A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Vitória Solange Coelho Ferreira. O espaço de intervenção da micropolítica dos processos de trabalho é o local onde existem microconexões que são instituintes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Vitória Solange Coelho Ferreira. O espaço de intervenção da micropolítica dos processos de trabalho é o local onde existem microconexões que são instituintes."— Transcrição da apresentação:

1 Vitória Solange Coelho Ferreira

2 O espaço de intervenção da micropolítica dos processos de trabalho é o local onde existem microconexões que são instituintes e possibilitará um mergulho com profundidade nesta cotidianidade (Baremblitt, 1992). O organização do processo de trabalho em saúde tem se constituído em analisador da organização dos serviços e produção da assistência por possibilitar a identificação de ruídos, a criação de linhas de fuga e a auto-análise e autogestão; Estudos realizados acerca organização dos serviços indica a forte pressão no sentido de incorporação crescente de tecnologias (máquinas/equipamentos) nos seus processos produtivos.

3 Enquanto operador de um processo de trabalho cuidador cujo sentido está orientado para o usuário, o ACS assume uma posição estratégica no sentido de produzir encontros positivos entre o agir estratégico e o comunicativo demonstrando sensibilidade e compreensão a respeito das necessidades dos usuários e criando dispositivos para ajudar na autonomia dos mesmos. Estudos realizados acerca organização de trabalho no PACS/PSF indicam a existência de pontos positivos que podem levar a ruptura com a lógica taylorista de organização e gestão do trabalho e do saber biomédico centrado no biológico e na clínica restritiva.

4 .? Como vem sendo operado o processo de trabalho do ACS em uma USF no município de Itabuna-Ba.? Quais as tecnologias de trabalho mais utilizadas pelo ACS no seu cotidiano de trabalho? Quais as tecnologias de trabalho mais utilizadas pelo ACS no seu cotidiano de trabalho?

5 Analisar o grau de incorporação das tecnologias de trabalho pelo ACS na produção do cuidado

6 Analisar a organização do processo de trabalho do agente comunitário de saúde (ACS) na produção do cuidado no Programa Saúde da Família (PSF); Analisar a organização do processo de trabalho do agente comunitário de saúde (ACS) na produção do cuidado no Programa Saúde da Família (PSF); Identificar as valises tecnológicas mais utilizados na produção do cuidado pelo Agente Comunitário de Saúde (ACS); Identificar as valises tecnológicas mais utilizados na produção do cuidado pelo Agente Comunitário de Saúde (ACS);

7 Y Processo de Trabalho em Saúde Y Micropolítica do Processo de Trabalho Y Micropolítica do Desejo Y Análise Institucional

8 X Itabuna-Ba.localiza-se região Litoral Sul, a 429 Km2 da capital, com 584 Km2, população habitantes, integra a 7ª região administrativa do estado; X Sistema de Municipal de Saúde organização modular, isto é, divide o território em 4 módulos, encontra-se habilitado na GPSMS, porta de entrada híbrida (UBS+USF). Rede composta 09 UBS, 16USF, 10 unidades especializadas, 24 SADT, 06 hospitais, hemodiálise, 2 centros oncológicos. X PACS implantado 1992 c/ 77 ACS atualmente 310, cobertura 55,6% com famílias cadastradas. PSF implantado 2001 atualmente com 17 ESF. X Será realizado na USF Atlântida e os sujeitos do estudo serão ACS.

9 Organização do Processo de Trabalho do ACS e a Reestruturação Produtiva A análise das entrevistas individual e grupal acerca do processo e tecnologias do trabalho da ACS apontam: Centralidade trabalho vivo em ato e a utilização das tecnologias leves e leve-duras governando ele mesmo as suas ações, o que move sua ação cuidadora é desejo de fazê-la de tal modo, ou seja, subjetividade; Essa forma de operar indica para inversão na composição técnica do trabalho com supremacia do trabalho vivo sobre trabalho morto, o que pressupõe a ocorrência de uma reestruturação produtiva e uma transição tecnológica.

