A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CAPTAÇÃO ADUÇÃO RECALQUE TRATAMENTO RESERVAÇÃO DISTRIBUIÇÃO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CAPTAÇÃO ADUÇÃO RECALQUE TRATAMENTO RESERVAÇÃO DISTRIBUIÇÃO."— Transcrição da apresentação:

1

2 CAPTAÇÃO ADUÇÃO RECALQUE TRATAMENTO RESERVAÇÃO DISTRIBUIÇÃO

3

4 Procedimentos iniciais LEVANTAMENTO TOPOGRÁFICO COM ALTIMETRIA DADOS DEMOGRÁFICOS ESTIMATIVA DE POPULAÇÃO FUTURA LEVANTAMENTO DO QUE EXISTE DETERMINAÇÃO DOS VOLUMES

5 QUANTO AO USO -USO DOMÉSTICO : CONSUMO, NECESSIDADES DIÁRIAS, CRIAÇÃO DE ANIMAIS -USO PÚBLICO : HOSPITAIS, ESCOLAS, PARQUES,JARDINS, REPARTIÇÕES -USO COMERCIAL E INDUSTRIAL : INDÚSTRIAS, ESCRITÓRIOS, COMÉRCIO, INSTALAÇÕES DE AR CONDICIONADO -PERDAS E DESPERDÍCIOS: VAZAMENTOS, DEFICIÊNCIA TÉCNICAS, MÁ UTILIZAÇÃO

6 VOLUME TOTAL ANUAL- M3 VOLUME MÉDIO DIÁRIO - M3/DIA QUOTA MÉDIA DIÁRIA PER CAPITA- l/HAB/DIA Lembrando 1m3= litros

7 HÁBITOS HIGIÊNICOS SITUAÇÃO ECONÔMICA EDUCAÇÃO SANITÁRIA DESENVOLVIMENTO DA POPULAÇÃO EX. EM S.PAULO 1929 (250L/HAB/DIA) 1970 (350L/HAB/DIA) PRESENÇA DE INDÚSTRIAS (TIPO, ZONEAMENTO, TECNOLOGIA)

8 CONDIÇÕES CLIMÁTICAS (PRECIPITAÇÃO, UMIDADE, TEMPERATURA, EVAPORAÇÃO) CARACTERÍSTICAS DO ABASTECIMENTO Qualidade da água a ser distribuída Pressões na rede Taxa da água Administração do serviço

9 VARIAÇÕES NO CONSUMO (variável por dias e épocas do ano) k¹ -coeficiente do dia de maior consumo EX. EUA – 1,75 FRANÇA- 1,5 BRASIL- capital e grandes cidades-1,5 interior- 1,25

10 VARIAÇÕES DE HORÁRIO k²- coeficiente da hora de maior consumo Ex EUA – 2,00 FRANÇA- 1,5 BRASIL- 1,5 COEFICIENTE DE REFORÇO K= K1x K2 Quando existem reservatórios de distribuição utiliza-se apenas o k1 Para a distribuição o K2

11 EX.COMBATE A INCÊNDIO Variação entre Q= 0,77m3/seg com acrécimo de 0,13 a 0,50 m3/seg e adota-se como duração mínima para incêndios Pop >2500 hab- 5 horas Pop< 2500 hab -10 horas

12 Estudo de Saturnino Brito Bebida- 2 l/hab/dia Consumo individual- 35 l/hab/dia Limpeza,lavagem -40 l/hab/dia Serviços públicos- 35l/hab/dia Indústrias- 50l/hab/dia Perdas e desperdícios- 25l/hab/dia

13 SP capital (1946) – 300l/hab/dia SP interior- 200l/hab/dia EUA- 400l/hab/dia CAERN ZONA SUL- 300l/hab/dia ZONA NORTE- 150l/hab/dia HIDROSERVICE interior- 120l/hab/dia

14 Per capita Litros/(habitante/dia) Até de 100 a 150 de até de 150 a 200 de até de 200 a 250 Acima de de 250 a 300 Observação: População flutuante: adotar o consumo de 100 litros/(habitante/dia).

