A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Confederação Brasileira de Basketball Departamento Técnico.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Confederação Brasileira de Basketball Departamento Técnico."— Transcrição da apresentação:

1 Confederação Brasileira de Basketball Departamento Técnico

2 Coordenação de Arbitragem da CBB Vamos aprender juntos em qualquer hora e lugar.

3 Coordenação de Arbitragem da CBB Geraldo Miguel Fontana Coordenador Geral de Arbitragem da CBB Instrutor Nacional FIBA/Américas

4 Coordenação de Arbitragem da CBB Programa de Formação, Capacitação e Educação Permanente. CBB – Setembro de 2005

5 Coordenação de Arbitragem da CBB Artigo 42 Situações Especiais (I) Esta Apostila tem como objetivo principal auxiliar os Instrutores nas aulas do Curso de Arbitragem.

6 Coordenação de Arbitragem da CBB Introdução Esta Apostila tem como objetivo apresentar uma série de exercícios aos alunos do curso de arbitragem. Procuramos apresentar algumas pistas que facilitem a compreensão e ajudem ao aluno a estabelecer, por si mesmo, as respostas dos exercícios. O propósito não é dar a solução pronta – o que não seria didático – mas de ajudar a pensar. Recomendamos a leitura da apostila Súmula de Jogo (I) – Registro de Faltas.

7 Coordenação de Arbitragem da CBB Sumário: I) Definição de Situações Especiais; I) Definição de Situações Especiais; II) Procedimentos; II) Procedimentos; III) Termos para responder os exercícios; III) Termos para responder os exercícios; IV) Exercícios didáticos. IV) Exercícios didáticos.

8 Coordenação de Arbitragem da CBB Artigo 42 – Situações Especiais I) Definição: No mesmo período de cronômetro parado que segue uma infração, situações especiais podem surgir quando infrações adicionais são cometidas. Infrações: violações e faltas.

9 Coordenação de Arbitragem da CBB II) Artigo 42: Procedimentos 1) Registrar as faltas na Súmula de Jogo e identificar as penalidades das Infrações. 2) Determinar a ordem em que as infrações ocorreram. 3) Cancelar as penalidades iguais contra as duas equipes e as penalidades de falta dupla. (* ) As penalidades serão consideradas como se nunca tivessem acontecido depois do cancelamento. (* ) As penalidades serão consideradas como se nunca tivessem acontecido depois do cancelamento.

10 Coordenação de Arbitragem da CBB 4)O direito à posse de bola como parte da última penalidade a ser administrada cancelará qualquer direito à posse de bola anterior. 5) Uma vez que a bola tenha se tornado viva para o primeiro ou único lance livre ou para uma reposição, esta penalidade não pode ser usada para o cancelamento de outra penalidade. 6) Todas as penalidades remanescentes serão administradas na ordem em que foram marcadas.

11 Coordenação de Arbitragem da CBB 7) Se, depois do cancelamento de penalidades iguais contra as equipes, não houverem mais penalidades para serem administradas, a partida será reiniciada como segue: a) Reposição para a equipe que sofreu uma cesta; b) Reposição para a equipe que tinha o controle de bola ou o direito de uma reposição quando ocorreu a primeira infração. c) SETA quando não ocorrem as hipóteses a e b.

12 Coordenação de Arbitragem da CBB III) Termos para responder os exercícios 1) PB = Posse de Bola (reposição). 2) LL = Lance Livre. 3) LL + PB = Lance Livre + Posse de Bola. 4) (A) = Equipe A. 5) (A5) = Jogador número 5 da equipe A. 6) SETA = Processo de Posse Alternada.

13 Coordenação de Arbitragem da CBB IV) Exercícios didáticos a) Preencher a Súmula; b) Determinar a decisão. PB (B) PB (B) A5P

14 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 01 - Pista A1 comete falta pessoal em B1 enquanto B1 está driblando. A1 comete falta pessoal em B1 enquanto B1 está driblando. 3ª falta coletiva da equipe A. A1 comete falta técnica durante a bola morta. A1 comete falta técnica durante a bola morta. A1P 2P 3 Decisão: A1P 2P 3PA1P 2P 3PT 2 Decisão: 2 LL + PB (B)

15 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 02 - Pista A1 comete falta pessoal em B1 enquanto B1 está driblando. A1 comete falta pessoal em B1 enquanto B1 está driblando. 5ª falta coletiva da equipe A. A1 comete falta técnica durante a bola morta. A1 comete falta técnica durante a bola morta. A1P 2P 3 Decisão: A1P 2P 3P 2A1P 2P 3P 2T 2 Decisão: 2 LL (B1) ; 2 LL + PB (B)

16 Coordenação de Arbitragem da CBB Artigo 41. Faltas de Equipe Impedimentos para aplicação da penalidade de 2 lances livres decorrentes das faltas coletivas: a) A equipe que comete a falta pessoal tem o controle de bola. b) A equipe que comete a falta pessoal tem o direito a uma reposição. reposição.