10 Organização do Processo de Trabalho do ACS e a Reestruturação Produtiva Desenvolve sua ação cuidadora com sensibilidade e criatividade demonstrando preocupação, carinho e compreensão acerca da necessidade do outro. […]oi como é que está a senhora?[…] oh minha filha vem cá, hoje eu tomei esse daqui, ta certo?. Hoje mesmo eu passei e a filha tinha mandado eu colocar uma etiquetazinha em cada medicamento com o horário, ai eu fui e coloquei […] é muito difícil, então tem que ser uma coisa bem decorativa mesmo por mais que eu todo dia vá lá e passe na rua, ela me chama pra eu explicar.[…] [ACS Pérola] Observa-se que outras estratégias cuidadoras criativas são incorporadas e ampliadas à medida que o trabalho vivo em ato governa seu modo de produzir saúde criando linha de fugas p/ elaboração projetos terapêuticos mais cuidadores.

11 Organização do Processo de Trabalho do ACS e a Reestruturação Produtiva […]com uma senhora da minha área, eu fiz assim, peguei um papel madeira e fiz uns bolsinhos […] coloquei os remédios naqueles horários dela tomar, cada horário eu botei os remédios dentro, ai ela já sabe, quando ta naquele horário ela olha pro relógio, ai ela vai lá e pega o comprimido daquele envelopezinho, eu já coloquei na ordem os horários. [...] eu coloquei assim, ela já sabe, eu botei em cima os de diabetes e em baixo os de pressão, aí é só ela olhar no relógio que ela já vai na bolsinha certinha! [ACS Ametista] Ganha centralidade a sua capacidade escuta, função social em resolver e amenizar conflitos, de reconhecer a singularidade cada família e de acionar seu patrimônio de conhecimento e agenciar produção de subjetividade solidária para enfrentar as dificuldades presentes no cotidiano das famílias com sensibilidade e ética.

12 Organização do Processo de Trabalho do ACS e a Reestruturação Produtiva […]tem assim casos, em termo de brigas familiares ou de mulher com esposo, que no caso não é nem uma ação, porque às vezes a pessoa tem até que ouvir e orientar não de maneira...a gente tenta amenizar tudo pra não...tipo...colocar fogo na fogueira […] [ACS Pérola] Chama atenção a capacidade doativa dos agentes em dar parte de sua vida para produzir vida no outro de forma real e efetiva operando um trabalho vivo em ato em processo de singularização de sua subjetividade e alteridade. […] a gente tira um pouco da gente pra dar pra pessoa, porque no momento que a gente chega na casa da pessoa, a pessoa ta precisando da gente naquela hora …] [ACS Jade ]

13 Organização do Processo de Trabalho do ACS e a Reestruturação Produtiva Tem utilizado uma abordagem pedagógica problematizadora do cuidado que o usuário faz de si mesmo em sua prática educativa. […]um hipertenso a gente vai na base de uma orientação e ai já foi no posto aferir a pressão? E aí ta tomando a medicação direitinho? Qual a medicação que vc tem? qual é a medicação que está faltando? Olha, vc ta comendo isso aqui? Isso aqui tem fritura demais pra vc!. Já quando é no caso de criança a gente fala pra mãe da vacinação, pra fazer o peso,[…] [ACS Ametista]

14 Organização do Processo de Trabalho do ACS e a Reestruturação Produtiva Saberes e práticas que orientam suas ações estão fortemente influenciado pelo modelo médico hegemônico tendo a vigilância à saúde e as ações programáticas como eixo. […]o agente de saúde conversa sobre higiene, sobre os perigos de andar descalço, os cuidados para quem anda descalço, sobre verminose, essas coisas; pronto sobre higiene.[ACS Safira] […] pelo menos eu faço assim: uma semana eu visito só hipertenso, ai eu faço orientação só pra o hipertenso, ai na outra semana eu visito crianças, faço peso, ai é sempre assim nas casas que não tem criança, não tem hipertenso e não tem outros grupos eu deixo pra visitar mais assim no final do mês[…] [ACS Esmeralda]