15 Considerar: Vida útil das instalações e equipamentos Dificuldades das ampliações Crescimento populacional Taxa de juros e amortização e retorno dos empréstimos

16 TIPO INSTAL. CARACTERÍS.PRAZOAdutoras Ampliação difícil e cara Poços,distribui. Ampliação fácil Canaliz.>300mm Ampliação cara Canaliz<300mm Ampliação relat.barata Reservatórios Ampliação difícil Máquinas,equi. Rapido obsoletos 10-20

17 Critérios 1) Tempo fixo e fixa-se crescimento populacional (20 a 30 anos) 2) Fixa-se a população limite e determina-se o tempo que será atingido USADO QUANDO VAI SER FEITO EM ETAPAS) DADOS RETIRADOS DO IBGE

18 NATAL 2000 – hab dos quais, homens, mulheres NATAL CRECIMENTO - 7,54% EM 4 ANOS OU 2,69/ANO

19 DENSIDADE DEMOGRÁFICA EX BUENOS AIRES Centro – 600 hab/há Periferia- 180 hab/há Interior Brasil- 100 a 200 hab/ha

20 Bairro de PAJUÇARA ,26 hab/há ,46% CAPIM MACIO ,84hab/há ,32hab/ha

21 Q= K¹ x K²x qxP / 3600xh Q – vazão a aduzir l/seg k¹ - coeficiente dos dias de maior consumo k²- quota diária de água por habitante q-quota diária de água fornecida por hab P-população a abastecer H-n.horas de funcionamento

22 Quando existe um reservatório capaz de abastecer os horários de pico, fica Q= k¹xqxP/ 3600xh Para o cálculo no final do plano usa-se: p°- do início do plano P -do final do plano t° -início do plano t -final do plano

23 Em pequenos córregos e fontes: a) recolher a água em um recipiente de volume conhecido (tambor, barril, etc.); b) contar o número de segundos gastos para encher completamente o recipiente. Exemplo: Se um tambor de 200 litros fica cheio em 50 segundos, a vazão será: Q =200 litros = 4,0litros /seg 50 seg Para ter-se a vazão em: Litros por minuto (l/min): divide-se por 60; Litros por hora (l/h): divide-se por 3.600; Litros por dia (l/d): divide-se por

24 A vazão aproximada de uma corrente do tipo médio pode ser determinada pelo conhecimento da velocidade da água e da área da seção transversal de um trecho da veia líquida. Esta seção pode ser retangular, triangular, circular

25 Seção A-A largura = 4,00m Profundidade média = 1,0 + 1,2 + 0,8 = 1,00 3 Àrea da seção = 4,0x1,0 =4,00m2 Q= 4,00m2 x 0,50 m/s= 2,00m3/s

26 Sobre uma das margens da corrente marcam-se, a uma distância fixada, dois pontos de referência, A e B. Solta-se, a partir da referência A, e na linha média da corrente, um flutuador (rolha de cortiça, bola de borracha, pedaço de madeira, etc.) e anota-se o tempo gasto para que ele atinja a referência B. Exemplo: se a distância entre A e B é de 10 metros e o tempo gasto pelo flutuador para percorrê-la é de 20 segundos, então, a velocidade da corrente é: Velocidade = Distancia = 10m =0,50m/s Tempo 20 seg

27 Vazões por trecho Se ao longo da adutora existe uma industria (por exemplo), acrescentar esta vazão Para a captação, acrescentar a vazão da ETA funcionar (+/- 5%)

28 EXERCÍCIOS SOBRE VAZÃO Determinar a vazão necessária para uma população de hab, consumo médio diário de 200 l/hab/dia, com coeficiente do dia de maior consumo diário de 1,25 e quota de maior consumo horário de 1,50 com previsão para 20 anos e com crescimento demográfico de 1,03 hab/ano. No início do plano vazão dia maior consumo vazão hora maior consumo vazão dia e hora de maior consumo No final do plano 2) Com os dados acima qual a vazão de distribuição por unidade de área se são 500hab/há?

29


Carregar ppt "CAPTAÇÃO ADUÇÃO RECALQUE TRATAMENTO RESERVAÇÃO DISTRIBUIÇÃO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google