A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

© 2011 Campus da FEUP Rua Dr. Roberto Frias, 378 4200 - 465 Porto Portugal T +351 222 094 340 F +351 222 094 050

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "© 2011 Campus da FEUP Rua Dr. Roberto Frias, 378 4200 - 465 Porto Portugal T +351 222 094 340 F +351 222 094 050"— Transcrição da apresentação:

1 © 2011 Campus da FEUP Rua Dr. Roberto Frias, Porto Portugal T F SÍNTESE DO TRABALHO DESENVOLVIDO NA 5ª SEMANA Sistemas Flexíveis de Produção João Pedro Mendes Brandão INESC Porto [data]

2 © Sistemas Flexíveis de Produção/ Semanário da 5ª Semana / [17/4/2012] Sumário Executivo Bibliografia analisada Conclusões Trabalho Futuro Agenda

3 © 2011 Sumário Executivo Introdução ao software de simulação Simio Visionamento de pequenos vídeos acerca do software Simio e das suas funcionalidades 3Sistemas Flexíveis de Produção/ Semanário da 5ª Semana / [17/4/2012]

4 © 2011 Bibliografia Analisada Introducing to SIMIO, SIMIO LLC 4Sistemas Flexíveis de Produção/ Semanário da 5ª Semana / [17/4/2012]

5 © 2011 Conclusões Descrição Geral –O software de modelação Simio permite construir e executar modelos 3D animados de um grande leque de sistemas, tais como fábrica, aeroportos, serviços de emergência … –Este software utiliza um abordagem de modelação de objectos, na qual os modelos são construídos pela combinação desses objectos que representam componentes físicos do sistema 5Sistemas Flexíveis de Produção/ Semanário da 5ª Semana / [17/4/2012]

6 © 2011 Conclusões Conceitos chave –Modelo: é a representação de um objecto ou um conjunto de objectos reais. Os modelos são utilizados normalmente na tomada de decisões. –Objecto: é definido por um conjunto de propriedades, estados, eventos entre outras características que definem a lógica dos objectos, o comportamento dos mesmos e como interagem entre si. Propriedades são valores de input que podem ser especificados pelo utilizador. Estados são valores dinâmicos que vão variando à medida que o modelo é executado. Por sua vez, eventos são acontecimentos que podem ser disparados pelos objectos em intervalos de tempo previamente seleccionados. 6Sistemas Flexíveis de Produção/ Semanário da 5ª Semana / [17/4/2012]

7 © 2011 Conclusões Conceitos chave Os objectos podem ser agrupados em 5 grandes tipos: Fixos: Localização fixa, por exemplo uma máquina Ligação: Proporcionam um caminho pelo qual as entidades se vão movimentar, por exemplo um tapete. Nós: definem a intersecção entre uma ou mais ligações. Estaõ tambem associados aos objectos fixos proporcionando os pontos de entrada e saída dos mesmos Entidade: Definem objectos dinâmicos que podem ser criados, destruídos, alterados e movimentados. Transportador: Entidade especial que permite o picking de outras entidades. 7Sistemas Flexíveis de Produção/ Semanário da 5ª Semana / [17/4/2012]

8 © 2011 Conclusões Lista de objectos que podem ser encontrados na biblioteca standard do software Simio e respectiva descrição: 8Sistemas Flexíveis de Produção/ Semanário da 5ª Semana / [17/4/2012]

9 © 2011 Conclusões Primeiro contacto com o software –Primeiro projecto: Linha de produção básica constituída por uma source, um sink, e dois servers. 9Sistemas Flexíveis de Produção/ Semanário da 5ª Semana / [17/4/2012]

10 © 2011 Conclusões Primeiro contacto com o software –Descrição: O objecto source1 vai produzir e enviar material para ser maquinado no server1, que por sua vez envia par o server dois. No server 2 são novamente efectuadas operações sobre o material que depois de finalizadas permitem que o material flua para o sink1 onde é destruído 10Sistemas Flexíveis de Produção/ Semanário da 5ª Semana / [17/4/2012]

11 © 2011 Conclusões Primeiro contacto com o software –Os traços verdes sobre os servers representam o material que está a ser trabalhado em cada um. Neste exemplo, por defeito, está parametrizado que só é possível estar uma caixa a ser processada de cada vez. 11Sistemas Flexíveis de Produção/ Semanário da 5ª Semana / [17/4/2012]

12 © 2011 Conclusões Primeiro contacto com o software –Os traços verdes que se encontram antes e depois de cada server, source e sink representam buffers. Na imagem seguinte é possível perceber que no server 1 existe um conjunto de 5 caixas que estão à espera para serem maquinadas. –As ligações a vermelho indicam o caminho, e as setas a azul o fluxo do material. 12Sistemas Flexíveis de Produção/ Semanário da 5ª Semana / [17/4/2012]

13 © 2011 Conclusões Primeiro contacto com o software –O simio permite não só uma visualização 2D dos modelos mas também uma visualização. À medida que o projecto vai aumentando de complexidade esta ferramenta permite uma maior percepção do modelo e dos vários processos que vão decorrendo simultaneamente. 13Sistemas Flexíveis de Produção/ Semanário da 5ª Semana / [17/4/2012]

14 © 2011 Trabalho futuro Continuação da exploração do software de simulação e todas as suas funcionalidades 14Sistemas Flexíveis de Produção/ Semanário da 5ª Semana / [17/4/2012]


Carregar ppt "© 2011 Campus da FEUP Rua Dr. Roberto Frias, 378 4200 - 465 Porto Portugal T +351 222 094 340 F +351 222 094 050"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google