) Qual é a lei do Espírito que me livra da lei do pecado e da morte? A diferença não é com a lei em si, mas com a relação do crente com a lei antes e depois de sua conversão. A mesma lei que era para mim morte quando andava segundo a carne (Ro. 8:8), é agora lei do Espírito da vida porque ando segundo o Espírito (Ro. 8:9) Se vivo em Cristo, me alegrarei em cumprir sua lei com o poder do Espírito, porque a lei na verdade é santa, e o mandamento santo, justo e bom (Ro. 7:12) Quando o Espírito de Deus revela ao homem todo o significado da lei, se efetua uma mudança no coração E.G.W. (Mensagens escolhidas, vol 1, pg. 249)

8 Em resumo, a morte de Jesus demonstra poderosamente a permanência da Lei de Deus. Quando nosso primeiros pais pecaram, Deus poderia ter abolido suas leis e eliminado as penalidades por sua violação. No entanto, isto haveria significado uma existência miserável em uma sociedade sem leis para os habitantes da Terra. Ao contrário, Deus escolheu enviar a seu Filho como um Substituto por nós, que recebeu em favor de todas as pessoas o justo castigo pelo pecado que requeria a Lei. Por meio da morte de Jesus, a raça inteira se encontra em uma nova relação com Deus. Isto significa que qualquer um de nós, por meio da fé em Jesus, pode receber o perdão de seus pecados e ser perfeitos a vista de Deus. Keith Burton (Lição da escola sabatina, extraído de sexta)


Carregar ppt "Lição 6 10 de maio de 2014. Que diremos pois? É a lei pecado? De modo nenhum. Mas eu não conheci o pecado senão pela lei; porque eu não conheceria a concupiscência,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google