A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CRIANÇAS ÍNDIGO Póvoa de Varzim, 11 de Agosto de 2011.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CRIANÇAS ÍNDIGO Póvoa de Varzim, 11 de Agosto de 2011."— Transcrição da apresentação:

1 CRIANÇAS ÍNDIGO Póvoa de Varzim, 11 de Agosto de 2011

2 A GÊNESE – ALLAN KARDEC A GERAÇÃO NOVA A TERRA, NO DIZER DOS ESPÍRITOS, NÃO TERÁ DE TRANSFORMAR-SE POR MEIO DE UM CATACLISMO QUE ANIQUILE DE SÚBITO UMA GERAÇÃO. A ATUAL DESAPARECERÁ GRADUALMENTE E A NOVA QUE LHE SUCEDERÁ DO MESMO MODO, SEM QUE HAJA MUDANÇA ALGUMA NA ORDEM NATURAL DAS COISAS. EM CADA CRIANÇA QUE NASCER, EM VEZ DE UM ESPÍRITO ATRASADO E INCLINADO AO MAL, QUE ANTES NELA ENCARNARIA, VIRÁ UM ESPÍRITO MAIS ADIANTADO E PROPENSO AO BEM.

3 Cor da aura : azul índigo Crianças Índigo Evolução notória de alguns seres que encarnam : Crianças cristal, Crianças rubi, entre outras.

4

5 Elas possuem uma estrutura cerebral diferente no tocante ao uso da potencialidade dos hemisférios esquerdo, menos desenvolvido, e direito, mais desenvolvido. Isso quer dizer que elas vão além do plano intelectual. Elas exigem do ambiente à sua volta certas características que não são comuns nas sociedades atuais.

6 As crianças Índigo, são crianças mais espirituais, nasceram com a missão de colocar em causa, de questionar todas as entidades que os rodeiam desde a família, a educação, a sociedade e a espiritualidade.

7 Estas crianças são como catalisadores da nova consciência e vêm desencadear as reacções necessárias para as transformações: sociais, educacionais, familiares e espirituais de todo o planeta – são extremamente intuitivas. RESPONSABILIDADE ACRESCIDA DA SOCIEDADE QUE ACOLHE UMA CRIANÇA ÍNDIGO Uma geração espiritual e especial, para este momento de grande transição de mundo de provas e de expiações que irá alcançar o nível de mundo de regeneração.

8 Padrões de Comportamento Comuns vêm ao mundo com um sentimento de realeza e frequentemente agem desta forma. têm um sentimento de "desejar estar aqui" e ficam surpresas quando os outros não compartilham isso. Não têm problemas de auto-estima. Costumam afirmar-se perante os pais. têm dificuldades com autoridade absoluta sem explicações e escolha. Recusam desempenhar determinadas tarefas, por exemplo, esperarem quietas numa fila é difícil para elas. tornam-se frustradas com sistemas ritualmente orientados e que não necessitam de pensamento criativo.

9 frequentemente encontram uma maneira melhor de fazer as coisas, tanto em casa como na escola, o que as faz parecer como questionadores dos sistemas (inconformistas com qualquer sistema). parecem anti-sociais a menos que estejam com outras do mesmo tipo. se não existem outras crianças com um nível de consciência semelhante à sua volta, elas frequentemente tornam-se introvertidas, sentindo-se como se ninguém as entendesse. A escola é frequentemente difícil para elas do ponto de vista social. não respondem à pressão por culpa do tipo: "Espera até o teu pai chegar e descobrir o que fizeste!". não são tímidas quando precisam de fazer os adultos perceberem o que elas necessitam.

10 Tipos de Índigos / tipos de Missão HUMANISTAS : MÉDICOS, ADVOGADOS, PROFESSORES, VENDEDORES, EXECUTIVOS E POLÍTICOS. CONCEITUAIS: ENGENHEIROS, ARQUITETOS, DESIGNERS, ASTRONAUTAS, PILOTOS, OFICIAIS MILITARES. ARTÍSTICOS: PROFESSORES OU ARTISTAS: INTERESSE POR TODO O TIPO DE ARTE. INTERDIMENSIONAIS: TRARÃO NOVAS FILOSOFIAS E RELIGIÕES AO MUNDO.