17 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 03 A2 comete falta pessoal em B2 enquanto A2 está driblando. A2 comete falta pessoal em B2 enquanto A2 está driblando. 5ª falta coletiva da equipe A. Técnico da equipe A comete falta técnica durante a bola morta. Técnico da equipe A comete falta técnica durante a bola morta. A2P 2 Decisão: Técnico de A

18 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 04 A4 comete falta antidesportiva em B4 enquanto B4 está driblando. A4 comete falta antidesportiva em B4 enquanto B4 está driblando. Técnico da equipe A comete falta técnica durante a bola morta. Técnico da equipe A comete falta técnica durante a bola morta. A4P 2T 2 Decisão: Técnico de A

19 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 05 A5 comete falta antidesportiva em B5 enquanto B5 está driblando. A5 comete falta antidesportiva em B5 enquanto B5 está driblando. Técnico da equipe B comete falta técnica durante a bola morta. Técnico da equipe B comete falta técnica durante a bola morta. A5P 2P Decisão: Técnico de B

20 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 06 A3 comete falta técnica enquanto B3 está driblando. A3 comete falta técnica enquanto B3 está driblando. Técnico da equipe B comete falta técnica durante a bola morta. Técnico da equipe B comete falta técnica durante a bola morta. A3P 2P 2P Decisão: Técnico de B

21 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 07 A1 comete falta desqualificante em B1 enquanto B1 está driblando. A1 comete falta desqualificante em B1 enquanto B1 está driblando. Técnico da equipe B comete falta técnica durante a bola morta. Técnico da equipe B comete falta técnica durante a bola morta. A1P 2T 2 Decisão: Técnico de B

22 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 08 A2 comete falta antidesportiva em B2 enquanto B2 está driblando. A2 comete falta antidesportiva em B2 enquanto B2 está driblando. B2 comete falta técnica durante a bola morta. B2 comete falta técnica durante a bola morta. Decisão: B2P 2PP A2P 2U 2PT 2

23 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 09 A5 comete falta antidesportiva em B5 enquanto B5 está driblando. A5 comete falta antidesportiva em B5 enquanto B5 está driblando. A5 e B5 cometem faltas desqualificantes durante a bola morta. A5 e B5 cometem faltas desqualificantes durante a bola morta. A5 Decisão: B5P 2

24 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 10 A2 comete falta pessoal em B2 que está no ato de arremesso. A2 comete falta pessoal em B2 que está no ato de arremesso. O arremesso de B2 não tem êxito – Penalidade: 2 LL. O arremesso de B2 não tem êxito – Penalidade: 2 LL. Os Técnicos das equipes A e B cometem faltas técnicas durante a bola morta. Os Técnicos das equipes A e B cometem faltas técnicas durante a bola morta. A2P P Decisão: Técnico de A Técnico de B

25 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 11 - Pista A5 comete falta pessoal em B5 que está no ato de arremesso. A5 comete falta pessoal em B5 que está no ato de arremesso. O arremesso de B5 não obtém êxito – Penalidade: 2 LL. O arremesso de B5 não obtém êxito – Penalidade: 2 LL. A5 e os Técnicos das equipes A e B cometem faltas técnicas durante a bola morta. A5 e os Técnicos das equipes A e B cometem faltas técnicas durante a bola morta. A5P PU 2P Decisão: Técnico de A Técnico de B A5P PU 2PP 2 Técnico de A B C Técnico de B C C Técnico de A B CC 2 Decisão: 2 LL (B5), 2LL + PB (B)

26 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 12 Falta Dupla de A3 e B3 enquanto B1 está driblando. Falta Dupla de A3 e B3 enquanto B1 está driblando. A3 e B3 cometem faltas técnicas durante a bola morta. A3 e B3 cometem faltas técnicas durante a bola morta. A3P 3P 2PU 2 Decisão: B3PP 2 Técnico de A

27 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 13 Falta Dupla de A3 e B3 enquanto B1 está driblando. Falta Dupla de A3 e B3 enquanto B1 está driblando. A3 e B3 cometem faltas desqualificantes durante a bola morta. A3 e B3 cometem faltas desqualificantes durante a bola morta. Decisão: B3PP 2 Técnico de A A3P 3P 2PU 2