15 Organização do Processo de Trabalho do ACS e a Reestruturação Produtiva Além do recorte programático, organiza sua prática nas microáreas de atuação por rua, a partir das necessidades e demandas dos usuários. […]eu pego de rua a rua, terminando uma rua eu vou pra outra. No caso, essas ruas que eu entro nesse dia pode ter um hipertenso, pode ter diabético, pode ter visitas domiciliares,[…] [ACS Pérola] […]cê tá em uma rua aí quando pensa que não chega um: ah, aquele senhor mandou te chamar pq tá passando mal! ah, aquele senhor ali falou que quer um exame!aí você tem que largar aquela família, terminar aquela visita dele e ai você já vai pra outra rua […] [ACS Jade]

16 Organização do Processo de Trabalho do ACS e a Reestruturação Produtiva Apesar de seu trabalho ser, também, subsumido pelas lógicas do modelo médico-hegemônico, o que configura uma permanente disputa em relação ao seu processo de trabalho, convive ao mesmo tempo, com forma inventivas e criativas de cuidar e o modelo tradicional de produzir saúde. […]mas tem crianças que não é assim, tem outras que eu tenho que pesar as bonecas delas, aí eu fiquei botando as bonecas na balança até elas se acostumarem, depois o que eu fiz? [...] quer dizer pesei as bonequinhas delas, foi aí que elas se interessaram e quando me via e aí você vai pesar hoje.,[…] [ACS Pérola]

17 Organização do Processo de Trabalho do ACS e a Reestruturação produtiva Condições de trabalho para produção do cuidado interferem na micropolítica do cotidiano de trabalho […]não é que o médico é péssimo é a quantidade de pacientes […]. Se eles fizessem mais visitas, fizesse mais reunião com a comunidade, explicar a comunidade como funciona PSF eu acho que diminuía mais a quantidade de pacientes aqui dentro [ACS Pérola] […]se eu precisasse levar uma auxiliar para medir a pressão, ela estaria comigo, iria na minha área para fazer isso só que no caso ela não pode sair, porque se não a unidade vai ficar só […] [ACS Safira] […]nem sempre vem material pra gente trabalhar, a gente tem que ficar indo pros lugares pedir material, assim cada um é pedindo a enfermeira, porque sinceramente o governo não manda informativo pra gente [ACS Esmeralda, Jade, Pérola]

18 Organização do Processo de Trabalho do ACS e a Reestruturação Produtiva [...]eles pedem pra mim só pra não ter que enfrentar fila, pra entregar um exame tem que vir de madrugada pra pegar uma ficha então eu acho que isso é o maior motivo [ACS Pérola] A programação já veio da prefeitura de como ia ser o atendimento no posto. [ACS Turquesa] minha dificuldade é com aquelas famílias que não tem hipertenso, não tem criança, não tem idosos, a família está praticamente com a saúde estável né […] eu fico perdida sem saber o que falar […] (ACS Esmeralda] […]é pq em nossa microárea não tem rede de esgoto, a coleta de lixo lá é precária até aonde não pode mais[…] [Safira, Jade, Ametista]

19 Organização do Processo de Trabalho do ACS e a Reestruturação Produtiva Papel de elo e tradutor por compartilhar mesmo contexto sócio-cultural e lingüístico permite desterritorializar a tensão e possibilita continuidade da rede de conversas e relações entre ACS e comunidade. […]eles são assim: se faz um favor Ave Maria é Dr. Topázio no céu e eu na terra agora se chegar não posso […] deixa! pode deixar, é assim mesmo, aí pega fica de bico né. Quando eu passo no outro mês para fazer a visita eu já sinto a pessoa mais um pouco fria aí eu tento me aproximar, às vezes pede outro favor e aí tento relevar, eu procuro fazer de qualquer jeito se eu deixo de fazer aí um dia me trata quente outro me trata morno. [ACS Jade]