11 Ameaçadas ou rejeitadas, confundidas com crianças portadoras de distúrbio de Défice de Atenção (DDA) ou Desordem por Défice de Atenção com Hiperatividade (DDAH) Sacrificam a sua criatividade para serem aceites. Os Índigos vieram com a função de abrir o caminho, de apontar tudo o que de menos bom existe na forma dos adultos viverem, são lutadores e determinados. Mas quando mal entendidos podem transforma-se em pessoas sem auto-estima, problemáticas e sem uma direção na vida.

12 Trate os Índigos com respeito. Honre sua existência na família. Ajude-os a criar suas próprias soluções disciplinadas. Dê a eles escolha em tudo. Nunca os diminua, nunca. Explique sempre o porquê de dar instruções. Faça deles um parceiro no relacionamento. Pense bastante sobre este aspecto. Quando crianças, explique tudo o que fizer para eles. Eles podem não entender, no entanto, eles perceberão sua consciência e honra por eles. Esta é uma tremenda dica antes deles aprenderem a falar. Se problemas sérios desenvolverem, teste-os antes de iniciar tratamento baseado em drogas. Provenha segurança no seu suporte a eles. Evite crítica negativa. Sempre deixe-os saber que você os apoiará em todos os momentos. Não diga quem eles são, ou o que eles vão ser no futuro. Eles sabem melhor do que qualquer pessoa. Deixe que eles decidam suas áreas de interesse. Não os force a entrar em algum ofício familiar ou em algum tipo de negócio porque isso é que a família vem a desempenhar por gerações. Estas crianças não serão seguidores. Os Índigos são abertos e honestos, isso não é uma vulnerabilidade mas a maior força. Se não for aberto e honesto com eles, mesmo assim eles serão com você, no entanto, eles não o respeitarão.

13 Marasmo pode trazer arrogância para os Índigos, portanto não os deixe cair no marasmo. Se eles agem de forma arrogante, isso significa que eles precisam de novos desafios e novos limites. Alimente seus cérebros mantendo-os ocupados da melhor forma possível. Pais, professores e orientadores devem estar aptos para definir e manter limites claros, ainda que suficientemente flexíveis para mudar e ajustar esses limites quando necessário, baseados no crescimento emocional e mental, pois os Índigos crescem rápido. Ser firme mas justo é necessário para a segurança deles e para nossa. A mensagem dada e transmitida pelos adultos deve ser mais prazerosa do que dolorosa, e mais baseada no amor do que no medo. Mantenha a criança informada e envolvida. Evite mal-entendidos simplesmente dando explicações. Não perca a paciência com sua criança. Evite dar ordem (verbos no imperativo). Ao invés de ordens verbais, utilize o toque para chamar a atenção deles. Eles são muito sensíveis ao tato (toque no ombro, aperto de mão, abraço, etc). Mantenha sua palavra. Negocie com cada situação. Não esconda nada e não use linguagem abusiva. Deixe sua emoção mostrar amor e não ódio. Se uma repreensão é dada, crie situações de dar um tempo ou folga. Discuta a situação geradora da repreensão após seu término. Depois de tudo, sempre reúna com a criança e reveja se houve um aprendizado e crescimento após a repreensão. Importante, lembre-se que punição não funcionará com essas crianças. Punição é diferente de repreensão. Punição é baseada na culpa enquanto que repreensão é baseada num crescimento ou melhoramento. Cuidados com os métodos educacionais nas escolas.

14 Os técnicos dizem que é uma grande honra tê-los e um grande desafio, porque são crianças difíceis no tratamento diário. São afetuosas, mas tecnicamente rebeldes. Serão conquistadas pela ternura. São crianças um pouco destrutivas, mas não por perversidade, e sim por curiosidade. Como vêm de uma dimensão onde os objetos não são familiares, quando vêem alguma coisa diferente, algum objeto, arrebentam-no para poder olhar-lhes a estrutura. São crianças que devemos educar apelando para a lógica, o bom tom. A criança deve ser orientada, esclarecida, repetidas vezes. Voltarmos aos dias da educação doméstica, quando nossas mães nos colocavam no colo, falavam connosco, ensinavam-nos a orar, orientavam-nos nas boas maneiras, nas técnicas de uma vida saudável, nos falavam de ternura e nos tornavam o coração muito doce, são os métodos para tratar as modernas crianças, todas elas, índigo, cristal ou não.

15 A missão dos índigos assemelha- se à missão de Jesus, numa escala global, mudar a consciência da humanidade


Carregar ppt "CRIANÇAS ÍNDIGO Póvoa de Varzim, 11 de Agosto de 2011."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google