28 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 14 Falta Dupla de A5 e B5 enquanto a bola está no ar proveniente de um arremesso de A3. Falta Dupla de A5 e B5 enquanto a bola está no ar proveniente de um arremesso de A3. Este arremesso não obtém êxito. A5 e B5 cometem faltas técnicas durante a bola morta. A5 e B5 cometem faltas técnicas durante a bola morta. A5 Decisão: B5P 2

29 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 15 Falta Dupla de A5 e B5 enquanto a bola está no ar proveniente de um arremesso de A3. Este arremesso obtém êxito. Falta Dupla de A5 e B5 enquanto a bola está no ar proveniente de um arremesso de A3. Este arremesso obtém êxito. A5 e B5 cometem faltas técnicas durante a bola morta. A5 e B5 cometem faltas técnicas durante a bola morta. A5PP 3PU 2 Decisão: B5P 2 Técnico de A

30 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 16 A2 comete falta antidesportiva em B2 enquanto B2 está no ato de arremesso. O arremesso de B2 obtém êxito. A2 comete falta antidesportiva em B2 enquanto B2 está no ato de arremesso. O arremesso de B2 obtém êxito. B2 comete falta técnica durante a bola morta. B2 comete falta técnica durante a bola morta. A2 Decisão: B2

31 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 17 - Pista Simultaneamente: Simultaneamente: a) A5 comete falta pessoal em B5 enquanto B5 está driblando. 5ª falta coletiva da equipe A. 5ª falta coletiva da equipe A. b) Final do tempo de jogo do 3º período. b) Final do tempo de jogo do 3º período. Técnico da equipe A comete falta técnica durante a bola morta. Técnico da equipe A comete falta técnica durante a bola morta. A5 Técnico de A Decisão: A5P 2 C 2 Decisão: 2 LL (B1); 2 minutos de intervalo; 2 LL + PB (B)

32 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 18 - Pista A2 comete falta antidesportiva em B2 enquanto B2 está driblando. A2 comete falta antidesportiva em B2 enquanto B2 está driblando. B2 comete falta técnica enquanto está segurando a bola para executar o primeiro lance livre. (Bola Viva) B2 comete falta técnica enquanto está segurando a bola para executar o primeiro lance livre. (Bola Viva) A2 Decisão: B2 A2U 2 B2T 2 Decisão: 2 LL (B2); 2 LL + PB (A)

33 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 19 A5 e B5 cometem faltas técnicas durante o intervalo do segundo para o terceiro período. A5 e B5 cometem faltas técnicas durante o intervalo do segundo para o terceiro período. A5 Decisão: B5 3º Período Faltas coletivas º Período Faltas coletivas 1234

34 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 20 A1 comete falta técnica enquanto B1 está driblando. A1 comete falta técnica enquanto B1 está driblando. Técnico da equipe A comete falta técnica e A1 comete falta desqualificante durante a bola morta. Técnico da equipe A comete falta técnica e A1 comete falta desqualificante durante a bola morta. Decisão: Técnico de A C 2 Assistente Técnico de A A1PP 3PP 2

35 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 21 A3 comete falta técnica enquanto B3 está driblando. A3 comete falta técnica enquanto B3 está driblando. Assistente Técnico da equipe A comete falta técnica durante a bola morta. Assistente Técnico da equipe A comete falta técnica durante a bola morta. A3 Decisão: Técnico de A Assistente Técnico de A

36 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 22 A4 comete falta pessoal em B4 enquanto a bola está no ar proveniente de um arremesso de B5. A4 comete falta pessoal em B4 enquanto a bola está no ar proveniente de um arremesso de B5. 5ª falta coletiva da equipe A. 5ª falta coletiva da equipe A. O arremesso de B5 obtém êxito (2 pontos). O arremesso de B5 obtém êxito (2 pontos). Técnico da equipe A comete falta técnica durante a bola morta. Técnico da equipe A comete falta técnica durante a bola morta. A4 Decisão: Técnico de A

37 Coordenação de Arbitragem da CBB Artigo 39 – Briga Este artigo é somente aplicado aos técnicos, assistentes técnicos, substitutos, jogadores excluídos com 5 faltas e acompanhantes de equipe que deixem a área de banco durante uma briga ou qualquer situação que possa levar a uma briga.