20 Organização do Processo de Trabalho do ACS e a Reestruturação Produtiva As relações de poder entre os ACS, a equipe e a secretaria de saúde são hierárquica, verticalizada e permeada de conflitos e contradições; […]na equipe acho que ta sendo um pouco diferente […] falar é muito bonito que o profissional do PSF depende do agente comunitário, mais na realidade quando vai ver o agente comunitário é o último como dizer assim […] [ACS Turquesa] […]o médico tem que fazer a visita com o agente comunitário, atualmente o médico ta indo sozinho, […] depois que passou a ter mais conhecimento da área o agente comunitário não serve mais pra ele […] [ACS Turquesa, Safira] Até mesmo dentro da própria unidade acontece isso, montarem os projetos, palestras e cursos, deixam as coisas assim mais difíceis, mais pesadas, sobrarem para os agentes comunitários […] [ACS Jade]

21 Organização do Processo de Trabalho do ACS e a Reestruturação Produtiva Comunicação entre ESF é pontual, se destina a troca ou transmissão de informação técnica, visando atender as demandas imediatas que se expressam nas queixas apresentada pelo usuário. […]eu fui e conversei com Dr. Topázio. Oh Dr. Topázio na minha área tá acontecendo isso a paciente já esteve aqui... É então ele falou: não Pérola eu já conversei com o dermatologista […] [ACS Pérola] Inexistência espaço de elaboração coletiva de planejamento e avaliação e de critérios de priorização das famílias que necessitam de visita.

22 Organização do Processo de Trabalho do ACS e a Reestruturação Produtiva […] gente se a pessoa ta vindo aqui é porque ta doente, ta certo que tem pessoas que vai por ir, mas já tem outras que a gente sabe porque a gente que tem contato com a pessoa a gente sabe da necessidade e ver os familiares contando, realmente ta ruim […] [ACS Jade] Pequena participação e influência do ACS nos processos decisórios […]nem sempre quando a gente tem reunião se os agentes levar um problema, levar um pedido pra expor em reunião nem sempre a gente é atendido. É como se fosse assim: apito de agente comunitário é surdo, (risadas) a gente sempre usa isso dentro do posto, […] [ACS Jade]

23 Pouca participação da comunidade nas reuniões da equipe, grupos de apoio, nas ações educativas e em associações apesar do incentivo do ACS. […] a gente vai convida eles perguntam e aí vai ter o que lá?Vai ter comida? Vocês vão dar algum brinde?Aí a gente diz oh não vai ter não!? Então também não vou não, vou fazer o que lá?Vou perder meu tempo? Eu vou ficar em casa assistindo minha novela. [ACS Ametista] As entrevistas realizadas não permitem, ainda, dizer até que ponto esses processos de reestruturação produtiva e transição tecnológica presentes no processo de trabalho do ACS tem tido potencial em contaminar o processo de trabalho da equipe apesar de alguns atores conseguirem subverter a lógica hegemônica criando linhas de fugas e produzindo um cuidado cuidador.

24 Acreditamos que uma micropolítica processual poderá construir novos modos de subjetivação que singularize o ato do cuidado tal qual vem se dando no processo de trabalho do ACS visto que as mutações que ocorrem na subjetividade não funcionam apenas no registro das ideologias, mas no próprio coração dos indivíduos, em sua maneira de perceber o mundo, de se articular com o tecido social, com os processos maquínicos do trabalho e com a ordem social suporte dessas forças produtivas. (Guattari & Rolnik, 2005)


Carregar ppt "Vitória Solange Coelho Ferreira. O espaço de intervenção da micropolítica dos processos de trabalho é o local onde existem microconexões que são instituintes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google