38 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 23 A2 está driblando quando A5 e B5 iniciam uma briga. A2 está driblando quando A5 e B5 iniciam uma briga. Assistente Técnico de A entra na quadra para brigar. Assistente Técnico de A entra na quadra para brigar. A5, B5 e Assistente Técnico de A são desqualificados. A5, B5 e Assistente Técnico de A são desqualificados. A5 Decisão: Técnico de A Assistente Técnico de A B5

39 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 24 - Pista A3 está driblando quando A1 e B1 iniciam uma briga. A3 está driblando quando A1 e B1 iniciam uma briga. A8, jogador excluído, entra na quadra para participar da briga. A8, jogador excluído, entra na quadra para participar da briga. A1, B1 e A8 são desqualificados. A1, B1 e A8 são desqualificados. B1 Decisão: Técnico de A A8PP 2P 3U 1P A1A1D C B1D C B 2 A8PP 2P 3U 1PF Decisão: 2 LL + PB (B)

40 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 25 A8 está no banco de reservas como jogador substituto durante o terceiro período. A8 está no banco de reservas como jogador substituto durante o terceiro período. A8 reclama da arbitragem enquanto B1 está driblando. Esta ação é punida com uma falta técnica. A8 reclama da arbitragem enquanto B1 está driblando. Esta ação é punida com uma falta técnica. A8 entra na quadra para tentar agredir o árbitro. Esta ação é punida com uma falta desqualificante. A8 entra na quadra para tentar agredir o árbitro. Esta ação é punida com uma falta desqualificante. A8 Decisão: Técnico de A

41 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 26 A equipe B está jogando com 6 (seis) jogadores. A equipe B está jogando com 6 (seis) jogadores. A1 comete falta pessoal em B-1 enquanto B-1 está driblando. 5ª falta coletiva da equipe A. A1 comete falta pessoal em B-1 enquanto B-1 está driblando. 5ª falta coletiva da equipe A. Durante a bola morta, o árbitro descobre a irregularidade da equipe B e marca uma falta técnica contra o Técnico da equipe B. Durante a bola morta, o árbitro descobre a irregularidade da equipe B e marca uma falta técnica contra o Técnico da equipe B. A1 Decisão: Técnico de B

42 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 27 A equipe A é avisada que A5 cometeu a sua 5ª falta individual. A equipe A é avisada que A5 cometeu a sua 5ª falta individual. Em seguida, A5 volta a jogar sem que os Oficiais tivessem percebido. A5 comete falta pessoal em B5 enquanto B5 está driblando. A5 comete falta pessoal em B5 enquanto B5 está driblando. 5ª falta coletiva da equipe A. Durante a sinalização da falta, o árbitro toma consciência da situação e marca uma falta técnica contra o técnico da equipe A. Durante a sinalização da falta, o árbitro toma consciência da situação e marca uma falta técnica contra o técnico da equipe A. Técnico de A Decisão: A5PP 3PP 2P

43 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 28 Assistente Técnico de A e Técnico de B cometem faltas desqualificantes enquanto B-3 está driblando. Assistente Técnico de A e Técnico de B cometem faltas desqualificantes enquanto B-3 está driblando. Assistente Técnico de A Decisão: Técnico de A Técnico de B

44 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 29 O Técnico da Equipe A é desqualificado enquanto B-4 está driblando. O Técnico da Equipe A é desqualificado enquanto B-4 está driblando. Durante a bola morta, A-2 comete falta técnica e, em seguida, A-2 comete falta desqualificante. Durante a bola morta, A-2 comete falta técnica e, em seguida, A-2 comete falta desqualificante. Decisão: Técnico de A Assistente Técnico de A A2PP 3PP 2

45 Coordenação de Arbitragem da CBB Situação 30 A5 efetua um arremesso à cesta. A5 efetua um arremesso à cesta. O sinal do final do tempo de 24 segundos toca quando a bola está no ar em virtude do arremesso de A5. O sinal do final do tempo de 24 segundos toca quando a bola está no ar em virtude do arremesso de A5. B1 comete falta antidesportiva em A1 enquanto a bola está no ar em virtude do arremesso de A5. B1 comete falta antidesportiva em A1 enquanto a bola está no ar em virtude do arremesso de A5. O arremesso de A5 não toca no aro e nem entra na cesta. O arremesso de A5 não toca no aro e nem entra na cesta. B1 Decisão:

46 Coordenação de Arbitragem da CBB Perguntas e Sugestões

47 Coordenação de Arbitragem da CBB Muito obrigado pela sua atenção.

48 Coordenação de Arbitragem da CBB Visite o nosso site

49 Coordenação de Arbitragem da CBB O Departamento Técnico da CBB disponibilizou uma série de materiais didáticos na área de arbitragem de basquetebol. Para ter acesso aos arquivos visite a nossa página ( ). O Departamento Técnico da CBB disponibilizou uma série de materiais didáticos na área de arbitragem de basquetebol. Para ter acesso aos arquivos visite a nossa página ( ).http://www.cbb.com.br/arbitragem/index.asp Encaminhe suas dúvidas e sugestões para o nosso TUTOR on line através dos seguintes s: Encaminhe suas dúvidas e sugestões para o nosso TUTOR on line através dos seguintes s:


Carregar ppt "Confederação Brasileira de Basketball Departamento Técnico."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google